sábado, 31 de janeiro de 2009

Paulistão da A2

Jogos:

20:00 União São João x Linense Dr. Hermínio Ometto
31/01/2009 16:00 Juventus x América Conde Rodolfo Crespi
31/01/2009 16:00 Sorocaba x São Bento Walter Ribeiro
31/01/2009 16:00 Rio Branco x Flamengo Dr. Décio Vitta
31/01/2009 17:00 Ferroviária x São Bernardo FC Dr. Adail Nunes da Silva
31/01/2009 19:00 Catanduvense x Taquaritinga Silvio Salles
01/02/2009 10:00 Rio Preto x Comercial RP Anísio Haddad
01/02/2009 11:00 Sertãozinho x Monte Azul Frederico Dalmazo
01/02/2009 11:00 São José EC x UA Barbarense Martins Pereira
01/02/2009 16:00 Rio Claro x AA Portuguesa Dr. Augusto Schimidt Filho

Paulistão

Rodadas de hoje:

31/01 17h Pacaembu Corinthians x Oeste
31/01 18h30 Arena Barueri Barueri x Guarani
31/01 19h10 Papa João Paulo II Mogi Mirim x São Caetano
31/01 19h10 Bento de Abreu Marília x Botafogo

Amanhã:

1/02 11h Alfredo Castilho Noroeste x Portuguesa
1/02 17h Moisés Lucarelli Ponte Preta x Palmeiras
1/02 17h Morumbi São Paulo x Santo André
1/02 19h10 Novelli Júnior Ituano x Santos
1/02 19h10 Marcelo Stéfani Bragantino x Mirassol
1/02 19h10 Jayme Cintra Paulista x Guaratinguetá

Apresentado, Herrera diz que Grêmio é "mais sério"

Programada para às 17h30, o argentino Herrera só apareceu na sala de imprensa do Estádio Olímpico para ser apresentado com duas horas de atraso. Já com a camisa tricolor no corpo, o atacante se mostrou feliz com a chegada e aproveitou para cutucar o ex-time, dizendo que o clube gaúcho é "mais sério" que o Corinthians.

Após quase um mês de negociações e de muitas idas e vindas nas tratativas, o jogador desembarcou em Porto Alegre na madrugada desta sexta-feira. Antes de conceder sua primeira entrevista com a camisa tricolor, o jogador passou por exames médicos, além de assinar contrato.

"A minha parte tinha muita vontade de voltar. Agradeço a diretoria que fez um grande esforço para me contratar. Acho que o Grêmio foi um pouco mais sério", explicou.

A primeira passagem de Herrera pelo clube não pode ser considerada ruim, mas o atacante deixou uma marca pouco agradável. Em 40 jogos, ele foi às redes 13 vezes, ficando conhecido pelos gols perdidos. O rótulo não o incomoda.

"Perde gol quem tem chances. É melhor fazer um gol em cinco chances, do que ter uma chance e não fazer nenhum. Estou confiante", comentou.

Os gremistas esperam que o argentino possa estrear no Gre-Nal no dia 8 de fevereiro. Se depender de suas condições físicas não terá problema. Sua escalação dependerá de Celso Roth e da liberação de seus documentos. "Me sinto bem. Vinha trabalhando. Vai depender do treinador. Estou à disposição", afirmou.

O longo período de indefinição sobre a sua transferência alimentou grande expectativa por parte dos gremistas. Os torcedores foram ao Aeroporto Salgado Filho esperar o novo reforço, que chegou na primeira hora desta sexta-feira. A recepção agradou a Herrera.

"Fiquei contente com a recepção. Isso significa que fiz coisas boas quando estive aqui. Agora, me sinto mais maduro", declarou.

Mesmo com a chegada do argentino, o time tricolor procura um outro homem de frente. O objetivo é Maxi López, mas as conversas sobre sua contratação estão travadas. A diretoria diz ter outras poções caso o atacante do FC Moscou não chegar.

JL: "Pode até ser que o Herrera esteja certo, mas no futebol os jogadores falam isso, que um time é mais sério do que o outro, para agradar o novo time, começar bem no clube, elogiando que o trabalho de um time é melhor do que o outro. Na minha opinião, eu acho que todos os times trabalham, um com mais capacidade, mas trabalha bem e cumpre o seu dever nos campeonatos."

Renault faz treino fechado em aeroporto inglês

Depois dos decepcionantes primeiros testes com o modelo R29, a Renault levou seu novo carro para um aeroporto britânico e realizou treinos fechados visando a melhorar a aerodinâmica do conjunto. As informações são do site do diário espanhol Marca.

Depois dos treinos na semana passada em Portimão (Portugal), até mesmo o diretor técnico Pat Symonds declarou que as primeiras impressões do novo carro de Fernando Alonso e Nelsinho Piquet tinham ficado aquém das expectativas.

Dunga corta Luís Fabiano de amistoso contra a Itália

O atacante Luís Fabiano está fora do amistoso da Seleção Brasileira contra a Itália, no próximo dia 10 de fevereiro, às 17h45 (de Brasília), em Londres. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) anunciou nesta sexta-feira, por meio de seu site oficial, o corte do jogador do Sevilla, contundido.

Luís Fabiano contundiu o joelho esquerdo durante a vitória por 2 a 1 do Sevilla sobre o Valencia, pelas quartas-de-final da Copa do Rei, na última quinta-feira.

Nesta manhã, o clube espanhol lançou uma nota por meio de seu site oficial onde antecipava o corte do jogador, prevendo uma lesão entre grau 1 e 2. Apesar do problema não ser grave, o Sevilla deu três jogos para a recuperação do atleta.

Em contato com o Terra, também nesta manhã, a assessoria da CBF não confirmava o corte do jogador, aguardando um contato oficial do Sevilla.

Os resultados da nova bateria de exames mais detalhados que o brasileiro realizou nesta tarde também não foram divulgados pela equipe.

O nome do substituto de Luís Fabiano será divulgado em breve pelo técnico Dunga.

sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Campeonato Paulista

Resultados:

Noroeste 0x0 Guaratinguetá
Santos 1x1 Mirassol
Portuguesa 1x0 Bragantino

Classificação:

1º Palmeiras 9 3 3 0 0 7 0 7 100%
2º São Paulo 7 3 2 1 0 5 1 4 77%
Corinthians 7 3 2 1 0 5 2 3 77%
Santos 7 3 2 1 0 5 2 3 77%
5º São Caetano 6 3 2 0 1 3 1 2 66%
Guarani 6 3 2 0 1 2 2 0 66%
7º Mirassol 5 3 1 2 0 6 4 2 55%
Barueri 5 3 1 2 0 5 4 1 55%
Oeste 5 3 1 2 0 3 2 1 55%
10º Ponte Preta 4 3 1 1 1 2 1 1 44%
11º Bragantino 3 3 1 0 2 4 4 0 33%
Paulista 3 3 1 0 2 3 4 -1 33%
Santo André 3 3 1 0 2 1 2 -1 33%
Portuguesa 3 3 1 0 2 1 3 -2 33%
Mogi Mirim 3 3 1 0 2 2 6 -4 33%
16º Guaratinguetá 2 3 0 2 1 2 4 -2 22%
17º Ituano 1 3 0 1 2 1 3 -2 11%
Noroeste 1 3 0 1 2 1 4 -3 11%
Botafogo-SP 1 3 0 1 2 4 8 -4 11%
Marília 1 3 0 1 2 3 8 -5 11%

quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

No decorrer dessa semana, ouve um pequeno problema e o meu PC teve de ser arrumado. As notícias não publicadas essa semana no blog, serão automaticamente esquecidas.

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

Aqui, no Blog do Esporte, além de notícias, informações e muito mais, também fazemos algumas críticas que na minha opinião, hoje é um dia ideal.
Não sei se você, caro visitante, está acompanhando o caso de Diego, Daniele Hipólito e Jade Barbosa na academia de ginástica artística que o Flamengo tem em Niterói. Nesses dias, os três foram embora do Flamengo, pois estavam com salários atrasados e não tinham bons patrocinadores.
No começo, você não ouviu falar na reação do presidente do clube em relação ao salários e patrocinadores do três.
No programa de esporte do canal "Record News" de ontem, Daniele foi convidada a uma entrevista com o apresentador, junto com o presidente do Flamengo pelo telefone. Calmamente, o presidente Márcio Braga foi falando até chegar na conclusão final: tinha arranjado um patrocinador para a ginástica artística no clube.
De começo achei legal o que o presidente vez, mas depois percebi que isso não era bom, porque ele deixou que os três fossem embora do clube para depois de um tempo dar a notícia do patrocinador, que é a prefeitura de Niterói.
Mas vamos ao caso: ele teve a falta de educação, responsabilidade, organização e não consegui controlar a situação, apelando para uma "arma" mais poderosa.
Agora me digam: ele fez tudo aquilo pra quê?
Para chamar a atenção?
Jogo de marketing?
Merchandising?
Ou o quê?
Esses times em crise financeira que o mundo passa, eles é que se enrolam.

Campeonato Paulista Série A2

Resultados:

16h00 São Bernardo 1 x 2 Rio Branco
16h00 União Barbarense 3 x 2 Sertãozinho
17h00 América 3 x 0 Catanduvense
19h00 São Bento 1 x 1 Rio Claro
10h00 Linense 0 x 1 Rio Preto
11h00 Flamengo 2 x 2 União São João
16h00 Taquaritinga 1 x 1 Sorocaba
16h00 Monte Azul 0 x 0 Ferroviária
16h00 AA Portuguesa 1 x 1 São José
17h00 Comercial-RP 3 x 1 Juventus

Classificação:

América
Comercial
Barbarense
Rio Branco
Rio Preto
Flamengo-SP
União São João
Sorocaba
Port. Santista
Rio Claro
São Bento
São José
Taquaritinga
Ferroviária
Monte Azul
Sertãozinho
São Bernardo
Linense
Juventus
Catanduvense

Deu Corinthians!!!!

Com dois gols que abalaram as estruturas do Atlético, e um gol de consolação, o Corinthians vence pela sétima vez a Copa São Paulo de Futebol Júnior.

Corinthians 2x1 Atlético PR

O que você achou dessa vitória Jonathan?
"Achei uma grande vitória, até mesmo inesperada, pois disserram que o Coringão não iria chegar a onde chegou e está ai, a prova de mais uma grande vitória num jogo apertado, que foi comcluído nos detalhes e nos bons lances de gol, que foi o que aconteceu."

