segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Com desfalques, Flu chega ao México para jogo decisivo

Muricy Ramalho comanda Fluminense em empate sem gols com o Nacional-URU pela Copa Libertadores. Foto: Wallace Teixeira/Photocamera/Divulgação

Altitude e desfalques são os problemas de Muricy Ramalho para jogo contra o América do México

Depois de empatar os dois primeiros jogos atuando em casa, o Fluminense chegou na manhã desta segunda-feira (6h30 horário local) na Cidade do México, onde na quarta-feira terá a missão de vencer o América no estádio Azteca para se recuperar no grupo 3 da Taça Libertadores. A maioria dos jogadores parou para atender a imprensa. Os zagueiros, porém, preferiram adotar o silêncio. Incomodados com as críticas que vêm recebendo recentemente, os defensores preferiram não conceder falar.

No entanto, a luta pelos três pontos será dificultada por conta dos desfalques do técnico Muricy Ramalho, principalmente no ataque, todos por lesão. Autor do gol do título no Campeonato Brasileiro do ano passado, Emerson ainda não entrou em campo e ficou no Rio de Janeiro recuperando a forma depois de ter curado uma lesão no tornozelo.

Nos últimos dias, o jogador ganhou as companhias de Rodriguinho, que ficará fora por cerca de três meses por conta de uma contusão na coxa direita, e Fred, que sofreu uma pancada na panturrilha esquerda na eliminação da equipe da Taça Guanabara para o Boavista.

O camisa 9 vinha se recuperando bem, mas durante o treino do último sábado o problema voltou a incomodá-lo, e ele também não viajou. "Examinei o atleta e constatei que ele não se apresenta em condições por ainda ter um pequeno edema na panturrilha, o que justifica a dor que ele sentiu", explicou o médico Victor Favilla.

Assim, Muricy terá à disposição Tartá, Willians, Araújo e Rafael Moura para compor o setor ofensivo, sendo que os dois últimos deverão começar jogando na quarta-feira. O último já vem atuando como titular por conta da ausência de Emerson, enquanto Araújo deverá ter a primeira oportunidade de atuar durante os 90 minutos. Assim, o meia Marquinho deverá retornar ao banco de reservas.

O treinador descartou a possibilidade de escalar apenas um atacante e de buscar um empate no México já que, após ter ficado no 2 a 2 com o Argentinos Juniors e no 0 a 0 com o Nacional do Uruguai, o Flu está em uma situação complicada em sua chave, no terceiro lugar, com dois pontos, atrás dos argentinos, que têm quatro, e do próprio América, que soma três.

Apesar de o Fluminense ter dois dias para se adaptar aos 2,3 mil metros de altitude do estádio Azteca, o técnico do time pediu atenção com os efeitos na velocidade da bola: "A maior dificuldade não é a altitude, mas a bola. Esperamos que nossos jogadores se adaptem".

O goleiro Ricardo Berna pretende aproveitar os dois dias de treinamento para se adaptar à altitude. "A bola não perde a velocidade e você acaba perdendo um pouco o tempo de bola. Mas terei dois dias aqui para conseguir me adaptar e ajudar o Fluminense".

A provável escalação para enfrentar o América do México é a seguinte: Ricardo Berna; Gum, Digão, Leandro Euzébio; Mariano, Edinho, Diguinho, Conca, Carlinhos; Araújo e Rafael Moura.

Jogador de críquete britânico anuncia que é gay

 . Foto: Getty Images

Steven Davies decidiu tornar pública sua opção sexual

O jogador de críquete profissional britânico Steven Davies assumiu a homossexualidade em entrevista ao jornal Daily Telegraph, em sua edição de domingo. Davies, de 24 anos, foi o primeiro jogador profissional de críquete a assumir publicamente sua opção sexual.

"Estou satisfeito com quem sou e feliz de dizer quem sou em público", disse Davies ao jornal britânico.

O jogador contou que é gay à família há cinco anos e teve apoio total. Recentemente, Davies anunciou aos colegas da seleção de críquete da Inglaterra, depois de ser convocado para uma série de jogos na Austrália. Ele contou que sempre temeu as longas viagens internacionais, pois era obrigado a esconder uma parte importante de sua vida.

