sexta-feira, 27 de fevereiro de 2009

Estudiantes vence a 1ª e é vice-líder do grupo do Cruzeiro

Jogando em La Plata, o Estudiantes conquistou sua primeira vitória na Copa Libertadores. O time argentino recebeu o Universitario Sucre, nesta quinta-feira, e venceu por 1 a 0. O triunfo faz o clube chegar aos primeiros três pontos na competição e assumir a vice-liderança do Grupo 5, que tem o Cruzeiro como primeiro colocado.

Com o empate o time argentino fica apenas um ponto atrás do Cruzeiro, que soma quatro e ainda não perdeu na competição continental. Por outro lado, o Sucre é o lanterna do grupo, com apenas um ponto conquistado.

O uruguaio Juan Manuel Salgueiro, aos 16min do primeiro tempo, fez o único gol da partida. O Universitario terminou com dez jogadores em campo, após a expulsão do zagueiro Martín Aguirre, aos 32min da etapa final.

O próximo duelo do Estudiantes é contra o Deportivo Quito, no Equador, dia 10 de março. Já o Sucre enfrentará o Cruzeiro, dia 4 de março, em La Paz.

Paulista

Veja aqui os resultados da 10 rodada:

25/02 19h30 Eduardo José Farah Corinthians 2x0 Noroeste
25/02 19h30 Papa João Paulo II Mogi Mirim 0x2 Portuguesa
25/02 19h30 Bruno José Daniel Santo André 2x1 Ituano
25/02 19h30 Santa Cruz Botafogo 3x2 Barueri
25/02 19h30 Brinco de Ouro da Princesa Guarani 0x0 Paulista
25/02 21h50 Anacleto Campanella São Caetano 3x4 Palmeiras
26/02 19h30 Bento de Abreu Marília 2x2 Guaratinguetá
26/02 19h30 José Maria de Campos Maia Mirassol 2x2 Ponte Preta
26/02 21h30 Marcelo Stéfani Bragantino 2x2 Santos
26/02 21h45 Morumbi São Paulo 3x0 Oeste

Classificação:

1º Palmeiras
2º Corinthians
3º São Paulo
4º Portuguesa
5º Santos
6º Santo André
7º Ponte Preta
8º São Caetano
Mirassol
10º Barueri
11º Ituano
12º Guaratinguetá
Oeste
14º Paulista
15º Bragantino
Marília
Guarani
18º Botafogo-SP
19º Mogi Mirim
20º Noroeste

quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

Estava preparado para Cristiano Ronaldo, diz Júlio César

Um dos melhores homens em campo no empate sem gols entre Inter de Milão e Manchester United pela Copa dos Campeões na última terça, o goleiro Júlio César afirmou que estava preparado para brecar o adversário Cristiano Ronaldo, eleito melhor jogador do mundo pela Fifa no começo do ano.

Conhecedor das habilidades do português em cobranças de falta, o brasileiro treinou com o companheiro Mario Balotelli este tipo de jogada. Como C. Ronaldo e o jogador da Inter possuem estilos parecidos de pegar na bola, Júlio César pôde apurar seus reflexos.

"Um dia antes do jogo, treinei com o Balotelli, que também é um grande cobrador de faltas. A bola da Copa dos Campeões é diferente da que é adotada no Campeonato Italiano e faz mais curvas. Por isso, toda a vez que o Manchester tinha uma falta perto de grande área, eu ficava atento e me concentrava para conseguir fazer a defesa", afirmou ao jornal inglês The Sun.

No entanto, o jogo de volta, que será disputado no próximo dia 11 na Inglaterra, deverá se mais difícil, pois o Manchester contará com o apoio da torcida. O fato de não ter tomado gol em casa foi uma vantagem para a Inter, de acordo com Júlio César.

"Acredito que o 0 a 0 não foi um mau resultado. Certamente foi melhor do que se fosse 1 a 1. Para vencer, nós precisamos tirar o máximo proveito do contra-ataque, usando o Ibrahimovich e outros jogadores velozes para aproveitar os espaços deixados pelo adversário", declarou.

Nova equipe de F-1 cogita ter Barrichello

A USF1 cogita ter Rubens Barrichello como um dos seus pilotos para a temporada 2010 do Mundial de Fórmula 1. O diretor esportivo da equipe, Peter Windsor, citou o nome do brasileiro na entrevista na qual a equipe americana foi criada oficialmente.

Embora a preferência declarada da USF1 seja por pilotos americanos, a possibilidade de contratar estrangeiros não está descartada.

Para uma escuderia novata, cuja fábrica se localizará na Carolina do Norte, a experiência de quem estará no cockpit será muito importante, de acordo com Windsor. Ainda sem vaga para 2009, Barrichello tem atualmente 36 anos.

"No primeiro ano (2010), certamente será bom ter um piloto experiente no carro, pois precisaremos de toda a informação o mais rápido possível, particularmente em uma área na qual estão cortando o número de testes", confirmou o diretor esportivo da USF1. "Definitivamente isso faz sentido, e talvez tendo um jovem norte-americano para completar a dupla".

Praticamente sem chances de disputar a temporada 2009 da Fórmula 1 após o anúncio da saída da montadora Honda, Barrichello cumpre esse pré-requisito e por isso pode reaparecer na categoria após ficar 12 meses afastado da categoria, conforme reconheceu Windsor.

"Rubens Barrichello seria uma boa opção. Ele conheceu dois anos ruins na Honda e seria muito útil para a nossa operação", disse o britânico, que minimizou as chances de contratar o compatriota Jenson Button, outro nome prejudicado pelo afastamentento da montadora japonesa.

"Rubens é quase único entre os que potencialmente preencheriam o papel de piloto experiente. Você não pode imaginar, por exemplo, Jenson em um time iniciante, dirigindo no nível máximo quando sabe que não conseguirá mais que uma 14ª posição no grid - o que seria bom para nós - ou talvez um décimo lugar em um bom dia. Ele quer mais, e seria muito difícil trabalhar com alguém assim", completou Windsor, credenciando o brasileiro como forte candidato a uma das vagas da USF1.

terça-feira, 24 de fevereiro de 2009

Após vexame, Flamengo reforça treinos físicos

Apesar da irritação dos jogadores, o Flamengo terá novamente uma intensa programação de treinos físicos para a tarde desta terça-feira na Gávea. O foco nesse tipo de atividade se dá, justamente, após o vexame de sábado, quando a equipe foi eliminada pelo Resende, no Maracanã, da Taça Guanabara.

"Vou aplicar mudanças táticas e técnicas, pois o esquema previsível e precisa ser mudado. Tenho minhas idéias, mas antes preciso saber como todos estão. Vamos reavaliá-los e, depois, iniciar os treinos em tempo integral", afirmou Cuca.

Além dos treinamentos físicos, os jogadores do Flamengo treinarão em período integral na próxima quarta e quinta-feira. Juan e Jônatas, dois dos jogadores mais insatisfeitos com a programação de atividades, reclamaram publicamente do regime intenso adotado pela comissão técnica.

segunda-feira, 23 de fevereiro de 2009

Mais uma vitória magra no paulistão

O Santos pode até vencer, mas não convece que esta perto de se classficar para a próxima fase do Campeonato Paulista. Ontem, no Pacaembu, o peixe enfrentou o Botafogo de Ribeirão Preto e venceu pelo placar de 1 a 0, com gol de falta de Fabão e a ajuda do goleiro do Pantera. Apesar da vitória, o Santos não convence que estar perto da classificação e de ser um time melhor do que o ano passado. "Levou perigo, fez de tudo para ganhar, mas quando marcou o primeiro gol, o Santos deixou o hogo correr e ficar com o placar que dava a quarta colocação no paulista." diz Jonathan Left. Mas o Santos precisa convencer tanto no paulista, quanto na copa do Brasil, para tentar apagar o fiasco do ano passado, que quase deu ao Santos o rebaixamento para a série B do Campeonato Brasileiro.
"Apesar de muito esforço, o Santos pode fazer melhor esse ano e conseguir melhor desempenho e disciplina em 2009, para ser tornar campeão ou muito melhor." finaliza John Locker.

Tite minimiza vaias e diz respeitar torcedor do Inter

A classificação do Internacional para a semifinal da Taça Fernando Carvalho, primeiro turno do Campeonato Gaúcho, não foi suficiente para satisfazer a torcida colorada, que vaiou o time comandada pelo técnico Tite na tarde do último domingo. Mesmo depois da vitória por 2 a 1 sobre a Ulbra, o treinador respeitou as críticas dos torcedores.

"Sempre respeito o torcedor, até quando ele vaia. Nós sempre queremos jogar o melhor possível e transformar isso em resultados porque sabemos respeitar a grandeza do Internacional", afirmou.

No entanto, os pouco mais de 7 mil colorados que compareceram ao Estádio Beira-Rio não se mostraram satisfeitos com o time. Ainda pressionado pela derrota do meio de semana para o União Rondonópolis, o técnico Tite advertiu que o time também sentiu a frustração pelo tropeço na Copa do Brasil, mas mostrou força para se recuperar no duelo deste domingo pelo Campeonato Gaúcho.

"Ninguém aqui é insensível. Falo para o torcedor do Inter como homem, não como técnico, que sei bem o caráter de todos aqui e quanto os atletas sentiram aquela derrota. Ninguém aqui é profissional que só vira as costas e vai embora. Viemos com a auto-estima muito baixa. Também queríamos um placar mais elástico (contra a Ulbra), mas o time se aplicou no calor e por isso os parabenizei", comentou.

O treinador ainda elogiou a atuação na partida deste domingo, que levou o time colorado à semifinal do primeiro turno do Campeonato Gaúcho.

"Se perdemos oportunidades, é porque produzimos. Se produzimos, é porque criamos. Só não fomos contundentes para transformar este volume em resultado, senão mataríamos o jogo no primeiro tempo. Mas também tenho que falar que o goleiro André fez um baita jogo, com grandes defesas. Foi o nome da partida", finalizou.

domingo, 22 de fevereiro de 2009

Para você, encerramos os especiais de 2009, sobre os times que foram escolhidos por você em uma enquete no final do ano passado. Hoje, encerramos com o Palmeiras, mas não vou por foto ou outra coisa que represente o Palmeiras. Mas, na nossa parte de exibição de slides, colocarei algumas fotos do Palmeiras. Mas não perca, vamos fazer muito mais por você e deixar o nosso blog muito mais legal e divertido, sempre mostrando coisas novas e que interessam você, caro visitante e amigo do blog. Se você, que nos visita, tem um site ou alguma coisa interessante na net, fale comigo para podermos divulgá-lo aqui no blog.

Obrigado pela atenção,

Nicholas

Mais Palmeiras

Material Esportivo
O material esportivo fornecido para o clube foi:

Adidas 1976-1989
Diadora 1990
Adidas 1991-1992
Rhumell 1993-1996
Reebok 1997-1999
Rhumell 1999-2002
Diadora 2003-2005
Adidas 2006- Atual Fornecedora

Patrocinadores
Os patrocinadores do Clube Foram:

Bavesa 1985
Agip 1985-1989
Pirelli 1990
Coca-Cola 1989-1992
Parmalat 1992-2000 (em 1998 usou Santal Active)
Pirelli 2001-2007
Fiat 2008
Suvinil 2008- 2009
Samsung 2009- Atual Patrocinadora

Mascotes
Seu mascote oficial é um periquito verde[3], mas nos últimos anos a torcida adotou o porco como o mais efetivo. O "porco" surgiu na verdade como gozação das torcidas adversárias e diz a lenda que foi quando jogaram um porco dentro de campo num jogo do Palmeiras. Apesar disso, a torcida alviverde não encarou a gozação como pejorativa e hoje grita entusiasmada nos jogos: "Olê, Porco! Olê, Porco!"

De acordo com o site oficial, o periquito foi escolhido desde a fundação do time por causa da comum coloração verde e também por esse passarinho existir em abundância onde o clube está localizado. Além de ser um pássaro de origem brasileira; uma curiosidade: o periquito, apesar de alguns confundirem, nada tem a ver com o personagem da Disney Zé Carioca. Aliás, o palmeirense é bem mais antigo e foi desenhado em São Paulo.


Hino
O Hino da Sociedade Esportiva Palmeiras foi composto em 1949 pelo Dr. Antonio Sergi, maestro, regente, arranjador e professor do consultório dramático e musical de São Paulo, diretor artístico da rádio Cruzeiro do Sul e maestro da Orquestra Colúmbia.

Nascido na Itália em 10 de Junho de 1913, Antonio Sergi naturalizou-se brasileiro, e além de músico, era médico cardiologista formado pela Escola Paulista de Medicina.

Como sua paixão era a orquestração e a música erudita, nas poucas vezes em que elaborou as letras para as próprias composições, usou o pseudônimo de Gennaro Rodrigues.


O clube

Associados
Atualmente, o Palmeiras é um dos clubes com maior número de sócios do Brasil, tendo em seu quadro de associados um número estimado de 15.000 sócios. O Palmeiras, além disso, criou dezembro de 2006 um projeto de sócio-torcedor, o "Onda Verde". Contudo, este projeto, ao contrário do que ocorre com outros clubes, não dá o direito ao usuário de frequentar o clube e sua sede social, ou seja, não se é sócio do clube. É como se fosse sócio do time. Mesmo assim o projeto ganhou, em pouco mais de um mês, mais de quatro mil adeptos.