Campeonato Português

Resultados:

23-01 16:30 Marítimo 0 - 0 Leixoes
23-01 18:45 Belenenses 0 - 0 Benfica
24-01 14:00 Trofense 1 - 3 Paços Ferreira
24-01 14:00 Estrela Amadora 2 - 0 Rio Ave
24-01 14:00 Vitória Setúbal 0 - 1 Naval 1º de Maio
24-01 16:30 Nacional 1 - 1 Sporting de Lisboa
24-01 18:45 Braga 0 - 2 Porto
25-01 16:30 Académica 2 - 1 Vitória Guimarães

Classificação:

1º Oporto
2º Benfica
3º Sporting de Lisboa
4º Leixoes
5º Nacional de Madeira
6º Sporting Braga
7º Marítimo
8º Naval 1º de Maio
9º Estrela Amadora
10º Vitória Guimarães
11º Académica
12º Paços Ferreira
13º Belenenses
14º Trofense
15º Vitória Setúbal
16º Rio Ave

Campeonato Italiano

Resultados:

24-01 15:00 Reggina 0 - 1 Chievo
24-01 17:30 Juventus 1 - 0 Fiorentina
25-01 12:00 Lazio 1 - 4 Cagliari
25-01 12:00 Napoli 0 - 3 Roma
25-01 12:00 Bologna 1 - 4 Milan
25-01 12:00 Siena 1 - 0 Atalanta
25-01 12:00 Genoa 1 - 1 Catania
25-01 12:00 Palermo 3 - 2 Udinese
25-01 12:00 Lecce 3 - 3 Torino
25-01 17:30 Inter de Milão 1 - 0 Sampdoria

Classificação:

1º Inter
2º Juventus
3º Milan
4º Génova
5º Nápoles
6º Roma
7º Fiorentina
8º Palermo
9º Lazio
10º Cagliari
11º Atalanta
12º Catania
13º Siena
14º Udinese
15º Sampdoria
16º Bologna
17º Lecce
18º Torino
19º Chievo
20º Reggina

Campeonato Paulista

Resultados de ontem:

Marcelo Stefáni Bragantino 0x1 Corinthians
25/01 17h Canindé Portuguesa 0x2 São Paulo
25/01 19h10 Alfredo de Castilho Noroeste 1x2 Santos
25/01 19h10 Arena Barueri Barueri 2x2 Oeste

Classificação:

1º Palmeiras
Santos
São Caetano
Guarani
5º Mirassol
São Paulo
Ponte Preta
Corinthians
9º Bragantino
Paulista
11º Barueri
Oeste
13º Ituano
Botafogo-SP
Marília
Guaratinguetá
17º Santo André
Noroeste
Portuguesa
Mogi Mirim

Campeonato Carioca

Resultados:

24/01 16h Bacaxá Boavista 1x2 Botafogo
24/01 16h Edson Passos Madureira 1x1 Resende
24/01 16h Araruama Macaé 2x0 Volta Redonda
24/01 16h Louzadão Mesquita 3x1 Bangu
24/01 18h15 São Januário Vasco 0x2 Americano
24/01 20h30 Marrentão Duque de Caxias 1x1 Tigres Brasil
25/01 17h Maracanã Flamengo 1x0 Friburguense
25/01 19h15 Cabo Frio Cabofriense 3x1 Fluminense

Classificação:
Grupo A:
1º Cabofriense
Americano
3º Duque de Caxias
Tigres Brasil
Madureira
Resende
7º Fluminense
Vasco

Grupo B:
1º Mesquita
Macaé
Botafogo
Flamengo
5º Boavista
Friburguense
Bangu
Volta Redonda

Campeonato Baiano

Resultados:

V. da Conquista 1x2 Vitória
Itabuna 0x1 Atlético
Madre de Deus 3x2 Colo Colo
Fluminense 0x2 Camaçari
Bahia 4x0 Ipitanga
Poçoes 1x0 Feirense

Classificação:

1º Vitória
2º Madre de Deus
Fluminense
Poções
5º Bahia
Itabuna
7º Feirense
Vitória da Conquista
Camaçari
Atlético
Ipitanga
12º Colo Colo

domingo, 25 de janeiro de 2009

Paulistão

Resultados de Sábado:

Palmeiras 3x0 Mogi Mirim
Guaratinguetá 2x2 Botafogo
Ponte Preta 2x0 Paulista
Mirassol 3x3 Marília
Ituano 0x1 Guarani
São Caetano 1x0 Santo André

Jogos de hoje:

Bragantino x Corinthians
Portuguesa x São Paulo
Noroeste x Santos
Barueri x Oeste

sexta-feira, 23 de janeiro de 2009

Dois jogadores do Botafogo brigam em treino

Dois jogadores do Botafogo se envolveram em uma briga no treinamento da equipe, nesta manhã de sexta-feira, no Caio Martins. Os reservas Tiaguinho e Welinton Junior participavam de uma roda de "bobinho" quando se envolveram na confusão.

O meio-campista Welinton puxou o colete do ex-titular Tiaguinho, que ficou irritado e revidou com uma cotovelada no rosto do companheiro.

Tiaguinho foi titular em grande parte do Campeonato Brasileiro de 2008 e acabou expulso da atividade desta sexta. Além disso, ele pode ser punido pela diretoria.

"Vou conversar com ele para que esse tipo de coisa não se repita mais", disse o técnico Ney Franco, que destacou o bom comportamento do jogador ao longo da última temporada.

O Botafogo estreará no Campeonato Carioca no próximo sábado, contra o Boavista, em Bacaxá.

Fernandes confia na permanência de Kléber Pereira

O técnico Márcio Fernandes comentou após a vitória do Santos por 2 a 0 sobre o Guaratinguetá, na Vila Belmiro, sobre a permanência de Kléber Pereira no clube. Para o treinador, independentemente de terem equipes interessadas em contar com o futebol do atacante, Fernandes acredita que o camisa 9 não sairá.

O questionamento surgiu por conta das declarações dadas pelo centroavante na última terça-feira e logo após o término da partida, ainda no gramado do estádio santista. "Eu quero é jogar. Enquanto tiver contrato, vou cumprir. Só depende do Santos. Tem propostas, mas estou muito feliz aqui e quero ficar", disse Kléber Pereira. "Não tem tom de despedida", completou.

Para Fernandes, é natural que um jogador da qualidade do seu goleador tenha propostas, mas o comandante alvinegro pensa que a diretoria do Santos deve fazer o possível para garantir a permanência do avante na Baixada Santista.

"Não tenho garantia, é só uma confiança que eu tenho. Não posso dizer se ele vai continuar, porque não mando no Kléber Pereira. Proposta deve existir mesmo porque o Kléber Pereira é uma certeza de gol, mas não estou sabendo nada com relação a isso. Só sei da importância dele para o time e o nosso presidente (Marcelo Teixeira) também", comentou o treinador.

Ivanovic decepciona e perde para zebra em Melbourne

Cabeça-de-chave número cinco, a sérvia Ana Ivanovic está fora do Aberto da Austrália. Nesta sexta-feira, ela foi derrotada pela russa Alisa Kleybanova, por 2 sets a 1, parciais de 5/7, 7/6(7-5) e 2/6.

Nas oitavas-de-final, Kleybanova enfrentará a australiana Jelena Dokic, que se tornou sensação do torneio ao derrotar a dinamarquesa Caroline Wozniacki, cabeça-de-chave número 11, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 6/1 e 6/2.

Dokic, número quatro da WTA em 2002 e atualmente a 187 do ranking, vem mostrando grande nível de jogo. Superados leões e problemas de relacionamento com seu pai, a tenista local tenta fazer mais uma vez a festa dos fãs locais diante da russa, em confronto inédito.

No jogo desta sexta, a ex-número um do mundo Ivanovic teve muita dificuldade durante a partida desta sexta-feira para confirmar seus serviços. No segundo set, no entanto, ela conseguiu se recuperar e vencer no tie-break.

No set derradeiro, Kleybanova quebrou o serviço da sérvia no segundo game e abriu vantagem de 3 a 0 logo no início. Ivanovic se recuperou e conseguiu devolver a quebra, mas a russa ainda confirmou mais dois break points e fechou facilmente o jogo.

O que foi bom

Veja aqui os resultados de ontem do paulistão:

Santa Cruz Botafogo 2x4 Bragantino
Pacaembu Corinthians 2x2 Barueri
Vila Belmiro Santos 2x0 Guaratinguetá

Classificação:


1º Bragantino
Mirassol
Paulista
Santos
São Caetano
Guarani
Palmeiras
8º Barueri
Corinthians
Ituano
São Paulo
Oeste
Ponte Preta
14º Portuguesa
Santo André
Botafogo-SP
Guaratinguetá
Marília
Mogi Mirim
Noroeste

quinta-feira, 22 de janeiro de 2009

Nova Ferrari é ilegal, diz diretor de rival

O diretor técnico de chassis da Toyota, Pascal Vasselon, disse em entrevista à emissora britânica BBC que o modelo da Ferrari para a temporada de 2009 da Fórmula 1, o F60, possui alguns traços irregulares.

"A Ferrari tem algumas configurações ilegais, com o tubo exaustor. Nós esperamos que eles mudem caso estejam fora do regulamento", afirmou o dirigente.

Esta é a terceira equipe a manifestar preocupação com detalhes do carro da escuderia italiana. Dirigentes da BMW e da McLaren também pediram à Federação Internacional de Automobilismo (FIA) atenção ao F60.

A Ferrari apresentou o modelo F60 no dia 12 de janeiro. Na mesma semana, a equipe fez os primeiros testes com o carro à disposição do brasileiro Felipe Massa e do finlandês Kimi Raikkonen em 2009.

Cavs se recuperam e vencem Blazers em Portland

O Cleveland Cavaliers se recuperou da derrota sofrida na última rodada para o Los Angeles Lakers e, jogando fora de casa, venceu o Portland Trail Blazers por 104 a 98 na noite desta quarta-feira, pela NBA.

O destaque da partida foi novamente o ala-armador LeBron James, que com 34 pontos e 14 assistências anotou mais um double-double (dois dígitos em dois fundamentos) na temporada e levou os Cavs à 32ª vitória em 40 jogos (80%).

A vitória trouxe ainda os Cavs de volta à segunda posição da Conferência Leste, atrás apenas do Orlando Magic, e manteve a equipe de Cleveland no primeiro lugar da Divisão Central.

O ala-pivô brasileiro Anderson Varejão fez 12 pontos e pegou oito rebotes. Outro a ser importante na vitória do Cavs foi o armador Maurice Williams, autor de 33 pontos.

Pelos Blazers, Brandon Roy, com 23 pontos, foi o cestinha. A equipe de Portland é segunda na Divisão Noroeste e sexta na Conferência Oeste, com 25 vitórias e 17 derrotas (59%).

Cruzeiro goleia no 1º tempo e leva título no Uruguai

O Cruzeiro precisou apenas de 45 minutos para assegurar o título do Torneio de Verão no Uruguai. Impecável no primeiro tempo, a equipe do técnico Adílson Baptista passou com facilidade pelo Nacional e goleou por 4 a 1, em pleno Estádio Centenário, em Montevidéu, selando a conquista.

O título, apesar do caráter amistoso e preparatório de pré-temporada, tem um gosto especial para o lado azul de Belo Horizonte, justamente por ter vencido na semifinal seu maior rival, o Atlético-MG, no até hoje único clássico realizado entre ambos fora do País.

E, apesar de ainda buscar uma melhor formação para o Cruzeiro, Adílson viu seu time atuar nos primeiros 45 minutos longe do ritmo de pré-temporada. Tanto que os mineiros precisaram apenas de oito minutos para abrir o placar. Após cruzamento à área, a zaga uruguaia desviou o lance. O volante Elicarlos aproveitou o rebote e acertou o canto esquerdo do goleiro Burián.

Aos 26min, quando já havia aparecido com perigo no ataque em algumas ocasiões, o Cruzeiro ampliou. Wellington Paulista, livre, recebeu a bola na área, dominou e cruzou curto. Livre de marcação, o ídolo Ramires ficou cara a cara com Burián e só teve o trabalho de escolher o lado para ampliar.

Os donos da casa ameaçaram estragar a festa aos 28min, com um gol de Medina, que aproveitou um vacilo da zaga azul, em especial de Thiago Heleno, para marcar.

Seria o de honra apenas. Pois aos 35min, Thiago Ribeiro marcou mais um para o visitante brasileiro. Após cobrança de escanteio, o ex-são-paulino aproveitou um rebote mal dado pelos uruguaios e finalizou com força ao fundo das redes.

Dois minutos depois, a goleada foi sacramentada por um dos reforços contratados para 2009: Wellington Paulista. O ex-botafoguense acertou um chute rasteiro de dentro da área e marcou o seu primeiro gol com a camisa azul na temporada.

