quarta-feira, 30 de setembro de 2009

Pronto para estreia, Edno promete paciência para ser titular

O meia-atacante Edno fala baixo e pausadamente diante dos microfones. É com essa calma que o novo reforço do Corinthians pretende se firmar na equipe comandada por Mano Menezes.

"Futebol é feito de tempo. No momento em que o Mano achar que devo jogar entre os 11 titulares, ele vai me colocar. Tenho paciência", garantiu Edno.

Finalmente inscrito na Confederação Brasileira de Futebol (CBF), o jogador deverá ganhar a sua primeira chance como titular já neste sábado, contra o Atlético-PR, no Pacaembu. O Corinthians ainda não sabe se contará com o atacante Ronaldo, em viagem para resolver problemas particulares em Madri, e o meia Defederico, que se machucou no clássico contra o São Paulo.

"Graças a Deus, a novela para eu estrear acabou. Estou na expectativa de fazer uma grande partida. Todo mundo vem me deixando muito tranquilo para desenvolver bem o meu trabalho, mesmo com o Pacaembu cheio", disse Edno.

A tranquilidade pregada pelo meia contrasta com os incidentes que culminaram com a sua saída da Portuguesa. Alvo constante de críticas dos torcedores lusitanos, ele decidiu rescindir seu contrato quando homens armados entraram no vestiário do Canindé após derrota por 2 a 1 para o Vila Nova.

"Na Portuguesa, eu andava muito cabisbaixo. Meu corpo estava presente nos treinamentos, mas a cabeça ia para outro lugar. Agora é diferente. Acordo de manhã com muita disposição e alegria para trabalhar. As coisas tendem a fluir naturalmente assim", comentou.

Apesar da indisposição do passado e do seu jeito calado, Edno prometeu que não será manso em campo. "Costumo jogar com raça e me empenhar bastante sempre. A torcida pode ter certeza de que isso não vai faltar", avisou, engrossando a voz.

Túlio ganha busto e vai ao Rio para ajudar Botafogo

Há nove anos, Túlio não coloca os pés em General Severiano. De Brasília, onde defende o Botafogo local, o maior ídolo alvinegro dos últimos 20 anos acompanha a luta contra o rebaixamento. Em uma conversa com o presidente Maurício Assumpção ficou marcada uma visita ao clube. Entre "dar apoio e passar energia positiva", como ele mesmo explicou, o atacante soube que será homenageado com um busto no Engenhão.

Túlio, que conquistou o título mais importante da história alvinegra, o Brasileiro de 1995, só espera o time voltar do Equador, onde encara o Emeleq pela Copa Sul-Americana, para acertar a data do encontro: "Nunca fiz isso depois que saí pela última vez. Mas conversei com o presidente e ele acha que seria importante passar o meu astral para o grupo".

Com mais de 150 gols pelo clube, ele será homenageado da mesma forma que Garrincha e Nilton Santos já foram. "O presidente me falou que vai ser uma coisa parecida com a que fizeram com o Nilton", disse, já querendo mais: "Como um atacante que tem quase 900 gols não tem os pés na calçada do Maracanã?".

Quando Botafogo e Grêmio se enfrentaram, Maurício Assumpção conversou com Paulo Autuori, técnico da conquista, que afirmou: o título de 95 foi uma das maiores alegrias que teve.

Mas, da mesma maneira que imortaliza os ídolos, o Botafogo não quer ser rebaixado pela segunda vez na história. Para Túlio, é preciso se inspirar na Seleção Brasileira. "Os jogadores deveriam disputar cada jogo como se fosse uma final de Copa, ter amor à camisa, mais atitude", disse ele, ainda otimista na volta por cima: "Ver cair seria muita tristeza".

Ele acha que o momento ruim se deve ao fator psicológico: "Não estou lá dentro, mas acho que existe uma instabilidade emocional. Os salários estão em dia, o presidente deu todas as condições de trabalho".

Enquanto o jogo contra o Goiás não chega, o atacante lembra que foi contra o adversário do próximo domingo que o Botafogo iniciou a arrancada para o título de 1995: "Vencemos por 1 a 0 com um gol meu. Disputamos outras oito partidas e só perdemos mais uma". Em 18º, com apenas 25 pontos, o Botafogo tem mais 12 partidas pela frente.

Em 21 anos de carreira, Túlio já trabalhou com muitos técnicos. E defende um tratamento de choque se as coisas não melhorarem em duas rodadas. "Nunca fui treinado pelo Estevam, mas é cedo para trocar. Quando faltarem dez jogos, se nada mudar, aí, sim, será preciso dar uma chacoalhada", disse.

Michelle Obama chega a Copenhagen e faz boca de urna por Chicago

Uma das estrelas da cerimônia de escolha da sede da Olimpíada de 2016, a primeira-dama dos EUA, Michelle Obama, chegou nesta quarta-feira a Copenhagen. Desembarcou no aeroporto sem dar entrevistas e seguiu direto para o hotel, no centro da capital. Na agenda, uma série de encontros com membros do Comitê Olímpico Internacional (COI) para tentar angariar votos para Chicago, cidade onde nasceu em 1964.

Michelle veio acompanhada da conselheira Valerie Jarrett, que na semana passada teve um encontro com o ex-primeiro-ministro britânico Tony Blair. Blair e sua esposa, Cherie, provaram a forca do lobby de última hora quando Londres foi selecionada para abrigar os Jogos Olímpicos de 2012. O casal viajou para Cingapura e durante dois dias fez lobby com os membros do COI, convidando alguns deles para reuniões particulares em sua suíte do hotel.

Embora o Rio apareça nas pesquisas e nos relatórios do COI como forte favorita, Chicago acredita que há dúvida entre os membros da entidade de que seja o momento certo para a América do Sul abrigar uma Olimpíada. Membros do comitê de Chicago 2016 argumentam que Chicago poderia ser talvez mais lucrativa e segura, numa clara alusão à violência cotidiana da cidade carioca. A precária economia mundial e a forte dependência de patrocinadores globais dos Jogos, na opinião dos aliados de Chicago, deixariam os membros do COI mais confortáveis caso Chicago seja eleita.

O último impulso emocional de Chicago seria Barack Obama, que chega a Copenhagen na manhã da proxima sexta-feira para tentar também votos de última hora. O presidente norte-americano, assim como Lula, participará da apresentação oficial da candidatura da cidade aos membros do COI.

São-paulino e gremista seguem nos planos da Lazio

A Lazio promete tentar novamente a contratação dos zagueiros Miranda, do São Paulo, e Réver, do Grêmio, no fim do ano. Segundo divulgou nesta quarta-feira o jornal Corriere dello Sport, os dois seguem nos planos do clube italiano. Outro na mira é o volante Fábio Simplício, do Palermo (ITA).

Réver poderia chegar à Lazio até mesmo por empréstimo, com opção de compra ao término do contrato. Já Miranda teria de ser comprado em definitivo. A multa rescisória do zagueiro são-paulino é de US$ 20 milhões (R$ 35,7 milhões).

Fábio Simplício seria uma opção caso não renovasse seu contrato com o Palermo. Seu compromisso com o clube da Sicília vai até o meio de 2010. Assim, poderia assinar um pré-acordo com a Lazio já no fim do ano.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Morre francês agredido por "hooligans" sérvios

O francês que torcia para o Toulouse e há duas semanas foi brutalmente agredido por um grupo de torcedores do Partizan de Belgrado morreu nesta terça-feira, no Centro Clínico da capital sérvia.

O jovem sofreu lesões na aorta, na cabeça, nos pulmões e em outras partes do corpo quando, em 17 de setembro, "hooligans" sérvios atacaram um grupo de franceses em um café no centro de Belgrado. A agressão, inteiramente gratuita, aconteceu horas antes do jogo entre o Toulouse e o Partizan pela Liga dos Campeões.

Nos dias seguintes ao espancamento, o torcedor foi submetido a várias cirurgias na aorta pulmonar e no cérebro. Mas, nos últimos dias, o estado do paciente piorou.

A Polícia deteve 11 pessoas após o episódio. Dez delas ficarão um mês presas, até a abertura de um processo judicial.

Os suspeitos podem ser processados por homicídio, crime punível com até 40 anos de prisão.

Coreia do Sul segura Alemanha e embola Grupo C

Um gol do sul-coreano Min-Woo Kim impediu a Alemanha de somar sua segunda vitória em duas partidas no Mundial Sub-20, disputado no Egito. Nesta terça-feira, em Suez, a Coreia do Sul empatou com os alemães por 1 a 1, embolando a disputa no Grupo C.

Agora, a Alemanha tem quatro pontos, enquanto a Coreia do Sul tem um. Ainda nesta terça, Camarões, que também tem três, enfrenta os Estados Unidos, que ainda não pontuaram.

Na partida desta terça-feira, Richard Sukuta-Pasu abriu o marcador para os alemães, aos 33min. A vitória persistia até os 26min da segunda etapa, até Min-Woo Kim determinar a igualdade.

Na sexta-feira, a Alemanha enfrenta Camarões, enquanto os Estados Unidos duelam com a Coreia do Sul, encerrando a disputa no Grupo C. Os dois melhores se classificam para as oitavas de final.

Erros de arbitragem estão grosseiros, diz são-paulino

As reclamações contra a arbitragem depois do clássico de domingo partiram em maior parte do Corinthians, mas isso não significa que a diretoria do São Paulo esteja tranquila para as 12 rodadas finais do Campeonato Brasileiro. O vice-presidente de futebol, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, mostrou-se preocupado com os erros dos apitadores.

"Além da hipótese de eventuais esquemas de favorecimento que existem no futebol, estão errando demais também", afirmou o dirigente, que, entretanto, negou a existência de uma organização para beneficiar determinada equipe. "Não é para um clube. Prejudica todo mundo, ninguém mais entra sossegado em campo".

O vice-presidente promete ficar atento até o fim do campeonato. "Não precisa ser muito inteligente para saber que precisamos ficar preocupados com a arbitragem. As coisas estão se repetindo de forma grosseira".

Apesar de negar a perseguição ao São Paulo e também o benefício de somente um clube, Leco disparou ironias contra o rival Palmeiras, que lidera o campeonato.

"Em alguns momentos, estamos vendo isso (erros para o Palmeiras), mas não estou fazendo qualquer tipo de afirmação a esse respeito", esquivou-se. O dirigente alfinetou o rival pela ajuda que teve na partida contra o Cruzeiro, em Belo Horizonte, quando Evandro Rogério Roman deixou de marcar pênaltis para o time da casa.

Leco ironizou a história de o mandatário alviverde, Luiz Gonzaga Belluzzo, ter enviado um e-mail ao presidente da Comissão Nacional de Arbitragem, Sérgio Corrêa, antes do duelo em Minas Gerais.

"Infelizmente, nós ainda não alcançamos este estágio de avanço. Se preventivamente ele está conseguindo alguma coisa, nós só estamos fazendo reclamações depois, mas vira choradeira e a gente nem fala. Mas foram três pênaltis em Belo Horizonte...", advertiu.

Antes da partida contra o Cruzeiro, o Palmeiras alegou que tinha sido prejudicado pelo árbitro escalado, Evandro Rogério Roman, na partida contra o Goiás. Porém, depois do jogo, foi a equipe mineira que contestou a arbitragem, e o apitador acabou suspenso por um mês.

Sharapova humilha australiana e avança em Tóquio

Maria Sharapova reinou absoluta nesta segunda rodada do Torneio de Tóquio. Diante da australiana Samantha Stosur, semifinalista de Roland Garros e número 15 do mundo, a russa triunfou oor 2 sets a 0, com incontestáveis 6/0 e 6/1, e seguiu adiante no torneio japonês.

Quem encontrou a mesma facilidade em Tóquio foi Victoria Azaraneka. A bielorrussa encarou a chinesa Jie Zheng e venceu o confronto também por 2 a 0, com um duplo 6/1.

Três cotadas ao título, porém, não tiveram a mesma sorte de Sharapova e Azarenka. Uma delas, a russa Elena Dementieva, perdeu para a ucraniana Kateryna Bondarenko por 2 a 1 - 6/2, 6/7 (3) e 6/1.

Diante da checa Iveta Benesova, a argentina Gisela Dulko deixou a quadra derrotada por 2 a 1, com 6/3, 3/6, 6/4. Já a russa Nadia Petrova perdeu em menos tempo. Sua algoz foi a eslovaca Magdaléna Rybáriková, que a derrotou por 2 sets a 0, com um duplo 6/2.

Obama gera "bate-boca" entre Rio e Chicago em Copenhague

A confirmação de última hora do presidente americano Barack Obama em participar da cerimônia de anúncio da cidade-sede da Olimpíada de 2016 gerou um "bate-boca" entre os dirigentes das candidaturas do Rio de Janeiro e Chicago, nesta terça, em Copenhague. O COI escolherá o local dos Jogos nesta sexta-feira, na capital dinamarquesa.

O presidente do Comitê Olímpico Brasileiro (COB) e do Comitê de Candidatura do Rio, Carlos Artur Nuzman, quando perguntado sobre qual diferença fazia a presença de Obama no evento, foi direto: "não muda nada".

O CEO da candidatura de Chicago, Patrick Ryan, rebateu a declaração do cartola brasileiro. "Carlos é muito inteligente, muito competitivo... Claro que muda muito se o presidente Obama vem para cá. As pessoas estão excitadas com a presença dele".

Nos eventos organizados pelas duas candidaturas nesta terça, ficou claro que Rio e Chicago se tratam como principais inimigos. Não houve nenhuma pergunta em nenhuma das duas coletivas sobre Madri e Tóquio, as duas outras concorrentes.