O estádio Palestra Itália, com capacidade para 32 mil pessoas, foi inaugurado em 1902 e adquirido pelo Palmeiras, então Palestra Itália, em 1920,e é apelidado como Parque Antárctica.


Centros de treinamento
Centro de Treinamento 1: Academia de Futebol do Palmeiras 1 - Rua Marquês de São Vicente, 2650 A, Barra Funda, São Paulo-SP; Três campos oficiais de futebol, arquibancadas, vestiários, secretaria, três alojamentos, ginásio coberto com duas quadras poliesportivas, estacionamento exclusivo, ampla sala de imprensa de dois andares, departamento de fisioterapia.
Centro de treinamento 2: Academia de Futebol do Palmeiras 2 -Parque Ecológico do Tietê, Guarulhos, Grande São Paulo. Cinco campos de futebol com sistema de irrigação e drenagem, vestiários, uma secretaria geral, uma lanchonete.

Sedes
Clube de campo: Estrada do Jaceguava s/n, bairro de Parelheiros, São Paulo. Com 138 mil metros quadrados, piscinas, dois campos de futebol, quatro quadras de tênis, duas quadras de bocha, salão de jogos, sala de TV, berçário, enfermaria, duas lanchonetes, um restaurante, uma área para churrasco com 52 quiosques, dois lagos, um playground completo.
Sede social: Rua Turiaçu nº 1840, Água Branca, São Paulo; onde está localizado o Estádio Palestra Itália e toda a parte social do clube como piscinas, quadras, ginásio oficial do clube (que algumas vezes já recebeu apresentações musicais) e sua sala de troféus, além de outras coisas.

Outras modalidades desportivas

Basquete
O departamento de "bola ao cesto" do Palestra Itália – Palmeiras foi fundado em 1923, com a chegada dos irmãos Oscar e Renato Paolillo, dois dos maiores pioneiros e mentores no desenvolvimento deste esporte em todo o país, e considerados entre os maiores jogadores deste esporte do Brasil na época em que atuavam. Devido ao rápido desenvolvimento, em 1924 o Palestra Itália se tornou um dos membros fundadores, ao lado de Paulistano, Espéria, ACM e Associação Atlética São Paulo, da Federação Paulista de Basquete

No primórdios dessa modalidade não havia sequer quadras para a prática do esporte dentro do clube, por isso o Palestra tinha de atuar em outros ginásios, o que não impediu que se formasse uma das maiores equipes da época dentro do basquete brasileiro. O primeiro título da história do basquete no Palmeiras foi o campeonato paulista de 1928, façanha que se repetiria no ano seguinte. Em 1934 e 1935, o Palestra Itália representou o Brasil nos Campeonatos Sul-americanos da modalidade. Na mesma época, o time foi pentacampeão paulista e recebeu o apelido bastante sugestivo de "Os Invencíveis".

Devido ao crescimento da modalidade, que foi bastante significativo, a diretoria palestrina resolveu construir uma quadra de saibro, sendo considerada assim, a primeira "casa" do basquete palmeirense. Além disso, a torcida criou o bordão "é com o pé, é com a mão, o Palestra é campeão!", lembrando que o sucesso no futebol era repetido no basquete.

No total, o basquete palmeirense conquistou para a sala de troféus, um total de doze campeonatos paulistas, oito estaduais, dois torneios Rio-São Paulo e um brasileiro, em 1977, isso para não citar, os diversos troféus nacionais e internacionais em torneios disputados em toda a sua história. Entretanto, um clube não vive só de títulos, mas também de grandes jogadores, na lista de grandes atletas que passaram pelo basquete do Verdão podem ser citados: Oscar Schmidt, conhecido como o "Mão Santa". Oscar é o maior cestinha da história dos Jogos Olímpicos, ele saiu das categorias de base do Palmeiras para conquistar o campeonato brasileiro em 1977. Outro nome de destaque do basquete atual e que surgiu no Verdão é Leandrinho Barbosa, que hoje está no Phoenix Suns, da NBA.

Entre os grandes ídolos do passado podemos enumerar nomes como: Cláudio Mortari, Carioquinha, Mosquito, Rosa Branca, Ubiratan, Zé Geraldo, Edvar Simões, Édson Bispo, Cadum, Marcel, Haddad, Lula Ferreira, Wlamir Marques, Moacir Brondi Daiuto, Mário Amâncio, João Francisco Brás, entre tantos outros que podemos afirmar que construíram a história do basquete palmeirense e brasileiro. E não foi só brasileiros que o basquete do Palmeiras teve em seu elenco, o primeiro norte-americano a atuar com a camisa do Palmeiras foi o ala-pivô Patterson, em 1998.

Em um ranking das melhores equipes de basquete divulgado no ano de 2002 da Federação Paulista e da Confederação Brasileira, o Palmeiras ficou entre os dez primeiros colocados de todos os tempos.


Principais atletas
Alvaro do Rego Maciel Filho
Carlos Domingos Massoni, o "Mosquito"
Carmo de Souza, o "Rosa Branca"
Cláudio Mortari
Edson Bispo dos Santos
Gilberto Pena, o "Peninha"
Jatyr Eduardo Schall
José Edvar Simões
José Geraldo de Castro
Lauro Soares
Leandro Barbosa, o "Leandrinho"
Julio Cerello
Luiz Claudio Menon
Marcel Ramon Ponickwar de Souza
Marco Aurélio Pegolo dos Santos, o "Chuí"
Milton Setrini Junior, o "Carioquinha"
Oscar Antonio Americao Paolillo
Oscar Schmidt
Paulo Vilas-Boas de Almeida, o "Paulinho Villas-Boas"
Renato Paolillo
Ricardo Cardoso Guimarães, o "Cadum"
Ubiratan Pereira Maciel, o "Bira"
Vitor Mirshauswka
Wlamir Marques

Futebol de Salão
Podemos afirmar que o futsal esmeraldino ao lado do futebol de campo e o hóquei, são os maiores responsáveis pelas conquistas palmeirenses em toda a sua história. A história do futebol de salão no Palmeiras começa no ano de 1955, quando seu departamento foi fundado na gestão de Mario Beni. Inclusive, o Palmeiras foi um dos sócios fundadores da Federação Paulista de Futsal.

Apesar do sucesso do futsal palmeirense, o começo foi difícil, já que no início o Palmeiras não possuía grandes times, mas no final da década de 50, mais precisamente no ano de 1959, o clube começou a despontar como uma futura potência no referido esporte.

Os anos foram se sucedendo e o Palmeiras, tal qual no futebol de campo, torna-se o "Campeão do Século XX" da modalidade, honraria oferecida pela Federação Paulista de Futsal no ano 2000, pelo então presidente Ciro Fontão de Souza.

Em 2004, mesmo tendo disputado cinco finais das quais obteve êxito em quatro, o Palmeiras não renovou o contrato de sua equipe com a Prefeitura de Osasco.


Principais atletas
Claudio Sérgio Sorage
China
Testa (goleiro)

Hóquei
O hóquei palestrino começou no ano de 1923. Portanto, é um esporte antigo e tradicional dentro do clube, e talvez, o mais vitorioso depois do futebol.

Ao longo dos seus vários anos de existência, este esporte conquistou muitos títulos em todas as categorias, tantos em nível estadual, nacional e até mesmo internacional. O nome de maior relevância dentro da história do hóquei na Sociedade Esportiva Palmeiras, foi, segundo alguns, o da família Torlay, que deu ao Palmeiras, nada mais nada menos, do que três gerações de atletas, entre eles podemos citar o senhor Hyada Torlay, que além de ter sido atleta, também foi presidente da confederação brasileira e até da confederação sul-americana de hóquei sobre patins.

Um fato que entristece aos amantes do hóquei, que embora seja tradicional no Palmeiras, é que o Palmeiras nunca teve um arquivo organizado sobre as conquistas do hóquei palmeirense, e o pior, as federações e confederações também não o possuem. Portanto, alguns títulos conquistados não são conhecidos os anos de suas respectivas conquistas.

Palmeiras

A Sociedade Esportiva Palmeiras é um clube poliesportivo brasileiro sediado em São Paulo que tem como modalidade esportiva principal o futebol. As cores do clube, presentes no escudo e bandeira oficial, são o verde e branco; o vermelho, presente desde sua fundação, foi excluído durante a II Guerra Mundial, por pressão das autoridades brasileiras, na mesma reunião que formalizou a mudança de nome de Palestra Itália para Palmeiras.

Em 1965, era inaugurado o Estádio Magalhães Pinto, o "Mineirão", e para coroar os festejos da inauguração, organizou-se um amistoso entre a Seleção Brasileira e a do Uruguai e, pela primeira vez na história do futebol brasileiro, uma equipe de futebol, a Sociedade Esportiva Palmeiras, foi convidada para compor toda a delegação, do técnico ao massagista, do goleiro ao ponta-esquerda, incluindo os reservas. Uma primazia única em reconhecimento à melhor equipe do País, que vencia a todos os adversários e convencia, encantava de tal maneira que recebeu da imprensa e do povo a alcunha de “Academia de Futebol”. A partida foi no dia 7 de setembro (data da independência brasileira), e o Palmeiras derrotou o Uruguai por 3 a 0.

Seus títulos mais importantes conquistados no futebol foram a Taça Libertadores de 1999 e a Copa Rio de 1951, considerado na época como o primeiro Mundial de Clubes de futebol da história, embora não seja assim reconhecido pela FIFA, que em 15 de dezembro de 2007 divulgou comunicado oficial sobre o tema.

A História da Sociedade Esportiva Palmeiras começa em 1914 fundado por imigrantes italianos na Cidade de São Paulo com o nome de Palestra Italia. O clube Passou a ser conhecido como Sociedade Esportiva Palmeiras em 1942, por ocasião da Segunda Guerra Mundial.


Símbolos

Uniformes e Cores
Uniforme principal (08/09): Camisa verde escura, calção branco e meias verdes
Uniforme de visitante (08/09): Camisa verde-limão, calção verde e meias verde-limão.

Outras informações:
As cores oficiais são o verde e o branco, por isso também é chamado de "alviverde". Originalmente, o clube ostentava as cores verde, branca e vermelha. A terceira cor foi retirada em 1942, por fazer alusão à bandeira da Itália. Outro apelido bastante comum é "verdão".

Ressalta-se ainda, o fato do Palmeiras/Palestra Itália atuado em algumas partidas, principalmente em amistosos internacionais, com camisas azuis, como forma de homenagem a camisa da Seleção Italiana de Futebol, porém, a mais notória partida cujo Palmeiras entrou em campo de uniformes azuis, sem dúvida, foi a partida válida pela penúltima rodada do Campeonato Paulista de Futebol de 1954 (jogo disputado em fevereiro de 1955) contra o Corinthians, neste jogo para continuar tendo chances de conquistar o título paulista, o Palmeiras necessitava da vitória contra o rival, porém com o empate por 1X1, o Palmeiras foi para a última rodada sem chances de conquistar o título.

Ao contrário do que reza a lenda futebolística, aquele uniforme azul, não foi confeccionado exclusivamente para a partida contra o Corinthians, aquele, era o segundo uniforme oficial que o Palmeiras tinha registrado na Federação Paulista de Futebol para a disputa do campeonato de 1954 [2]

Nota-se ainda, em relação as cores utilizadas uniformes da equipe, que à partir da primeira década do Século XXI, como estratégia de marketing as empresas fornecedores materiais esportivos, tem quase que anualmente lançado os ditos terceiros uniformes, com cores que muito pouco ou nada tem a ver com as cores originais do Palmeiras, dentre estes uniforme já tivemos um com várias tonalidade de verde azulado, outro na cor cinza, e em 2007 um uniforme na cor verde limão,que foi adaptado como segundo uniforme em 2008.

Sem brasileiros, Milan vence e se reabilita

Sem nenhum brasileiro em campo, o Milan venceu o Cagliari pelo placar mínimo, em casa, neste domingo. O resultado serve como reabilitação após a derrota no dérbi contra a Inter de Milão e deixa a equipe de Kaká, que segue lesionado, com 48 pontos, contra 50 da Juventus e 58 da Inter.

Em uma partida de muita competição e pouca inspiração, o Milan só achou o gol com o holandês Clarence Seedorf, um dos titulares escalados por Carlo Ancelotti. Aos 20min do segundo tempo, o meia acertou um bonito chute de direita, sem chances para Marchetti.

Além de Kaká, lesionado, Carlo Ancelotti manteve Pato e Ronaldinho de fora, poupados para o confronto de volta pela Copa da Uefa, no meio de semana, contra o Werder Bremen. No jogo de ida, houve empate em 1 a 1 em Bremen.

Fora de casa, a Lazio conseguiu importante vitória por 2 a 0 sobre o Lecce. Foggia, aos 10min do primeiro tempo, e Kolarov, aos 5min do segundo, fizeram os gols do clube da capital italiana.

Após buscar um empate heróico fora de casa nos últimos instantes, contra o Genoa, no último domingo, a Fiorentina voltou a marcar no fim e bateu o Chievo em Florença. Morero, com um chute de longe, abriu o placar para os visitantes aos 13min do primeiro tempo. Após o intervalo, veio a virada: Gilardino, de cabeça, aos 18min, e Mutu, aos 49min, batendo de direita, decretaram o placar.

A Fiorentina, quarta colocada, está pressionada pelo Genoa, que manteve a quinta posição e a perseguição à vaga para a próxima Copa dos Campeões. Um gol do sérvio Jankovic, com assistência de Thiago Motta, aos 24min do segundo tempo, deu importante vitória por 1 a 0, fora de casa, sobre o Napoli.