Com o 4 a 1 no placar definido ainda na primeira etapa e o título da competição assegurada, Adílson aproveitou para testar algumas peças do elenco, promovendo uma série de substituições e dando oportunidades a nomes como Leonardo Silva, Soares, Camilo e Jancarlos, esse último expulso por excesso de força sobre um rival, único ponto de emoção no segundo tempo.

Dona da casa, Venezuela empata mais uma

Mesmo com o apoio de sua torcida, a Venezuela ainda não conseguiu vencer no Campeonato Sul-Americano Sub-20. Os donos da casa voltaram a empatar nesta quarta-feira, desta vez com o Equador por 0 a 0, em partida realizada na cidade de Maturín.

Na primeira rodada, a Venezuela também empatou com a Argentina por 1 a 1, pelo Grupo A da competição continental.

Com o resultado conquistado nesta quarta, a Venezuela chega a apenas dois pontos na classificação, enquanto o Equador soma seu quarto ponto e assume a liderança isolada da chave.

Nesta sexta-feira, o Equador volta ao gramado para enfrentar a Colômbia, às 21h (de Brasília), em Maturín. A Venezuela só jogará no domingo, às 23h, contra a seleção peruana.

O jogo começou

O paulistão se deu início e aqui no blog, você não perde nada.
Resultados de ontem:

Santo André 0x1 Palmeiras
São Paulo 1x1 Ituano
Marília 0x2 São Caetano
Paulista 2x0 Noroeste
Mogi Mirim 0x2 Mirassol
Guarani 1x0 Portuguesa
Oeste 0x0 Ponte Preta

Jogos de hoje:

19h30 Santa Cruz Botafogo x Bragantino
19h30 Pacaembu Corinthians x Barueri
21h30 Vila Belmiro Santos x Guaratinguetá

Comentários:

JL: "Os jogos foram emocionantes, com os populares erros de arbitragem, mas com o passar do tempo, essa situação pode mudar para melhor, e os jogos fiquem corretos e sem nenhum erro. Do destaque para a vitória do Mirassol em cima do Mogi Mirim."

RA: "Sobre o jogo de abertura. No começo o jogo estava equilibrado. No decorrer, o Santo André se mostrou um pouco melhor que o Palmeiras. Tinha o Marcelinho, que fazia bons passes. O Palmeiras começou a melhorar e estava levando perigo para a defesa do Santo André nos contra-ataques que não ficava bem posicionada. No segundo tempo, o Palmeiras melhorou e mereceu vencer o jogo, mas o Santo André parece ser um time bem orientado e que pode dar trabalho nos demais jogos e Marcelinho Carioca continua jogando bem."

JL: "Aprecio os comentários de Rosana com muito prestígio e concordo com ela em tudo."

quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Campeonato de rivalidades

Hoje damos início ao campeonato Paulista, um dos maiores nessa época do ano. Podemos dizer que haverá muitas novidades nesse meio, confusões todos querem menos, e a injustiça acabada. Eu trouxe aqui hoje Jonathan Left e Rosana Araújo para um bate papo leve sobre esse campeonato.

O que vocês acham que vai ocorrer este ano?
JL: "é um ano para começarmos bem e sem essas intrigas que rodam o meio esportivo. Temos que considerar muitas coisas, perante ao movimento do campeonato. Espero que nada ocorra de ruim."

RA: "Concordo com o Jonathan em todos os aspectos e acrescento que esse ano podemos ter muitas emoções."

Esse ano podemos nos surpreender com o campeão?
JL: "Acho que sim, por como os grandes estão começando o ano. De um lado o Palmeiras que não sabe o que faz para iniciar bem o ano. Do outro temos o São Paulo, time forte, mas que planejou começar o ano tarde. Temos o Santos, que foi um desastre o ano passado nos dois campeonatos que participou. Temos o Corinthians, vindo de uma passagem na segunda divisão do Brasileiro e otimista até demais pelo que eu acho. Mas também se um deles ganhar, não irei me surpreender."

RA: "Fiquei sem palavras depois desse discurso. Só espero que tudo isso que ele disse não seja em vão."

Obrigado pela participação de vocês.
Então é isso, que venha o PAULISTÃO 2009!!!!!!!

terça-feira, 20 de janeiro de 2009

Encerramos hoje o especial do São Paulo. Se você quiser mais novidades sobre o clube paulista, acesse esse site:

São Paulo Futebol Clube

Voltaremos em 26 de fevereiro até o dia 02 de março com o início do especial do Cruzeiro, penúltimo e depois no dia 16 de março até 21 de março com o último, do Palmeiras.
Obrigado

De olho na arbitragem

Uma das prioridades da FPF é melhorar o nível dos juízes, que passarão a ser premiados

Sai ano, entra ano e uma coisa nunca muda no futebol: a reclamação de jogadores, técnicos, dirigentes e torcedores contra os árbitros. Eles sempre (ou quase) são os vilões e os culpados pelos maus resultados desse ou daquele time. O trabalho é difícil e os erros, constantes.
Como acontece com frequência, a Federação Paulista de Futebol mais uma vez avisa que tentará diminuir as falhas.
Para tanto, garante, resolveu inovar e investir na preparação dos juízes.
Uma novidade será a manutenção de trios - cada árbitro trabalhará com os mesmos auxiliares na competição. Os três serão analisados rodada a rodada por uma equipe da FPF e receberão pontuação. Assim que acabar o Paulista, o trio que liderar a classificação receberá o prêmio de R$ 200 mil. O segundo ficará com R$ 100 mil e o terceiro levará R$ 50 mil. Os juízes escalados para as semifinais e finais ficarão concentrados antecipadamente, como ocorre com os times.
Em 2008, como de costume, houve muita chiadeira. No fim, entretanto, o Palmeiras foi um justo campeão.

Jonathan, o que você acha desse nova mudança?
"Eu acho uma mudança boa e ruim ao mesmo tempo, pois no lado bom pode ser que os árbitros trabalhem bem, mas haverá muita rivalidade entre eles."

Você acha que esse ano teremos boas emoções?
"Sempre temos, umas boas e outras nem tanto, mas é o ritmo do futebol."

segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Times de 2008 - Paulista

Veja aqui os times que irão participar do campeonato paulista de 2009

Série A1

Barueri
Botafogo-SP
Bragantino
Corinthians
Guarani
Guaratinguetá
Ituano
Oeste
Marília
Mirassol
Mogi Mirim
Noroeste
Palmeiras
Paulista
Ponte Preta
Portuguesa
Santo André
Santos
São Caetano
São Paulo

sábado, 17 de janeiro de 2009

JL: "Este ano os campeonatos estaduais estão mudados, com times novos e com cara de que vai ser competitivo e maravilhoso, na questão de jogadas, estratégias e vibração com uma vitória. Apesar de tudo que possa vim de ruim, mas que esperamos que não venha, tudo vai ser bonito e grandioso para o noso país."

Datas

Aqui estão as datas para os inícios dos campeonatos estaduais de 2009. Acompanhe aqui essas datas:

Campeonato Paulista: 21 de janeiro
Campeonato Carioca: 24 de janeiro
Campeonato Baiano: 18 de janeiro
Campeonato Gaúcho: 20 de janeiro
Campeonato Catarinense: 18 de janeiro
Campeonato Goiano: 25 de janeiro
Campeonato Cearense: iniciou em 10 de janeiro
Campeonato Capixaba: iniciou em 10 de janeiro
Campeonato Mineiro: 25 de janeiro
Campeonato Paranaense: 24 e 25 de janeiro
Campeonato Pernambucano: iniciou em 10 de janeiro
Campeonato Mato-Grossense: 25 de janeiro

sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

Para saber mais sobre o São Paulo Futebol Clube, acesse:

São Paulo Futebol Clube

A história do São Paulo

Torcida
Segundo pesquisa realizada pelo instituto Datafolha, em 19 de dezembro de 2007[12], o clube possui a terceira maior torcida do país, atrás somente de Flamengo e Corinthians. Na cidade de São Paulo, o clube conta com a segunda maior torcida[13].

Além disso, ainda pelo instituto Datafolha em pesquisa realizada em 31 de julho de 2008[14], na faixa de quatro a doze anos de idade, o São Paulo Futebol Clube encontra-se na segunda posição, atrás apenas do Flamengo. Já no âmbito mundial, a torcida do Tricolor Paulista é a sétima maior, ficando na frente de clubes mundialmente consagrados como Milan, River Plate, Real Madrid, Barcelona e Internazionale[15].

Em pesquisa da revista Placar, o São paulo aparece em terceiro lugar no que tange ao número de sócios-torcedores, ficando atrás, respectivamente, de Internacional e Grêmio com um número total de 32.000 sócios-torcedores[16].

O clube tem como principais torcidas organizadas a Torcida Independente e a Torcida Dragões da Real e é um dos poucos clubes a ter duas torcidas organizadas ditas grandes.


Rivalidades históricas
O São Paulo tem como principais rivais Santos, Palmeiras e Corinthians, sendo que os dois últimos formam, juntamente com o Tricolor Paulista, o chamado Trio de Ferro. Os quatro clubes dividem a preferência dos torcedores devido aos vários títulos conquistados[17][18].

Os nomes dos clássicos citados a seguir foram criados por Thomaz Mazzoni jornalista do jornal A Gazeta Esportiva nas décadas de 40 e 50.

O classico entre São Paulo e Santos, o San-São, é conhecido pelas vitórias imprevisíveis para ambos os lados. Nesse clássico, o terceiro que mais ocorreu contra o São Paulo, o que chama a atenção é o desequilíbrio no número de vitórias para o Tricolor do Morumbi — mais de 30 vitórias de diferença para o clube da capital.

O Choque Rei, clássico entre São Paulo e Palmeiras, é um dos que possui mais rivalidade no futebol mundial, segundo o FootballDerbies.com, ocupando o 20º lugar e o segundo maior do Brasil[19]. Rivalidade esta, alimentada na década de 40 onde o São Paulo representava o espírito dos paulistas contra a ditadura brasileira e que foi acusado pelo Palmeiras de ter sido o responsável pela pressão sofrida para a troca de nome de Palestra Itália para Palmeiras[20].

Majestoso foi o nome dado para o clássico envolvendo São Paulo e Corinthians na ocasião do jogo válido pelo Campeonato Paulista de 1942 quando, para verem a estréia de Leônidas da Silva pelo São Paulo, 70.281 pessoas compareceram ao Estádio do Pacaembu, sendo que é o time que mais vezes enfrentou o Tricolor do Morumbi. É considerado como um dos maiores clássicos do mundo, e consequentemente do Brasil com a segunda posição, segundo a revista World Soccer figurando na 18ª posição geral[21].


Públicos do São Paulo
Maiores públicos como mandante
São Paulo 1 a 0 Santos, 122.209 pessoas1 em 16 de novembro de 1980.
São Paulo 0 a 0 Palmeiras, 110.915 pessoas em 1 de dezembro de 1991.
São Paulo 2 a 1 Palmeiras, 110.887 pessoas em 20 de dezembro de 1992.
São Paulo 0 a 0 Corinthians, 109.464 pessoas em 30 de agosto de 1987.
São Paulo 1 a 1 Porto (Portugal), 107.869 pessoas em 25 de janeiro de 1970.
São Paulo 0 a 0 Corinthians, 106.142 pessoas em 15 de dezembro de 1991.
São Paulo 1 a 0 Newell's Old Boys, 105.185 pessoas em 17 de junho de 1992.
São Paulo 3 a 0 Operário (Mato Grosso do Sul), 103.092 pessoas em 26 de fevereiro e 1978.
São Paulo 1 a 1 Barcelona (Equador), 100.000 pessoas em 21 de abril de 1972.
São Paulo 3 a 2 Botafogo, 98.650 pessoas em 26 de abril de 1981.
1. ↑ Estimativa de um público total de 137.209 pessoas.