Perguntado se tinha passado dos limites, dizendo que organizar uma Copa do Mundo é muito diferente de receber uma Olimpíada, o prefeito de Chicago, Richard Daley, foi curto e grosso: "não tenho nada a comentar sobre isso". Já Nuzman demonstrou descontentamento com o assunto.

No evento organizado pelos brasileiros participaram Nuzman, o governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral, o prefeito do Rio, Eduardo Paes, o secretário-geral da candidatura Rio 2016, Carlos Roberto Osório, e a medalhista olímpica Isabel Swann. Já no evento americano, além do prefeito e do CEO, um time de atletas participou, com destaque para Patrick Ewing, antigo astro da NBA.

segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Campeonato Brasileiro

Série A

Resultados:

26/9 18h30 Palestra Itália Palmeiras 2 x 1 Atlético-PR
26/9 18h30 Arena Barueri Barueri 0 x 1 Cruzeiro
27/9 16h Maracanã Fluminense 3 x 2 Avaí
27/9 16h Morumbi São Paulo 1 x 1 Corinthians
27/9 16h Couto Pereira Coritiba 2 x 0 Náutico
27/9 16h Serra Dourada Goiás 2 x 1 Grêmio
27/9 16h Beira Rio Internacional 0 x 0 Flamengo
27/9 18h30 Mineirão Atlético-MG 3 x 1 Santos
27/9 18h30 Ilha do Retiro Sport 2 x 1 Santo André
27/9 18h30 Engenhão Botafogo 1 x 3 Vitória

Classificação:

1º Palmeiras
2º Goiás
3º São Paulo
4º Internacional
5º Atlético-MG
6º Grêmio
7º Vitória
8º Flamengo
9º Corinthians
10º Avaí
11º Barueri
12º Santos
13º Cruzeiro
14º Atlético-PR
15º Coritiba
16º Náutico
17º Santo André
18º Botafogo
19º Sport
20º Fluminense

CBF fez sua parte por Rio 2016, diz Teixeira

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ricardo Teixeira, disse que a maior entidade do futebol nacional já fez sua parte para ajudar a candidatura do Rio de Janeiro para receber os Jogos Olímpicos de 2016. De acordo com o mandatário, a CBF trouxe dois eleitores do Comitê Olímpico Internacional (COI) para a cidade brasileira.

"A parte da CBF a gente fez. Trouxemos dois votos (dois eleitores). O Rio teve a oportunidade de almoçar e jantar com dois votos. Acho que nenhuma das outras cidades candidatas teve essa oportunidade", afirmou Teixeira, referindo-se a Joseph Blatter, presidente da Fifa, e Issa Hayatou, chairman do Comitê Organizador para Copa 2010.

Quando questionado se poderá haver um conflito entre a candidatura Rio 2016 e a Copa do Mundo de 2014, que será realizada no Brasil, Teixeira citou alguns números e desconversou sobre o assunto.

"Vou fazer minhas as palavras do Blatter. Nas Olimpíadas você tem 6 bilhões de audiência. Já na Copa você tem 26 bilhões. A Copa do Mundo você tem 12 cidades. A Olimpíada é uma só", afirmou.

Teixeira ainda garantiu que não conversou com o presidente da Fifa sobre um possível lobby a favor do Brasil. "Eu não posso fazer isso. Assim como eu, há os presidentes das confederações espanhola, japonesa e americana. Todos votaram a favor de 2014 no Brasil. Não é justo eu pedir uma coisa dessas", ressaltou o presidente da CBF.

A escolha da cidade-sede dos Jogos de 2016 será decidida nesta sexta-feira, em Copenhague, na Dinamarca. O Rio compete com Chicago, Tóquio e Madri.

Alonso já é piloto da Ferrari, dizem europeus

A novela envolvendo Fernando Alonso e a Ferrari parece ter chegado ao fim. De acordo com a imprensa europeia, a escuderia italiana irá realizar seu grande sonho para temporada 2010, no GP do Japão, dia 4 de outubro, quando irá anunciar o bicampeão mundial como seu piloto. O espanhol chegaria ao time italiano no lugar do finlandês Kimi Raikkonen, que retornaria à McLaren.

Segundo a revista inglesa Autosport, a Ferrari corre para acertar a rescisão de Raikkonen e anunciar o quanto antes o acerto com Alonso. "Pode ser no Japão (o anúncio). É uma possibilidade. Mas ainda não está garantido", disse Stefano Domenicalli, diretor esportivo da Ferrari.

Os ingleses do The Guardian já citam até mesmo o salário de Alonso na Ferrari. O bicampeão do mundo receberia 19 milhões de libras por ano, o equivalente a cerca de R$ 54 milhões por temporada.

O jornal espanhol Marca, inclusive, já fala do clima de despedida nos bastidores do GP de Cingapura, onde Alonso conquistou o terceiro lugar para a Renault. Muito choro e emoção teria tomado conta dos engenheiros, mecânicos e até do diretor geral da escuderia francesa, Jean François Caubet.

O mercado da Fórmula 1 promete ser agitado antes da próxima temporada. Além de Raikkonen e Alonso, que trocarão de equipe, o polonês Robert Kubica poderá substituir o espanhol na Renault.

Detroit Lions vence e encerra jejum de 19 jogos

O Detroit Lions foi o saco de pancadas da NFL desde o final de 2007 até este domingo. No entanto, a equipe finalmente encerrou uma série de 19 derrotas seguidas e bateu o Washington Redskins por 19 a 14. O time não vencia desde 23 de dezembro de 2007.

Mesmo com a proibição da televisão em passar o jogo para a região de Detroit, como forma de atrair o público ao Ford Field, "apenas" 40.896 torcedores testemunharam a vitória dos Lions. As entradas não foram totalmente vendidas.

O destaque do Detroit foi o quarterback novato Matthew Stafford. Ele completou 21 dos 36 passes tentados, que resultaram em 241 jardas para os Lions e na primeira vitória que pode representar uma nova era para o time. No ano passado, a equipe foi a primeira da história a perder todos os 16 jogos da temporada regular.

Em outros jogos deste domingo, os destaques foram a vitória do New York Giants sobre o Tampa Bay Buccaneers, por 24 a 0, e o triunfo do Indianapolis Colts por 31 a 10 sobre o Arizona Cardinals, atual vice-campeão da NFL.

Confira os resultados da rodada:

New England Patriots 26 x 10 Atlanta Falcons
New York Jets 24 x 17 Tennessee Titans
Baltimore Ravens 34 x 3 Cleveland Browns
Detroit Lions 19 x 14 Washington Redskins
St. Louis Rams 17 x 36 Green Bay Packers
Philadelphia Eagles 34 x 14 Kansas City Chiefs
Tampa Bay Buccaneers 0 x 24 New York Giants
Minnesota Vikings 27 x 24 San Francisco 49ers
Houston Texans 24 x 31 Jacksonville Jaguars
Seattle Seahawks 19 x 25 Chicago Bears
Buffallo Bills 7 x 27 New Orleans Saints
Cincinnati Bengals 23 x 20 Pittsburgh Steelers
San Diego Chargers 23 x 13 Miami Dolphins
Oakland Raiders 3 x 23 Denver Broncos
Arizona Cardinals 10 x 31 Indianapolis Colts

Com melhor ranking, Bellucci quebra tabu em quadras cobertas

Thomaz Bellucci acordou nesta segunda-feira na Tailândia com uma grande notícia: subira três posições no ranking de entradas para atingir a 61ª, a melhor em toda a sua carreira. Para comemorar a novidade, o paulista venceu pela primeira vez como profissional uma partida em quadra dura e coberta, passando pelo espanhol Guillermo García-López com 6/4 e 7/6 (9-7) na abertura do Torneio de Bangcoc.

Bellucci, que na semana passada já havia retomado a condição de número um do Brasil a partir da queda de Marcos Daniel, agora o 90º mais bem colocado do planeta, enfim quebrou um tabu na temporada asiática. Em 2008, ele não havia ganhado nenhuma das três partidas disputadas no continente dentro de um ginásio - também no indoor, ele fora derrotado em outras três exibições válidas pela Copa Davis.

Confirmando, portanto, o melhor momento na comparação com o ano passado, o tenista superou García-López, número 54 do planeta, em jogo equilibrado que durou 1h56. O brasileiro, que acabou ganhando apenas cinco pontos a mais que o espanhol no total (81 a 75), mostrou-se muito firme nos momentos mais importantes, visto que salvou 11 das 12 chances de quebra colecionadas pelo rival. Bem no serviço, o vencedor encaixou quatro aces e faturou 60% dos pontos nos quais teve de se virar com o segundo saque.

Superado o desafio inicial em Bangcoc, que representava seu primeiro compromisso desde a derrota para o Equador na Davis, Bellucci já sabe quem será o próximo adversário. Ele protagoniza confronto inédito contra Viktor Troicki, cabeça-de-chave quatro que entrou direto na segunda rodada da competição. Embora ocupe o 32º posto na lista da ATP, o sérvio não vive boa fase, tendo perdido quatro de suas últimas cinco partidas disputadas pelo circuito sobre o piso rápido.

Boleiros do Blog

Os Boleiros do Blog estão de volta!!!!!!!!!!!!!! E trazem muitas novidades e comentários, o mais importante.

1- Quem tem mais chance de vencer o campeonato brasileiro?

John: Acho que entre s quatros primeiros, que estão logicamente no G4, posso destacar o Palmeiras, líder com 5 pontos de diferença para o Goiás, outro bom candidato ao título.

Jonathan: Concordo com o John, esses dois times, no momento, são os mais cotados a vencerem o campeonato, mas muita coisa ainda vem por ai.

Rosana: Acho que qualquer time, tem tenha boas chances de vencer o campeonato, é o mais bem cotado ao título, mas não citarei nenhum, pois como o Jonathan disse, ainda tem muita coisa para acontecer.

domingo, 27 de setembro de 2009

Por título, Barrichello precisa superar feito de Raikkonen em 2007

Faltam três provas para o final da temporada da Fórmula 1 e o brasileiro Rubens Barrichello está a 15 pontos de Jenson Button, líder do campeonato e companheiro de equipe na Brawn GP. Na corrida pelo título, Barrichello pode se espelhar no feito conseguido por Kimi Raikkonen em 2007, ano em que o finlandês da Ferrari conquistou seu único título. O brasileiro, porém, precisa fazer um pouco mais do que Kimi.

Em 2007, a três corridas do final da temporada, Raikkonen, com 84 pontos, estava a 13 do líder Lewis Hamilton (97 pontos), e a 11 de Fernando Alonso (95), concorrente direto. Ambos eram da McLaren e travavam uma disputa interna na equipe.

No GP do Japão, antepenúltima etapa daquele ano, a situação ficou ainda mais difícil para o finlandês. Com a vitória de Hamilton e seu terceiro lugar, Kimi ficou a 17 pontos de distância com duas corridas por serem disputadas. Já Alonso, que abandonou, teve a diferença cortada para cinco pontos.

A história começou a mudar na China, quando Hamilton abandonou a prova e Raikkonen venceu, com Alonso chegando em segundo lugar.

O cenário permitiu que os três chegassem ao GP do Brasil com chances de título. Para o finlandês, a situação era complicada, já que ele chegou na última corrida a três pontos de Alonso e a sete de Hamilton. Erros da McLaren fizeram com que o inglês tivesse uma corrida difícil e terminasse apenas na sétima posição. A vitória de Raikkonen e o terceiro lugar de Alonso deram o título ao finlandês.

No fim das contas, Raikkonen marcou 26 pontos contra apenas 12 de Hamilton nas últimas três corridas. Se Barrichello conseguir um desempenho semelhante contra Button, as chances de título aumentam bastante. A vantagem do brasileiro é que ele tem apenas um rival e, apesar do resultado deste domingo em Cingapura, tem andado melhor do que Button nas últimas corridas.

Cruzeiro nega pressão em árbitro e vê erros comuns

Na boca dos jogadores do Cruzeiro, a indignação com a arbitragem na derrota por 2 a 1 para o Palmeiras, na última quarta-feira, se transformou em conformismo ao analisar a vitória por 1 a 0 sobre o Barueri, repleta de lances polêmicos, neste sábado. O grupo mineiro negou que isso tenha sido fruto da pressão feita sobre a arbitragem do Campeonato Brasileiro nos últimos dias.

"O Cruzeiro não tem esse complexo de inferioridade, pelo tamanho que tem, para ficar fazendo isso (pressão na arbitragem)", disse o técnico Adílson Batista, que desta vez minimizou os possíveis erros do trio comandado pelo carioca Djalma Beltrami: "Respeitamos o Barueri, que em outros jogos foi prejudicado. Temos vários exemplos disso. Mas temos que ajudar a arbitragem a se classificar melhor".

Dois lances foram especialmente contestados pelos jogadores do Barueri neste sábado. No primeiro deles, o meia Gilberto estava em posição irregular quando completou cruzamento de Guerrón, após corte mal feito pela zaga. No outro, o zagueiro Gil cortou finalização de Fernandinho com o braço. O árbitro não deu pênalti e mandou o lance seguir - o atacante acabou expulso por reclamação.

"Na hora do chute, a bola bateu na minha costela e depois pegou no braço", admitiu Gil, sem ver motivos para a penalidade: "mas eu já estava caído nessa hora". Já o volante Fabrício, que reclamou de pênalti de Jumar na derrota para o Palmeiras, desta vez adotou discurso oposto, ao ver como comuns os erros.

"Foram erros comuns, está bem complicada a nossa arbitragem, acho que faz parte. A gente foi prejudicado, se o Barueri foi prejudicado hoje, isso acontece com todos os times" afirmou o meio-campo. Autor do gol da vitória, capitão Gilberto foi outro a deixar de lado os possíveis erros para, então, exaltar o bom resultado obtido longe do Mineirão.