Confira os resultados do domingo do Italiano

Milan 1 x 0 Cagliari
Catania 2 x 0 Reggina
Fiorentina 2 x 1 Chievo
Lecce 0 x 2 Lazio
Napoli 0 x 1 Genoa
Sampdoria 1 x 0 Atalanta
Torino 1 x 0 Udinese

Victoria Azarenka conquista Torneio de Memphis

bielo-russa Victoria Azarenka ganhou o Torneio de Memphis, nos Estados Unidos, ao vencer facilmente a dinamarquesa Caroline Wozniacki na final, por 2 sets a 0, com parciais de 6/1 e 6/3, na madrugada deste domingo.

Com o título, ela pontuou no circuito WTA e ganhou US$ 220 mil em prêmios.

Este foi o segundo título de Victoria Azarenka na temporada, que já havia vencido o torneio de Brisbane, na Austrália, em janeiro.

Nenê diz que vitória sobre Barcelona lembrou Davi x Golias

No clássico da Catalunha, o time de menos fama derrotou o badalado rival. E o brasileiro Nenê, do Espanyol, comemorou a vitória por 2 a 1, no último sábado, sobre o Barcelona, voltando a citar uma passagem da Bíblia.

"Ontem (sexta-feira) eu comentei que o clássico seria como um confronto do Davi contra o Golias, mas que acreditava que, como aconteceu na Bíblia, o mais fraco poderia surpreender. E não é que o David ganhou mesmo do Golias, e na casa dele?", brincou o Nenê em referência à vitória em pleno Camp Nou, que acabou com uma invencibilidade de 22 jogos do Barcelona.

Depois de ajudar a quebrar um jejum de 15 rodadas sem vitórias do Espanyol, Nenê aproveitou para desabafar.

"Alguns jogadores do Barcelona falaram muita coisa durante a semana, como que esse era o clássico catalão mais desigual da história e também que o Espanyol não deveria escapar do rebaixamento. Está aí a nossa resposta", comemorou o ex-jogador de Palmeiras e Santos.

Apesar da vitória no clássico, o Espanyol ainda aparece na zona de rebaixamento - é o 19º colocado com 21 pontos. Na próxima rodada, a equipe de Nenê recebe o vice-líder Real Madrid.

Jorge Wagner ganha elogios e festeja eficiência

O meia Jorge Wagner foi determinante para a vitória do São Paulo por 3 a 1 sobre o Barueri, na noite do último sábado, pelo Campeonato Paulista. Depois de ser poupado durante o primeiro tempo, o atleta entrou no intervalo e teve participação direta em dois gols.

"Eu estava fora analisando a partida e ouvindo as instruções. O Muricy pediu para explorar pelo nosso lado esquerdo e deu certo no segundo tempo. Ainda bem que as jogadas resultaram em gols", afirmou o jogador.

A primeira participação efetiva do meio-campista foi no segundo gol do time tricolor. No lance, Jorge Wagner cobrou falta para a área e viu o zagueiro Diego desviar contra as próprias redes. Apenas dois minutos depois, o meia cruzou da esquerda para Borges completar para o gol.

Depois da partida, Jorge Wagner ganhou os elogios do zagueiro Rodrigo, que enalteceu a facilidade do amigo em se posicionar em diferentes posições. "É indiscutível a qualidade dele, que vai bem tanto na lateral esquerda quanto na meia. Ele nos ajudou a conseguir mais uma vitória".

O atacante Borges, por sua vez, enalteceu a movimentação de Jorge Wagner na busca pelas jogadas de gol.

"Ele tem muita aproximação, é dinâmico e corre bastante. É um jogador que está sempre tocando a bola e, quando aperta, sabe inverter bem o lado. Ele entrou e mudou a cara do jogo", analisou o atacante, autor de dois gols na partida.

Outros resultados:

21/02 18h30 Jayme Cintra Paulista 5x1 Marília
21/02 18h30 Bruno José Daniel Santo André 2x0 Guarani
21/02 18h30 Ideonor Picardi Semeghini Oeste 0x0 Mirassol

Hoje:

Santos x Botafogo

sábado, 21 de fevereiro de 2009

Brasileiro marca, mas Hertha perde liderança do Alemão

Apesar do gol de cabeça de Cícero, o Hertha Berlim foi batido pelo Wolfsburg e, com o empate obtido pelo Hoffenheim, deu adeus à liderança do Campeonato Alemão neste sábado, apenas uma rodada após conquistá-la. No domingo, porém, o Hamburgo viaja para enfrentar o Bayer Leverkusen e, em confronto importante, pode ultrapassar os rivais e se isolar na primeira posição caso consiga a vitória. Já o Bayern foi batido em casa e perdeu terreno.

Atuando em casa, o Wolfsburg, de Josué e Grafite, se impôs sobre o Hertha Berlim e impediu o clube da capital de se manter na liderança. Especialista na bola aérea, o meia Cícero usou sua principal arma para abrir o placar aos 17min do segundo tempo. Edin Dzeko virou o placar, porém, aos 27min e aos 39min, decretando a vitória.

Também fora de casa, o Hoffenheim conquistou um valioso ponto diante do Stuttgart e retomou a liderança através do saldo de gols. Demba Ba fez os três gols dos visitantes, enquanto os anfitriões contaram com uma dobradinha de Mario Gomez e um do brasileiro Cacau.

Dentro da Allianz-Arena, o Bayern de Munique comprovou viver uma temporada bastante irregular. Desfalcados de Toni e Lúcio, os bávaros sofreram dois gols já no início da partida, anotados por Ehret e Brosinski, respectivamente aos 22min e aos 34min. O belga Van Buyten, aos 39min, ainda diminuiu para o Bayern, que com a derrota permanece na quarta posição, podendo ainda ser ultrapassado pelo Leverkusen.

Outro que vive fase ruim e foi derrotado é o Werder Bremen, que caiu da décima posição. Diante do Energie Cottbus, que está na zona de rebaixamento, o time do brasileiro Diego saiu à frente, com Hugo Almeida a a 1min do segundo tempo. Iliev, aos 6min, e Rangelov, já aos 45min, decretaram a virada do Cottbus.

Confira os resultados do Alemão neste sábado:

Bayern de Munique 1 x 2 Colônia
Stuttgart 3 x 3 Hoffenheim
Wolfsburg 2 x 1 Hertha Berlim
Arminia Bielefeld 1 x 1 Bochum
Energie Cottbus 2 x 1 Werder Bremen
Borussia Monchengladbach 3 x 2 Hannover
Karlsruher 0 x 1 Eintracht Frankfurt

Corinthians deve reencontrar antigo ídolo neste sábado

Ídolo corintiano, o centroavante Luizão deve fazer sua estréia com a camisa do Guaratinguetá, neste sábado, em duelo contra o Corinthians. O atacante, 33 anos, foi relacionado pelo treinador Estevam Soares e possivelmente ficará no banco de reservas.

Pentacampeão mundial com a Seleção Brasileira, Luizão não atua regularmente há mais de um ano, mas agradou a comissão técnica do Guaratinguetá em sua participação no jogo-treino contra o Atibaia na última quinta-feira. O atacante, que jogou por 60 minutos, recebeu elogios de Estevam.

"Tem um ano que o Luizão não joga, não era para ele ser relacionado já nesta partida, mas ele tem sido um atleta exemplar. Seu desempenho nos treinamentos e principalmente no último jogo-treino, nos fez colocá-lo entre os relacionados e existe até a possibilidade de ele jogar", afirmou Estevam Soares.

Entre 1999 e 2002, Luizão foi o centroavante titular do Corinthians, onde venceu um título brasileiro e mais um Mundial de Clubes. Chegou ao clube através da antiga parceira Hicks Muse e, vestindo a camisa corintiana, chegou à Seleção Brasileira, tendo disputado a Copa do Mundo também em 2002.
Os nossos comentaristas estão afiados na questão de comemtários. Por isso, se você tiver alguma dúvida sobre algum assunto, é só você faz sua perguntas nos comentários. Aqui, seleciono umas perguntas que planejei:

1- Como podemos resolver o problema de brigas de torcidas?

Jonathan: Com disciplina, organização e democracia, podemos fazer de um jogo de futebol, um grande espetáculo que todos possam curtir e se alegrar.

2- Há salvação nas dívidas que alguns grandes clubes estão?

John: Sim, mas antes ele precisam se organizar, colocar ordem na casa e economizar nos gastos e compras que andam fazendo.

3- Os clássicos podem ficar mais emocionantes?

Rosana: Tudo pode acontecer, é so ter paciência e pensar num jeito certo e legal de fazer a distribuição de bancadas e cadeiras nos estádios.

Mais perguntas, no próximo capítulo.

Série A2

Próximos jogos:

21/02/2009 15:00 Monte Azul x São Bernardo FC AMA
21/02/2009 15:00 Flamengo x Rio Preto Antônio Soares de Oliveira
21/02/2009 16:00 Rio Branco x Taquaritinga Dr. Décio Vitta
21/02/2009 16:00 UA Barbarense x Catanduvense Antônio Lins Ribeiro Guimarães
21/02/2009 16:00 América x AA Portuguesa Benedito Teixeira
21/02/2009 19:00 São José EC x Sorocaba Martins Pereira
21/02/2009 19:00 Linense x Rio Claro Gilberto Siqueira Lopes
21/02/2009 19:00 União São João x Sertãozinho Dr. Hermínio Ometto
21/02/2009 19:00 São Bento x Juventus Walter Ribeiro
21/02/2009 19:00 Ferroviária x Comercial RP Dr. Cândido de Barros

Jogos do Paulistão

Resultados:

20/02 19h30 Novelli Júnior Ituano 3x3 Mogi Mirim
20/02 19h30 Moisés Lucarelli Ponte Preta 1x0 Bragantino
20/02 21h45 Anacleto Campanella São Caetano 0x0 Noroeste

Próximos jogos:

21/02 16h Dário Rodrigues Leite Guaratinguetá x Corinthians
21/02 16h Canindé Portuguesa x Palmeiras
21/02 18h30 Arena Barueri Barueri x São Paulo
21/02 18h30 Jayme Cintra Paulista x Marília
21/02 18h30 Bruno José Daniel Santo André x Guarani
21/02 18h30 Ideonor Picardi Semeghini Oeste x Mirassol
22/02 17h Pacaembu Santos x Botafogo

Corinthians inicia "turnê" pelo interior neste sábado

O Corinthians passará quase um mês sem jogar no Pacaembu. A "turnê" pelo interior paulista começará contra o Guaratinguetá, às 16h (de Brasília) deste sábado, no Estádio Dario Rodrigues Leite, pelo Campeonato Paulista. Passará por Presidente Prudente, diante do Noroeste, Marília, Itumbiara, para a estréia pela Copa do Brasil, e terminará com o clássico com o Palmeiras, também em Prudente.

O Palmeiras é o líder do Campeonato Paulista com 21 pontos, contra 18 do segundo colocado Corinthians. O time de Mano Menezes tem um jogo a mais e duas vitórias a menos do que o rival e, portanto, não poderá alcançar a ponta da tabela nesta nona rodada.

"Não podemos começar a pensar no Palmeiras agora. Temos muitos jogos pela frente antes. Nossa cabeça está no Guaratinguetá", ordenou o zagueiro e capitão William.

Mano Menezes, no entanto, aponta o Palmeiras como exemplo a ser seguido pelas demais equipes da competição. "O Palmeiras é o único time que conseguiu empolgar no começo do campeonato. Eles estão aliando futebol bonito a resultados. No nosso caso, mexemos em muitas peças e tudo ao mesmo tempo", analisou o comandante, que ainda estuda a possibilidade de reforçar o Corinthians com Ronaldo no clássico do dia 8 de março.

Neste final de semana, novamente Mano Menezes sofrerá com desfalques. O lateral-esquerdo André Santos e o volante Túlio foram expulsos no clássico contra o São Paulo e cumprirão suspensão. Chicão, Alessandro, Diogo e Wellington Saci seguem contundidos e também não jogam. Para as laterais, a alternativa do treinador foi a improvisação de Fabinho pela direita e a manutenção do argentino Sergio Escudero na esquerda.

Já o meia Douglas não tem escalação assegurada. O jogador lesionou o púbis logo na primeira rodada do Campeonato Paulista e, quando se recuperou, chocou a coxa na trave do Pacaembu.

"Não quero que ninguém entre no sacrifício", avisou Mano Menezes, que provavelmente não abrirá mão do armador. Ao lado dele, estará o jovem Boquita. "Estou pronto para ajudar o time como titular. Não vou sentir a pressão", garantiu o campeão da Copa São Paulo.

Outra novidade poderia ser a estreia de Dentinho em 2009, porém Mano Menezes preferiu ser prudente e deixá-lo no banco de reservas. O atacante retornou da Seleção Brasileira Sub-20 com contusão muscular.

Com isso, Jorge Henrique e Souza continuarão a formar a dupla ofensiva do Corinthians contra o Guaratinguetá. Na defesa, Diego pode ficar com a vaga de Jean, que saiu dolorido do clássico contra o São Paulo.

No Guaratinguetá, a expectativa é pela estréia do veterano centroavante Luizão, campeão do mundo pelo Corinthians. O atleta foi relacionado para a partida, porém está há cerca de um ano sem atuar e deve ser suplente. A equipe do interior ocupa a 13ª colocação do Estadual, com 10 pontos ganhos.