Maiores públicos como visitante
Corinthians 2 x 3 São Paulo, 117.061 pessoas em 5 de dezembro de 1982.
Palmeiras 0 x 1 São Paulo, 112.016 pessoas em 17 de junho de 1979.
Santos 1 x 1 São Paulo, 107.485 pessoas em 24 de junho de 1979.
Corinthians 2 x 1 São Paulo , 105.435 pessoas em 2 de outubro de 1977.
Palmeiras 0 x 1 São Paulo, 103.887 pessoas em 27 de junho de 1971.
Atlético Mineiro 0 x 0 São Paulo, 102.974 pessoas em 5 de março de 1978.
Corinthians 0 x 3 São Paulo, 102.821 pessoas em 8 de dezembro de 1991.
Corinthians 1 x 0 São Paulo, 100.858 pessoas em 16 de dezembro de 1990.
Portuguesa 1 x 2 São Paulo, 99.025 pessoas em 22 de dezembro de 1985.
São José 0 x 0 São Paulo, 97.965 pessoas em 2 de julho de 1989.
Embora visitante, 9 dos 10 jogos foram no Morumbi.



Menores públicos
São Paulo 6 a 1 Noroeste, 247 pessoas em 19 de junho de 1990.
São Paulo 1 a 0 São Bento, 251 pessoas em 2 de julho de 1981.
São Paulo 3 a 0 São Bento, 277 pessoas em 9 de agosto de 1973.
São Paulo 1 a 0 São Bento, 302 pessoas em 30 de maio de 1976.
São Paulo 4 a 1 América (Minas Gerais), 313 pessoas em 19 de março de 1996.
São Paulo 0 a 0 São Bento, 328 pessoas em 28 de maio de 1987.
São Paulo 2 a 2 Vitória, 353 pessoas em 1 de setembro de 1994.
São Paulo 0 a 1 América (São José do Rio Preto), 360 pessoas em 13 de junho de 1976.
São Paulo 1 a 0 São Bento, 361 pessoas em 4 de maio de 1973.
São Paulo 2 a 0 União Bandeirante, 408 pessoas em 27 de junho de 1960.
Todos os jogos citados foram sob mando do São Paulo.

Estrutura

Estádio do Morumbi - visão interna
Estádio do Morumbi
Ver artigo principal: Estádio do Morumbi
Com capacidade para 73.501 pessoas (o maior estádio particular do Brasil), o Estádio Cícero Pompeu de Toledo, também conhecido como Estádio do Morumbi, foi inaugurado em 2 de outubro de 1960 com o estádio ainda inacabado e sua primeira partida foi entre São Paulo Futebol Clube e Sporting Lisboa de Portugal, sendo a partida vencida pelos donos da casa pelo placar de 1 a 0. O gol dessa partida foi marcada pelo jogador Peixinho. Em um cruzamento, ele mergulhou para cabecear a bola próximo do chão. Desde então essa jogada ficou conhecida no Brasil como "gol de peixinho".

A inauguração total se deu em 25 de janeiro de 1970 em uma partida entre o Tricolor Paulista e o Porto, também de Portugal, que terminou empatada em 1 a 1 com gols de Vieira Nunes para o Porto e Miruca para o São Paulo.


Complexo Social
A inauguração parcial do Estádio do Morumbi foi primordial para o lançamento do Complexo Social do clube. Antes quase ninguém acreditava no projeto, visto como ambicioso. Após, passou-se a acreditar que projetos maiores poderiam ser feitos.

A iniciação da venda dos "Títulos Sociais" foi um sucesso, com vendas estimadas em 7.500 unidades ao preço de cem mil Cruzeiros tendo os proprietários de cadeiras cativas 25% de desconto e os associados, 20%. Com a arrecadação foram iniciadas as obras, com custo aproximado de cem milhões de Cruzeiros, da sede da praça de esportes (provisória), três piscinas, cinco conjuntos de quadras de tênis, uma quadra de voleibol e futebol de salão, uma de basquete, dois paredões duplos para aprendizagem de tênis, playground, campo de futebol, canchas de boccha, além da iluminação do estádio.

Hoje, o complexo social do clube possui uma área total de 85.000 metros quadrados e é considerdo uma das mais imponentes sedes sociais do Brasil. Possui um dos maiores espelhos d'água do país e um tobogã aquático de 40 metros. Possui também uma estrutura impressionável: duas piscinas aquecidas, lanchonetes, restaurante, salão de festas, cabeleireiro, cinco ginásios poliesportivos, sete quadras externas, três campos de futebol para uso dos associados (um gramado e dois sintéticos), duas quadras de paddle, oito quadras de tênis, uma quadra de vôlei de areia, berçário, salas de ginástica e musculação, playground, vestiários masculino e feminino, sauna e área com churrasqueiras.

A Diretoria Social Cultural organiza periodicamente eventos, cursos e palestras. Há ainda a biblioteca com um acervo diverso e com 5.500 títulos estimados. No espaço cultural são disponibilizados na hemeroteca os principais jornais e revistas. A gibiteca da sede social oferece muita variedade e qualidade no seu acervo. O funcionamento do Complexo Social inicia-se às 9:00 horas, de terça-feira a sexta-feira fica aberto até as 21:00, aos sábados até as 18:00 e aos domingos e feriados até as 17:00 horas.


Morumbi Concept Hall
O clube conta atualmente com uma área chamada Morumbi Concept Hall que foi concebida para aumentar a circulação de pessoas, fortalecer a marca do time e aumentar a receita em dias em que não há jogos no estádio, aumentando, assim, as opções de entretenimento, negócios e lazer para os paulistanos e turistas. a entrada pode ser feita pelo portão dois do estádio.




Memorial
O Memorial Luiz Cássio dos Santos Werneck foi inaugurado em 1994 após dez meses de planejamento por José Eduardo Mesquita Pimenta e tem esse nome em homenagem ao advogado, conselheiro, diretor e presidente de conselho do clube (a última vez eleito Presidente do Conselho Deliberativo em 2002). Luiz Cássio dos Santos Werneck foi fiel escudeiro de Cícero Pompeu de Toledo durante toda a construção do Estádio do Morumbi. Ele foi um dos responsáveis por obter recursos, por exemplo, com a Companhia Antarctica Paulista, cujo capital alavancou as obras do estádio.

O memorial foi construído com o intuito de organizar as glórias do clube. À época não havia um cuidado muito grande com a história de um clube, e o Tricolor Paulista foi o precursor. Com entrada gratuita, o horário de funcionamento é das 9:00 horas às 16:30 nos dias úteis e das 12:00 às 16:30 nos finais de semana ou feriados, não abrindo em dias de jogo no estádio.

Ele foi montado de modo que além de mostrar as conquistas nos gramados, também pudesse exibir conquistas fora deles. Além disso se preocupa em mostrar pontos importantes da história não só para o clube, mas para todo o esporte. Encontram-se no memorial, por exemplo, os troféus já conquistados na história do clube, objetos pessoais de Éder Jofre, Leônidas da Silva e Adhemar Ferreira da Silva, retratos de jogadores e ídolos, a história do Estádio do Morumbi e as conquistas de todas as modalidades já praticadas no clube.

Infelizmente, hoje o memorial encontra-se defasado em relação ao de seus rivais, considerada por alguns como "apenas" uma sala de troféus melhorada. Os troféus não estão exibidos em ordem cronológica ou de importância, sendo difícil encontrar alguns deles, também faltam recursos audiovisuais e interativos.
História

No dia 26 de janeiro de 1930 foi assinada a ata de fundação do São Paulo da Floresta, nascido da união entre a Associação Atlética das Palmeiras e o Club Athlético Paulistano. Conservando as tradições do passado, o uniforme do novo clube estamparia as faixas vermelhas e pretas em homenagem aos dois clubes fundadores.

Como conquistas, o Tricolor Paulista venceu o Campeonato Paulista de 1931 em seu segundo ano de vida, e conseguiu sagrar-se vice em 1930, 1932, 1933 e 1934. Foi também vice-campeão do Torneio Rio-São Paulo de 1933. Portanto, o Tricolor Paulista, clube recém fundado, estava no topo do futebol local, um fato extraordinário mas nem tanto se levadas em considerações suas origens vencedoras.

Porém o São Paulo da Floresta viu-se obrigado a fechar suas portas devido a um erro grave: comprar uma suntuosa sede na Rua Conselheiro Crispiniano, um pequeno palácio conhecido como "Trocadero", ao custo de 190 contos de réis, dívida esta que não foi saldada. A solução encontrada foi, então, fundir-se ao Clube de Regatas Tietê ao dia 14 de maio de 1935 e se desfiliar da APEA.

Após a fusão com o C.R. Tietê, alguns antigos sócios do Tricolor Paulista, inconformados com a fusão, decidiram refundar o clube, surgindo assim no dia 4 de junho de 1935 o Clube Atlético São Paulo. E no dia 16 de dezembro de 1935 resurgiria o São Paulo Futebol Clube que, depois de tantos empecilhos e ressurreições, ganhou o apelido de "Clube da Fé".


"O mais querido"
O São Paulo Futebol Clube recebeu o título de O mais querido durante o período da ditadura Vargas, no qual eram proibidas as ostentações das bandeiras |estaduais. Na ocasião da inauguração do Estádio do Pacaembu em 27 de abril de 1940, o Tricolor Paulista entrou ostentando o nome e as cores do time que, não por acaso, são as mesmas do estado de São Paulo. O estádio inteiro e os locutores de todas as rádios, revoltados com a censura, driblaram-na aplaudindo de pé o time que carrega até hoje as cores vermelho, preto e branco.


Símbolos

O Tricolor Paulista teve, ao longo de sua história, o mesmo nome, as mesmas cores, o mesmo escudo, o mesmo uniforme e a mesma bandeira.

Os fundadores do São Paulo Futebol Clube queriam um nome, cores e formas que representassem suas vontades como esportistas. Para isso, foram retirados o vermelho do C.A. Paulistano, o preto da A.A. das Palmeiras e o branco de ambos, simbolizando a união dos times em um outro, maior. Assim nasciam as três cores do clube.

Já o escudo e os uniformes do São Paulo Futebol Clube foram desenhados por um alemão, de nome Walter Ostrich, que era simpatizante do novo clube em formação, com a ajuda de Firmiano de Moraes Pinto.


Escudo

De acordo com o estatuto do clube, o símbolo do Tricolor Paulista é formado por um triângulo isóceles branco, invertido, com base maior elevada por um retângulo com altura igual à metade da lateral do referido triângulo. Dentro dessa parte alongada encontra-se outro retângulo, de cor preta, com as iniciais SPFC em branco. No interior do triângulo uma faixa branca de largura igual a um quarto da lateral menor com dois triângulos escalenos, um vermelho à esquerda e outro preto, à direita[9].

As estrelas foram introduzidas posteriormente e também tem um significado especial. As duas douradas, introduzidas no escudo em 1955 e, posteriormente, no uniforme em 1997, representam os recordes mundiais e olímpicos conquistados por Adhemar Ferreira da Silva nas Olimpíadas de 1952 em Helsinque e nos Jogos Pan-americanos de 1955 no México.

Já as três estrelas vermelhas, ao centro, introduzidas em 2000, representam o tricampeonato Mundial conquistado no Japão, nos anos de 1992, 1993 e 2005.

Pelo estatuto não são permitidas inclusões de títulos considerados de menor importância. Campeonatos continentais, nacionais, estaduais ou torneios de verão jamais poderão ser representados por estrelas.