"Depois de um jogo duro, em que fomos prejudicados contra o Palmeiras, a equipe deu demonstração de que é forte. Vamos em busca da vaga para a Copa Libertadores", disse o camisa 10.

Klitschko vence "gordinho" e mantém domínio do Leste Europeu

O boxeador Vitali Klitschko venceu a luta contra Cris Arreola no 10º round, na disputa pelo Conselho Mundial de Boxe (WBC). Com a vitória, Klitschko consolida sua posição ao lado de seu irmão, Wladimir, no topo do ranking dos pesos pesados.

Com a vitória sobre o americano, que tem origem mexicana e está visivelmente acima do peso, o ucraniano manteve o domínio do Leste Europeu no peso pesado

Klitschko, 38 anos, venceu pela 38ª vez (37 nocautes). Ele só tem duas derrotas na carreira. Arreola, 28 anos, perdeu pela primeira vez, após 28 combates.

Arreola começou a luta mais incisivo, mas rapidamente foi dominado pelo campeão mundial. Klitschko acertou bons golpes nos primeiros rounds, mas Arreola se mostrou resistente.

O americano tentava explorar a linha de cintura de Klitschko, que foi cansando ao longo da luta. Porém, no 8º round, o ucraniano acertou Arreola em cheio e o nariz do desafiante começou a sangrar.

Klitschko dominou os dois rounds seguintes, enquanto Arreola sofria para se manter na luta. O juiz Jon Schorle parou a luta no intervalo para o 11.º round, por achar que Arreola estava sangrando muito pelo nariz. O pugilista dos Estados Unidos, decepcionado, chorou muito ainda em cima do ringue.

Alonso dedica pódio a Briatore em Cingapura

Após conseguir seu primeiro pódio na temporada, na mesma Cingapura em que venceu em 2008 ajudado pela batida proposital de Nelsinho Piquet, Fernando Alonso dedicou o resultado ao mentor da farsa: Flavio Briatore, ex-diretor esportivo da Renault e que foi banido da Fórmula 1 pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA).

Terceiro colocado neste domingo, o espanhol exaltou o trabalho da equipe em uma temporada difícil.

"O time foi fantástico em toda a temporada, temos um time fantástico. Os mecânicos e engenheiros, todos na fábrica, fizeram o máximo e às vezes conseguimos bons resultados e algumas vezes não tivemos sorte. Mas esse pódio nesse momento particular, depois de tudo que aconteceu. Foi um período difícil para o time, mas colocamos isso para trás e quero dedicar o pódio a Flavio. Ele está em casa, mas é parte do sucesso que tivemos hoje", disse o bicampeão.

Brasil dá show e estreia com goleada sobre Costa Rica

O Brasil estreou mostrando sua força no Mundial Sub-20. Contando, principalmente, com as excelentes partidas de Giuliano e Alan Kardec, a Seleção jogou bem e goleou a Costa Rica por 5 a 0, largando na frente no Grupo E da competição.

O primeiro tempo brasileiro foi excelente. Encontrando muita facilidade para furar a zaga da Costa Rica, o setor ofensivo não decepcionou e mostrou que pode levar o time ao título. Com volume de jogo muito maior, o gol não demorou a sair. Aos 23min, Giuliano, camisa 10 e capitão do time, cobrou escanteio na cabeça de Alan Kardec, que finalizou com força e fez 1 a 0.

Jogador do Inter, Giuliano foi o melhor em campo pela Seleção. Aos 35min, ele deixou sua marca com muita classe. Após lançamento da intermediária, o meio-campista só deu um toque para encobrir o goleiro Alvarado.

A fluidez do jogo brasileiro já dava a impressão de que a goleada viria tranquilamente. Aos 43min, ela começou a se desenhar nos pés de Alan Kardec. Após cobrança de falta de Giuliano, a zaga da Costa Rica afastou nos pés do atacante, que soltou a bomba para fazer seu segundo gol.

O segundo tempo seguiu no mesmo ritmo, com a defesa brasileira sendo pouco incomodada. Assim, o técnico Rogério Lourenço fez algumas alterações e lançou Ciro, Maicon e Boquita.

Aos 29min, o santista Paulo Henrique Lima fez linda jogada e tocou para Douglas, que chutou na trave. No rebote, Alex Teixeira fez o quarto do Brasil. Para fechar a goleada, Boquita fez um golaço aos 43min, acertando chute de longe e contando com a colaboração do goleiro Alvarado.

FICHA TÉCNICA

BRASIL 5 x 0 COSTA RICA

Gols
Brasil: Alan Kardec, aos 23 e aos 43min, Giuliano aos 35min do 1º tempo; Alex Teixeira aos 29min e Boquita aos 43min do 2º tempo

Ponto Forte do Brasil
- Atuações de Alan Kardec e Giuliano, que definiram a goleada

Ponto Forte da Costa Rica
- Ataque, que armou jogadas perigosas

Ponto Fraco do Brasil
- Não houve

Ponto Fraco da Costa Rica
- Defesa fraquíssima e o goleiro Alvarado, muito inseguro

Personagem do jogo
Giuliano, grande maestro do time neste domingo

Esquema Tático do Brasil
4-4-2
Rafael, Douglas, Dalton, Rafael Tolói e Diogo; Souza, Maylson, Paulo Henrique (Boquita) e Giuliano; Alex Teixeira (Maicon) e Alan Kardec (Ciro).
Técnico: Rogério Lourenço

Esquema Tático da Costa Rica
4-4-2
Alvarado, Mena, Johnson (Gutierrez), Urena (Madrigal) e Guzmán; Estrada (Castro), Gamboa, Guevara e Oviedo; Martinez e Varela.
Técnico: Ronald González

Cartões Amarelos
Brasil: -
Costa Rica: Guzmán e Gamboa

Local
Port Said Stadium, em Port Said (EGY)

sábado, 26 de setembro de 2009

Em dia de estreias, Brasil bate EUA pela terceira vez

A Seleção Brasileira masculina de vôlei venceu novamente a equipe dos Estados Unidos na série de amistosos que as duas equipes realizam em Minas Gerais. Depois de duas partidas com vitórias brasileiras em Montes Claros, os times entraram em quadra nesta sexta-feira em Uberlândia e o time de Bernardinho não decepcionou a torcida local, marcando 3 sets a 0, com parciais de 25/23, 30/28 e 25/17.

O maior pontuador do confronto foi o ponta Murilo, que anoto 17 pontos. Theo que, ao lado de Sandro, fez sua estreia na Seleção foi bem e marcou 14. "Acho que consegui fazer uma boa partida. Sempre dá um nervoso no começo, já que atuei ao lado de estrelas, mas vencemos. Errei algumas coisas, acertei outras e estou muito feliz com a oportunidade", disse o estreante.

O levantador Sandro também comentou a emoção de vestir a camisa do Brasil pela primeira vez. "O começo da partida foi meio nervoso. Pude jogar ao lado de ídolos como Giba e Murilo e estou muito feliz por isso", afirmou. "Fiquei apenas uma semana treinando com o grupo e ainda falta um pouco de entrosamento. O importante é que deu tudo certo e vencemos", complementou.

A estreia de Sandro foi observada pelo titular da posição, Bruninho, que por conta de uma lesão no punho não participou da partida. "É normal faltar entrosamento, mas o Sandro foi eficiente. Ele já mostrou ter qualidade para estar na seleção brasileira", avaliou.

Seleção italiana pode vacinar jogadores contra gripe suína

A preocupação com a propagação do vírus da Gripe A (H1N1), a popular gripe suína, não tem fronteiras, classe social, raça ou língua específica. Prova disso é que o técnico da seleção italiana, Marcelo Lippi, pretende tomar uma atitude radical para proteger os jogadores.

Ao participar de uma convenção sobre saúde na Toscana, o treinador admitiu que conversou com o médico da seleção nacional e que ambos estão estudando a possibilidade de pedir a vacinação do grupo convocado para prevenir os atletas da doença.

"É um assunto que preocupa o mundo inteiro e há chances de pedirmos para que aconteça a vacinação dos jogadores", sintetizou Lippi, que tem como próximos desafios nas Eliminatórias Europeias a Irlanda, dia 10 de outubro, e o Chipre, dia 14.

A Itália lidera o Grupo 8 da competição com 20 pontos, quatro a mais que os irlandeses, e garantirá presença na Copa da África do Sul com um simples empate no confronto direto do próximo dia 10.

Kaká faz golaço e Real bate Tenerife; Sevilla goleia

O novo Real Madrid galáctico continua 100% no Campeonato Espanhol. A vítima da vez foi o Tenerife, que viajou à capital espanhola e caiu por 3 a 0. O francês Karim Benzema, autor de dois gols, teve sua atuação eclipsada pelo golaço marcado por Kaká, que decretou a quinta vitória do Real Madrid no torneio.

Os gols só saíram na etapa final. Aos 3min, Benzema, que vinha ficando no banco de reservas, aproveitou cruzamento de Xabi Alonso e se antecipou a zaga para marcar o primeiro do Real. Aos 13min, o mesmo Benzema aproveitou vacilo da zaga do Tenerife e chutou de direita para ampliar.

Aos 33min, foi a vez de Kaká dar as cartas no Bernabéu. Com um lindo chute de fora da área, o brasileiro marcou um golaço e deu números finais a partida.

Ainda na rodada, o Sevilla goleou o Athletic de Bilbao fora de casa por 4 a 0. O brasileiro Renato abriu a vitória, que foi completada por Negredo, Kanouté e Navas.

O jogo foi o típico duelo de seis pontos, já que as duas equipes entraram em campo com campanhas idênticas - três vitórias e uma derrota nas quatro primeiras rodadas. Melhor para os visitantes, que foram mortais nos contra-ataques e colaram nos líderes da competição.

Brawn lamenta classificação desastrosa

Ross Brawn não escondeu a decepção com o resultado do treino classificatório do Grande Prêmio de Cingapura. Rubens Barrichello, que teve o câmbio trocado por precaução e ainda sofreu um acidente, ficou em décimo após perder cinco posições, e Jenson Button acabou só em 12º.

Brawn admitiu que o sábado foi muito ruim em termos de campeonato, já que os pilotos da Red Bull, Sebastian Vettel e Mark Webber, largarão em segundo e quarto, respectivamente.

"Foi uma sessão desastrosa. Subestimamos a concorrência no Q2 e usamos um jogo de pneus velhos. Quando usamos um jogo novo não conseguimos ter o carro bem balanceado. Ficamos perigosamente perto de perder os dois carros no Q2. O Q3 não foi ruim se analisarmos os pesos, mas foi uma sessão ruim para nós. Temos de ver o que poderemos recuperar amanhã (domingo)", disse Brawn.

Button lidera o campeonato com 14 pontos de vantagem sobre Rubens Barrichello e 16 sobre Vettel.

Alexandre Pato renova com o Milan até 2014

O jovem atacante brasileiro Alexandre Pato, do Milan, renovou seu contrato com o clube até 2014, ampliando em dois anos o acordo inicial ao que tinha chegado com a equipe milanesa, segundo informaram neste sábado os meios de comunicação italianos.

As mesmas fontes dizem que o acordo entre o jogador e o clube milanês estava selado há muito tempo, embora o clube ainda não tenha feito qualquer comunicado oficial a respeito.

O diário esportivo La Gazzetta dello Sport afirmou que Pato perceberá 2,5 milhões de euros (cerca de R$ 6,6 milhões) por temporada, mais que o dobro que recebia até agora.

Já o Corriere dello Sport aponta que o motivo pelo qual se esperou até o fechamento do mercado de contratações para anunciar a renovação é porque contradiz com a política de economia da atual campanha.

sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Fifa alerta sobre venda de ingressos falsos para Copa pela internet

A Fifa fez um alerta nesta sexta-feira sobre a venda ilegal de ingressos falsos para a Copa do Mundo da África do Sul através da internet e informou de uma operação no Reino Unido em colaboração com a Polícia metropolitana londrina, que fechou sites que vendiam ingressos sem autorização.

A Fifa lembrou em comunicado que as entradas oficiais são vendidas unicamente pela internet através do site da entidade e que seu departamento de Serviços Legais trabalha conjuntamente com autoridades internacionais para controlar o fluxo na internet dessas ofertas ilegais e tomar medidas para erradicá-las.

"Nosso trabalho com a New Scotland Yard é um exemplo mais que estamos tomando medidas muito enérgicas para impedir que entidades não autorizadas vendam ingressos para a Copa de 2010. Não podemos aceitar que se engane desta maneira aos verdadeiros torcedores", declarou o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke.

A Fifa e sua agência encarregada da gestão de entradas, Match, explicaram que uma das medidas adotadas para prevenir a falsificação é imprimir as entradas oficiais só uma semana antes do Mundial 2010 da África do Sul.

A compra de ingressos pode fazer-se diretamente no site da Fifa ou através de pacotes de viagem com entradas dos operadores turísticos participantes que foram previamente selecionados pela Fifa, assinalou a federação.