"Eles se recuperaram bem na competição e ainda conseguiram uma boa vitória sobre o Caxias pela Copa do Brasil. Será dificílimo", respeitou Mano Menezes.

Leandrinho quebra recorde com 41 pontos e Suns vencem

O ala-armador brasileiro Leandrinho quebrou seu recorde de pontos na NBA, ao marcar 41, e comandou a vitória do Phoenix Suns sobre o Oklahoma City Thunder, no Arizona, por 140 a 118.

Como titular, Leandrinho fez o torcedores dos Suns quase esquecerem a ausência do astro Amare Stoudemire, que deve ficar fora das quadras por oito semanas, e superou em dois pontos sua marca anterior, estabelecida em outubro de 2007 contra o Orlando Magic.

O ala-armador brasileiro se aproximou ainda de um triple-double (dois dígitos em dois fundamentos) ao dar sete assistências e pegar sete rebotes em pouco mais de 41 minutos em quadra.

Para chegar à terceira vitória seguida, o Suns contou ainda com boas atuações de Jason Richardson, autor de 34 pontos, e de Shaquille O'Neal, que marcou 22.

Ainda que sobre um dos piores time da liga, a vitória parece trazer os Suns de volta ao bom basquete, após um período conturbado que envolveu troca de técnico e rumores de desmanche na equipe.

Nas últimas duas rodadas, em dois jogos contra o Los Angeles Clippers, o time do Arizona havia conseguido resultados contundentes que, somados ao dessa noite, fazem os torcedores relembrarem a boa fase da temporada passada.

A vitória, a 31ª em 44 jogos, não traz o Suns ainda de volta à zona de classificação para os playoffs, mas o mantém em nono na Conferência Oeste, na cola do Utah Jazz, que tem apenas um triunfo a mais.

Já o Thunder, cujo cestinha em quadra foi mais uma vez Kevin Durant, com 35 pontos, é penúltimo na Conferência Oeste, com apenas 13 vitórias em 55 jogos.

quinta-feira, 19 de fevereiro de 2009

Libertadores

Jogos e resultados:

17/2 19h Grupo 1 LDU 3 x 2 Palmeiras
17/2 19h Grupo 6 Everton 1 x 0 Caracas
17/2 21h15 Grupo 2 Boca Juniors 1 x 0 D. Cuenca
18/2 19h30 Grupo 3 Nacional (PAR) 0 x 3 Nacional (URU)
18/2 21h50 Grupo 4 São Paulo 1 x 1 I. Medellín
18/2 21h50 Grupo 1 Colo Colo 1 x 2 Sport

Classificação:
Grupo 1:

LDU (EQU)
Sport (BRA)
Palmeiras (BRA)
Colo Colo (CHI)

Grupo 2:

Deportivo Táchira (VEN)
Boca Juniors (ARG)
Guaraní (PAR)
Deportivo Cuenca (EQU)

Grupo 3:

Nacional (URU)
River Plate (ARG)
U. San Martín (PER)
Nacional (PAR)

Grupo 4:

Defensor Sporting (URU)
São Paulo (BRA)
Independiente Medellín (COL)
América de Cali (COL)

Grupo 6:

Everton (CHI)
Lanús (ARG)
Chivas Guadalajara (MEX)
Caracas (VEN)

Grupo 8:

San Lorenzo (ARG)
Libertad (PAR)
Universitario (PER)
San Luis Potosí (MEX)

Grupo 5 e 7 ainda não completados ou computados por nossa fonte.

Copa do Brasil

Resultados:

20h30 Flamengo-PI 1 x 4 Vasco* Teresina
Icasa 1 x 1 Portuguesa Fortaleza
Itabaiana-SE 0 x 5 Atlético-MG* Itabaiana
Guaratinguetá 2 x 0 Caxias Guaratinguetá
Misto-MS 1 x 1 Campinense-PB Três Lagoas
Nacional-PB 0 x 1 Fluminense João Pessoa
Americano-RJ 2 x 0 Santa Cruz-PE A definir
S. Correa-MA 3 x 2 Figueirense São Luís
21h50 Rio Branco-AC 1 x 2 Santos Rio Branco
Holanda-AM 1 x 2 Coritiba Manaus
Mixto-MT 1 x 2 Paraná Cuiabá
Desportiva-ES 1 x 1 Fortaleza Cariacica
U. Rondonópolis 1 x 0 Internacional Rondonópolis
J. Malucelli -PR 0 x 2 Guarani-SP* Curitiba
Tupi-MG 2 x 0 Criciúma Juiz de Fora

Dentinho ainda se sente tímido ao lado do "pai" Ronaldo

Um dos jogadores mais extrovertidos do elenco do Corinthians, o atacante Dentinho disputou o Campeonato Sul-Americano Sub-20 pela Seleção Brasileira e não teve a oportunidade de se entrosar com Ronaldo na pré-temporada em Itu. O prata da casa voltou a treinar em São Paulo na semana passada, mas ainda se sente tímido ao lado ídolo.

"É estranho ver o Ronaldo aqui. Dá um friozinho na barriga. Sempre fui muito fã dele. Quando era pequeno, assistia aos jogos do Brasil pela televisão e dizia para o meu pai que o Ronaldinho (como antes era chamado Ronaldo) era o meu pai de verdade", sorriu Dentinho, que carrega o nome do pai Adonias tatuado no braço esquerdo. "Meu pai levava isso numa boa", emendou.

Assim que soube da chegada de Ronaldo ao Corinthians, o atacante se animou e falou em formar a dupla "Dentinho e Dentão" no ataque da equipe comandada por Mano Menezes.

"No colégio, os colegas me chamavam de Ronaldo por causa dos meus dentes grandes", sorriu na manhã desta quarta-feira, depois de treinar finalizações ao lado do astro corintiano.

Dentinho contou que costuma observar o jeito de Ronaldo chutar ao gol durante as atividades. "Ele só dá um tapinha e já coloca a bola na rede. É impressionante. Tira do goleiro com facilidade para fazer os seus golaços", comentou, entusiasmado, gesticulando para mostrar como o ídolo conclui as jogadas.

A admiração é recíproca. No início do mês, Ronaldo elegeu Dentinho como "o mais promissor jogador do Brasil no momento". "Acompanhei os elogios que o Ronaldo me fez e fiquei muito contente. Ele já foi fera na Europa. Um dia, espero ir para lá também e representar bem o meu País", projetou Dentinho, que se diz "tranqüilo" para enfrentar as especulações.

Segundo o atacante, que deverá estrear no Campeonato Paulista contra o Guaratinguetá, neste sábado, a timidez diante de Ronaldo passará rapidamente.

"Logo vou estar colocando apelidos nele", prometeu Dentinho, às gargalhadas. Os dentes continuaram à mostra para citar uma das diferenças entre o novo companheiro e ele: "a conta bancária".

segunda-feira, 16 de fevereiro de 2009

Momentos do Carioca

15/02 16h Engenhão Madureira 0x3 Vasco
15/02 16h Maracanã Botafogo 1x1 Flamengo
15/02 16h São Januário Fluminense 4x0 Tigres Brasil
15/02 16h Estádio do Trabalhador Resende 3x1 Americano
15/02 16h Alair Corrêa Cabofriense 2x2 Duque de Caxias
15/02 16h Araruama Macaé 4x0 Friburguense
15/02 16h Raulino Oliveira Volta Redonda 2x1 Mesquita
15/02 16h Bacaxá Boavista 0x2 Bangu

Próxima fase:

21/02 16h Maracanã Fluminense x Botafogo
25/02 21h50 Maracanã Flamengo x Resende

Paulistão A2

14/02/2009 10:00 São Bernardo FC 0 x 0 América Estádio 1º de Maio
14/02/2009 16:00 Rio Branco 4 x 2 Sorocaba Dr. Décio Vitta
14/02/2009 16:00 AA Portuguesa 1 x 2 Taquaritinga Ulrico Mursa
14/02/2009 16:00 Juventus 2 x 2 São José EC Conde Rodolfo Crespi
14/02/2009 17:00 Comercial RP 0 x 2 Flamengo Dr. Francisco de Palma Travassos
14/02/2009 19:00 União São João 2 x 1 UA Barbarense Dr. Hermínio Ometto
14/02/2009 19:00 Catanduvense 2 x 1 Linense Silvio Salles
14/02/2009 19:00 São Bento 2 x 2 Monte Azul Walter Ribeiro
15/02/2009 10:00 Rio Preto 1 x 0 Ferroviária Anísio Haddad
15/02/2009 11:00 Sertãozinho 0 x 1 Rio Claro Frederico Dalmazo

Corinthians lamenta incidentes e volta a atacar são-paulinos

A guerra fria entre as diretorias de Corinthians e São Paulo parece não ter data para terminar. Nesta segunda-feira, em comunicado postado no site oficial do clube, a direção do time alvinegro lamentou a confusão ocorrida após o clássico do Morumbi envolvendo torcedores corintianos e policiais militares. Os corintianos culparam a cúpula tricolor pelo incidente que deixou diversos feridos em estado grave.

Rotulando de "mártires" os poucos torcedores da equipe que foram ao Morumbi, a diretoria corintiana prestou solidariedade aos feridos, criticou o estádio rival, pediu providências ao Ministério Público e classificou os adversários de "arrogantes e incompetentes".

Confira abaixo a íntegra do comunicado postado no site oficial do Corinthians nesta segunda-feira:

"A diretoria do Corinthians lamenta os incidentes ocorridos ao término do jogo de domingo último, no Morumbi. Apesar do comportamento exemplar da nossa torcida e do empenho da Polícia Militar, bombas caseiras lançadas do estacionamento privativo dos sócios do São Paulo detonaram um processo de pânico, agravado pelo clima de animosidade, criado pela decisão equivocada do adversário de limitar nosso acesso ao Morumbi.

Pior: a obra ora em execução na área de vazão da torcida visitante produz um afunilamento de torcedores na saída que desafia o bom senso e a prioridade que deveria ser atribuída à segurança dos clientes daquele estádio.

Confiantes de que o Ministério Público saberá impor condições civilizadas de acesso e saída no Morumbi, o Corinthians se solidariza com seus torcedores vitimados, verdadeiros mártires da arrogância e incompetência de adversários que nos tratam como inimigos."

Resposta tricolor

O São Paulo também atacou os corintianos em seu site oficial. O clube tricolor divulgou fotos de setores do Morumbi que sofreram depredação e culpou a torcida corintiana.

Nas imagens, há espaços da arquibancada vermelha sem cadeiras, banheiros depredados, extintores destruídos e carros com vidros quebrados no estacionamento do Morumbi.

"No clássico deste domingo, entre São Paulo e Corinthians, parte da torcida visitante depredou o Estádio do Morumbi. Até o Setor Visa, novo e moderno, foi alvo da fúria de alguns vândalos", afirmou o site tricolor.

Resultados do Paulistão:

14/02 17h Pacaembu Palmeiras 1x0 Paulista
14/02 18h30 Dário Rodrigues Leite Guaratinguetá 4x0 Santo André
14/02 19h10 Arena Barueri Barueri 1x2 Mirassol
14/02 20h30 Ideonor Picardi Semeghini Oeste 1x1 Bragantino
15/02 11h Bento de Abreu Marília 3x0 Mogi Mirim
15/02 16h Morumbi São Paulo 1x1 Corinthians
15/02 18h30 Moisés Lucarelli Ponte Preta 2x1 São Caetano
15/02 18h30 Santa Cruz Botafogo 0x1 Portuguesa
15/02 19h10 Vila Belmiro Santos 3x1 Guaran

Amanhã:

21h45 Alfredo de Castilho Noroeste x Ituano

domingo, 15 de fevereiro de 2009

Vacas magras

Os esforços da década anterior não foram suficientes para evitar a crise financeira que acompanharia o clube nos anos 1980. O Cruzeiro amargou um período de maus resultados no Campeonato Brasileiro e a conquista de apenas dois estaduais, em 1984 e 1987. A nova redenção veio a partir das vendas de jogadores para o futebol estrangeiro e das cotas de transmissão de jogos, que passaram a ser pagas pelas emissoras de televisão, a partir da Copa União, em 1987.

Série de Títulos nos anos 1990 e 2000

Partida do Cruzeiro x Internacional no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro de 2007.A década de 1980 não foi muito positiva para o clube. No entanto, nas décadas de 90 e 2000 o Cruzeiro iniciou uma impressionante seqüência de 15 anos ganhando pelo menos um título por ano. Foram duas Supercopas da Libertadores (1991 e 1992), uma Recopa Sul-Americana (1998), quatro Copas do Brasil (1993, 1996, 2000 e 2003), uma Copa Ouro (1995), uma Copa Master da Supercopa (1995), duas Copas Sul-Minas (2001, 2002), nove Campeonatos Mineiros (1990, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 2003, 2004, 2006), uma Copa Centro-Oeste (1999), uma Copa dos Campeões Mineiros (1999), um Supercampeonato Mineiro (2002), além da segunda Taça Libertadores da América (1997) e do Campeonato Brasileiro de 2003, o primeiro disputado por pontos corridos, em turno e returno.

Nesse período a torcida cruzeirense ganhou mais alguns ídolos, entre eles Charles, Boiadeiro, Douglas, Ademir, Renato Gaúcho, Roberto Gaúcho, Ronaldo, Nonato, Dida, Ricardinho, Marcelo Ramos, Alex Alves, Sorín, Fred e Alex.