Ao jornal britânico, disse que recebeu todo o apoio de seus colegas e agora quer apenas continuar com sua carreira. "Este é o momento certo para mim. Parece certo assumir a minha sexualidade. Se mais pessoas fizessem isso, mais aceitável será. Isto parece ser uma coisa boa", disse.

"Falar (a respeito da sexualidade) é um alívio para mim, mas é ainda mais importante se eu puder ajudar alguém a lidar com a própria sexualidade."

Davies admitiu que, em parte, tomou a decisão de assumir sua sexualidade dois anos depois da grande estrela do rúgbi, o britânico Gareth Thomas, também ter declarou que é gay. "A história de Gareth Thomas me ajudou. Me mostrou que podia ser feito. Ele foi corajoso para falar que ele era", disse.

Thomas, por sua vez, também manifestou apoio a Davies. "Estou realmente feliz por Steven (Davies) e satisfeito que ele tenha tido a força e a coragem, para ser honesto e aberto sobre quem ele é e entender que ele tem o apoio da família e dos colegas de time, como eu tive", afirmou.

No entanto, segundo o jornal, a decisão de Thomas foi tomada quando o jogador de rúgbi já estava com uma carreira estabelecida. Atualmente ele está com 36 anos.

Já Davies assumiu sua sexualidade logo no início da carreira, o que pode significar uma grande quebra de tabus sobre a homossexualidade nos esportes profissionais.

Pato dá show, Milan vence "decisão" com Napoli e abre vantagem

Alexandre Pato comemora gol na vitória do Milan sobre o Napoli. Foto: AFP

Alexandre Pato comemora gol na vitória do Milan

O confronto entre Milan e Napoli nesta segunda-feira era fundamental para a disputa da liderança do Campeonato Italiano, por se tratar de um duelo entre o líder e o terceiro colocado. O brasileiro Alexandre Pato assumiu o espírito de decisão e deu show, marcando um gol e dando uma assistência na vitória milanesa em casa por 3 a 0.

O resultado deixa o Milan com 58 pontos na ponta da tabela, contra 52 do terceiro colocado Napoli. A Inter de Milão é o outro time na briga, mas com 53 pontos na segunda posição. Na próxima rodada, a equipe rubro-negra tem clássico fora de casa com a Juventus, enquanto os napolitanos recebem o Brescia.

O Milan veio a campo com seu trio ofensivo formado por Alexandre Pato, Ibrahimovic e Robinho, sendo que o ex-santista precisava recuar mais para buscar jogo. Além dos homens de frente Thiago Silva era o outro brasileiro em campo.

Já o Napoli não contou com Lavezzi, suspenso por trocar cusparadas com Aleandro Rosi, no confronto com a Roma. A ausência fez com que o técnico Walter Mazzarri escalasse Hamsik adiantado, ao lado de Cavani.

O primeiro tempo foi sem grandes emoções, com o Milan conseguindo as melhores chances. A grande oportunidade saiu aos 33min, em chute de Van Bommel após sobra na área que foi travado por Aronica.

A etapa complementar mostrou uma nova partida, a começar com uma polêmica. Aos 3min, o árbitro Gianluca Rocchi viu pênalti quando a bola bateu no braço de Aronica dentro da área. Ibrahimovic foi para a cobrança e acertou o canto direito de De Sanctis com precisão.

Apagado, Robinho deu lugar a Boateng, e o ganês iria se destacar. O segundo gol saiu aos 31min, em jogada de Alexandre Pato. O brasileiro recebeu lançamento na ponta esquerda e encontrou Boateng na área para completar.

Para coroar a grande atuação de Pato, um golaço. Aos 33min, o atacante recebeu bola antes do meio de campo, carregou até a entrada da área e, marcado por dois defensores, acertou o ângulo do Napoli. Ao fim, o Milan apenas trocou passes, enquanto a torcida gritava "olé".