Mais campeonatos internacionais

Italiano

26/09 13h00 Sampdoria x Inter de Milão
26/09 15h45 Livorno x Fiorentina
27/09 10h00 Lazio x Palermo
27/09 10h00 Parma x Cagliari
27/09 10h00 Napoli x Siena
27/09 10h00 Juventus x Bologna

Classificação:

1 Inter de Milão
2 Juventus
3 Sampdoria
4 Genoa
5 Fiorentina
6 Parma
7 Udinese
8 Chievo
9 Roma
10 Lazio
11 Milan
12 Bari
13 Palermo
14 Bologna
15 Siena
16 Cagliari
17 Napoli
18 Catania
19 Livorno
20 Atalanta

Inglês

26/09 08h45 Portsmouth x Everton
26/09 11h00 Wigan Athletic FC x Chelsea
26/09 11h00 Liverpool x Hull City
26/09 11h00 Stoke City x Manchester United
26/09 11h00 Blackburn Rovers x Aston Villa
26/09 11h00 Birmingham City x Bolton Wanderers

Classificação:

1 Chelsea
2 Manchester United
3 Liverpool
4 Manchester City
5 Aston Villa
6 Tottenham Hotspurs
7 Arsenal
8 Sunderland
9 Burnley
10 Stoke City
11 Birmingham City
12 Wolverhampton Wanderers
13 Everton
14 Fulham
15 Wigan Athletic FC
16 West Ham United
17 Bolton Wanderers
18 Blackburn Rovers
19 Hull City
20 Portsmouth

Português

25/09 16h15 Olhanense x Braga
26/09 12h00 Marítimo x Naval 1º de Maio
26/09 12h00 Rio Ave x Académica
26/09 12h00 Vitória Setúbal x Paços Ferreira
26/09 15h15 Porto x Sporting de Lisboa
26/09 17h15 Benfica x Leixoes

Classificação:

1 Braga
2 Benfica
3 Porto
4 Sporting de Lisboa
5 Rio Ave
6 União Leiria
7 Olhanense
8 Vitória Guimarães
9 Marítimo
10 Leixoes
11 Belenenses
12 Nacional
13 Paços Ferreira
14 Vitória Setúbal
15 Académica
16 Naval 1º de Maio

O que rola nos campeonatos internacionais

Alemão

25/09 15h30 Nuremberg x Bochum Minuto a minuto
26/09 10h30 Werder Bremen x Mainz 05 Minuto a minuto
26/09 10h30 Eintracht Frankfurt x Stuttgart Minuto a minuto
26/09 10h30 Colônia x Bayer Leverkusen Minuto a minuto
26/09 10h30 Borussia Dortmund x Schalke 04 Minuto a minuto
26/09 10h30 Wolfsburg x Hannover 96 Minuto a minuto
26/09 13h30 Hamburgo x Bayern de Munique Minuto a minuto
27/09 10h30 Freiburg x Borussia M´gladbach Minuto a minuto
27/09 12h30 1899 Hoffenheim x Hertha Berlin

Classificação:

1 Hamburgo
2 Bayer Leverkusen
3 Bayern de Munique
4 1899 Hoffenheim
5 Mainz 05
6 Eintracht Frankfurt
7 Schalke 04
8 Werder Bremen
9 Wolfsburg
10 Borussia M´gladbach
11 Freiburg
12 Hannover 96
13 Borussia Dortmund
14 Nuremberg
15 Stuttgart
16 Colônia
17 Bochum
18 Hertha Berlin

Espanhol

26/09 13h00 Real Madrid x Tenerife
26/09 13h00 Athletic Bilbao x Sevilla
26/09 15h00 Málaga x Barcelona
26/09 17h00 Valencia x At. Madrid
27/09 12h00 Mallorca x Valladolid
27/09 12h00 Espanyol x Xerez

Classificação:

1 Barcelona
2 Real Madrid
3 Sevilla
4 Athletic Bilbao
5 Mallorca
6 Valencia
7 La Coruña
8 Getafe
9 Espanyol
10 Tenerife
11 Almería
12 Sporting de Gijón
13 Valladolid
14 Osasuna
15 Zaragoza
16 Racing
17 Málaga
18 Villarreal
19 At. Madrid
20 Xerez

Francês

26/09 14h00 Montpellier x Boulogne Minuto a minuto
26/09 14h00 Lorient x Paris Saint-Germain Minuto a minuto
26/09 14h00 Auxerre x Grenoble Minuto a minuto
26/09 14h00 Valenciennes x Olympique de Marselha Minuto a minuto
26/09 14h00 Nancy x Sochaux Minuto a minuto
26/09 14h00 Monaco x Saint-Etienne Minuto a minuto
26/09 16h00 O. Lyon x Toulouse Minuto a minuto
27/09 12h00 Le Mans x Lens Minuto a minuto
27/09 12h00 Lille x Nice Minuto a minuto
27/09 16h00 Bordeaux x Rennes

Classificação:

1 Bordeaux
2 O. Lyon
3 Olympique de Marselha
4 Rennes
5 Monaco
6 Montpellier
7 Paris Saint-Germain
8 Lorient
9 Toulouse
10 Lens
11 Boulogne
12 Nancy
13 Valenciennes
14 Sochaux
15 Lille
16 Auxerre
17 Le Mans
18 Saint-Etienne
19 Nice
20 Grenoble

Geovanni renova com o Hull City por dois anos

O Hull City (ING) anunciou nesta sexta-feira a renovação de contrato do atacante Geovanni até 2011. O brasileiro chegou ao clube inglês na temporada passada e rapidamente se tornou um ídolo da torcida.

O técnico do Hull, Phil Brown, vibrou com a renovação de Geovanni. Otimista, o treinador já planeja até um novo contrato com o brasileiro.

"Isso é fantástico! É uma ótima notícia para mim e para o clube. Ele acertou por dois anos e, quem sabe, poderá ficar até mais", afirmou Brown.

O técnico elogiou ainda a consistente adaptação de Geovanni ao futebol inglês. "Ele certamente me provou que aprendeu o jeito inglês, a maneira como jogamos aqui. Ele está ainda melhor esse ano", disse o técnico.

Sharapova dá pausa em preparação para promover sapatos

A dois dias de sua estreia no Torneio de Tóquio, a russa Maria Sharapova deu uma pausa em sua preparação dentro de quadra e promoveu nesta sexta-feira uma coleção de sapatos da marca Cole Haan.

De saia e bota cano alto, Sharapova posou para fotos e deu entrevista para comentar sua expectativa para o torneio.

Em sua última aparição no circuito feminino, a russa foi surpreendida pela sensação americana Melanie Oudin na terceira rodada do Aberto dos Estados Unidos.

Depois de uma longa recuperação por causa de uma contusão, Sharapova tenta retornar às primeiras colocações do ranking da WTA. A russa ocupa a 25ª colocação.

Vettel lidera dia de treinos; Button supera Barrichello

Em um treino em que todos os pilotos melhoraram o tempo em relação à manhã, o alemão Sebastian Vettel, da Red Bull, foi o mais rápido no circuito de Cingapura e finalizou a sexta-feira como líder das atividades preparatórias para o GP de Fórmula 1 deste domingo.

Melhor no primeiro treino, o brasileiro Rubens Barrichello não repetiu o desempenho e terminou o dia apenas com o 11º lugar. Seu companheiro de Brawn GP, o inglês Jenson Button, foi o quinto.

A única coincidência entre as duas sessões ficou por conta do acidente do australiano Mark Webber, que repetiu Romain Grosjean ao se acidentar de forma parecida à de Nelsinho no ano passado na reta dos boxes. Ainda assim, o piloto da Red Bull, que interrompeu o treinamento com uma bandeira vermelha, ficou na sexta colocação

Na Renault,o espanhol Fernando Alonso chegou a ameaçar Vettel no último minuto, porém não conseguiu tomar a liderança, ficando em segundo. O inglês Heikki Kovalainen, da McLaren, foi o terceiro.

O parceiro de Alonso na Renault, Grosjean, seguiu sofrendo com problemas físicos e terminou em antepenúltimo, a 2s3 do alemão. Por ter passado mal na quinta-feira, o francês deixou o reserva Lucas di Grassi de sobreaviso.

Confira os melhores tempos do dia:

1 - Sebastian Vettel (ALE/Red Bull) - 1min48s650
2 - Fernando Alonso (ESP/Renault) - 1min48s924
3 - Heikki Kovalainen (FIN/McLaren) - 1min48s952
4 - Nick Heidfeld (ALE/BMW) - 1min49s098
5 - Jenson Button (ING/Brawn GP) - 1min49s311
6 - Mark Webber (AUS/Red Bull) - 1mins49s317
7 - Nico Rosberg (ALE/Williams) - 1min49s333
8 - Timo Glock (ALE/Toyota) - 1min49s342
9 - Lewis Hamilton (ING/McLaren) - 1min49s358
10 - Robert Kubica (POL/BMW) - 1min49s609
11 - Rubens Barrichello (BRA/Brawn GP) - 1min49s616
12 - Adrian Sutil (ALE/Force India) - 1min49s710
13 - Jarno Trulli (ITA/Toyota) - 1min49s795
14 - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min49s941
15 - Kazuki Nakajima (JAP/Williams) - 1min50s023
16 - Giancarlo Fisichella (ITA/Ferrari) - 1min50s253
17 - Sebastien Buemi (SUI/Toro Rosso) - 1min50s527
18 - Vitantonio Liuzzi (ITA/Force India) - 1min50s605
19 - Romain Grosjean (FRA/Renault) - 1min50s972
20 - Jaime Alguersuari (ESP/Toro Rosso) - 1min51s423

quinta-feira, 24 de setembro de 2009

Zaragoza e Gijón fecham rodada do Espanhol com empate

O empate por 1 a 1 entre Sporting Gijón e Zaragoza acabou por não favorecer nenhuma das duas equipes no jogo de fechamento da quarta rodada do Campeonato Espanhol. Com a igualdade, ambos os times se mantiveram na parte de baixo da classificação do torneio. Enquanto o Sporting foi a cinco pontos, na 11ª colocação, o Zaragoza somou quatro, e ficou na 14ª posição do torneio.

Jogando em casa no estádio El Molinón, o Sporting Gijón abriu o placar aos 30min do primeiro tempo, com Diego Castro. O meio-campista recebeu passe de Zigic e soltou uma bomba, e a bola desviou em Pavón antes de entrar, matando qualquer chance de defesa do goleiro Carrizo. No entanto, os anfitriões bobearam em uma bola aérea, e, em uma cobrança de escanteio, Abel Aguilar empatou para o Zaragoza.

Na próxima rodada, o Zaragoza recebe o Getafe no Cornellà-Prat, enquanto o Sporting Gijón visita o Osasuna.

Dunga convoca ex-colorado e mais 23 jogadores

Com atraso de quase uma hora, o técnico Dunga convocou os jogadores da Seleção Brasileira que enfrentarão a Bolívia e a Venezuela pelas duas últimas rodadas das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2010. Entre os 24 jogadores está o meia Alex, ex-Inter e hoje no Spartak Moscou.

Já classificada para o Mundial da África do Sul, a equipe verde e amarela enfrentará os bolivianos dia 11 de outubro, em La Paz, e os venezuelanos dia 14 de outubro, em Campo Grande.

As principais ausências na lista de Dunga são Robinho (Manchester City) e Júlio Baptista (Roma), que estão machucados, e Felipe Melo (Juventus), que cumprirá suspensão na seletiva para a Copa.

Entre os jogadores que atuam no Brasil, foram convocados o goleiro gremista Victor, o zagueiro são-paulino Miranda, o volante colorado Sandro, o meia palmeirense Diego Souza, o atacante Diego Tardelli, do Atlético-MG, e Adriano, do Flamengo.

Confira a lista completa dos convocados:

Goleiros
Júlio César (Inter de Milão)
Victor (Grêmio)

Laterais
Maicon (Inter de Milão)
Daniel Alves (Barcelona)
André Santos (Fenerbahce)
Filipe (Deportivo La Coruña)

Zagueiros
Lúcio (Inter de Milão)
Juan (Roma)
Luisão (Benfica)
Miranda (São Paulo)
Naldo (Werder Bremen)

Meio-campistas
Gilberto Silva (Panathinaikos)
Sandro (Internacional)
Lucas (Liverpool)
Josué (Wolfsburg)
Elano (Galatasaray)
Ramires (Benfica)
Alex (Spartak Moscou)
Kaká (Real Madrid)
Diego Souza (Palmeiras)

Atacantes
Luís Fabiano (Sevilla)
Adriano (Flamengo)
Nilmar (Villareal)
Diego Tardelli (Atlético-MG)

Escolha da sede das olímpiadas de 2016

A escolha da cidade-sede dos Jogos Olímpicos de 2016 contou com a inscrição de sete cidades. O Comitê Olímpico Internacional selecionou as quatro finalistas: Rio de Janeiro, Tóquio, Chicago e Madri. E escolherá a vencedora na 121ª Sessão do COI, em 2 de outubro de 2009, na cidade de Copenhague na Dinamarca. A poucos dias da votação, todas as candidatas aparecem com chances de vencer. Saiba mais sobre cada uma das candidatas

Como será a escolha?

No dia 2 de outubro, durante a 121ª reunião do Comitê Olímpico Internacional (COI), em Copenhague, representantes das candidaturas de Chicago, Tóquio, Rio de Janeiro e Madri, na ordem, terão a última oportunidade de defenderem suas respectivas cidades. Depois das apresentações, os delegados do COI se reunirão e escolherão a sede dos Jogos de 2016 até que uma das cidades candidatas alcance a maioria dos votos. A votação se dá por meio de turnos, e cada um deles elimina a cidade que obtiver menos votos. O anúncio oficial da cidade sede da Olimpíada de 2016 será feito pelo presidente do COI, Jacques Rogge, que em seguida recepcionará os vencedores. Logo depois acontece uma coletiva de imprensa e a assinatura do contrato entre o COI e a cidade escolhida para realizar os Jogos.

Hantuchova avança às quartas e pega veterana japonesa

A eslovaca Daniela Hantuchova recuperou-se da estreia complicada no WTA de Seul, na Coréia do Sul. Nesta quinta-feira, ela passou com bastante facilidade pela sul-africana Chanelle Scheepers, ao marcar 6/1 e 6/1, depois de apenas setenta e um minutos de partida.