A maior façanha da última década, aconteceu em 2003, quando o Cruzeiro, sob o comando do respeitado técnico Wanderley Luxemburgo, e comandado pelo craque Alex e seus companheiros, conquistou o inédito título no Brasil da "Tríplice Coroa", que significa a conquista do Campeonato estadual (Mineiro), Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro. Nesse ano, o time fez uma campanha nunca antes vista no Campeonato Brasileiro: marcou mais de cem gols e conquistou, com 2 rodadas de antecedência, a primeira edição de "pontos corridos" do Campeonato Brasileiro, cujo título cabe ao time que fizer mais pontos durante a competição.

Títulos

Continentais
Copa Libertadores da América: 2 vezes (1976 e 1997).
Recopa Sul-Americana: 1998.
Supercopa Libertadores: 2 vezes (1991 e 1992).
Copa Ouro: 1995.
Copa Master da Supercopa: 1995.

Nacionais
Campeonato Brasileiro: 2003.
Copa do Brasil: 4 vezes (1993, 1996, 2000 e 2003).
Taça Brasil: 1966.

Regionais
Copa Sul-Minas: 2 vezes (2001 e 2002).
Copa Centro-Oeste: 1999.

Estaduais
Campeonato Mineiro: 35 vezes (1926,1928, 1929, 1930, 1940, 1943, 1944, 1945, 1956[2], 1959, 1960, 1961, 1965, 1966, 1967, 1968, 1969, 1972, 1973, 1974, 1975, 1977, 1984, 1987, 1990, 1992, 1994, 1996, 1997, 1998, 2003, 2004, 2006, 2008).
Supercampeonato Mineiro: 2002.
Copa dos Campeões Mineiros: 2 vezes (1991 e 1999).
Taça Minas Gerais: 5 vezes (1973, 1982, 1983, 1984 e 1985).
Torneio Início: 10 vezes (1926, 1927, 1929, 1938, 1940, 1941, 1943, 1944, 1948 e 1966).

Categorias de Base
Campeonato Brasileiro Sub-20: 2007
Copa São Paulo de Futebol Jr.: 2007
Taça BH de Futebol Jr.: 5 vezes (1985, 1993, 1995, 2001 e 2004)

Mais Cruzeiro

Construindo o futuro

Em seus primeiros anos de vida, o Cruzeiro conquistou o tricampeonato mineiro de 1943 a 1945 e reformou o seu estádio que passou a se chamar Juscelino Kubitschek, em homenagem ao então governador do estado. Constrói também uma arquibancada coberta e altera a posição do campo. A obra e as despesas com o plantel dão origem a uma crise financeira. Sem dinheiro, o clube perde seus principais jogadores. Em 1952, é obrigado a dispensar todo o quadro de profissionais e promove os juvenis. Passa a viver em um regime semi-amador.

Para saldar as finanças, a solução encontrada foi disputar amistosos pelo estado em troca de cachês. Mais do que dinheiro, o clube também consquista torcedores nas cidades do interior, tornando-se aos poucos o clube mais popular de Minas. A redenção vem com a construção de sua sede social no Barro Preto, que aumentou a arrecadação do clube. Com as contas saneadas, voltou a ser grande e formou o esquadrão tricampeão mineiro de 1959 a 1961.

De Minas para o mundo


Com a inauguração do Mineirão em 1965, o futebol mineiro rompe sua característica provinciana com a inclusão de Minas Gerais nas competições nacionais. Nos primeiros anos do estádio, o time azul conquistou o pentacampeonato mineiro de 1965 a 1969 e o título da Taça Brasil de 1966, numa final histórica contra o Santos de Pelé.

Na primeira partida, no Mineirão, o Cruzeiro termina o primeiro tempo vencendo por inimagináveis 5 a 0. Os jogadores pareciam não acreditar que aquilo era verdade. No segundo tempo, o Santos esboçou uma reação fazendo dois gols, mas Dirceu Lopes marca mais um e a partida termina 6 a 2. No segundo jogo, no Pacaembu, em São Paulo, o Santos termina o primeiro tempo vencendo por 2 a 0. Todos acreditavam que a derrota humilhante do último jogo seria devolvida. A confiança era tanta que no intervalo da partida, dirigentes paulistas procuraram o presidente do Cruzeiro para marcar a terceira partida para o Maracanã. Isso foi como uma afronta aos cruzeirenses. O técnico Aírton Moreira utilizou a atitude prepotente dos paulistas como estímulo aos seus jogadores. Na volta para o segundo tempo, Tostão ainda perde um pênalti. Mas se redime ao marcar de falta aos 18 minutos. Dez minutos depois, Dirceu Lopes empata. Aos 44, Natal dá o golpe de misericórdia. A equipe de jovens garotos vence o melhor time do mundo, na época, e torna-se campeã da Taça Brasil.

A conquista foi de tamanha repercussão que, no ano seguinte, o Torneio Rio-São Paulo teve que abrigar clubes de Minas Gerais e Rio Grande do Sul, criando o Torneio Roberto Gomes Pedrosa, o "Robertão", embrião do atual Campeonato Brasileiro. Ainda em 1967, devido à Taça Libertadores da América, o Cruzeiro disputa sua primeira partida oficial no exterior, contra o Deportivo Galicia, da Venezuela, em Caracas, vencendo por 1 a 0.

Nesse período, surgem os primeiros grandes ídolos do clube: Tostão, Dirceu Lopes, Piazza e Raul Plassmann. Em 1966, Tostão foi o primeiro jogador de um clube mineiro a disputar uma Copa do Mundo. Em 1970, três jogadores conquistam o Tri pela Seleção: Tostão, Piazza e Fontana.

Nos Campeonatos Brasileiros, em 1974 foi vice pela primeira vez, perdendo em uma decisão muito confusa contra o Vasco da Gama, e em 1975 foi novamente vice após perder para o Internacional.

Em 1976, o Cruzeiro conquistou sua primeira Libertadores, sobre o River Plate da Argentina. Durante a campanha, acontece uma partida que é considerada como o melhor jogo da história do Mineirão, a vitória do Cruzeiro por 5 a 4 em cima dos então campeões brasileiros, o Internacional. Na primeira da final, no Mineirão, vitória por 4 a 1. Na partida seguinte, no Estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, derrota por 2 a 1. O regulamento previa uma terceira partida em campo neutro. Esta foi realizada no Estádio Nacional de Santiago, no Chile, onde a Seleção Brasileira havia sido bicampeã do mundo em 1962. O Cruzeiro faz dois gols ainda no primeiro tempo. Mas com a ajuda da arbitragem e da tradicional catimba argentina, o River empata. Aos 44 minutos do segundo tempo, falta na entrada da área e Nelinho, prepara-se para cobrar. Enquanto ele se vira para trás para correr e ganhar força no chute, Joãozinho é mais rápido e bate colocado no ângulo, sem chances para o goleiro argentino. O Cruzeiro faz 3 a 2 e é campeão da América.

Ainda em 1976, o clube é derrotado na Taça Intercontinental, pelo Bayern de Munique, da Alemanha, que contava com jogadores como Gerd Müller, Franz Beckenbauer, Karl-Heinz Rummeniege e Sepp Mayer, que eram a base da então seleção campeã do mundo em 1974. Em 1977, o Cruzeiro chega novamente à final da Libertadores, mas dessa vez é derrotado nos pênaltis pelo Boca Juniors, da Argentina.

Nos anos 1970, para evitar o déficit financeiro causado pela disputa do Campeonato Mineiro, o clube partiu para amistosos no exterior em troca de cachês em dólar. O dinheiro foi suficiente para manter os craques e conquistar o tetracampeonato estadual de 1972 a 1975. Em 1977 chega ao décimo título mineiro na "Era Mineirão", em 13 disputados.

Cruzeiro Futebol Clube

O Cruzeiro Esporte Clube é uma associação esportiva brasileira, com sede na cidade de Belo Horizonte, no estado de Minas Gerais. Fundado em 1921 com o nome de Sociedade Esportiva Palestra Itália, em 1942 no contexto da Segunda Guerra Mundial, o clube foi pressionado a mudar o nome que fazia referência a um dos inimigos do país. Ali surgia o Cruzeiro Esporte Clube, com o nome de um dos principais símbolos nacionais.

No âmbito esportivo, o Cruzeiro tem destaque em esportes como atletismo e bocha. Mas o clube possui reconhecimento nacional e internacional pelo futebol. O Cruzeiro é um dos oito clubes brasileiros a ser campeão da Taça Libertadores da América, além de ser, juntamente com o Grêmio, o maior campeão da Copa do Brasil, com quatro títulos. É também a única equipe a conquistar a Tríplice Coroa do futebol brasileiro, vencendo no mesmo ano, o Campeonato Estadual, a Copa do Brasil e o Campeonato Brasileiro.

De acordo com pesquisa realizada pelo Instituto de Pesquisas Datafolha, em 2007, o clube tem a sexta maior torcida do país, e a maior de Minas Gerais, com quase o dobro de adeptos em relação ao seu arqui-rival Clube Atlético Mineiro

História
Mineirão

O Cruzeiro foi fundado no dia 2 de janeiro de 1921, por desportistas da colônia italiana de Belo Horizonte, com o nome de Societá Sportiva Palestra Itália. As cores adotadas, como não poderia deixar de ser, foram as mesmas da bandeira italiana: verde, vermelho e branco. Em 1922, o clube compra um terreno pertencente à prefeitura, onde hoje fica o Parque Esportivo do Cruzeiro. Em 23 de setembro de 1923, inaugura seu estádio, no Barro Preto, construído por jogadores e associados a maioria da colônia italiana de Belo Horizonte, composta em grande parte por operários de construção civil.

Além de se caracterizar como uma equipe de descendentes de italianos, o Palestra também destacava-se por possuir elementos da classe trabalhadora da cidade. No corpo social do Palestra, prevaleciam homens da profissão de pedreiros, policiais, pintores, comerciários e marceneiros, que eram os filhos dos imigrantes que vieram construir a capital do estado de Minas Gerais, Belo Horizonte, em 1894, e que herdaram de seus pais a mesma profissão.

O primeiro uniforme do clube foi camisa verde, calção branco e meias vermelhas. O clube foi restrito apenas a participação de elementos da colônia até o ano de 1925, quando é retirada do estatuto do clube uma cláusula que impedia a inscrição de atletas e associados que não fossem de origem italiana. Isso abre as portas para colaboradores de qualquer origem.

Há uma confusão no que diz respeito a um clube existente na capital chamado Yale. Muitos imaginam que este deu origem ao Palestra e posteriormente ao Cruzeiro. O Yale também era um clube fundado por descendentes de italianos, que surgiu anos antes do Palestra. Mas, após uma crise, e com o crescimento do outro clube de imigrantes em Belo Horizonte, grande parte dos associados e jogadores do Yale migraram para o Palestra. O Yale foi dissolvido em 1925. Foram registrados até hoje apenas quatro jogos entre os clubes, são eles:17 de Julho de 1921 Palestra 0 x 1 Yale, 6 de Novembro de 1922 Palestra 0 x 0 Yale, 7 de Maio de 1922 Paletra 0 x 0 Yale e 5 de Agosto de 1923 Palestra 3 x 2 Yale.Todos os jogos válidos pelo Campeonato da Cidade.

A primeira consquista significativa do Palestra é o tricampeonato mineiro entre 1928 e 1930, sendo os dois últimos de forma invicta. O crescimento do time na cidade força as outras grandes equipes da época a se organizarem e em 1933 criam a primeira liga profissional do estado, a Associação Mineira de Esportes.

Finalmente, em 1925, prevaleceu a vontade da maioria dos associados do clube que gostariam de ver o Palestra como um grande clube, com a extincao da clausula dos estatutos que impedia a participacao de atletas de outras nacionalidades. Outra modificacao feita foi o aportuguesamento do nome do clube que passou a se chamar Sociedade Sportiva Palestra Italia. O primeiro jogador de outra nacionalidade que o clube recebeu foi Nereu, que era da colonia sirio-libanesa e jogava no Sirio Horizontino. Em 1928, o Palestra contratava o zagueiro Bento e se tornou o primeiro grande clube da cidade a integrar em seu elenco um atleta negro.

Em 1936, alguns dirigentes e ex-atletas lideraram um movimento de nacionalizacao do Palestra que levou o nome de Ala Renovadora. A intencao do grupo era mudar o nome do clube que ja havia deixado de ser uma associacao exclusiva da colonia italiana e por isso nao havia mais sentido em se usar o nome Italia. A ideia sofreu resistencias mas acabou ganhando aliados. Em 30 de janeiro de 1942, em plena 2a Guerra Mundial, o governo brasileiro que ja havia declarado guerra aos paises do eixo, atraves de um decreto lei, determinou a proibicao do uso de termos e denominacoes referentes as nacoes inimigas. Neste dia entao o Palestra Italia passou a se chamar Palestra Mineiro.

A ideia de se transformar o clube numa entidade totalmente brasileira so foi concretizada em 29 de setembro de 1942, quando numa reuniao da diretoria foi aprovada uma nova mudanca no nome do clube que passou a se chamar Ypiranga. No entanto, o novo nome so durou uma semana e o time atuou com este nome em apenas uma partida. Finalmente, no dia 7 de outubro de 1942, numa nova reuniao dos socios e dirigentes que acabou com a renuncia do presidente Ennes Cyro Poni, foi aprovado o novo nome do clube: Cruzeiro Esporte Clube. Uma homenagem ao simbolo maior da patria, a constelacao do Cruzeiro do Sul, e que foi sugerida pelo ex-presidente do clube, Oswaldo Pinto Coelho.

sábado, 14 de fevereiro de 2009

Corre!!!!!!!!!!
Acompanhe agora o jogo entre Palmeiras x Paulista

Após ser reeleito, Andrés Sanchez ataca São Paulo

Minutos depois de ser anunciado como presidente do Corinthians por mais três anos, Andrés Sanchez partiu para o ataque contra a diretoria do São Paulo, pelo fato de a torcida alvinegra ter apenas 10% dos ingressos no clássico deste domingo, no Estádio do Morumbi.