Uniformes
De acordo com o estatuto do São Paulo Futebol Clube, os uniformes tem que ser produzidos de acordo com as normas pré-estabelecidas. São permitidas apenas a aplicação de patches nas mangas enquanto o clube detiver o título de determinado campeonato ou por algum outro motivo especial.

Uniforme Titular
O uniforme titular é composto de camisa branca com três faixas horizontais à altura do peito sendo a primeira vermelha seguidas pela branca e pela preta. As faixas vermelha e preta devem ter cinco centímetros de largura e a branca deve ter largura igual a 2,5 centímetros. O escudo cobre inteiramente as faixas. Esse uniforme é a mistura perfeita dos clubes que deram origem ao Tricolor do Morumbi, o C.A. Paulistano e a A.A. das Palmeiras uma vez que o primeiro possuía uma faixa vermelha e o segundo uma preta no uniforme. O calção e as meias são igualmente brancas[9].




Uniforme Reserva
Já o uniforme reserva é composto alternadamente por faixas vermelhas, brancas, pretas e novamente brancas, todas vericais. Na altura do coração encontra-se o escudo do clube. As faixas vermelhas e pretas possuem 4,5 centímetros de largura e as brancas tem largura de 1,5 centímetros. O calção e as meias são pretas[9].

O uniforme padrão do Tricolor do Morumbi possui diversos tipos de combinações, sempre mesclando partes do uniforme principal com partes do uniforme reserva. Dessa maneira cumpre-se a rigorosa norma da FIFA (de meados dos anos 90) de diferenciação de todas as partes das vestimentas dos times em uma partida.


Mascote

Representação do São Paulo, o santo mascote do clube.Até hoje o São Paulo Futebol Clube teve apenas uma mascote, que ficou marcada em sua história. Criada na década de 40 por um cartunista do jornal A Gazeta Esportiva, a imagem do santo agradou a todos os são-paulinos permanecendo até hoje como mascote oficial do clube e, apesar do verdadeiro São Paulo ter morrido jovem, é representada por um velhinho de barba branca. É chamada de "Santo" Paulo para não confundir com o nome do clube.


Hino
O hino do São Paulo Futebol Clube — composto por Porfírio da Paz em 1935 e oficializado em 1942 — passou por diversas alterações até chegar à atual estrutura.

A criação do hino foi um tanto quanto atípica e comovente. Porfírio da Paz em 1936, à época tenente da Força Pública e farmacêutico, acabara de ser informado que perderia sua casa por falta de pagamento e por conta do nervosismo, cantarolava uma canção entoando o nome do clube do qual era apaixonado. Mais tarde e mais calmo, pôs no papel a letra que viria a ser o hino do São Paulo Futebol Clube[10][11].

«Quase tudo que recebia ia para o clube. Quando fui avisado da perda da casa, fiquei desolado. Andava de um lado para o outro, sem saber o que fazer. Mas o amor pelo São Paulo foi maior e, ao invés de desisitir, comecei a cantarolar: 'Salve o tricolor paulista' e compus o hino do clube. Foi cantando o hino que eu e minha família deixamos nossa casa.»
(Porfírio da Paz)

No lançamento do hino em 1942 e contando com diversos segmentos esportivos, Porphírio apresentou o então hino do clube. Mas uma das estrofes em particular, a sétima, causou certas interpretações errôneas. Ela continha a rima "Do Palmeiras também trazes" em referência à A.A. das Palmeiras, clube este que se fundiu ao Paulistano para formar o Tricolor Paulista. Porém o Palestra Itália havia alterado seu nome para Palmeiras o que fez gerar toda uma confusão.

Porphírio então substituiu a palavra "Palmeiras" pela palavra "Floresta", região onde localizava-se o Tricolor Paulista e muitos outros clubes da época ficando, pois, "Da Floresta também trazes". Por não haver uma ligação estreita com o clube, Porphírio viu-se obrigado a remodelar totalmete a estrofe. Deixando a sétima estrofe do hino da maneira como a conhecemos hoje. O estribilho também fora mudado acrescentando-se o advérbio "já".

Depois de mudado quase que por completo, no dia 29 de abril de 1966, Porphírio pediu licença em uma reunião no Egrégio Conselho Deliberativo para que pudesse cantar o hino definitivo do clube. Aproveitou a ocasião para também doar todos os direitos autorais ao Tricolor do Morumbi.

São Paulo Futebol Clube

O São Paulo Futebol Clube é uma associação esportiva brasileira. Fundado em 1930 e refundado em 1935 após um breve período de inatividade, é um dos principais clubes esportivos do país e do mundo, com grande tradição no futebol, boxe, atletismo, vôlei, ginástica artística, basquete, saltos ornamentais, entre outros.

O São Paulo Futebol Clube é um dos clubes mais bem sucedidos do futebol brasileiro, conquistou vinte e dois campeonatos estaduais, seis Campeonatos Brasileiros (e é o único a conquistá-lo três vezes seguidas em 2006, 2007 e 2008), três Libertadores e três Mundiais.

O Tricolor do Morumbi também é um dos maiores clubes do mundo ocupando a sexta colocação segundo a Folha de São Paulo. Já para a IFFHS, órgão de estátistica reconhecido pela FIFA, o Tricolor Paulista é o 10º melhor clube atualmente e o 20º melhor de todos os tempos.

No âmbito nacional, o São Paulo Futebol Clube só deixa de estar na primeira colocação no Ranking da CBF, onde aparece em quinto. Já pelas classificações da revista Placar, Folha de São Paulo e RSSSF ele aparece sempre em primeiro.

Segundo a revista de esportes Placar, o São Paulo Futebol Clube é o segundo time de futebol que mais vezes cedeu jogadores em convocatórias para a Seleção Brasileira em Copas do Mundo, atrás apenas do Botafogo [carece de fontes?]. Porém outras fontes colocam o Tricolor do Morumbi como o clube que mais cedeu jogadores à seleção em Copas do Mundo. Além de ser um dos dois únicos clubes (o outro é o Palmeiras) a ceder jogadores em todas as cinco conquistas brasileiras da Copa do Mundo e é o único clube do mundo a ter jogadores convocados para todas as Copas do Mundo após a Segunda Guerra Mundial — de 1950 em diante.

terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Campeonato Carioca

Jogos da Primeira Rodada:


Data Hora Local Mandante Visitante
24/01 16h São Januário Vasco x Americano
24/01 16h Edson Passos Madureira x Resende
24/01 18h15 Bacaxá Cabofriense x Fluminense
24/01 20h30 Marrentão Duque de Caxias x Tigres Brasil
25/01 16h Araruama Macaé x Volta Redonda
25/01 16h Louzadão Mesquita x Bangu
25/01 17h Maracanã Flamengo x Friburguense
25/01 19h10 Eucy Resende de Mendonça Boavista x Botafogo

segunda-feira, 12 de janeiro de 2009

Ola, meu caro visitante,

Estou aqui para te dizer que vamos ter o compromisso de fazer os três últimos especiais do ano e dizer que vamos nos organizar esse ano. Lembrando também que em Novembro, nós completamos 1 ano de existência e parabenizar você, visitante.

Obrigado

Um olhar para 2009

Sempre pensamos que tudo vai dar certo, que o time do coração irá sempre ganhar e que conseguirá levar algum crédito. Pensamos que, se não for para ganhar títulos, mas para deixar uma boa marca no ano.
Se também não for para isso, que não seja rebaixado ou humilhado como um time de várzea (com todo o respeito a eles).
Há também os que sonham em conseguir o acesso a elite principal, ter marcado o campeonato que esteve e ser um vitorioso.
Esse ano, essas vitórias podem ser classificadas, no Brasil, como:
  • Campeonato Estadual;
  • Campeonato Brasileiro;
  • Copa do Brasil;
  • Taça Libertadores;
  • Copa Sul-americana;
  • Mundial da FIFA ou;
  • Simplesmente um amistoso.

Para o exterior, temos:

  • Campeonato Nacional;
  • Copa Nacional;
  • Copa dos Campeões;
  • Campeonato da UEFA.

O ano foi lançado e os times correm atrás do seu melhor para que se dê bem em 2009 ou outro ano que vem por ai, mas o que não muda é a vontade de vencer, a energia do torcedor e a determinação dos jogadores.

Então vamos fazer esse ano o melhor, mesmo que para alguns isso não seja bom, mas que se possa curtir a vontade!

Que 2009 venha para ser o melhor.

Esse é a mensagem que o "Blog do Esporte" deixa para você, caro visitante, e que 2009 possamos mostrar o nosso melhor.

Uma mensagem de todos que organizam esse blog e que gostam de levar a informação para você ai do outro lado do computador.

sábado, 10 de janeiro de 2009

Boleiros do Blog

Quando iniciar os campeonatos estaduais, vamos começar a ver mais comentários de Jonathan Left e Rosana Araujo, tendo cada um a comentar uma rodada específica de algum desses campeonatos. Aguarde!
Você não vai ficar sem saber as novidades sobre o mundo do esporte aqui no "Blog do Esporte". Por motivos dos campeonatos estaduais, brasileirão e campeonatos internacionais, os especiais dos times São Paulo, Cruzeiro e Palmeiras terão suas datas mudadas, para que possamos fazer você ficar ligado nos campeonatos de 2009. Abaixo, temos as datas dos dias dos especiais:

Botafogo (esse já se deu início na sexta dia 09)
De 09/01 até 16/01

São Paulo
De 16/01 até 20/01 e volta no dia 17/02 até 19/02

Cruzeiro
De 26/02 até 28/02 e volta no dia 02/03 até 05/03

Palmeiras
De 16/03 até 21/03 e assim finaliza os especiais de 2009, que tivemos de mudar de nome esse especial.
Desculpe pelo transtorno, mas estamos atendendo a todos os nossos visitantes e amigos do blog que vão ficar bem informados.
Qualquer dúvida, deixe seu comentário com a pergunta.
Obrigado,
Nicholas

sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Club de Regatas Botafogo

Grupo de Regatas Botafogo

Localização do Botafogo no mapa da América do Sul.Em 1891, sob a liderança de Luiz Caldas, foi fundado o Grupo de Regatas Botafogo. O grupo de remo ganhou esse nome em homenagem a enseada do bairro onde competiam seus barcos. Esta associação contava em sua gênese com a participação de membros vindos do Clube Guanabarense, criado em 1874[4].

No contexto da Revolta da Armada, dois líderes revolucionários, o almirante Custódio de Melo e o comandante Guilherme Frederico de Lorena, tinham, respectivamente, dois filhos como sócios do grupo, João Carlos de Melo (John) e Frederico Lorena (Fritz). Esta ligação dos jovens com o grupo levantou suspeitas do governo sob o Botafogo, que foi obrigado a interromper suas atividades. Por conta da perseguição, John e Fritz deixaram o Rio de Janeiro e Luiz Caldas foi preso.

Pouco tempo depois, Luiz Caldas viria a falecer ao final de junho de 1894. Então, os sócios restantes do Grupo de Regatas Botafogo reuniram-se para regulamentar a criação do clube. Com quarenta sócios, em 1 de julho de 1894 era fundado o Club de Regatas Botafogo.


Criação do clube

Local no Estado do Rio de Janeiro.
Primeira sede do Club de Regatas BotafogoA sede do clube era em um casarão, atualmente demolido, no sul da praia de Botafogo, encostado ao Morro do Pasmado, onde hoje termina a avenida Pasteur. Os fundadores do Club de Regatas Botafogo foram Alberto Lisboa da Cunha, Arnaldo Pereira Braga, Arthur Galvão, Augusto Martins, Carlos de Souza Freire, Eduardo Fonseca, Frederico Lorena, Henrique Jacutinga, João Penaforte, José Maria Dias Braga, Julio Kreisler, Julio Ribas Junior, Luiz Fonseca Quintanilha Jordão, Oscar Lisboa da Cunha e Paulo Ernesto de Azevedo.