A cabeça de chave 1 do torneio enfrenta nas quartas de final a japonesa Kimiko Date Krumm, que deixou para trás a quinta favorita ao título, a russa Alisa Kleybanova por 2 sets a 1, com parciais de 4/6, 7/6 (7-4) e 6/3. É a primeira vez que a veterana nipônica alcança as quartas de final de uma competição desde 1996, quando foi campeã em Tóquio e San Diego.

Outra surpresa do torneio sul-coreano foi a eliminação da cabeça de chave 3, a italiana Francesca Schiavone. Ela desistiu do confronto contra a russa Maria Kirilenko quando perdia por 6/1 e 2/1, alegando uma distensão muscular. Kirilenko tem pela frente nas quartas de final uma compatriota. Ela pega a sétima favorita ao título, Vera Dushevina, que não deu chance para o azar e bateu Anastasija Sevastova com 7/5 e 6/1.

Árbitro de Cruzeiro x Palmeiras é afastado por 1 mês

Um dia depois da atuação polêmica na vitória do Palmeiras sobre o Cruzeiro, por 2 a 1, o árbitro Evandro Rogério Roman acabou penalizado. O apitador paranaense foi afastado pela CBF por no mínimo 30 dias.

Durante este período, o árbitro passará por reciclagem, treinamento e voltará a apitar jogos primeiro nas divisões de acesso. Com a punição, Roman só deverá ser relacionado para o sorteio na 31ª rodada da Série A, entre os dias 24 e 25 de outubro.

Nesta quarta-feira, o presidente do Cruzeiro, Zezé Perrella, assinou carta destinada à imprensa demonstrando toda a sua indignação com a atuação do árbitro, que não teria marcado três pênaltis para o Cruzeiro.

Além de chamar o chefe da comissão de arbitragem, Sérgio Corrêa, de pulso fraco, Perrella rotulou como "absurdos e escabrosos" os erros (em sua visão) cometidos por Roman no jogo desta quarta-feira e relembrou casos em que se considerou prejudicado pelo mesmo árbitro nas partidas contra São Paulo e Grêmio.

"De forma capciosa, o senhor Roman já nos tirou nove pontos nessa disputa. Mas, muito mais grave do que seus desacertos é a suspeita que fica no ar em relação à idoneidade dessas pessoas que têm poderes no futebol", escreveu Perrella em um dos trechos da nota.

Acabou a graça

Que rolo que o senhor Evandro Rogério Roman fez no jogo de ontem pelo campeonato brasileiro de futebol, jogo entre Cruzeiro x Palmeiras, no Mineirão.
O rolo só não foi maior, pois o arbitro não tinha esse poderio todo para fazer uma sacanagem como foi contra o Cruzeiro, que teve de se conformar com o erro total do senhor Evandro e da falta de vergonha na cara de todo mundo do grupo do Palmeiras, pois essa semana chegou uma especulação de que o presidente do verdão, senhor Juvenal Juvêncio, pressionou a comissão de arbitragem para ser justo com o Palmeiras no jogo.

Acho que futebol não é desse tipo, de precisar de ter que fazer tudo isso, pois isso mostra que o Palmeiras não tem uma time tão bom para ficar pressionado pelos os times que tentam o título do campeonato.

Deveriam ter mais compostura e serem mais respeitosos com os demais, pois isso que ocorreu ontem foi uma vergonha, o que mostra que o Brasil não tem capacidade de organizar esse tipo de roubo, e assim demosntra que estamos longe de sermos bons a ponto de sediarmos uma copa do mundo, coisa que acho que foi um erro que aconteceu para 2014.

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Ex-campeão briga com chefe e abandona UFC para fazer filme

Ex-campeão meio-pesado do Ultimate Fighting Championship (UFC), o americano Quinton "Rampage" Jackson anunciou nesta quarta-feira que não lutará mais no evento de vale-tudo (chamado de MMA nos Estados Unidos) e deu a entender que encerrará a carreira.

Em um comunicado publicado em seu site oficial, Rampage disse que tomou a decisão por conta de atritos com o presidente do UFC, Dana White, que reprovou o fato de o lutador ter aceitado o papel de BA Baracus na refilmagem do clássico Esquadrão Classe A. No original, o personagem foi interpretado por Mr. T, ex-lutador de luta-livre e ator de Rocky 3.

Rampage pediu que sua luta contra Rashad Evans, no dia 12 de dezembro, no UFC 107, fosse remarcada para o mês seguinte por conta das gravações. Dana White não só negou a proposta como criticou o lutador.

Depois de troca de farpas públicas, Rampage anunciou que "não pretendia lutar até os 40 anos", então poderia parar aos 31 anos.

Em sua carreira no vale-tudo, Rashad Evans tem 30 vitórias e sete derrotas, três delas para brasileiros: Wanderlei Silva (duas) e Maurício "Shogun" Rua. Foi campeão meio-pesado do UFC ao derrotar Chuck Liddel em 2007 e perdeu o cinturão para Forrest Griffin em 2008.

Bob Bell substitui Briatore na chefia da Renault na F1

O diretor técnico da Renault, Bob Bell, substituirá Flavio Briatore na chefia da equipe depois do envolvimento do italiano no escândalo do GP de Cingapura, informou a escuderia de Fórmula 1 nesta quarta-feira.

"Bob Bell participará de todas as corridas restantes da temporada e será o porta-voz da equipe para todos os assuntos técnicos e esportivos", segundo um comunicado da Renault.

Bell também será o diretor técnico executivo da escuderia francesa. Para o próximo ano, é especulado que o tetracampeão Alain Prost assuma o posto de forma definitiva.

Briatore deixou a equipe na última semana, ao lado do etrategista Pat Symonds, por conta do envolvimento na "marmelada" do GP de Cingapura de 2008.

Na última segunda-feira, Briatore foi banido da automobilismo por ter participado da decisão de Nelsinho provocar um acidente para beneficiar Fernando Alonso.

Ibrahimovic pode desfalcar Barcelona por duas semanas

Principal contratação do Barcelona para a temporada, o sueco Zlatan Ibrahimovic não parece ter chegado com sorte ao novo clube. Depois de se apresentar contundido e demorar para estrear com a camisa 9 da equipe, o jogador voltou a sofrer uma lesão e poderá passar as próximas duas semanas no departamento médico.

Autor de um bonito gol e de uma assistência na goleada por 4 a 1 sobre o Racing Santander, terça-feira, em jogo válido pela quarta rodada do Campeonato Espanhol, Ibrahimovic deixou o campo na etapa final reclamando de dores no tornozelo direito.

Segundo a imprensa espanhola, há suspeita de a lesão no sueco ser de grau 2, o que deverá deixá-lo fora dos campos por um período de uma a duas semanas. Os exames de imagem serão realizados ainda nesta quarta-feira.

Caso seja constatada a lesão no tornozelo do artilheiro, o Barcelona ficará sem sua referência ofensiva diante do Málaga, domingo, em La Rosaleda, e também no confronto contra o Dínamo de Kiev, na próxima terça, pela segunda rodada da Copa dos Campeões.

Se a recuperação for boa, Ibrahimovic voltará ao comando de ataque catalão no compromisso do dia 4 de outubro, diante do Almeria, no Camp Nou, mesmo palco do duelo contra os ucranianos pela Liga dos Campeões.

Davis terá Federer x Nadal na primeira rodada

grande destaque da primeira rodada da Copa Davis de 2010 será o confronto entre Suíça e Espanha, que deve contar com os dois melhores tenistas da atualidade, Roger Federer e Rafael Nadal, segundo o sorteio realizado nesta quarta-feira.

Os confrontos da primeira fase do Grupo Mundial da Davis estão programados para o fim de semana entre 5 e 7 de março.

Outro confronto importante envolverá Sérvia e Estados Unidos. O Equador, que superou o Brasil na repescagem no último fim de semana, vai encarar a Croácia.

Ferrari se previne para evitar nova trapalhada em Cingapura

Um ano depois da trapalhada com a mangueira de reabastecimento, a Ferrari volta a Cingapura com a intenção de apagar o trauma pelo incidente que contribuiu para a perda do título da temporada de 2008 pelo brasileiro Felipe Massa.

Na ocasião, Massa liderava a prova noturna e caminhava para uma vitória que seria fundamental na briga com o inglês Lewis Hamilton pelo título. Porém, durante um pit stop, um mecânico apertou o botão verde do "pirulito eletrônico" antes da hora e liberou o brasileiro com uma mangueira presa à Ferrari. O objeto foi arrastado pelos boxes, Massa perdeu tempo, foi punido e finalizou a prova em 13º.

Nesta quarta-feira, a Ferrari mostrava nos preparativos para o GP de Cingapura deste ano atenção ao objeto. Felipe Massa, recuperando-se de um acidente sofrido no treino classificatório para o GP da Hungria, será substituído pelo italiano Giancarlo Fisichella.

terça-feira, 22 de setembro de 2009

Dívida de rival pode levar Flu direto às quartas

O presidente do Instituto Peruano do Esporte (IPD), Arturo Woodman, afirmou nesta terça-feira que o Alianza Atlético poderá não jogar nesta quarta-feira, contra o Fluminense, pela ida das oitavas de final da Copa Sul-Americana, devido a uma dívida de 30 mil sóis (cerca de R$ 18 mil).

"Os dirigentes foram advertidos. Se não pagarem, o time não jogará, simplesmente", explicou Woodman à agência estatal Andina. O presidente do IPD disse que a dívida do Alianza é referente à verba de publicidade do jogo na cidade de Chiclayo, contra o Deportivo Anzoátegui, pela fase anterior da Copa Sul-Americana.

"Agora pode ser que o Alianza não pague de novo, então decidimos não lhe ceder o estádio", enfatizou Woodman, após alertar que não quer ver a equipe "surpreendida nesta quarta-feira quando os torcedores não puderem entrar no estádio".

A princípio, o jogo entre Alianza e Fluminense está programado para a próxima quarta-feira, em Piúra, às 19h15 (de Brasília). O time carioca chega em um mau momento ao confronto, já que é o lanterna isolado do Campeonato Brasileiro.

Ex-número 1, Justine Henin anuncia volta ao circuito

mundial, anunciou nesta terça-feira a um canal de TV de seu país sua volta à competição, 16 meses depois de ter se retirado do circuito profissional.

"Estava muito impaciente, e estou muito feliz e emocionada de poder anunciar hoje que estarei de volta ao circuito muito em breve", declarou Henin na abertura do jornal da rede RTL-TVI.

"É surpreendente, porque encerrei minha carreira no dia 14 de maio de 2008. Houve um longo caminho pessoal, e uma chama voltou a se acender", acrescentou a belga, destacando que pretende voltar aos torneios em janeiro de 2010.

No dia 14 de maio de 2008, Justine Henin, 27 anos, anunciou sua aposentadoria. A belga estava então no auge da carreira, já que ocupava o primeiro lugar do ranking da WTA.

Em quase dez anos no circuito profissional, "já dei tudo, já vivi tudo. Perdi a vontade", explicou então, falando de seu desejo de "fundar uma família" e de se dedicar mais à sua fundação para as crianças doentes e à sua escola de tênis.

A vencedora de sete torneios de Grand Slam, entre eles quatro Abertos da França, seguiu o exemplo de sua compatriota Kim Clijsters, outra ex-número um do mundo que voltou às quadras há poucos meses depois de uma parada de mais de dois anos.

Resta saber se Henin terá o mesmo sucesso que Clijsters, que conquistou o US Open no início deste mês.

Rio 2016 será reafirmação da autoestima de um povo, diz Lula

O presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva, está confiante na escolha do Rio de Janeiro como sede da Olimpíada de 2016. Para ele, a provável (e inédita) realização de uma edição dos Jogos na América do Sul representa a "reafirmação da autoestima de um povo", classificado pelo chefe de Estado como "o mais alegre do mundo".

Em um encontro com jornalistas estrangeiros em Nova York, nesta terça-feira, à margem da Assembleia Geral da ONU, Lula apresentou com entusiasmo os argumentos que, em sua opinião, fazem com que a cidade carioca melhor candidata na comparação com Chicago (Estados Unidos), Madri (Espanha) e Tóquio (Japão).

A escolha da cidade que será sede dos Jogos de 2016 acontecerá no dia 2 de outubro, em Copenhague, e Lula já anunciou sua presença. "O Brasil está convicto de que o Rio de Janeiro tem para oferecer tudo o que as demais têm a oferecer, e um pouco mais", disse o presidente.

A estratégia do Brasil consiste, segundo Lula, em fazer toda a sociedade brasileira participar no evento. "Para o Brasil, os Jogos Olímpicos serão a reafirmação da autoestima de um povo", ressaltou.

Lula recordou que, de acordo com a revista Forbes, o brasileiro é o "o povo mais alegre do mundo" e, segundo ele, o "Brasil vai ficar em estado de graça se for escolhido".

"Queremos garantir a participação da sociedade brasileira na organização", explicou Lula, esclarecendo ainda que a estratégia de seu país não consiste em esconder os problemas e sim em mostrar seu potencial extraordinário.

Irritado, Ceará tenta anular jogo que perdeu com gol de mão

O Ceará ainda não digeriu a derrota por 1 a 0 para o Paraná Clube, no último sábado, com um gol de mão de Wellington Silva. Assim, o presidente do clube alvinegro, Evandro Leitão, afirmou, nesta terça-feira, que tentará a anulação da partida, válida pela Série B do Campeonato Brasileiro, junto ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD).

"No nosso entendimento, esse foi um erro de direito, e não de fato. Ele (juiz Charles Hebert) validou um gol que não pode acontecer, pela regra. O atleta fez o gol com a mão, todos viram, foi claro. É um erro de direito e é por aí que vamos nos basear (para tentar a anulação)", afirmou Leitão, em entrevista ao programa Redação, do canal SporTV.