De acordo com Sanchez, o clube alvinegro permanecerá os três anos em que ele estiver no comando sem mandar jogos no estádio do São Paulo.

"O Corinthians não joga no Morumbi pelos próximos três anos, vocês já podem ficar sabendo disso", afirmou. O presidente corintiano teve de ouvir protestos de uma torcida organizada que exigia ingressos mais baratos para o clássico, enquanto dava entrevista.

"A responsabilidade não é minha. Responsabilizo o São Paulo pelo que aconteceu. As pessoas estão protestando, mas os nossos 'colegas' ou inimigos, como preferirem, não poderiam fazer isso do dia para a noite. A atitude será recíproca por parte do Corinthians", disse.

"A torcida tem todo o direito de protestar, mas tem que protestar por coisas concretas. Daqui a pouco vou sair e falar com eles para saber o que querem", completou Andrés Sanchez.

O presidente reeleito do Corinthians aproveitou para mandar uma mensagem para os jogadores e aos torcedores que irão no clássico neste domingo, a partir das 16h.

"Eu sei que eles vão ver a minha vitória e pode contar com o respaldo da diretoria. Para torcida, peço paciência amanhã, apesar de estarem frustrados com o que ocorreu".

sexta-feira, 13 de fevereiro de 2009

Paulista

12/02 19h30 Novelli Júnior Ituano 2x1 Botafogo
12/02 21h30 Bento de Abreu Marília 1x0 Santos
12/02 21h45 Morumbi São Paulo 2x1 Ponte Preta

Classificação:

1º Palmeiras
2º Corinthians
3º São Paulo
4º São Caetano
Barueri
6º Portuguesa
7º Santo André
Santos
9º Mirassol
Oeste
11º Ponte Preta
Ituano
Guarani
14º Bragantino
Guaratinguetá
16º Paulista
17º Botafogo-SP
Marília
19º Mogi Mirim
20º Noroeste

Resultados do Gaúcho

11/02 17h Passo D'Areia São José 3x1 Inter-SM
11/02 18h Arthur Mesquita Dias Sapucaiense 2x3 Veranópolis
11/02 19h30 19 de Outubro São Luiz 2x0 Brasil
11/02 20h Complexo da Ulbra Ulbra 2x2 Novo Hamburgo
11/02 20h30 Plátanos Santa Cruz 1x1 Esportivo
11/02 22h Colosso da Lagoa Ypiranga 0x0 Internacional
12/02 19h30 Olímpico Grêmio 2x0 Juventude
12/02 19h30 Centenário Caxias 0x1 Avenida

Classificação:

Grupo A:
1º Internacional
2º Novo Hamburgo
3º Veranópolis 9
Avenida
Esportivo
6º Juventude
7º Internacional de Santa Maria
8º Brasil

Grupo B:
1º Ypiranga
2º Santa Cruz
3º São Luiz
4º Grêmio
5º Ulbra
6º São José
Caxias
8º Sapucaiense

Com Herrera e novo esquema, Grêmio vence clássico

Após duas derrotas consecutivas no Campeonato Gaúcho e ainda em fase de testes quanto ao esquema tático que será utilizado na temporada, o Grêmio só conseguiu a reação na noite desta quinta-feira após mudar a formação inicial. Com o retorno dos dois atacantes e a estréia do argentino Herrera, o time venceu o clássico com o Juventude por 2 a 0 no Estádio Olímpico e segue com chances de ir à fase final do primeiro turno do Estadual.

Em novo teste para o esquema 3-6-1, considerado a primeira alternativa do técnico Celso Roth para a disputa da Libertadores da América, o Grêmio sofreu para conquistar os três pontos e só chegou ao triunfo após a alteração e o retorno da formação com dois homens ofensivos.

Depois de ser batido pelo Veranópolis com o time misto e cair no clássico com o Internacional no último final de semana, o Grêmio obteve a reação diante de outro rival tradicional e salta da penúltima posição para a quarta colocação do Grupo B, zona limita para a classificação às quartas-de-final.

Com 10 pontos ganhos em seis rodadas, o time tricolor ainda é superado por Ypiranga, Santa Cruz e São Luiz na chave. Já o Juventude, que tem dois a menos, estaciona na quinta posição do Grupo A e buscará a vaga no próximo domingo, quando encara o São Luiz no Alfredo Jaconi. No mesmo dia, o Grêmio visita o Avenida no Estádio dos Eucaliptos.

Mesmo tendo relacionado três atacantes para a partida desta quinta-feira, Alex Mineiro, Jonas e Herrera, apenas o primeiro foi escalado como titular no esquema 3-6-1 montado pelo técnico Celso Roth. E apesar disso, o Grêmio dominou a primeira etapa e criou as melhores chances para abrir o placar.

Com a tática de explorar as jogadas pelas laterais, o time tricolor ameçou pela primeira vez aos 9min, quando Ruy desceu pela direita e cruzou para um desvio de cabeça de Diogo na pequena área. Atento, o goleiro Gatti saltou e salvou o gol gremista.

Em seguida, o time visitante arriscou finalizações de fora da área e, quando não errou o alvo, parou na presença do goleiro do Juventude. Também de longe, aos 37min, Tcheco mandou a bola perto da trave adversária e por pouco não balança as redes. Em seguida, Gatti voltou a trabalhar em um chute forte do ex-são-paulino Souza. No rebote, Tcheco voltou a falhar na mira e jogou para fora.

Se não conseguia abrir o placar, aos 42min o Grêmio só não foi vazado graças à presença do goleiro Victor. Depois de ver Francismar tabelar com Ivo e entrar livre na área, o camisa um defendeu uma finalização cara-a-cara e evitou a abertura do placar. No lance seguinte, Gatti fez o mesmo do outro lado ao pegar finalização de Souza, após grande jogada individual.

Na volta dos vestiários, após os insistentes apelos da torcida, Roth mandou a campo um novo atacante com a entrada de Jonas no lugar de Rafael Marques. E logo nos primeiros lances foi possível ver que a alteração fez o efeito esperado e o Grêmio passou a ser mais ofensivo do que mostrou nos primeiros 45 minutos.

Em sua primeira boa participação, o ex-atacante de Portuguesa e Santos foi acionado em velocidade e, já dentro da área, carimbou a trave do Juventude. Na seqüência, aos 3min, Ruy recebeu de Alex Mineiro no lado direito do ataque, penetrou na zaga adversária e bateu cruzado para vencer Gatti pela primeira vez na noite.

Com a entrada de um novo jogador ofensivo, o time mandante criou mais chances de gol e contava ainda com os avanços dos meias Souza e Tcheco, que testou para fora aos 15min, após cruzamento de Ruy. Já aos 21min, a tarefa do time tricolor foi facilitada com a expulsão de Mineiro, que cometeu falta em William Magrão no meio-campo.

Nos últimos 15 minutos de partida, Roth resolveu promover a reestréia do argentino Herrera, que volta ao Olímpico após se destacar com a camisa do Corinthians na temporada passada. Com a manutenção do esquema com dois atacantes, o jogador entrou na vaga de Alex Mineiro e incendiou o final de partida.

Aos 32min, depois de tabela entre Souza e Jonas, o argentino se antecipou à zaga e testou por cima do gol. Em seguida, o ex-corintiano encontrou espaços na entrada da área e finalizou rente à trave esquerda de Gatti.

Mas aos 41min, coroando o seu retorno ao clube, Herrera fez bonita tabela com Souza e deixou o meia em boas condições para marcar. Na frente de Gatti, o ex-são-paulino mostrou tranqüilidade e só tocou no canto esquerdo para fechar o placar e selar a recuperação do Grêmio.

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Schumacher diz que saiu ileso de acidente de moto

alemão Michael Schumacher declarou, por meio de um comunicado oficial em seu site, que saiu ileso do acidente de moto que sofreu nesta quarta-feira no circuito de Cartagena, na Espanha, em testes para o Campeonato Alemão de Superbike.


"Tive um acidente hoje durante testes em Cartagena e fui levado em segurança para o hospital. Os exames feitos não constataram nada e quero apenas dizer que estou bem".

Schumacher pilotava uma Honda, bateu a cabeça no asfalto na queda e foi levado ao Hospital Virgen de la Arrixaca, localizado nas proximidades da pista. Sem nenhuma lesão grave constatada, o alemão recebeu alta.

Um porta-voz oficial do ex-piloto da Ferrari negou que Schumacher tenha ficado inconsciente no acidente.

"Ele não ficou em nenhum momento sem consciência". O piloto alemão permanecerá sob observação durante a noite, acompanhado de um forte esquema de segurança para evitar o assédio da imprensa.

Veja na TV

17h - Aberto de Tênis do Brasil - SporTV 2
19h - Libertadores da América - Nacional x U. San MArtin - SporTV
19h30 - Campeonato Paulista - Ituano x Botafogo-SP - Pay-per-view
21h15 - Taça Libertadores - River Plaite x Nacional - SporTV 2
21h30 - Campeonato Paulista - Marília x Santos - SporTV
São Paulo x Ponte Preta - Pay-per-view
22h - Basquete Big East Conference - Notre Dame x Louis Ville - ESPN
23h30 - Taça Libertadores - Universita de Sucre x Deportivo Quito - SporTV

(Qualquer mudança de horários é de responsabilidade dos canais sitados acima)

Campeonatos Internacionais

Alemão:

13-02 17:30 1899 Hoffenheim X Bayer Leverkusen
14-02 12:30 Bochum X Schalke 04
14-02 12:30 Colônia X Karlsruher
14-02 12:30 Hertha Berlin X Bayern de Munique
14-02 12:30 Werder Bremen X Borussia M´gladbach
14-02 12:30 Eintracht Frankfurt X Wolfsburg
14-02 12:30 Hannover 96 X Stuttgart
15-02 14:00 Hamburgo X Arminia Bielefeld
15-02 14:00 Borussia Dortmund X Energie Cottbus

Inglês:

21-02 10:45 Aston Villa X Chelsea
21-02 13:00 Arsenal X Sunderland
21-02 13:00 Bolton Wanderers X West Ham United
21-02 13:00 Middlesbrough X Wigan Athletic FC
21-02 13:00 Stoke City X Portsmouth
21-02 15:30 Manchester United X Blackburn Rovers
22-02 11:30 Fulham X West Brom
22-02 13:00 Liverpool X Manchester City
22-02 14:00 Newcastle United X Everton
23-02 18:00 Hull City X Tottenham Hotspurs

Francês:

14-02 16:00 Auxerre - Lille
14-02 16:00 Caen - Lorient
14-02 16:00 Le Mans - Nice
14-02 16:00 Rennes - Nancy
14-02 16:00 Bordeaux - Grenoble
14-02 16:00 Valenciennes - Nantes
14-02 18:00 Paris Saint-Germain - Saint-Etienne
15-02 14:00 O. Lyon - Le Havre
15-02 14:00 Sochaux - Toulouse
15-02 18:00 Monaco - Olympique de Marselha

Espanhol:

14-02 17:00 Betis - Barcelona
14-02 17:00 La Coruña - Osasuna
14-02 19:00 Valencia - Málaga
15-02 14:00 Sporting de Gijón - Real Madrid
15-02 14:00 Numancia - Mallorca
15-02 14:00 Athletic Bilbao - Recreativo
15-02 14:00 Almería - Valladolid
15-02 14:00 Racing - Villarreal
15-02 16:00 Espanyol - Sevilla
15-02 18:00 At. Madrid - Getafe

Italiano:

14-02 15:00 Lazio - Torino
14-02 17:30 Napoli - Bologna
15-02 12:00 Chievo - Catania
15-02 12:00 Reggina - Palermo
15-02 12:00 Juventus - Sampdoria
15-02 12:00 Atalanta - Roma
15-02 12:00 Cagliari - Lecce
15-02 12:00 Genoa - Fiorentina
15-02 12:00 Siena - Udinese
15-02 17:30 Inter de Milão - Milan

Português:

13-02 18:30 Nacional - Vitória Guimarães
14-02 14:00 Marítimo - Estrela Amadora
14-02 16:00 Braga - Leixoes
14-02 18:30 Belenenses - Sporting de Lisboa
15-02 14:00 Trofense - Naval 1º de Maio
15-02 17:00 Porto - Rio Ave
15-02 18:45 Benfica - Paços Ferreira
16-02 17:45 Vitória Setúbal - Académica

Rio de Janeiro

Resultados:

11/02 16h Louzadão Mesquita 4x2 Macaé
11/02 16h Moça Bonita Bangu 2x0 Volta Redonda
11/02 19h30 São Januário Vasco 0x0 Cabofriense
11/02 22h Maracanã Flamengo 2x2 Boavista

Hoje:

12/02 16h Marrentão Duque de Caxias x Madureira
12/02 16h Los Larios Tigres Brasil x Resende
12/02 18h45 Godofredo Cruz Americano x Fluminense
12/02 21h30 Eduardo Guinle Friburguense x Botafogo

Revelação salva no fim e Corinthians volta a vencer

Depois de ficar no empate no clássico com a Portuguesa no último final de semana e não conseguir furar a retranca do Mogi Mirim durante boa parte do duelo desta quarta-feira, o Corinthians contou com a estrela do jovem Boquita para voltar a vencer no Estádio do Pacaembu e bater o time do interior por 2 a 0, em jogo da sétima rodada do Campeonato Paulista.