Inter desconhece proposta corintiana e nega saída de Bolívar

Bolívar reencontra a animação em treino do Inter. Foto: Jefferson Bernardes/Vipcomm/Divulgação

Inter negou negociação de Bolívar com o Corinthians

A direção do Inter desconhece o interesse do Corinthians em contratar o zagueiro Bolívar, capitão na conquista da Libertadores 2010. O jogador se recupera de uma artroscopia no joelho direito e ainda não atuou com a camisa colorada na temporada 2011.

"Não recebemos nada, não tem nada de proposta ou sondagem pelo Bolívar e não existe a possibilidade dele sair do Inter agora", disse o presidente colorado, Giovanni Luigi.

Nesta segunda-feira, o jornal Lance divulgou o interesse do time paulista pelo futebol do atleta colorado. Uma reunião seria realizada no fim da tarde para definir o futuro do jogador.

O zagueiro Bolívar já trabalhou com o técnico corintiano Tite. Os dois conquistaram em 2008 a Copa Sul-Americana defendendo o Internacional. Bolívar tem contrato com o clube gaúcho até o final de 2012.

Com Abel descartado, Santos busca Ney Franco e Neymar aprova

Ney Franco comanda Seleção Brasileira em Arequipa. Foto: Mowa Press/Divulgação

Boa relação com a CBF e "aprovação" de Neymar e jovens podem levar Ney para a Vila

Após demitir Adilson Batista, o Santos já mira a contratação de um novo treinador. Abel Braga, favorito da direção, já foi procurado, mas rejeitou a transferência. A bola da vez é Ney Franco, que comanda atualmente a Seleção Brasileira Sub-20 e é querido pelos atletas santistas que defenderam o time nacional. Neymar, por exemplo, é um dos que faz coro positivo em favor do treinador.

"O Ney Franco é uma pessoa que eu não tenho como falar dele, nem dentro e nem fora do gramado. O tempo que eu tive com ele na Seleção me ajudou muito, é um treinador de muita qualidade e vai ser muito bem recebido", afirmou o atleta nesta segunda-feira, em entrevista no CT Rei Pelé.

O diretor de futebol, Pedro Luiz Nunes Conceição, por sua vez, confessou que o clube procurou Abel Braga, favorito a assumir o cargo desde a saída de Dorival Júnior no ano passado. Contudo, a "dívida de gratidão" do técnico com a direção do Al-Jazira, seu atual clube, vetou a negociação.

"Falamos com o Abel ontem e a vinda dele está descartada, apesar de o contrato acabar em maio. A situação dele não é financeira, é moral no relacionamento dele com o Al-Jazira", disse Nunes Conceição.

O dirigente ainda desconversou a respeito de uma possível chegada de Ney Franco e negou que os jogadores possam ajudar a contratar um novo técnico. Contudo, apontou a boa relação santista com a CBF: "o relacionamento com a CBF é muito bom sim", disse.

Nesta terça-feira, o Santos deve anunciar que negociará separado do Clube dos 13 os direitos de transmissão de seus jogos, aproximando-se ainda mais da entidade máxima do futebol nacional.

Ney Franco comandará a Seleção no Mundial Sub-20 neste ano, mas não na Olimpíada de Londres de 2012 - Mano Menezes será o comandante, o que pode contribuir para o acerto. Nunes Conceição, porém, não crê que Neymar e outros jovens possam ajudar na negociação.

"Os jogadores, assim como a torcida, não fazem isso de ajudar a trazer treinador, até porque eles tem o comportamento profissional. A decisão da vinda do técnico será da diretoria", acrescentou o diretor de futebol.

Ney Franco é o técnico da Seleção Sub-20 e um dos mais cotados a assumir o cargo na Vila Belmiro, especialmente por seus bons trabalhos com jovens e sobretudo o bom relacionamento com Neymar, que foi o astro do Brasil no Sul-Americano. O atacante, além de artilheiro do torneio com nove gols, ainda foi eleito o melhor jogador.

domingo, 27 de fevereiro de 2011

Porto derrota Olhanense e segue invicto na liderança

Logo após avançar na Liga Europa e eliminar o espanhol Sevilla, o Porto manteve a excelente fase, agora no Campeonato Português. Desta vez, a vítima dos comandados de André Villas Boas foi o Olhanense. Com gols de Belluschi e Falcao, o líder invicto da competição lusitana venceu por 3 a 0 em partida disputada neste sábado, no Estádio José Arcanjo.