"Estaremos entrando hoje no STJD, com o pedido de anulação da partida. Esperamos com isso que o fato não volte a acontecer. A revolta do Estado é grande, não só da torcida do Ceará. Mas acreditamos que o STJD fará justiça", disse o cartola cearense, antes de denunciar uma suposta má vontade dos árbitros com os times do Nordeste do País.

"A gente sente uma má vontade com os times nordestinos, mais especificamente com o Ceará. Esse é o nosso sentimento. Não queremos que eles (árbitros) nos beneficiem, mas também não queremos que eles nos prejudiquem", encerrou Leitão.

Procurador do STJD, Paulo Schmidt afirmou que o caso é complicado. Tanto é que não se tem nenhum registro recente no Brasil de partidas anuladas por erros de arbitragem deste tipo. Vale lembrar que o atacante Adriano, hoje no Flamengo e na época no São Paulo, marcou um gol de mão contra o Palmeiras, pela semifinal do Campeonato Paulista de 2008. André Lima, do Botafogo, utilizou do mesmo artifício para marcar um dos gols do empate por 3 a 3 diante do Corinthians, no atual Campeonato Brasileiro.

Além disso, a Fifa recrimina a anulação de jogos em virtude de erros de árbitros. No início dos anos 90, a Federação Alemã foi advertida após ter cancelado um jogo do Bayern de Munique, que teve um gol marcado de forma irregular (a bola passou por fora, furando a rede).

"Erro de direito é exercido sobre a interpretação da norma (regra). Ele não se torna assim só pelo fato do árbitro não ter visto o lance. o árbitro não desconhece a regra que o gol de mão não é válido. Sendo assim, é complicado falar em erro de direito nestes casos. Vamos esperar por eles (entrarem com o pedido de anulação)", afirmou Schmidt, em entrevista ao programa Redação, do canal SporTV.

Com Renault forte, Prost admite substituir "coveiro" Briatore

O afastamento definitivo de Flavio Briatore da Fórmula 1 abriu de vez as portas da categoria às especulações de que Alain Prost será o substituto do italiano na Renault. O ex-piloto francês, nesse contexto, admite a intenção de chefiar a equipe, mas apenas se os investimentos no esporte continuarem altos.

Para Prost, o momento é propício para se ligar à Renault agora que Briatore, considerado por ele um dos "coveiros" do automobilismo e dos pilotos franceses. Sem a sombra do italiano, o tetracampeão mundial diria "sim" à escuderia "se a estratégia for clara".

O astro, portanto, indicou em entrevista à rádio Europe 1 querer primeiro saber em que condições a montadora continuará na Fórmula 1.

Sobre o antigo chefe do time, que ajudou Fernando Alonso a ganhar dois títulos mundiais, Prost não mediu as palavras. "Era impossível continuar com um personagem que não corresponde à imagem de uma grande montadora da França", bradou, atacando o italiano que foi banido da Fórmula 1 por tempo indeterminado na última segunda-feira.

No fim dos anos 90, Prost assumiu a Ligier e rebatizou a equipe com seu sobrenome. O tetracampeão mundial contou inclusive em um período com uma parceria com a montadora francesa Peugeot, mas os resultados não apareceram e a escuderia faliu no fim de 2001

Rio sonha ser centro de mídia e palco da final em 2014

Enquanto São Paulo (clube e cidade) ainda luta com a Fifa para convencer a entidade de que o estádio do Morumbi é o palco ideal para acomodar o jogo de abertura da Copa do Mundo de 2014, o Rio de Janeiro acelera a campanha para se tornar a principal cidade do torneio que será realizado pela segunda vez no país.

Na tarde de segunda-feira, durante encontro promovido pela Câmara Portuguesa de Comércio no Brasil, a secretária de Turismo, Esporte e Lazer da capital carioca, Márcia Lins, apresentou o "Projeto Maracanã" e revelou quais as principais ambições da Cidade Maravilhosa para 2014.

"Queremos fazer a integração entre o Maracanã e a Quinta da Boa Vista e estamos oferecendo a instalação definitiva da sede da CBF e a construção de um Museu do Futebol na Barra da Tijuca. Também queremos que o Rio de Janeiro seja a sede do Centro de Mídia, pois todo o cabeamento digital que vai para a Europa sai daqui", argumentou a secretária.

Além de levar para o Rio de Janeiro a movimentação de grande parte da imprensa mundial, Márcia Lins quer ver o estádio Mário Filho como palco do último e decisivo duelo da competição. De preferência com a seleção canarinho em ação na luta por mais um troféu.

"Essa será a Copa da mudança de gestões, pois os campos de futebol cercados por arquibancadas não existirão mais. Serão substituídos por Arenas modernas. O projeto Maracanã, que será viabilizado através de PPPs (parcerias público-privadas) faz parte disso. A Copa será um espetáculo e, se Deus quiser, com o Brasil fazendo a final no Maracanã", finalizou.

Humildade: Outra capital confirmada como sede do Mundial de 2014 mostrou-se bem mais humilde em suas ambições: Cuiabá. "Só de ter a chance de participar dessa festa já é uma vitória para nós", sintetizou Vanice Marques, secretária-adjunta de Turismo do Estado do Mato Grosso, durante apresentação dos pontos fortes da cidade aos empresários portugueses.

Red Bull faz apresentação no Japão antes do GP de Cingapura

Considerada a equipe mais festiva da Fórmula 1, a Red Bull fez nesta terça-feira uma apresentação na área de um shopping no subúrbio de Tóquio, no Japão, três dias antes de iniciar os trabalhos para o GP de Cingapura de Fórmula 1.

O australiano Mark Webber pilotou o modelo da escuderia em uma pista improvisada no local e levou os fãs ao delírio. Depois, distribuiu fotos e posou para fotos.

O Japão receberá a Fórmula 1 no dia 3 de outubro, com um GP que será realizado em Suzuka.

A Red Bull ainda está na briga pelo título da temporada. O alemão Sebastian Vettel é o terceiro colocado com 54 pontos, enquanto Webber tem 51,5.

No Corinthians, Edno quer ser o novo "garçom" de Ronaldo

Mais novo contratado do Corinthians para a sequência do Campeonato Brasileiro e já de olho no centenário do clube, no ano que vem, Edno já prevê uma grande parceria com o astro Ronaldo. O ex-jogador da Portuguesa foi apresentado no Parque São Jorge no início da tarde desta terça-feira.

"Espero dar muitos passes para ele fazer gols", afirmou Edno, sobre a dupla com o camisa 9 corintiano.

Mas Edno não quer apenas servir seus companheiros e deixá-los na cara do gol. O meia pretende balançar as redes o mais rápido possível para se livrar do peso da camisa corintiana.

"Quero tirar a ansiedade do gol com essa camisa que tem tanta história. Quero marcar um gol o mais rápido possível", disse, ansioso.

Sobre sua posição de origem, Edno fez questão de jogar a decisão para o técnico Mano Menezes. O jogador disse que pode jogar na posição que o comandante preferir, tanto na lateral, como no meio-campo.

"Tenho que ouvir o Mano para saber onde ele quer que eu jogue. Espero na prática me encaixar na equipe", completou.

segunda-feira, 21 de setembro de 2009

Parceiro da Traffic, Cruzeiro quer Fernandinho e Rafael Coelho

A temporada 2009 ainda está em andamento, mas o Cruzeiro já segue se planejando para o ano que vem. Depois de ampliar seu acordo com a Traffic, empresa que detém os direitos econômicos de diversos jogadores do futebol brasileiro, o clube celeste já dá como certa a chegada de reforços.

Por enquanto, o principal seria o atacante Fernandinho, do Barueri, uma das revelações do Brasileiro. A Traffic possui 70% dos direitos econômicos do jogador. Até mesmo o acerto de salários e luvas já estaria combinado com o atleta.

A outra opção para o ataque é Rafael Coelho, que está no Figueirense e é um dos principais artilheiros da Série B do Brasileiro, com 12 gols marcados. A Traffic possui 60% dos direitos econômicos do jogador.

"O interesse é ampliar a parceria e contratar pelo menos quatro jogadores de nível para o ano que vem. Estamos abertos para conversas", afirmou o presidente Zezé Perrella, por meio do site do clube.

Atualmente, o único atleta celeste com os direitos presos à Traffic é o zagueiro Gustavo, que se recupera de contusão.

"Estamos chegando e incomodando", avisa Souza

A goleada por 5 a 1 sobre o Fluminense nesse domingo animou o Grêmio até para brigar pelo título brasileiro. Além de ampliar a sequência invicta para cinco jogos, deixou o time a três pontos da zona de classificação para a Libertadores e a cinco do líder Palmeiras, que tem uma partida a menos. Diferença que não assusta Souza.

"Estamos chegando e incomodando quem está na frente", avisou o meio-campista, já colocando sua equipe como uma surpresa por sonhar com o tricampeonato nacional mesmo sem ter conseguido passar da sexta colocação em todo torneio - lugar que ocupa após a 25ª rodada, com 36 pontos.

"Muita gente não esperava. Mas as equipes na frente estão dando oportunidades para quem está atrás", relatou o jogador, sem esconder a alegria pelo empate entre seu ex-clube, o São Paulo, e o Santo André no domingo e pela derrota do Internacional para o Vitória no sábado.

Souza está tão empolgado com a reação do time gaúcho que diz não ficar contente nem se a reação resultar "só" em uma vaga na Libertadores de 2010. "Queremos mais do que isso e continuar neste embalo, porque temos um jogo de seis pontos contra o Goiás", apontou, lembrando do compromisso do próximo domingo, no Serra Dourada, diante do quarto colocado.

Os comandados de Paulo Autuori não perdem desde a derrota por 1 a 0 para o Santos na Vila Belmiro, em 19 de agosto. Após esse jogo, bateu o Fluminense, goleou o Atlético-MG por 4 a 1 e empatou por 1 a 1 com o Vitória, todas no Olímpico, além de empatar por 3 a 3 com o Botafogo no Engenhão e vencer a primeira fora de casa ao aplicar 2 a 0 no Náutico nos Aflitos.

Com recorde, Giants vencem no novo estádio dos Cowboys

Nada menos do que 105.121 espectadores bateram o recorde histórico de público de um jogo de temporada regular na NFL. O novo estádio do Dallas Cowboys foi palco de um espetáculo nas arquibancadas e de um encontro de dois velhos conhecidos. No duelo contra o New York Giants, os visitantes levaram a melhor e venceram por 33 a 31.

O Cowboys Stadium recebeu seu primeiro jogo oficial e inaugurou definitivamente o enorme telão, principal marca do novo campo. De lá, a torcida pôde ver imagens como o touchdown do quarterback Tony Romo, maior momento dos Cowboys na partida.

No entanto, o excesso de erros impediu que os donos da casa vencessem em sua nova casa. Comandados por Eli Manning, os Giants ficaram atrás apenas no terceiro quarto. No período final, o time se recuperou, fez 13 a 7 nos rivais e garantiu sua segunda vitória na temporada, na liderança da sua divisão na Liga Nacional.

Bellamy pode ser punido por agredir torcedor rival

O Manchester City pode perder mais um jogador neste início de Campeonato Inglês. Depois de Adebayor, quem pode ser suspenso é o meia-atacante Bellamy, que agrediu um torcedor do rival Manchester United durante o confronto entre os dois times, vencido pelos atuais campeões ingleses por 4 a 3.

A agressão de Bellamy foi captada por câmeras de TV e as imagens serão analisadas pela Federação Inglesa (FA). O torcedor invadiu o gramado e foi capturado pelos policiais, que controlaram a situação. Em seguida o jogador do Manchester City apareceu na cena e acertou um soco no rosto do homem.

Essa não é a primeira vez que Bellamy se envolve em uma polêmica. Quando o gaulês ainda jogava pelo Liverpool, ele causou uma confusão em Anfield Road ao tentar agredir o lateral esquerdo norueguês Riise, hoje na Roma, da Itália, com um taco de beisebol.

Agora, Bellamy corre o risco de ter o mesmo destino do francês Eric Cantona, que em 1995 agrediu um torcedor e recebeu uma suspensão de quatro meses. A FA deverá decidir entre hoje e amanhã se impõe sanções ao gaulês.

Moeda

O Manchester United também pode ser punido depois que o espanhol Javier Garrido, do City, foi atingido por uma moeda na cabeça - que parecia dirigida ao argentino Carlos Tevez - no túnel dos vestiários durante o intervalo do jogo.

domingo, 20 de setembro de 2009

Folgado na ponta, Vasco tenta conter contagem regressiva

A vitória por 1 a 0 sobre o Guarani não só aumentou para seis pontos a vantagem do Vasco na liderança da Série B do Campeonato Brasileiro como aproximou o time do acesso. Nas contas feitas em São Januário, mais 12 pontos nas 14 rodadas restantes garantem o clube na primeira divisão. Mas o elenco tenta segurar a empolgação.

"Faltam quatro vitórias, mas não teremos moleza até mesmo quando faltar uma só. Temos vencido muito jogos no sufoco, pelo placar mínimo. E sabemos que vai ser sempre assim", alertou o goleiro Fernando Prass, preocupado com a reação do elenco com a festa feita pela torcida.

"Já existe uma contagem regressiva, sabemos disso. Mas ainda está cedo para dizer que estamos na Série A. Temos que manter a seriedade sempre", pediu o atacante Elton, autor do gol neste sábado e artilheiro da Série B com 13 gols ao lado de Marcelo Nicácio, do Fortaleza.

Se preferem manter a cautela em meio à tanta comemoração cruz-maltina, os jogadores não abrem mão da festa que tem se tornado corriqueira nos jogos da equipe. Neste fim de semana, quase 53 mil pessoas viram o compromisso do time de Dorival Junior no Maracanã e a esperança é de ainda mais espectadores nas próximas rodadas.