Destaque na vitoriosa campanha da Copa São Paulo no mês passado, a revelação de 18 anos começa a ganhar moral com o técnico Mano Menezes e com a torcida corintiana após o desempenho e a raça mostrados nos últimos jogos. Nesta quarta, o jovem meia entrou aos 36min do segundo tempo e, três minutos depois, abriu o placar para a vitória, livrando a equipe alvinegra do sufoco.

Com o resultado, o time do Parque São Jorge chega aos 17 pontos, mantém a vice-liderança até o final da sétima rodada e segue na cola do rival Palmeiras, que tem um a mais, no entanto ainda tem um jogo a menos que as demais equipes da competição.

Aposta de Mano para ocupar a vaga de Jorge Henrique, após o ex-atacante do Botafogo sentir dores no tornozelo, Boquita teve pouco tempo para mostrar serviço, mas provou que tem estrela ao também contar com a sorte no lance do gol. Depois de ver Lulinha escorregar no fundo e Elias tocar para trás do jeito que pôde, o jovem meia chutou cruzado para vencer o goleiro Fabiano Heves e tirar o zero do placar.

Se o ataque titular do Corinthians foi pouco eficaz e precisou ser salvo por Boquita, a defesa não decepcionou. Com o argentino Sergio Escudero atuando na lateral esquerda e André Santos no meio-de-campo, o estreante mostrou solidez na defesa em sua primeira partida com a camisa alvinegra e no geral não comprometeu a dupla defensiva formada por Chicão e William.

O vice-líder do Paulista entra a campo novamente no próximo domingo para fazer o clássico da oitava rodada com o São Paulo, no Morumbi. Já o Mogi Mirim, que segue na zona de rebaixamento, com apenas quatro pontos, tem compromisso no mesmo dia, quando encara o Marília no Abreuzão.

Desde o início do jogo, o Corinthians mostrou muito mais disposição ofensiva em campo e pressionou o Mogi. Já o clube interiorano teve suas chances de mais perigo originadas graças ao experiente meia Giovanni. O ídolo santista da década de 1990 foi quem criou o primeiro lance de perigo da partida logo no segundo minuto.

Em uma falha de posicionamento de Escudero ao disputar uma bola no alto, a bola sobrou para Giovanni, que enfiou a bola na área para Vavá. O atacante dividiu com o goleiro Felipe e acabou ganhando o escanteio. O argentino, contudo, não demorou para se recuperar do erro. Aos 7min, o argentino tocou para Jorge Henrique na área e o atacante, por sua vez, rolou atrás para Morais. O meia bateu baixo e o goleiro Fabiano Heves fez a defesa, espalmando para a linha de fundo.

Um minuto depois, André Santos fez fila na defesa do Mogi, invadiu a área e bateu de direita, mas acabou acertando a barriga de Jorge Henrique. O Corinthians seguiu pressionando e, aos 15min, teve outra boa chance: Souza enfiou para Morais em profundidade na grande área, mas o camisa 11 chutou em cima do goleiro rival.

Apesar da pressão alvinegra no Pacaembu, o Mogi voltou a levar perigo ao Corinthians aos 19min. Giovanni cobrou falta da intermediária e buscou o canto direito de Felipe, que precisou se esticar para espalmar para escanteio e evitar o gol do veterano meia.

Com Otacílio Neto no lugar de Souza, o Corinthians conseguiu incomodar o Mogi Mirim logo no primeiro minuto do segundo tempo. André Santos cobrou falta na área e Escudero precisou se abaixar para cabecear, mas mandou por cima. Um minuto depois, Jorge Henrique puxou contra-ataque e chutou cruzado, levando muito perigo a Heves.

Com um time muito mais veloz, o Corinthians seguiu forte no ataque. A terceira vez em que a torcida alvinegra se levantou no segundo tempo veio ainda com 5min de segundo tempo, quando Elias arriscou de fora da área e e mais uma vez assustou o arqueiro do time interiorano.

Já aos 9min foi a vez de Jorge Henrique perder um gol incrível: após bate-rebate na pequena área do Mogi, o atacante camisa 23 teve a chance de marcar, mas acabou errando o gol e chutando ao lado. Só que, mais uma vez, o Corinthians caiu de produção. Sem conseguir mais criar e nem levar perigo ao gol de Fabiano Heves, a equipe errou finalização atrás de finalização e tirou a paciência da torcida no Pacaembu.

Mas a raça corintiana salvou a equipe de Mano Menezes e inflamou as arquibancadas aos 39min do segundo tempo, no tento salvador marcado por Boquita. O segundo gol da equipe saiu aos 45min do segundo tempo, de pênalti. Lulinha partiu em contra-ataque e caiu no choque com o lateral-esquerdo Zé Rodolpho. Na cobrança, Chicão chegou a escorregar, mas chutou firme, no canto direito alto de Heves e deu número finais ao jogo.

Vamos agora aos outros resultados da rodada:

10/02 19h30 Canindé Portuguesa 3x2 Paulista
11/02 19h30 Brinco de Ouro da Princesa Guarani 1x1 Guaratinguetá
11/02 19h30 Alfredo de Castilho Noroeste 1x1 Barueri
11/02 19h30 Marcelo Stéfani Bragantino 1x1 Santo André
11/02 19h30 Anacleto Campanella São Caetano 2x1 Oeste
11/02 22h Pacaembu Corinthians 2x0 Mogi Mirim
11/02 22h José Maria de Campos Maia Mirassol 2x3 Palmeiras

Hoje, temos:

12/02 19h30 Novelli Júnior Ituano x Botafogo
12/02 21h30 Bento de Abreu Marília x Santos
12/02 21h45 Morumbi São Paulo x Ponte Preta

segunda-feira, 9 de fevereiro de 2009

Resultados da rodada

7/02 17h Pacaembu Corinthians 1x1 Portuguesa
Adiado Adiado Bruno José Daniel Santo André x Marília
7/02 19h10 Marcelo Stéfani Bragantino 3x2 Paulista
7/02 19h10 José Maria de Campos Maia Mirassol 1x1 Ituano
8/02 11h Ideonor Picardi Semeghini Oeste 4x1 Noroeste
8/02 17h Palestra Itália Palmeiras 4x1 Santos
8/02 17h Santa Cruz Botafogo 1x2 São Paulo
8/02 19h10 Brinco de Ouro da Princesa Guarani 2x2 Ponte Preta
8/02 19h10 Papa João Paulo II Mogi Mirim 0x0 Barueri
8/02 19h10 Dário Rodrigues Leite Guaratinguetá 1x1 São Caetano

John Locker: "Poderia ter sido uma rodada tranquila, se não fosse novamente o olhar erradíssimo do banderinha no jogo entre São Paulo e Botafogo. O Pantera perdeu por burrice do banderinha, que anulou um gol regítimo do time local. Não adiantou criar ranking de trio de arbitragem, continua a mesma coisa."

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Cariocão

03/02 19h30 Alair Corrêa Cabofriense 1x1 Americano
04/02 16h30 Los Larios Tigres Brasil 2x0 Madureira
04/02 16h30 Bacaxá Boavista 1x1 Macaé
04/02 19h30 Maracanã Flamengo 4x1 Mesquita
04/02 22h Raulino de Oliveira Resende 1x3 Vasco

Hoje:

05/02 16h30 Moça Bonita Bangu x Friburguense
05/02 18h45 Los Larios Duque de Caxias x Fluminense
05/02 21h Engenhão Botafogo x Volta Redonda

Resultados de jogos

4/02 19h30 Canindé Portuguesa 1x1 Oeste
4/02 19h30 Arena Barueri Barueri 1x0 Ituano
4/02 19h30 Santa Cruz Botafogo 2x0 Guarani
4/02 19h30 José Maria de Campos Maia Mirassol 0x3 Santo André
4/02 19h30 Moisés Lucarelli Ponte Preta 4x1 Marília
4/02 22h Jayme Cintra Paulista 2x3 Corinthians
4/02 22h Morumbi São Paulo 2x1 Bragantino

Hoje:

Guaratinguetá x Mogi Mirim
Santos x São Caetano

Série A2:

04/02/2009 16:00 São Bernardo FC 2 x 3 Rio Claro Estádio 1º de Maio
04/02/2009 16:00 Juventus 1 x 0 Ferroviária Conde Rodolfo Crespi
04/02/2009 19:30 União São João 0 x 1 Sorocaba Dr. Hermínio Ometto
04/02/2009 20:00 América 1 x 0 Comercial RP Benedito Teixeira
04/02/2009 20:00 UA Barbarense 2 x 1 AA Portuguesa Antônio Lins Ribeiro Guimarães
04/02/2009 20:00 Rio Branco 0 x 0 Monte Azul Dr. Décio Vitta
04/02/2009 20:00 Catanduvense 2 x 0 Flamengo Silvio Salles
04/02/2009 20:30 Sertãozinho 0 x 0 Rio Preto Frederico Dalmazo
04/02/2009 20:30 São Bento 2 x 4 São José EC Walter Ribeiro
04/02/2009 20:30 Taquaritinga 1 x 0 Linense Dr. Adail Nunes da Silva

Corinthians vence de virada e assume a ponta

equipe do Corinthians mostrou grande poder de superação para conseguir a virada sobre a equipe do Paulista, por 3 a 2, na noite desta quarta-feira, no Estádio Jayme Cintra.

» Confira a classificação
» Confira tabela e resultados

Com o resultado, a equipe alvinegra assumiu a liderança isolada do Campeonato Paulista com 13 pontos. Porém, o Corinthians tem um jogo a mais que o seu rival Palmeiras. Já o Paulista permanece com apenas seis pontos ganhos na competição.

O Corinthians começou com um grande ímpeto em busca do gol. Logo aos 2min, Lulinha bateu forte de dentro da área e acertou a trave. Dois minutos depois, o time alvinegro abriu o placar. Em bola trabalhada na entrada da área, Elias recebeu na cara do goleiro e tocou na saída.

O Paulista respondeu dois minutos mais tarde. Eduardo entrou pela esquerda e bateu com perigo rente à trave de Felipe. A equipe da casa acabou conseguindo o gol de empate sete minutos depois. Marcelo Toscano entrou na área e a bola escapou do seu domínio. Felipe Azevedo aproveitou e empatou a partida.

O time de Jundiaí seguiu pressionando após marcar o empate. Aos 19min, Rodrigo Sá chutou do bico da área e exigiu grande defesa de Felipe. Aos 24min, em bola rasteira na área, Zé Carlos passou pela jogada e perdeu grande oportunidade.

De tanto tentar, o Paulista conseguiu a virada aos 30min. Alessandro afastou errado e Zé Carlos dominou na entrada da área. Atacante acertou o canto direito e pôs a equipe da casa em vantagem.

No segundo tempo, o técnico Mano Menezes decidiu ir para o ataque e colocou o jovem Boquita no lugar de Fabinho. O time alvinegro passou a ser mais incisivo. Aos 15min, Boquita desviou de cabeça e acertou a trave direita de Vagner, após cobrança de escanteio.

O Corinthians conseguiu o empate aos 22min. Rodrigo Santos entrou de carrinho em cima de Souza e o árbitro apontou a marca do pênalti. Chicão bateu bem no canto esquerdo e deslocou o goleiro Vagner.

A virada alvinegra veio através de outra jogada de bola parada. Otacílio Neto sofreu falta na entrada da área e o zagueiro Eli Sabiá foi expulso de campo. Chicão bateu no canto esquerdo do goleiro e garantiu mais uma vitória para o Corinthians.

Na próxima rodada, o Corinthians terá pela frente a Portuguesa, no Estádio do Pacaembu. Já o Paulista tenta se reabilitar contra o Bragantino, em Bragança Paulista.

Johh Locker: "Pode até ser que no final, o Corinthians venceu, mas uma coisa que marcou esse jogo foi o rolo que o juíz fez. Tava se comnplicando com faltas, marcava coisas que nem eu marcaria e ajudou na maior parte do tempo o Paulista. Mas, retirando essa marca do juíz, o jogo foi equilibrado, competitivo e o Corinthians mereceu sair com a vitória. Agora tem que manter a ponta até 17 de março, quando o Palmeiras joga a jogo adiado de ontem contra o Noroeste.

quarta-feira, 4 de fevereiro de 2009

Novo boleiro

Temos um novo boleiro no blog: John Locker. Guardem esse nome, pois vão precisar.

Tem jogo hoje

Hoje tem jogo pelo paulistão. Veja aqui a rodada de hoje:

4/02 19h30 Canindé Portuguesa x Oeste
4/02 19h30 Arena Barueri Barueri x Ituano
4/02 19h30 Santa Cruz Botafogo x Guarani
4/02 19h30 José Maria de Campos Maia Mirassol x Santo André
4/02 19h30 Moisés Lucarelli Ponte Preta x Marília
4/02 22h Jayme Cintra Paulista x Corinthians
4/02 22h Morumbi São Paulo x Bragantino
5/02 19h30 Dário Rodrigues Leite Guaratinguetá x Mogi Mirim
5/02 21h30 Vila Belmiro Santos x São Caetano
17/03 20h30 Palestra Itália Palmeiras x Noroeste

Qulaquer informação modificada nas rodadas é de responsabilidade dos organizadores do campeonato.