A embarcação botafoguense Diva tornou-se uma lenda nas águas da Baía de Guanabara, tendo vencido todas as 22 regatas que disputou, sagrando-se campeão carioca de 1899. Apesar da larga tradição no esporte, o Club de Regatas Botafogo só foi esta vez campeão carioca de remo (os outros títulos estaduais vieram após a fusão).

O Club de Regatas Botafogo foi o primeiro clube carioca campeão brasileiro de alguma modalidade esportiva: de remo, em campeonato realizado no Rio de Janeiro em outubro de 1902, com a vitória do atleta Antônio Mendes de Oliveira Castro, que anos mais tarde viria a se tornar presidente do clube.

Na primeira regata disputada pelo recém-fundado Clube de Regatas do Flamengo, os remadores deste bateram em uma boia de sinalização e adernaram, tendo sido salvos por uma guarnição do Botafogo, que rebocou o barco rubro-negro até a linha de chegada[5].

Uma curiosidade na história do Club de Regatas é que seus atletas já haviam se arriscado a praticar o futebol. Isto aconteceu em 25 de outubro de 1903, antes da fundação do Botafogo Football Club. Os remadores botafoguenses reuniram-se com os colegas de esporte do Flamengo para a disputa de um amistoso. O time do Botafogo, formado por W. Schuback, C. Freire e Oscar Cox; A. Shorts, M. Rocha e R. Rocha; G. Masset, F. Frias Júnior, Horácio Costa Santos, N. Hime e H. Chaves Júnior, goleou o Flamengo por 5 a 1 no campo do Paissandu. Alguns dos atletas do Botafogo integravam o time de futebol do recém-fundado Fluminense.


Botafogo Football Club

A fundação

Vista aérea atual do bairro de Botafogo.O bairro de Botafogo foi o local onde se fundou para o futebol o Electro Club, primeiro nome dado ao Botafogo Football Club. A ideia surgiu a partir de Flávio Ramos e Emmanuel Sodré que estudavam juntos no Colégio Alfredo Gomes. Durante uma aula cansativa de álgebra ministrada pelo general Júlio Noronha, um bilhete passado por Flávio a Emmanuel dizia: "O Itamar tem um clube de football na rua Martins Ferreira. Vamos fundar outro no Largo dos Leões? Podemos falar aos Werneck, ao Arthur César, ao Vicente e ao Jacques".

Emmanuel aguardou o fim da aula para expressar seu entusiasmo. Os meninos, que residiam no bairro de Botafogo, próximo ao Largo dos Leões, logo convenceram outros colegas de que não surgiria opção melhor para preencher o vazio daqueles dias de começo de século XX no Rio de Janeiro, em que eram raras as atrações para os adolescentes. Na tarde de sexta-feira, 12 de agosto de 1904, Flávio, Emmanuel e alguns amigos, todos com idades entre catorze e quinze anos, reuniram-se em um velho casarão localizado nas esquinas da rua Humaitá com o Largo dos Leões para oficializar a fundação do clube.


Time do Botafogo em 1906.Electro Club foi o primeiro nome dado ao Botafogo, já que os meninos decidiram cobrar mensalidade e acharam um talão de um extinto grêmio de pedestrianismo com esse nome, que resolveram então adotar.

O uniforme de listras verticais em preto e o branco também foi aclamado por unanimidade. A sugestão partiu de Itamar Tavares. Ele estudara na Itália, onde torcia para a Juventus, criada em 1897 e que, hoje, é um dos clubes mais populares da Europa. A primeira diretoria do Electro, que não teve ata de fundação, era composta por Flávio da Silva Ramos (presidente), Octávio Werneck (vice-presidente), Jacques Raimundo Ferreira da Silva (secretário) e Álvaro Werneck (tesoureiro). Flávio e Emmanuel não gostariam de ver o clube tomar o destino de tantos outros, que desapareceram sem deixar vestígio. Logo, procuraram gente com mais idade e mais experiência para administrá-lo, como Alfredo Guedes de Mello e Alfredo Chaves.

O nome Electro Club permanceu apenas até o dia 18 de setembro. Neste dia, foi realizada outra reunião na casa de Dona Chiquitota, a avó do Flávio, que se assustou ao saber o nome do clube: "Afinal, qual é o nome deste clube?", perguntou. "Electro", respondeu Flávio, que então resolveu seguir o conselho de sua avó:

«"Meu Deus. Que falta de imaginação! Ora, morando onde vocês moram, o clube só pode se chamar Botafogo."»
(Francisca Teixeira de Oliveira, a Dona Chiquitota.)

E assim foi feito, o Electro passou a se chamar Botafogo Football Club. Neste mesmo dia, tomou posse a nova diretoria, composta por Alfredo Guedes de Mello (presidente), Itamar Tavares (vice-presidente), Mário Figueiredo (secretário) e Alfredo Chaves (tesoureiro). Os primeiros treinos aconteceram no Largo dos Leões, e as palmeiras imperiais serviram de balizas. Assim, nascia o Botafogo Football Club. Seus fundadores: Álvaro Cordeiro da Rocha Werneck, Arthur César de Andrade, Augusto Paranhos Fontenelle, Basílio Vianna Junior, Carlos Bastos Neto, Emmanuel de Almeida Sodré, Eurico Parga Viveiros de Castro, Flávio da Silva Ramos, Jacques Raimundo Ferreira da Silva, Lourival Costa, Octávio Cordeiro da Rocha Werneck e Vicente Licínio Cardoso.


O time que venceu o Campeonato Carioca de 1907.O primeiro amistoso ocorreu no dia 2 de Outubro de 1904, contra o Football and Athletic Club, na Tijuca: derrota por 3 a 0. O time que entrou em campo usava o esquema 2-3-5 e era composto por: Flávio Ramos; Victor Faria e João Leal; Basílio Vianna, Octávio Werneck e Adhemaro de Lamare; Normann Hime, Ithamar Tavares, Álvaro Soares, Ricardo Rego e Carlos Bittencourt. A primeira vitória viria no segundo jogo, em 21 de maio de 1905, sobre o Petropolitano, 1 a 0, gol de Flávio Ramos.

Ainda neste ano, foi criado o Carioca Futebol Clube no bairro de Botafogo. Este clube era destinado a ensinar às crianças as bases do futebol, sendo a primeira escolinha do esporte no Brasil. A escolinha foi desativada em 1908 e absorvida pelo Botafogo Football Club, que buscou nos jogadores do Carioca a intenção de fundar a seu próprio time infantil.[6]


O Glorioso

Botafogo campeão de 1910.
Time campeão em 1912.Em 1906, o Botafogo venceu seu primeiro título, a Taça Caxambu, o primeiro torneio do futebol do Rio de Janeiro, disputado pelas equipes de segundo-quadro. O time participou ainda do primeiro Campeonato Carioca ficando em quarto lugar. A primeira vitória da equipe no campeonato, por 1 a 0, foi contra o Bangu em 27 de maio.

No ano seguinte, terminou empatado o Carioca em pontos com o Fluminense numa grande polêmica só resolvida nove décadas depois. O Botafogo teria de enfrentar o Internacional, lanterna da competição, na última rodada. Porém, o Internacional, que também não tinha enfrentado o Fluminense, não compareceu ao jogo. O Botafogo venceu o jogo por W.O., mas não teve gols acrescentados na tabela. Enquanto isso, o Fluminense venceu o Paissandu por 2 a 0 e empatou na classificação final do campeonato com o alvinegro. Como tinha saldo melhor, o Fluminense reivindicou o título. Prejudicado por não ter a oportunidade de marcar gols na última partida, o Botafogo pedia um jogo extra, maneira considerada pelos diretores alvinegros justa de decidir a disputa, o que não foi aceito. O regulamento da competição não especificava nenhum critério de desempate além do número de pontos. Os dois clubes não chegaram a um acordo sobre como decidir o campeonato[7]. A Liga não conseguiu encontrar uma solução e se dissolveu, ficando o campeonato sem um campeão até 1996, quando Eduardo Viana, presidente da Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro, decidiu dividir o título de 1907 entre ambos os clubes.

Em 1910, o Botafogo consagrar-se-ia definitivamente. Ao vencer o Campeonato Carioca de 1910, o time realizou uma campanha marcada por sete goleadas aplicadas sobre os adversários na competição, fato este que lhe rendeu o apelido de O Glorioso. O alvinegro, que naquele campeonato marcara 66 gols, já demonstrava aptidão para marcar várias vezes anteriormente. No ano anterior, aplicou 24 a 0 sobre o Sport Club Mangueira (até hoje a maior goleada da história do futebol brasileiro em jogos oficiais). Nesta mesma época de transição de décadas, o Botafogo ainda fez 15 a 1 sobre o Riachuelo, 13 a 0 e 11 a 0 no Haddock Lobo, 9 a 0 contra o Internacional, entre outras goleadas mais.


Antigo Estádio da Rua Voluntários da Pátria.Em 1911, o clube desligou-se da Liga Metropolitana de Sports Athleticos após uma confusão num jogo contra o América. O incidente foi iniciado quando o jogador do time rubro Gabriel de Carvalho fez falta violenta em Flávio Ramos, que revidou, originando uma briga generalizada. Insatisfeita com as punições que foram impostas aos jogadores alvinegros envolvidos na briga (Adhemaro e Abelardo de Lamare receberam seis e doze meses de suspensão respectivamente), a diretoria solicitou o desligamento do próprio clube da LMSA e, em seguida, passou uma longa fase realizando apenas amistosos contra equipes paulistas. No final do mesmo ano, o Botafogo perdeu a sua sede na rua Voluntários da Pátria, onde realizava seus jogos. Teve de disputar o campeonato de 1912, organizado pela Associação de Football do Rio de Janeiro, em um modesto campo na rua São Clemente. Nesta competição, o alvinegro sagrou-se campeão.

Em 1913, o Botafogo retornou à Liga Metropolitana de Sports Athleticos. E, em 1915, voltou à liga municipal renovado com a concessão do terreno da rua General Severiano pela prefeitura em 1912.

O que você vai saber sobre o Botafogo

Botafogo de Futebol e Regatas é um clube socioesportivo brasileiro com sede no bairro homônimo, na cidade do Rio de Janeiro. Suas maiores glórias esportivas vêm principalmente do futebol, mas também do remo, voleibol, basquete, esportes aquáticos e outros mais. Fundado para o remo em 1 de julho de 1894 sob o nome de Club de Regatas Botafogo, fundiu-se com o Botafogo Football Club, outro clube, fundado oficialmente em 12 de agosto de 1904, do mesmo bairro, que levava uma trajetória paralela, em 8 de dezembro de 1942, mesmo dia de homenagem à santa padroeira do clube, Nossa Senhora da Conceição[1]. O Botafogo tem como cores o preto e o branco e seus torcedores são denominados botafoguenses.