"É fundamental para a nossa equipe ter o apoio dos torcedores. Sem um público como o que veio ao Maracanã no sábado, a vitória seria impossível", apontou Fernando Prass, demonstrando a gratidão do plantel com o torcedor que tem trocado o hábito de ir a São Januário para ajudar o clube a voltar para a Série A.

Daniel Serra vence no Rio e se aproxima de playoff na Stock

Daniel Serra, da RBR-WA Mattheis, conquistou sua primeira vitória na Stock Car na etapa de Jacarepaguá neste domingo e, de quebra, entrou no G-10 (grupo dos pilotos que disputarão a fase final da competição). O filho de Chico Serra foi o sétimo piloto diferente a vencer uma das sete etapas desta temporada, um recorde para a categoria.

Logo atrás de Daniel Serra chegou Cacá Bueno, que segue na liderança da temporada com 114 pontos e já está classificado para o playoff, assim como Marcos Gomes. Ricardo Maurício foi o terceiro colocado na prova em Jacarepaguá.

"Sabia que tinha que correr para marcar pontos para os playoffs, mas felizmente consegui vencer", afirmou à TV Globo, Daniel Serra, que passa da 14ª para a sétima posição.

Após largar na pole, Cacá Bueno perdeu a liderança para Alan Khodair. Esta situação se manteve até a abertura da janela de abastecimento, quando Khodair demorou excessivamente nos boxes e perdeu a liderança para o piloto da RBR-WA Mattheis.

Contudo, Cacá Bueno provou do próprio veneno, pois teve problemas nos boxes e viu seu companheioro de equipe, Daniel Bueno, assumir a liderança e vencer a prova.

Atual campeão, Ricardo Maurício fez uma prova de recuperação, ultrapassou três concorrentes e chegou na terceira colocação, seguido por Átila Abreu e Marcos Gomes.

A próxima etapa da Stock Car será realizada em Campo Grande daqui a 15 dias.

Confira o resultado da etapa de Jacarepaguá da Stock Car:

1: Daniel Serra (Red Bull/Peugeot), 31 voltas em 44min27s171
2: Cacá Bueno (Red Bull/Peugeot), a 1s360
3: Ricardo Mauricio (RC/Chevrolet), a 3s383
4: Átila Abreu (AMG/Chevrolet), a 9s982
5: Marcos Gomes (Action Power/Chevrolet), a 11s476
6: Xandinho Negrão (A.Mattheis/Chevrolet), a 15s613
7: Thiago Camilo (Vogel/Chevrolet), a 15s950
8: Valdeno Brito (RCM/Peugeot), a 16s363
9: Max Wilson (RC/Chevrolet), a 16s904
10: Ricardo Zonta (Zonta/Peugeot), a 28s558
11: Nonô Figueiredo (Officer/Chevrolet), a 31s727
12: Duda Pamplona (Officer/Chevrolet), a 35s250
13: Luciano Burti (Boettger/Chevrolet), a 36s679
14: Paulo Salustiano (Vogel/Chevrolet), a 38s347
15: David Muffato (RC3 Bassani/Peugeot), a 44s940
16: Felipe Maluhy (Avallone/Peugeot), a 46s139
17: Antonio Jorge Neto (RC3 Bassani/Peugeot), a 46s712
18: Alceu Feldmann (Boettger/Chevrolet), a 50s809
19: Chico Serra (Avallone/Peugeot), a 58s398
20: Popó Bueno (Hot Car/Chevrolet), a 1min10s873
21: Willian Starostik (A.Mattheis/Peugeot), a 1min20s823
22: Thiago Marques (JF/Peugeot), a 1 volta
23: Lico Kaesemodel (AMG/Chevrolet), a 1 volta
24: Guto Negrão (Full Time/Peugeot), a 1 volta

Sem recorde, Isinbayeva vence prova na China

A russa Yelena Isinbayeva venceu a prova de salto com varas no Meeting de Atletismo de Xangai, na China. A atleta tentou bater o próprio recorde mundial com 5,07 m, mas falhou e terminou com a marca de 4,85 m.

A segunda colocação na competição ficou com a polonesa Anna Rogowska, que alcançou 4,60m, seguida pela compatriota Monika Pyrek (4,50m).

Soberana no salto com vara nos últimos cinco anos, Isinbayeva decepcionou no Mundial de Berlim quando falhou em todas suas tentativas e viu a vitória ficar justamente com Anna Rogowska.

Depois do fracasso em Berlim, porém, Isinbayeva voltou a sua rotina de títulos, quebrando o recorde mundial pela 27ª vez ao cravar 5,06m. Além disso, faturou a Golden League.

Milan vence e reage no Italiano; Inter encosta na liderança

Em situações diferentes, dois dos maiores rivais na Itália venceram suas partidas pela quarta rodada do Campeonato Italiano. O Milan derrotou o Bologna por 1 a 0 e conseguiu reagir na competição após uma sequência de maus resultados. Já a Inter de Milão venceu o Cagliari por 2 a 1 e encostou na líder Juventus, agora apenas dois pontos à frente da Inter.

Com o resultado, o time comandado por José Mourinho assume a terceira colocação do Italiano, atrás da Sampdoria, líder, e da Juventus, vice-líder, ambas com 12 pontos. A Inter chega aos dez pontos conquistados. Já o Milan é o oitavo colocado, com sete pontos.

Jogando no San Siro, o time do técnico brasileiro Leonardo venceu apertado. O único gol da partida foi marcado por Seedorf, que recebeu na esquerda, invadiu a área e tocou no canto direito, o suficiente para dar os três pontos ao Milan.

Fora de casa, a Inter de Milão bateu o Cagliari, mas os atuais tetracampeões italianos saíram atrás no marcador. Aos 16min, Jeda, de pênalti, colocou a equipe da casa na frente. Somente no segundo tempo a Inter conseguiu empatar, com Milito, aos 6min. A vitória veio com mais um gol do argentino, quatro minutos mais tarde.

Quem segue surpreendendo no Italiano é a Sampdoria. Em casa, a equipe goleou o Siena por 4 a 1 e assumij a ponta do campeonato. Palombo, Mannini, Padalino (dois) marcaram para o time da casa. Fini descontou para os visitantes.

Finalistas, espanhóis e checos fecham duelos em 4 a 1

Espanha e República Checa garantiram a classificação para a final da Copa Davis no último sábado, mas nenhuma das duas equipes conseguiram encerrar seus confrontos com 100% de aproveitamento nas semifinais. Neste domingo, os dois países venceram a quarta partida dos duelos contra Israel e Croácia, respectivamente, mas perderam o último confronto.

Depois de vencer Harel Levy na sexta-feira, David Ferrer voltou à quadra nesta manhã e venceu Andy Ram por sets seguidos, com parciais de 6/3 e 6/1. No entanto, no último duelo do dia, Feliciano López não conseguiu derrotar Levy e acabou caindo por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/2.

Já a República Checa chegou ao quarto triunfo graças a Jan Hajek, que venceu Roko Karanusic por 2 sets a 0, com parciais de 7/6 (7-4) e 6/4.

Mas no último confronto, Lovro Zovko derrotou Lukas Dlouhy por 2 sets a 0, com parciais de 6/3 e 6/4.

Manchester tira invencibilidade do City no último minuto

Em um jogo emocionante, como normalmente vem acontecendo no Campeonato Inglês, Manchester United e Manchester City se enfrentaram no clássico da cidade britânica e o time de Alex Ferguson levou a melhor ao vencer por 4 a 3. Depois de levar um gol aos 45min, o atual vice-campeão europeu marcou aos 50min da segunda etapa e faturou os três pontos, tirando a invencibilidade do rival na competição.

Logo nos primeiros minutos de bola rolando a partida já dava mostras que seria um espetáculo. Rooney marcou para o United já aos 2min de jogo. Barry empatou o confronto aos 16min.

Já no segundo tempo, Fletcher fez seu primeiro gol no duelo aos 4min. Mas, três minutos mais tarde, a equipe de Mark Hughes voltou a empatar o clássico, com Bellamy.

Os dez últimos minutos foram os mais marcantes. O United balançou as redes aos 35min mais uma vez com Fletcher, mas de novo Bellamy estragou a festa e deixou tudo igual para o City aos 45min, depois de uma bobeira da defesa do rival. Até que Owen recebeu livre da entrada da área aos 50min e, com categoria, balançou as redes.

Bastante vaiado pela torcida local, Carlos Tevez teve uma grande exibição no primeiro tempo, quando o City foi melhor, só que o argentino foi pouco acionado na segunda etapa, quando o United foi muito superior e esbarrou na boa atuação do goleiro Given.

Com este resultado, o Manchester City perde a invencibilidade e segue estagnado com 12 pontos, enquanto os vencedores do clássico subiram para 15 pontos e se igualaram com o líder Chelsea, que tem um jogo a menos

sábado, 19 de setembro de 2009

Mesmo desfalcada, Juventus vence a quarta e "dorme" líder

Mesmo com sete desfalques, entre eles os brasileiros Diego e Felipe Melo, a Juventus não enfrentou qualquer dificuldade para vencer o Livorno, neste sábado, por 2 a 0 e assumir a liderança do Campeonato Italiano.

Depois de mostrar um futebol não muito vistoso para seus torcedores na quarta-feira, no empate em 1 a 1 com o Bordeaux na estreia da fase de grupos da Liga dos Campeões, a Juventus encheu de orgulho seu torcedor logo aos 7min do primeiro tempo quando Camoranesi cruzou para a área e Iaquinta subiu para o cabeceio certeiro.

A superioridade do time líder, com quatro vitórias nas quatro rodadas, foi confirmada aos 29min. Marchisio foi lançado na área e com um leve toque na bola encobriu o goleiro Alfonso De Lucia.

Buffon apesar de duas defesas difíceis, provavelmente não deve ter sentido muito a falta de Fabio Canavarro, um dos sete desfalques do time alvinegro.

Se a Juventus vive bom momento no Italiano ¿ tem a melhor defesa, ataque e saldo de gols - o mesmo não se pode falar do Livorno. O time dos brasileiros Diniz e Mozart ainda não conseguiu vencer na competição e dependendo dos resultados dos jogos de domingo poderá terminar a quarta rodada na zona de rebaixamento.

Quem também aguarda ansiosamente pelos jogos de domingo é a Juventus, que seca Genoa e Sampdoria, as duas equipes que também venceram todas as partidas até aqui e que podem lhe tirar a ponta do italiano.

Gol de mão dá vitória ao Paraná sobre o Ceará

Em jogo polêmico disputado em Fortaleza, o Paraná conquistou um importante resultado na Série B do Campeonato Brasileiro. Com um gol de mão aos 41min do primeiro tempo, a equipe comandada por Roberto Cavalo venceu o time da casa por 1 a 0, se distanciando ainda mais da zona de rebaixamento para a terceira divisão nacional.

O gol gerou muita polêmica na partida. Depois do cruzamento de João Paulo, a bola passou por toda a zaga e Wellington Silva colocou a mão na bola para marcar. O árbitro Charles Ferreira correu para o meio-campo, validando o gol, mas os jogadores do Ceará partiram para cima do juiz e da bandeirinha.

Alguns segundo depois, a auxiliar ergueu a bandeira, afirmando que o gol foi com a mão, mas o juiz não voltou atrás e validou o tento para a equipe visitante.

Poucos minutos mais tarde, o árbitro encerrou o primeiro tempo e a confusão tomou conta do Castelão. Os jogadores partiram para cima de Ferreira e, após várias discussões, na saída dos atletas paranistas de campo, o goleiro Lopes partiu para cima do zagueiro Gabriel. Um segurança do time da casa também agrediu o adversário.

A partir daí a confusão só piorou e a polícia teve que intervir, escoltando, inclusive, a saída do trio de arbitragem, e acalmando a situação, que ficou controlada.

Com a vitória, o Paraná chegou aos 32 pontos, se distanciando da zona do rebaixamento. Já o Ceará perde a chance de assumir a terceira colocação e estaciona nos 43 pontos, ainda em quarto lugar.

Na próxima rodada, o Paraná receberá o Figueirense no Durival de Britto, no próximo sábado, às 16h10 (de Brasília). Já o Ceará volta a campo na sexta-feira, para enfrentar o São Caetano, no Anacleto Campanella, às 21h.

FICHA TÉCNICA

Ceará 0 x 1 Paraná

Gols
Paraná: Wellington Silva aos 41min do 1º tempo

Polêmica
- No fim do primeiro tempo, Wellington Silva marcou o gol com mão, para desespero dos jogadores do Ceará, que partem para cima do árbitro. Alguns segundos depois, a bandeirinha da partida levantou a bandeira e o juiz foi falar com ela, mas preferiu manter sua decisão e o gol foi validado.

Ponto Forte do Ceará
Não houve

Ponto Forte do Paraná
Goleiro Zé Carlos

Ponto Fraco do Ceará
Bolas alçadas na área

Ponto Fraco do Paraná
Fraca atuação do ataque

Personagem do jogo
Charles Cavalcante Ferreira, o árbitro

Esquema Tático Ceará
4-4-2
Lopes; Arlindo Maracanã (Misael), Fabrício, Erivelton e Jorge Henrique; Michel, João Marcos, Geraldo e Heleno (Esley); Wellington Amorin (Romulo) e Mota; Técnico: PC Gusmão

Esquema Tático Paraná
3-6-1
Zé Carlos; Montoya (Kléber), Elton e Gabriel; Murilo, Adoniran, João Paulo, Luiz Henrique, Rafinha (Goiano) e Márcio Goiano; Wellington Silva (Adriano); Técnico: Roberto Cavalo

Cartões Amarelos
Ceará: Fabrício, Esley
Paraná: Elton, Gabriel, Luiz Henrique

Árbitro
Charles Cavalcante Ferreira

Local
Estádio Castelão, em Fortaleza (CE)

Brasil perde nas duplas e se distancia da elite da Davis

O sonho brasileiro de voltar à elite do tênis mundial pode ser adiado por mais um ano. Na tarde deste sábado, após conhecer uma vitória e um revés na véspera, a equipe nacional sofreu nova derrota, desta vez na disputa por duplas. No duelo contra os irmãos Nicolas e Giovanni Lappenti, a parceria Marcelo Melo e André Sá caiu por 3 sets a 2, com parciais de 3/6, 6/3, 6/4, 4/6 e 6/4 e viu os equatorianos abrirem 2 a 1 no duelo que vale vaga no Grupo Mundial da Copa Davis.