São José supera defesa do Juventude e vence primeira

Jogando em casa, o Juventude foi derrotado nesta terça-feira, pela quinta rodada do Campeonato Gaúcho. O São José, que amargava a lanterna do Grupo B, superou a defesa do time alviverde, que ainda não havia sofrido gols, e conseguiu uma vitória por 2 a 1.

Com o resultado, o time visitante vai a quatro pontos, deixando a última colocação na competição. O Juventude segue com oito, na segunda colocação do Grupo A.

O São José saiu na frente aos 33min do primeiro tempo, com Samuel. Cris empatou a partida aos 39min. Fabiano fez o gol da vitória, aos 38min da etapa complementar.

Pela sexta rodada da competição, o Juventude tem confronto com o Ypiranga, no Estádio Colosso da Lagoa, no próximo sábado às 16h. No dia seguinte, o São José recebe o novo Hamburgo às 19h15, no Estádio Passo D¿Areia.

Homenagens e estádio lotado marcam empate do Brasil-RS

Em uma noite de muitas homenagens e com o Estádio Bento Freitas tomado pela torcida xavante, o Brasil de Pelotas empatou na estréia do Campeonato Gaúcho. A partida, que terminou com o empate por 3 a 3 com o Santa Cruz, nesta terça-feira, foi o primeiro jogo do time de Pelotas depois do acidente que matou três integrantes da delegação, no último dia 16.

Na ocasião, o elenco voltava de um amistoso contra o próprio Santa Cruz, no km 150 da BR-392, em Canguçu, no Rio Grande do Sul, e o ônibus da equipe caiu em um barranco matando o zagueiro Régis, o ídolo e atacante Cláudio Milar e o preparador de goleiro Giovani Guimarães.

Com o estádio lotado e muitas faixas de incentivo com fotos das vítimas e gritos de guerra, antes mesmo de o jogo começar, o clima já era de emoção. Um grupo de 13 uruguaios entrou em campo com uma bandeira com a foto de Milar no centro.

Autor de mais de 100 gols pelo clube gaúcho, Milar era um dos grandes ídolos da torcida e conquistou com o Brasil de Pelotas o título da segunda divisão do Campeonato Gaúcho de 2004, ano em que também se tornou o maior artilheiro da história da competição, com 33 gols.

Além dos familiares das vítimas e de grande parte da torcida xavante, quem também esteve no Bento de Freitas foi Dunga, técnico da Seleção Brasileira, que demonstrou todo seu apoio após a tragédia do dia 16 de janeiro.

Com o apito inicial do árbitro, a partida foi bastante agitada. Mesmo com todo apoio de sua torcida o clube visitante saiu na frente do marcador. Aos 13min, após chute de longe, o goleiro Danrlei falhou, soltou a bola e Eraldo marcou no rebote.

Não demorou muito para sair o gol de empate do Brasil. Aos 25min, Adriano Sella chutou de longe, a bola desviou em Juliano e enganou o goleiro Cássio. Daí em diante, o Brasil passou a dominar a partida.

A poucos minutos do fim do jogo, aos 39min, Lyndson entrou na área, caiu ao ser tocado por Vinícius. O árbitro marcou a penalidade e mostrou o cartão amarelo para o zagueiro. Kelson cobrou o pênalti no canto esquerdo de Cássio, que saltou bem, mas não alcançou. Era a virada do time da casa.

A torcida empurrava e, ainda no primeiro tempo, o Brasil conseguiu fazer o terceiro. Magno cruzou em cobrança de falta pela esquerda e Alex Martins desviou para o fundo da rede, aos 44min.

No entanto, a alegria durou pouco e a reação do Santa Cruz começou aos 46min, quando Emanuel cruzou em cobrança de falta pela direita, ninguém cortou e Eraldo marca mais um, de cabeça, o seu segundo na partida.

Para o segundo tempo, tudo levava a crer que o Brasil conquistaria o triunfo em Pelotas, mas aos 28min da etapa final, o gol de empate do Santa Cruz. Pelo lado direito da área, Eraldo carregou, chutou forte e cruzado, a bola desviou e terminou no fundo das redes de Danrlei, dando números finais ao duelo.

Vocalista do Skank apresenta Kléber em festa do Cruzeiro

Principal reforço do Cruzeiro para a temporada 2009, o atacante Kléber foi apresentado na noite desta terça-feira em festa promovida pelo clube celeste no hall do Estádio do Mineirão.

Além de anunciar o jogador, o evento marcou o lançamento dos uniformes versão 2009 do time mineiro. Foram mostradas as novas camisas números 1 e 2, o uniforme de treino, de viagem e o que será usado pela comissão técnica para a disputa do Campeonato Mineiro e da Copa Libertadores.

O anúncio da chegada de Kléber foi feitou pelo vocalista da banda Skank, Samuel Rosa. O atacante apareceu com a nova camisa número 1 do clube e foi saudado pelos torcedores e fãs do Cruzeiro.

Kléber disse que chega para ser campeão da Copa Libertadores este ano. "Desde o começo deixei claro que minha vontade era jogar uma Libertadores e hoje tenho a oportunidade de jogar pelo Cruzeiro, e espero que a gente possa ser campeão".

O atacante comentou ainda o apelido de "Gladiador", e afirmou que o seu estilo aguerrido pode ajudá-lo na competição internaciona. "Muita gente fala que pelo meu estilo vou me dar bem na Libertadores", explicou.

terça-feira, 3 de fevereiro de 2009

Respeitando os meus visitantes, estou um pouco atrasado com as postagens, poia estou ocupado para colocá-las todos os dias. Por isso, as postangens voltam na porxima segunda. As enquetes sairão de férias e voltam em março com uma bomba. Aguardem!!!

Agradeço a compreensão,
Nicholas.

segunda-feira, 2 de fevereiro de 2009

domingo, 1 de fevereiro de 2009

Jornal inglês diz que Phelps teria fumado maconha em festa

O tablóide britânico News of the World causou uma nova polêmica no mundo esportivo. Na edição deste domingo, o jornal mostra uma suposta foto do norte-americano Michael Phelps fumando possivelmente maconha em um "bong" (espécie de cachimbo gigante).

Dono de 14 medalhas olímpicas na carreira, sendo oito de ouro em Pequim 2008, Phelps teria participado de uma animada festa na Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos, em novembro do ano passado.

De acordo com a publicação, Phelps estava visitando na universidade Jordan Matthews, uma estudante na qual ele tinha um caso secreto naquele momento, e teria aproveitado para curtir as festas.

Em uma dessas comemorações, o americano teria sido flagrado usando o "bong". Phelps está fora das piscinas oficialmente desde Pequim 2008, mas voltou recentemente aos treinos. O americano já avisou que Londres 2012 será a sua última Olimpíada.

No ano passado, o News of the World agitou os bastidores da F-1 ao publicar um vídeo e fotos de Max Mosley, presidente da FIA (Federação Internacional de Automobilismo), participando de uma orgia, cuja temática seria nazista.

JL: "Quando a fama sobe a cabeça, fazemos coisas que nem mesmos nós pensamos em fazer."

Las Vegas seduz apostadores-torcedores do Super Bowl

Com o jogo liberado e uma casa de apostas em cada hotel, Las Vegas é o lugar ideal para os torcedores interessados não só em assistir ao Super Bowl, mas também em fazer uma fezinha para o duelo final da temporada da NFL, liga de futebol americano dos Estados Unidos, entre Pittsburgh Steelers e Arizona Cardinals, neste domingo, em Tampa Bay, na Flórida.
Os cassinos espalhados pelos hotéis da cidade já sentem o reflexo desta procura. Com as mesas lotadas, os apostadores variam a diversão entre jogos de baralho, caça-níqueis e dados. Na ala de apostas esportivas do Hotel MGM, as mesas e cadeiras já estão lotadas, com pessoas buscando informações antes de dar o palpite.

Alguns torcedores já tiraram as camisas dos seus times preferidos do armário com um dia de antecedência e começaram a circular uniformizados. É caso de Terry Taylor, 52 anos, que veio de Chicago especialmente para apostas esportivas.

"Estou aqui por causa do Super Bowl. Vou apostar no Steelers", afirmou o torcedor, que também tentou a sorte nas apostas do Ultimate Fighting 94, realizado no último sábado também em Las Vegas.

As casas de apostas apontam favoritismo dos Steelers na decisão. Para ter um dólar de lucro em caso de vitória do time de Pittsburgh, o apostador precisa pagar US$ 2,50 com antecedência. Já para cada dólar depositado nos Cardinals, os vencedores levarão US$ 2,10 para casa.

Só que as apostas não se limitam ao vencedor do jogo. Quem quiser, pode tentar acertar o resultado de cada tempo, quem marcará o touchdown mais longo da partida, quem tirará o zero do placar primeiro, entre muitos outros. O formulário de cinco páginas frente e verso é o sonho de qualquer apostador e o pesadelo de quem tenta controlar o vício.

Paulistão

Série A1:

Ontem:

Corinthians 4x1 Oeste
Barueri 2x0 Guarani
Mogi Mirim 0x1 São Caetano
Marília 0x0 Botafogo-SP

Hoje:
Finalizado: Noroeste 1x2 Portuguesa
17h Ponte Preta x Palmeiras
17h São Paulo x Santo André
19h10 Ituano x Santos
19h10 Bragantino x Mirassol
19h10 Paulista x Guaratinguetá

Série A2:

União São João 2x0 Linense
Juventus 1x1 América
Sorocaba 1x1 São Bento
Catanduvense 0x3 Taquaritinga
Ferroviária 1x2 São Bernardo
Rio Branco 2x1 Flamengo

Hoje:

Rio Preto 1x0 Comercial
São José 4x3 União Barbarense

Em andamento:
Sertãozinho x Monte Azul

16h Rio Claro x Portuguesa Santista

Veto da Juventus a Amauri traz nova polêmica em amistoso

A recusa da Juventus em liberar o atacante Amauri para defender o Brasil no amistoso do próximo dia 10 de fevereiro diante da Itália, em Londres, traz outra polêmica à partida.

O jogador foi chamado no sábado pelo técnico Dunga para ocupar o lugar de Luís Fabiano, lesionado, mas o clube de Turim já disse que não vai liberá-lo por estar fora do prazo da Fifa.

O anúncio foi feito pelo próprio presidente da Juventus, Giovanni Cobolli Cigli, após a derrota do time para o Cagliari por 3 a 2, pelo Campeonato Italiano.

"O pedido veio fora de hora. Mesmo que chegue, não liberaremos Amauri à Seleção Brasileira. Informamos ao jogador, que está ciente, embora a responsabilidade seja do clube e não dele", disse Cobolli Cigli.

O dirigente alegou que precisará de Amauri para os próximos confrontos pelo Italiano e Copa da Itália - e que a decisão foi tomada após a derrota.

Ao fazer o anúncio, a própria Confederação Brasileira de Futebol (CBF) antecipava o possível problema, alegando o fim do prazo para jogadores que atuam no exterior.

Nos últimos meses, Amauri tem sido cogitado para defender a seleção italiana, pois está próximo da naturalização. Como ele nunca jogou pelo Brasil, passou a ser considerado pelo técnico Marcello Lippi como futuro jogador do grupo, com boas chances de ser titular - algo que não aconteceria com Dunga.

Além disso, o vice-ministro de Exteriores italiano, Alfredo Mantica, havia pedido o cancelamento da partida em retaliação às autoridades brasileiras, que concederam asilo político ao ex-ativista de esquerda Cesare Battisti, condenado na Itália à prisão perpétua.

Mas o subsecretário da presidência do Conselho de Ministros da Itália, Rocco Crimi, disse que o caso Battisti não deve interferir na realização de um evento esportivo.

"Os assuntos políticos ou diplomáticos, por mais que sejam relevantes e significativos, não devem comprometer a realização de eventos esportivos", disse em nota.

Médico corintiano vê evolução de Ronaldo "acima da expectativa"

Ronaldo ainda nem fez sua primeira partida com a camisa nove do Corinthians, mas segue como o assunto mais importante do clube, mesmo em dias de jogo. No sábado, data em que o time alvinegro fez 4 a 1 no Oeste e alcançou a liderança provisória do Campeonato Paulista, o atacante foi novamente motivo de conversa no Pacaembu.

Joaquim Grava, médico especialista em cirurgias de joelho e integrante da comissão técnica do time alvinegro, falou rapidamente sobre a atual situação de Ronaldo e declarou que, em sua opinião, o jogador poderia estar em campo antes mesmo de março, mês estabelecido como prazo para sua estréia.

"Ele poderia até estrear antes, pois a evolução dele está acima da expectativa, mas não vale a pena queimar etapas", ponderou. "Agora o Ronaldo fará trabalhos até mais moderados e a expectativa é estrear no final de fevereiro ou no início de março".

Grava confirmou que o jogador tem se aplicado muito para cumprir a planilha de treinos programada para sua total recuperação e, assim como fez o técnico Mano Menezes, minimizou o episódio em que o atleta foi visto em uma casa noturna na noite paulistana, semana passada.

"Temos até que segurar o Ronaldo, pois ele tem treinado mais do que o horário previsto. Neste dia (em que o jogador saiu), ele não tinha programado treino na manhã seguinte. Ele tem seu momento para se divertir e foi o que aconteceu. Nada demais", concluiu.