Apelidado de o Glorioso pelas goleadas aplicadas no início do século XX, é a equipe de futebol responsável pelo placar mais elástico da história do futebol brasileiro: 24 a 0 sobre o Mangueira. O alvinegro foi muitas vezes base da Seleção Brasileira, e é o recordista de convocações, tendo 97 jogadores chamados no geral e também 46 convocações para Copas do Mundo. Depois de viver um próspero momento logo após sua fundação e ter dominado o futebol carioca no início da década de 1930, viveu seu auge nas décadas de 1950 e 1960. Detém também, ao lado do rival Flamengo, a maior sequência invicta do futebol nacional: 52 partidas sem derrotas entre 1977 e 1978. Após ter vencido a Copa Conmebol (precursora da atual Copa Sul-Americana) de 1993 e o Campeonato Brasileiro de 1995, foi eleito pela FIFA o 12° maior clube de futebol do século XX. Sendo rebaixado para a Série B em 2002 e tendo retornado à elite do país no ano seguinte, o Botafogo sagrou-se a única entidade esportiva brasileira campeã em três séculos distintos, XIX, XX e XXI ao vencer o Campeonato Carioca de Futebol em 2006. O Fogão também é o único clube campeão de terra, mar e ar em um mesmo ano. Venceu, entre outras competições, os estaduais de futebol, remo e aeromodelismo em 1962. O time serviu de inspiração para a fundação de outros clubes homônimos, como por exemplo o Botafogo da Paraíba, o Botafogo de Brasília, o Botafogo de Cordinhã em Portugal, o Botafogo de Cabo Verde, na África, entre outros. O time já jogou em mais de 100 cidades pelo mundo todo, nos cinco continentes. [2].

É conhecido pela estrela de cinco pontas em seus distintivos, que lhe dá a alcunha de Estrela Solitária. Por ser um dos clubes mais tradicionais do Brasil, o Botafogo possui até um dia comemorativo no calendário estadual[3], 16 de maio, e um ditado popular próprio, criado por ocorrências inesperadas:

«"Tem coisas que só acontecem com o Botafogo".»
(Ditado popular)
Se você quiser saber mais sobre o Botafogo, é só acessar o site que está abaixo e porcurar o que você quiser saber:

www.botafogonocoracao.com.br

Logo mais estarei postando mais sobre o Botafogo. Aguardem!

Botafogo

Material esportivo

O Botafogo teve como primeira empresa fornecedora de material esportivo a Adidas em 1979[5]. O contrato com a marca alemã durou até o início do Campeonato Carioca de 1989, quando a Umbro assumiu a posição. Já no segundo semestre daquele ano, a Finta forneceria novos uniformes para o clube.

Em 1990, a Penalty firmou contrato com clube, ficando apenas um ano. No ano seguinte, Umbro retornaria à responsabilidade da confecção dos uniformes do Botafogo até 1992, ano em que o time foi vice-campeão brasileiro. Em 1993, ano da conquista da Copa Conmebol, a ProOnze assinava a produção das vestimentas do clube. Foi substituída pela Rhumell em 1994.

Em 1995, ano da conquista do Brasileirão, os uniformes criados pela Finta ganharam fama entre os torcedores. Só foram substituídos em 1997, quando a Penalty voltaria a ser a fornecedora oficial do clube. A Topper viria a substituí-la em 1999 até 2001.

Após um curto período de negociações, sem ter um fornecedor oficial, a Finta, pela terceira vez, tornar-se-ia a responsável pelos uniformes alvinegros. A empresa viria a ser substituída em 2004 pela italiana Kappa, atual fornecedora, que revolucionou, a partir de 2005, as camisas do clube com modelos conhecidos como Kombat, um tecido elástico que fica mais colado ao corpo dos atletas.

Mais sobre o Botafogo

Padrões

Camisas do Botafogo para a temporada 2006-07 na loja do clube.O número total de listras da camisa do Botafogo deve ser de sete a nove, conforme o estatuto do clube. Normalmente a listra central é da cor preta, porém, em algumas opurtunidades, foram utilizadas na cor branca. Detalhes nas mangas e na altura do ombro também são aceitos para facilitar a diversidade ano a ano.

De acordo com o estatuto do clube, o uniforme deve ser nas cores alvinegras. Portanto, suas camisas reservas são predominantemente brancas ou pretas, tal qual são as cores dos calções e das meias. O uniforme de goleiro não precisa seguir o regulamento do clube.


Patrocinadores
Publicidade


Os patrocínios também geram a exposição das marcas em placas de publicidade.De 1904 a 1985, o Botafogo não fez qualquer tipo de publicidade de empresas em seu uniforme de jogo. Até quando o clube assinou com a Atlantic por um curto período de tempo[4]. A marca das empresas, desde então, são estampadas centralmente na parte frontal, abaixo do escudo, da camisa, e, nas costas, acima do número que diferencias os futebolistas. Em 1986, foi a vez da borracharia 3B.RIO estampar sua logo marca em seu uniforme. A seguir, ainda em 1987, a Coca-Cola, tal qual fez outros tantos clubes brasileiros, passou a patrocinar o alvinegro. A parceria com a Coca-Cola durou até o fim de 1994, ano em que o clube passou a anunciar outra marca de refrigerantes, Seven Up. Esta foi uma das mais bem sucedidas publicidades relacionadas a clubes de futebol no Brasil, à medida em que o Botafogo conquistou um título de campeão brasileiro e a Seven Up pôde crescer no país. A parceria terminou ao fim do ano de 1996.

Após um curto período sem publicidades, em 1997, o clube trazia em sua camisa a marca da sul-coreana Hyundai a partir da reta final do Carioca de 1997. Assinou, no ano seguinte, com o banco Excel Econômico. A publicidade manteve-se apenas naquele ano, quando o banco veio à falência. No primeiro semestre de 1999, o clube voltou às suas origens, utilizando camisas sem anúncios. Porém, no segundo semestre, a Tam interessou-se pelo espaço após a campanha vice-campeã da Copa do Brasil e colocou seu logotipo na camisa do alvinegro.

A empresa de aviação aérea voltou, desta vez nas mangas, à camisa do Botafogo no Brasileirão de 2001, isto porque a Golden Cross estampou sua marca no centro da camisa do Botafogo entre o segundo semestre de 2001 ao início de 2003. Contudo, com a ida do clube para a Segunda Divisão em 2002, a empresa de planos de saúde decidiu-se por não renovar contrato com o clube, ficando até o Campeonato Carioca de Futebol de 2003.

Iniciando o campeonato da Série B, o clube criou o projeto de sócio-torcedor Botafogo no Coração, que ficou estampada na camisa principal do time até abril de 2005. Ainda em 2003, a rede de lanchonetes fast-food Bob's ajudou o clube na reforma de Caio Martins e teve a sua logomarcanas mangas do Glorioso também até abril de 2005.

Em maio de 2005, o Botafogo fechou com a Supergasbras, empresa do grupo SHV Gas Brasil, para os calções do time. O clube também traria a ALE Combustíveis para as mangas. As camisas do uniforme número 1 estavam "livres", mas as do reserva continuavam com a marca do Botafogo no Coração. Contudo, a equipe realizava boa campanha no Campeonato Brasileiro de 2005 e a Supergasbras decidiu trocar a publicidade dos calções para a camisa, sete partidas após iniciar seu contrato. Desta forma, o calção voltava a estar "limpo". No final daquele ano, a Unisuam fechou com o clube para expôr a marca da faculdade nos meiões do clube. Na campanha vitoriosa do Campeonato Carioca de 2006, o Botafogo voltou a possuir um patrocinador para o calção: o Café Capital ficou no uniforme do clube até abril daquele ano.

Em 2007, o clube, reivindicando aumento na arrecadação com os patrocinadores, não renovou contrato com qualquer uma das três empresas. Manteve, por um longo tempo, a camisa sem patrocinadores, até, em abril de 2007, após um longo período de negociações, acertar com a estatal Liquigás, subsidiária da Petrobras, o contrato de maior arrecadação financeira de sua história, que seria renovado e ajustado no ano seguinte. Com o reajuste no contrato o logotipo da empresa passa a ser também estampado nas mangas da camisa.

Por dentro do Botafogo

A evolução dos uniformes do Botafogo de Futebol e Regatas iniciou-se com a fundação do futebol do clube, em 1904, ainda sob o nome de Botafogo Football Club.

História

Apesar de sempre predominarem o preto e o branco listrados verticalmente em sua camisa principal, o Botafogo iniciou sua atuação no futebol em 1904 com camisas e calções brancos e meias pretas. Em 1906 passou a adotar a camisa listrada. O modelo era inspirado no da italiana Juventus de Turim, por sugestão de Itamar Tavares, um dos fundadores do clube que estudara na Itália e tinha predileção por aquele clube. As camisas eram confeccionadas na Inglaterra, na fábrica Benetfink & Co. A estréia da camisa listrada foi em um jogo festivo contra o Fluminense. Em junho de 1909, o Botafogo passaria a utilizar-se de uniformes confeccionados em malha. Mas os escudos só estariam presentes a partir de 1913[1]. O Botafogo adotou os calções pretos como titular pela primeira vez em 1935.

Com a fusão entre o Botafogo Football Club e Club de Regatas Botafogo, predominou, no remo, o uniforme inteiramente negro, e, no futebol, a camisa alvinegra listrada, com golas e calções negros e meiões pretos. Porém, em 1948, o Botafogo voltou a utilizar-se de calções brancos e meiões de mesma cor, fato que durou até 1954[2]. Devido ao suicídio do presidente do Brasil Getúlio Vargas, o Botafogo usou novamente calção e meias negras. Em 1956, atuou rapidamente com os dois equipamentos inferiores em branco novamente. Mas, em 1957, passou a usar meiões na cor cinza, com calção preto. Ao final da década de 1970, o time passou a atuar com meiões brancos, tradição só quebrada em 1993, quando o meião cinza voltou a ser usado. Hoje, a base de seu uniforme principal do futebol é igual ao anterior, voltando a utilizar meias pretas desde 2003[3].

domingo, 4 de janeiro de 2009

Por dentro do Coringão

Clube social

Parque São Jorge
Edifício Sede
Trata-se de um prédio de cinco andares totalmente informatizado revestido em mármore onde, está instalada a sede administrativa corintiana. Nele destaca-se o Salão Nobre e o Memorial do Corinthians. Na entrada do prédio está instalada a Loja Todo Poderoso, onde se pode adquirir os produtos do clube.

Memorial do Corinthians

Réplica de um vestiárioInaugurado no dia 28 de janeiro de 2006, o Memorial do Corinthians conta com vários fatos e curiosidades do clube, como todas as taças e lembranças das conquistas, telões que passam os jogos mais importantes e momentos marcantes da história do clube, filmes com os gols e as narrações das conquistas de todos os títulos fotos de equipes corintianas, desde sua fundação em 1910, ano a ano, até os dias atuais, uma réplica de vestiário antigo com objetos reais, como chuteiras, camisetas, etc.

Também possui 42 painéis individuais, em tamanhos naturais, com fotos de jogadores históricos como Roberto Belangero, Luizinho, Teleco, Basílio, Rivelino, Sócrates, Vladimir, Ronaldo, entre outros, além de caricaturas autografadas e um painel com informações sobre os mesmos.

A inauguração contou com celebridades políticas, como o senador Romeu Tuma, o governador José Serra, o ex-governador Geraldo Alckmin, o Presidente da República Luis Inácio Lula da Silva, o presidente do clube na época, Alberto Dualib (que entregou uma camisa do Corinthians ao presidente da República, alem dos antigos ídolos do clube, como Neto e o maior ídolo corintiano eleito pela torcida Marcelinho Carioca.

Capela de São Jorge
A capela foi inaugurada em 26 de Novembro de 1967, mas a idéia da sua construção surgiu em meados de 1956. No dia 23 de abril é realizada a "Festa de São Jorge", que ao longo dos anos vem ganhando um grande número de fiéis. Na capela está uma das imagens de São Jorge talhada à mão, original do Vaticano.