Apesar do apoio maçiço do público que compareceu ao Ginásio Gigantinho, em Porto Alegre, a dupla brasileira não resistiu ao entrosamento da dupla rival e, principalmente aos golpes precisos do experiente Nicolas Lapentti, que na sexta havia derrotado Thomaz Bellucci por 3 a 0, no fechamento do primeiro dia. Antes, Marcos Daniel abriu o confronto com 3 a 1 sobre o caçula dos Lapentti, Giovanni.

Mesmo derrotada, a dupla verde e amarela chegou a empolgar os torcedores gaúchos e forçou a decisão no tie-break mostrando muita garra, em batalha de mais de três horas. Agora, sem poder mais ser derrotado para garantir o sonhado retorno à elite da Copa Davis, o Brasil deposita todas as esperanças em Marcos Daniel (no duelo contra Nicolas Lapentti) e Thomaz Bellucci (que encara Giovanni), em partidas que ocorrerão neste domingo.

Assim como ocorreu na sexta-feira, o Brasil começou o dia dando esperanças ao torcedor gaúcho e venceu o primeiro set. Com boa presença na rede e precisa nos saques, a dupla verde e amarela abriu 3/0 no início e caminhou com tranquilidade na sequência para fechar com 6/3. No entanto, na segunda parcial, Melo e Sá desperdiçaram chances de quebra e foram surpreendidos no quinto game, levando a resposta em outro 6/3.

Com a igualdade no placar, os brasileiros voltaram a ter o saque quebrado no terceiro game do set seguinte, mas foram rápidos no troco e empataram em 2 a 2. Porém, Melo voltou a cometer erros em seu serviço e colocou mais uma vez os irmãos Lapentti em vantagem, que só deram sequência e terminaram com 6/4, sem perder pontos no período decisivo.

Cada vez mais próxima da derrota, a dupla do Brasil mostrou poder de reação nos sets seguintes e conseguiu sair da situação adversa com o apoio da torcida, que vibrava muito a cada ponto dos mandantes. Em parcial equilibrada, Melo e Sá chegaram a ser ameaçados, conseguiram salvar um break-point e contou com agressividade nas devoluções e boas subidas à rede para derrubar os equatorianos no décimo game e fechar com 6/4, provocando a decisão no tie-break.

No emocionante set decisivo, a empolgação dos brasileiros fo freada pelo excesso de erros na horas das definições e ao bom aproveitamento dos rivais, que abriram boa vantagem no terceiro game ao quebrar o serviço dos mandantes. Já no sexto período, a resposta da dupla da casa veio com três erros de Nicolas nos voleios, empatando novamente em 3 a 3. Porém, em seguida, os equatorianos pressionaram, tiveram quatro break-pointis e aproveitaram o último para dar início à vitória por 6/4, que deixa a equipe verde e amarela em situação delicada na repescagem.

Barcelona humilha e faz 5 no Atletico de Madrid


O Barcelona precisou de apenas 41min para construir uma goleada diante do Atlético de Madrid, neste sábado. Ibrahimovic, Messi (duas vezes), Daniel Alves e Keita marcaram e decretaram o triunfo por 5 a 2 sobre o rival da capital, que definitivamente não faz um bom início de Campeonato Espanhol.

A fácil vitória garante ao menos momentaneamente - a rodada termina apenas no domingo - a liderança da equipe catalã, com nove pontos conquistados em três jogos. Já o Atlético segue com somente um ponto, ganho no empate com o Racing Santander, e amarga a penúltima posição da classificação.

O primeiro tento do duelo foi anotado por Ibrahimovic com dois minutos de bola rolando. O atacante sueco recebeu passe de Busquets dentro da grande área e inaugurou o marcador no Camp Nou. Messi ampliou a vantagem dos donos da casa aos 18min: após receber a bola do meio-campista Xavi, ele invadiu a área e deixou o goleiro no chão antes de empurrar para o fundo da rede.

Dez minutos depois de o argentino anotar o segundo do Barcelona, os visitantes assustaram com o também argentino Máxi Rodríguez, que desperdiçou chance na área. Se o Atlético perdeu oportunidade de descontar, o lateral direito brasileiro Daniel Alves tratou logo de fazer o terceiro, aos 30min, com um forte chute rasteiro de falta, capaz de derrubar novamente o arqueiro espanhol Roberto.

O Atlético então se viu diante de nova oportunidade de marcar o primeiro gol, com Forlán, sete minutos mais tarde. Totalmente livre, o atacante uruguaio tentou surpreender o goleiro Victor Valdés com um arremate de longa distância, mas pegou mal na bola. Foi mais uma deixa para Keita marcar o quarto do Barcelona na partida, ainda aos 41min da primeira etapa, e tornar o resultado uma goleada.

Batido, o time de Madri finalmente chegou ao gol quatro minutos depois. Após falha da defesa, o argentino Agüero ficou cara a cara com o guarda-metas azul-grená e não perdoou. Com Forlán, os visitantes voltaram a balançar as redes aos 39min do segundo tempo e colocar pressão no adversário.

Incentivado pela possibilidade de ao menos empatar o confronto, o Atlético se lançou ainda mais para o ataque. Aos 43min, Valdés salvou a meta do Barcelona e, já nos acréscimos, Messi tratou de acabar de vez com o ímpeto rival, marcando o quinto e último tento do Barcelona, após passe de Daniel Alves.

Cacá Bueno conquista pole e aumenta vantagem na ponta

Cacá Bueno conquistou sua segunda pole position na temporada da Stock Car. O carioca marcou o tempo de 1m20s291 e largará na primeira colocação da etapa de Jacarepaguá, a sétima do campeonato. A segunda colocação ficou com o paulista Allam Khodair, que fez 1m20s355. Daniel Serra (1m20s960) e Ricardo Zonta (1m21s237) largam em terceiro e quarto, respectivamente.

A primeira colocação no treino classificatória dá a Cacá mais três pontos no campeonato, levando o a 94. Líder da temporada, ele agora tem dez pontos de vantagem sobre o segundo colocado, o paulista Marcos Gomes, que larga apenas na 12ª posição na corrida de domingo.

"Decidimos priorizar os treinos classificatórios, já que esses três pontos da pole são carregados para a fase final. E estranhamente, meu carro foi ficando mais veloz a cada sessão, apesar do aumento da temperatura", celebrou. Cacá. "Na próxima etapa vamos agir da mesma forma, procurando beliscar novamente esses três pontos", completou.

A sétima etapa da Stock Car será disputada no domingo, a partir das 11h, no autódromo de Jacarepaguá. Apenas 28 carros estão na disputa, pois a equipe Amir Nasr Racing, por problemas financeiros, não se inscreveu na etapa, deixando fora da prova os pilotos Antônio Pizzonia e Claudio Capparelli.

Confira o grid de largada:

1. Cacá Bueno (RBR-WA Mattheis/Peugeot 307): 1m20s291
2. Allam Khodair (Full Time/Peugeot 307): 1m20s355
3. Daniel Serra (RBR-WA Mattheis/Peugeot 307): 1m20s960
4. Ricardo Zonta (RZ/Peugeot 307): 1m21s237
5. Ricardo Mauricio (RC/Chevrolet Vectra): 1m21s335
6. Duda Pamplona (Pamplona's/Chevrolet Vectra): 1m21s565
7. Átila Abreu (AMG/Chevrolet Vectra): 1m20s820
8. Xandinho Negrão (A.Mattheis/Chevrolet Vectra): 1m20s874
9. Valdeno Brito (RCM/Peugeot 307):1m20s939
10. Popó Bueno (Hot Car/Chevrolet Vectra): 1m20s941
11. David Muffato (RC3 Bassani/Peugeot 307): 1m21s047
12. Marcos Gomes (Action Power/Chevrolet Vectra): 1m21s048
13. Max Wilson (RC/Chevrolet Vectra): 1m21s107
14. Nonô Figueiredo (Pamplona's/Chevrolet Vectra): 1m21s189
15. Felipe Maluhy (Avallone/Peugeot 307): 1m21s340
16. Paulo Salustiano (Vogel/Chevrolet Vectra): 1m21s534
17. Giuliano Losacco (JF/Peugeot 307): 1m20s536
18. Thiago Camilo (Vogel/Chevrolet Vectra): 1m20s546
19. Thiago Marques (JF/Peugeot 307): 1m20s555
20. Ricardo Sperafico (RZ/Peugeot 307): 1m20s605
21. Lico Kaesemodel (AMG/Chevrolet Vectra); 1m19s605
22. Luciano Burti (Boettger/Chevrolet Vectra): 1m20s809
23. Norberto Gresse (Hot Car/Chevrolet Vectra): 1m20s835
24. William Starostik (A.Mattheis/Chevrolet Vectra): 1m20s844
25. Chico Serra (Avallone/Peugeot 307): 1m21s013
26. Antonio Jorge Neto (RC3 Bassani/Peugeot 307): 1m21s158
27. Guto Negrão (Full Time/Peugeot 307): 1m21s343
28. Alceu Feldmann (Boettger/Chevrolet Vectra): 1m21s519

América-MG vence ASA e conquista o título da Série C

O América-MG se sagrou campeão da Série C do Campeonato Brasileiro na tarde deste sábado, no Estádio Independência, em Belo Horizonte. O time mineiro confirmou sua superioridade contra o ASA-AL e levantou o troféu depois do triunfo por 1 a 0.

O clube já havia vencido o time alagoano na partida de ida (por 3 a 1) e completou a festa neste sábado com o resultado positivo assegurado com o gol de Bruno Mineiro, aos 45min do segundo tempo.

Apesar da derrota na decisão, o ASA também tem passaporte garantido para a Série B na próxima temporada. Além dos dois finalistas, o Guaratinguetá e o Icasa também estarão na Série B em 2010, já que só foram eliminados da Série C na semifinal.

A vantagem de atuar pelo empate não impediu o América de partir para cima do adversário no início do jogo deste sábado. Na primeira boa oportunidade dos donos da casa, o atacante Fábio Bala tentou tirar do goleiro, mas finalizou para fora. Pouco depois, Bruno Mineiro arriscou a batida e viu a defesa do goleiro Tuti.

Aos poucos, o ASA conseguiu equilibrar o confronto, mas, em um descuido, quase levou o gol. A sorte dos visitantes foi a falta de pontaria de Wellington Paulo, que desperdiçou ótima chance na área.

No início da etapa complementar, Danilo recebeu com liberdade, mas concluiu por cima do gol do time alagoano. No entanto, pouco depois, a equipe visitante sofreu uma baixa, já que o zagueiro Henrique foi expulso de campo.

O técnico Givanildo Oliveira, então, aproveitou para colocar o experiente Euller na equipe mineira, sacando Fábio Balla. A pressão dos donos da casa foi recompensada aos 45min da etapa final, quando Bruno Ribeiro mandou para as redes.

O ASA não encontrou mais tempo para reagir e teve de se conformar em ser vice-campeão, enquanto o América comemorou o título diante de cerca de 10 mil torcedores.

sexta-feira, 18 de setembro de 2009

Piquet teria alertado FIA de "marmelada" em 2008

O corpo administrativo da Fórmula 1 foi alertado no ano passado sobre as alegações de que a Renault teria fraudado o Grande Prêmio de Cingapura ao ordenar que o brasileiro Nelson Piquet Jr. batesse, afirmou um jornal inglês nesta sexta-feira.

Segundo o Daily Mirror, o pai do piloto, tricampeão da categoria, contou a investigadores que falou informalmente com o diretor de corridas da FIA Charlie Whiting no última corrida da temporada, no Brasil, em novembro. Piquet e Whiting trabalharam juntos na equipe Brabham nos anos 1980, quando o britânico era o mecânico-chefe do campeão.

"Quando aquilo aconteceu em Cingapura eu não pude acreditar", falou o pai em trechos de uma entrevista que, segundo o jornal, foi realizada por investigadores particulares da Quest em Londres em 17 de agosto. "Enfim, no Brasil eu converso com o Charlie", disse.

"Eu me aproximei e disse 'olha, o que pode acontecer com o Nelsinho se eu tornar isso público? E eu estava com medo de estragar a carreira do meu filho'". Piquet acrescentou posteriormente: "No Brasil, eu liguei para o Charlie e contei toda a história."

A Federação Internacional de Automobilismo não estava imediatamente disponível para comentar o caso.

A administração iniciou as investigações depois que Nelsinho foi demitido pela Renault e então enviou um comunicado à FIA alegando ter recebido ordens para bater e ajudar seu companheiro de equipe Fernando Alonso.

A Renault vai enfrentar o conselho da FIA em Paris na segunda-feira e responder às acusações de conduta fraudulenta e pode ser banida do campeonato ou receber uma multa pesada.

O chefe de equipe Flavio Briatore e o engenheiro-chefe Pat Symonds já deixaram a escuderia, e a Renault afirmou que não irá contestar as acusações.