Salão Nobre
Inaugurado em 25 de fevereiro de 2000 durante solenidade de entrega das faixas do time de futebol, campeão mundial de clubes da FIFA, o Salão Nobre possui amplo espaço para a realização de eventos, com acomodação de até 2200 convidados e estacionamento para 800 carros.

Bibliotéca Lido Piccinini
A biblioteca é um dos maiores patrimônio do clube, graças ao jornalista Lido Piccinini, quem doou sua biblioteca particular. A biblioteca reúne, entre outros documentos, inúmeras coleções de livros, artigos e reportagens sobre a história do clube, iniciada em 1910, literatura nacional e internacional, registros de ex-atletas e encadernações de jornais e periódicos esportivos.

Chute inicial
Atualmente, cerca de 20 mil corintianos fazem parte do projeto "Chute Inicial", o qual visa formar crianças tanto esportivamente como socialmente, através de uma rede de franquias totalmente integradas, que adota conceitos modernos e metodologia própria de ensino.

Estádio
Ginásio

É a maior arena esportiva coberta particular da cidade de São Paulo, com capacidade para 6.834 pessoas confortavelmente sentadas.

Ao longo de sua história recebeu diversos eventos esportivos, entre eles jogos dos tempos áureos do basquete corintiano, com atletas como Rosa Branca, Wlamir Marques e Angelim, destacando a vitória em 1964 por 118 a 109 sobre o Real Madrid CF, então campeão europeu. Foi o primeiro jogo de basquete disputado no Brasil em que os dois times passaram da contagem centenária. Anos depois, grandes do basquete como Magic Paula, Hortência e Oscar, campeão brasileiro pelo Corinthians em 1996, também atuaram ali.

No boxe, foi palco de lutas de Éder Jofre e Adilson José Rodrigues, o Maguila. No dia 18 de maio de 1986, reuniu seis mil torcedores no ginásio para acompanhar a revanche contra o argentino Walter Daniel Falconi, ao vivo pela TV Bandeirantes com narração de Luciano do Valle,valendo o título sul-americano dos pesos pesados. Vitória do brasileiro por nocaute, no sétimo assalto.

Além do boxe e do basquete, o ginásio do Parque São Jorge foi utilizado por vários outros esportes, como futsal, handebol e vôlei. Além disso, também foi palco de eventos sociais. Chegou a receber mais de 15 mil pessoas em suas arquibancadas na década de 1960.

CePROO
O CePROO - Centro de Preparação e Reabilitação Osmar de Oliveira, é um centro de reabilitação á jogadores idealizado pelo consultor médico Joaquim Grava construído em 2008 pela administração Andrés Sanchez.

O nome é uma homenagem ao ex-médico do Corinthians e jornalista da TV Bandeirantes.

O centro contará aparelhos de musculação e fisioterapia para atender jogadores do próprio clube e jogadores de outros clubes que estivem dispostos a se tratar no clube.


Centros de treinamento
CT de Itaquera
Em uma área de 200 mil metros quadrados, no bairro do Itaquera, estão instalados três campos de futebol com medidas oficiais, além de ampla estrutura, como sala de fisioterapia, lavanderia, refeitório, departamento médico, sala de reuniões, sauna e piscina e 22 suítes que são usadas para alojar jogadores de categorias de base.

Vila Olímpica (CT do Parque Ecológico)
A Vila Olímpica está localizada na Rodovia Ayrton Senna, próxima ao Parque Ecológico do Tietê. Dispõe de quatro campos de futebol com medidas oficiais, vestiários e sala de imprensa. A área tem 270 mil metros quadrados e deverá ser equipada com quadra poli esportiva, piscina, departamento médico, refeitório, lavanderia e edifício administrativo

A rota do Corinthians

Campanhas nas principais competições

Nacionais
Campeonato Brasileiro Série A:

Ano Posição Ano Posição Ano Posição Ano Posição
1971 4º 1981 26º 1991 5º 2001 18º
1972 4º 1982 4º 1992 5º 2002 2º
1973 12º 1983 10º 1993 3º 2003 15º
1974 15º 1984 4º 1994 2º 2004 5º
1975 6º 1985 16º 1995 14º 2005 1º
1976 2º 1986 7º 1996 12º 2006 9º
1977 8º 1987 16º 1997 17º 2007 17º
1977 8º 1987 16º 1997 17º 2008 -
1978 12º 1988 15º 1998 1º 2009
1979 - 1989 6º 1999 1º
1980 5º 1990 1º 2000 28º

Campeonato Brasileiro Série B
Ano Posição
2008 1º

Copa do Brasil
Ano Posição Ano Posição
1989 Quartas-de-final (2ª fase) 1999 Oitavas-de-final (1ª fase)
1990 Não participou 2000 Oitavas-de-final (4ª fase)
1991 Quartas-de-final (2ª fase) 2001 Vice-campeão
1992 Oitavas-de-final (1ª fase) 2002 Campeão
1993 Não participou 2003 Não participou
1994 Oitavas-de-final (1ª fase) 2004 Quartas-de-final (3ª fase)
1995 Campeão 2005 Oitavas-de-final (3ª fase)
1996 Quartas-de-final (4ª fase) 2006 Não participou
1997 Semifinal (3ª fase) 2007 Oitavas-de-final (3ª fase)
1998 Oitavas-de-final (1ª fase) 2008 Vice-campeão


Internacionais
Taça Libertadores da América
Ano Posição
1977 1ª fase
1991 Oitavas-de-final
1996 Quartas-de-final
1999 Quartas-de-final
2000 Semifinal
2003 Oitavas-de-final
2006 Oitavas-de-final

Copa Sul-Americana
Ano Posição
2003 1ª fase
2005 Quartas-de-final
2006 Oitavas-de-final
2007 1ª fase
Por causa dos nossos especiais de Janeiro e por outro motivos, nosso blog sairá de férias das notícias e voltará só quando os especial acabar (também, não é fácil fazer um blog de notícias diariamente sem tirar uma folga).
Mas não se preocupem!!!
Vocês podem procurar as notícias nos sites que recomendo:
Esporte Terra
Globo Esporte
Gazeta Esportiva
Guia de Midia

Espero que vocês gostem do nosso especial de Janeiro. Logo após nós entraremos fundo nos campeonatos estaduais, principalmente o Paulista.
Obrigado,
Nicholas

sexta-feira, 2 de janeiro de 2009

Títulos

Mundiais
Campeonato Mundial de Clubes da FIFA: 2000.

Nacionais
Campeonato Brasileiro: Tetracampeão (1990, 1998, 1999, 2005).
Copa do Brasil: Bicampeão (1995, 2002).
Campeonato Brasileiro - Série B: (2008).
Supercopa do Brasil: 1991.

Regionais
Torneio Rio-São Paulo: Pentacampeão (1950, 1953, 1954, 19661 e 2002).
1: dividido com o Botafogo, o Santos e o Vasco.
Copa dos Campeões Estaduais Rio-São Paulo: Bicampeão (1930 e 1941)

Estaduais
Campeonato Paulista: 25 vezes (1914, 1916, 1922, 1923, 1924, 1928, 1929, 1930, 1937, 1938, 1939, 1941, 1951, 1952, 1954, 1977, 1979, 1982, 1983, 1988, 1995, 1997, 1999, 2001 e 2003)

Títulos individuais

Bola de Ouro
Edílson - 1998
Marcelinho Carioca - 1999
Tevez - 2005
Bola de Prata
Rivelino - 1971
Zé Maria - 1973 - 1977
Wladimir - 1974 - 1976 - 1982
Sócrates - 1980
Biro Biro - 1980
Édson - 1984
Ronaldo - 1990 - 1994
Marcelo - 1990
Neto - 1991
Rivaldo - 1993
Zé Elias - 1994
Marcelinho Carioca - 1994 - 1999
Gamarra - 1998
Vampeta - 1998 - 1999
Edílson - 1998
Dida - 1999
Ríncon - 1999
Fábio Luciano - 2002
Gil - 2002
Fábio Costa - 2005
Marcelo Mattos - 2005
Tevez - 2005
Prêmio Craque do Brasileirão
Melhor jogador do Campeonato
Tevez - 2005
Melhores do Campeonato
Fábio Costa - 2005
Gustavo Nery - 2005
Marcelo Mattos - 2005
Roger - 2005
Tevez - 2005
Melhor jogador do Campeonato - Série B
Douglas - 2008
Craque da torcida do Campeonato - Série B
André Santos - 2008
Goleiro menos vazado do Campeonato - Série B
Felipe - 2008
Melhores jogadores do Campeonato - Série B
Chicão - 2008
André Santos - 2008
Douglas - 2008
Herrera - 2008
Prêmio torcida de Ouro
Torcida do Corinthians (Fiel torcida) - 2008
Melhor jogador das Américas (jornal "El Mundo", Venezuela)
Sócrates - 1983
El País - Uruguai
Tevez - 2005

Dados do Corinthians

Endereço: Rua São Jorge 777, Tatuapé, São Paulo[5]
Torcidas organizadas: Gaviões da Fiel, Camisa 12, Pavilhão 9, Estopim da Fiel, entre outras.
Patrocinador: Nike, Medial Saúde, Happy Town, Friends Forever, Cartões Bradesco, Coca-Cola e Sol.
Co-patrocinador: Uni Sant'Anna, Burger King, Diário Esportivo LANCE!, Warner Bros., PC Legal, Crédito Baú e BAND
Uniforme principal (08/09): Camisa branca com linhas finas verticais pretas, calção preto e meias brancas
Uniforme de visitante (08/09): Camisa preta, calção branco e meias pretas
Terceiro Uniforme (08/09): Camisa roxa, calção e meias pretas.  

Outras informações:
Hino oficial - O primeiro hino foi de autoria de Guarani e Pirajá. Porém, o hino escolhido como oficial foi o idealizado pelo radialista Lauro D'Ávila entre 1951 e 1952 e batizado inicialmente de Campeão dos campeões. Para ver a letra do hino clique aqui
Mascote - Sobre a mascote, o Mosqueteiro.

A história do Corinthians

O Sport Club Corinthians Paulista é um dos principais clubes desportivos do Brasil. A agremiação foi fundada como clube de futebol por um grupo de operários no dia 1º de setembro de 1910 no bairro do Bom Retiro, São Paulo. Ao longo dos anos o clube se desenvolveu e passou a competir também em outras modalidades, como remo, basquete, natação, vôlei, tênis, taekwondo, futsal, judô, peteca e handebol. Mesmo assim, suas principais conquistas e seu reconhecimento foram alcançados pelo futebol profissional. Foi o primeiro campeão mundial de clubes segundo a FIFA, e o único a conquistar o título em casa (Brasil, 2000).

Sua torcida, a Fiel, representa segundo pesquisas a segunda maior quantidade de torcedores de um clube do país (aproximadamente 25 milhões). O Corinthians foi o primeiro clube de São Paulo a abrir espaço para pessoas de origem mais humilde,fato que se reflete em algúns de seus apelidos: clube dos operários ou clube do povo.
Corinthians

Nome Sport Club Corinthians Paulista
Alcunhas Timão, Coringão, Clube dos operários, Alvinegro do Parque São Jorge [1]
Torcedor Corinthiano
Mascote Mosqueteiro
Fundação 1 de Setembro de 1910 (98 anos)
Estádio Alfredo Schürig
Capacidade 18.000
Mando de jogo em Pacaembu
Presidente Andrés Sanchez
Treinador Mano Menezes
Patrocinador Medial Saúde
Total Laboratórios

Material Esportivo Nike
Liga Campeonato Paulista
Campeonato Brasileiro
Divisão Série A1
Série A
Divisão 2008 Série A1, 6° lugar
Série B, 1° lugar

Ranking nacional 2º lugar, 1.938 pontos
Website corinthians.com.br