O resultado aumentou a diferença do Porto para o Benfica. Com 59 pontos, o líder da competição tem 11 a mais que o rival. O Olhanense, que ainda não havia perdido em casa, tem 27, e continua na 8ª posição.

O brasileiro Hulk buscava o gol desde o início do duelo. Aos 10min, chutou por cima do gol de Ricardo Baptista. Apenas um minutos depois, o atacante chegou perto novamente, desta vez com um potente arremate, exigindo boa intervenção do goleiro do Olhanense.

O primeiro tempo seguiu com o Porto insistindo no ataque, mas parando na boa exibição de Ricardo Baptista. Inspirado, o goleiro fechou o gol do Olhanense, que respondia à pressão do time visitante em contra-ataques pouco eficientes.

Para o segundo tempo, o Porto voltou com Sapunaru no lugar de Fucile e James Rodríguez no lugar de Varela. As mudanças surtiram efeito e o Porto conseguiu tirar o placar do zero. Aos 68min, James fez boa jogada e tocou para Belluschi. O argentino bateu cruzado, tirando do goleiro adversário.

Logo após tomar o gol, o treinador do Olhanense, Dáuto Faquirá, promoveu a entrada do ex-corintiano Lulinha para buscar o empate. Porém, no minuto seguinte, o Porto ampliou. James fez nova assistência, desta vez para o compatriota Falcao García. O colombiano bateu cruzado e fez o primeiro dele no jogo.

O terceiro e último gol do duelo saiu nos já acréscimos, novamente com Falcao García. O atacante aproveitou vacilo do goleiro Ricardo Baptista e decretou a vitória do líder.

Confira a 21ª rodada do Campeonato Português:

Sexta-feira (25/02)

Vitória de Guimarães 0 x 2 Académica

Sábado (26/02)

Paços de Ferreira 2 x 0 Vitória de Setúbal
Olhanense 0 x 3 Porto

Domingo (27/02)

Beira Mar x Portimonense
Rio Ave x União de Leiria
Benfica x Marítimo
Nacional x Sporting

Segunda-feira (28/02)

Naval x Braga

Scheidt e Prada conquistam vaga na equipe olímpica de vela

 . Foto: Fred Hoffman/ZDL/Divulgação

Scheidt e Prada farão parte da equipe olímpica em 2011

Robert Scheidt e Bruno Prada garantiram vaga na equipe olímpica brasileira de vela para 2011. A dupla conquistou a Semana Brasileira de Vela, em Florianópolis, na classe Star, com apenas oito pontos perdidos, superando Torben Grael e Marcelo Ferreira, com 15.

O Brasil vai disputar o Mundial de Perth, em dezembro, para buscar a vaga na Olimpíada de Londres. O passo seguinte será definir a tripulação da Star que representará o País nos Jogos. A Semana Brasileira de Vela foi a última seletiva para a formação da equipe olímpica.

A delegação brasileira será formada por Robert Scheidt e Bruno Prada (Star), Jorge Zarif (Finn), Fernanda Oliveira e Ana Barbacha (470 F), Fábio Pillar e Gustavo Thiesen (470 M), Adriana Kostiw e Ricardo Winicki (Laser Radial), Eduardo Couto e Patrícia Freitas (Laser Standard), André Fonseca e Marco Grael (49er) e Juliana Mota, Marina Jardim e Larissa Juk (Match Race).

"Tenho certeza de que quem quer que sejam os classificados - nós, o Torben ou o Lars (Grael), que não disputou a Semana Brasileira -, irão muito fortes para a Olimpíada", afirma Scheidt. "Para nós, este ano, o mais importante é continuar a desenvolver a velocidade e testar equipamentos para chegar no Mundial e conseguir a vaga brasileira em Londres."

Scheidt e Prada conquistam duras vitórias nas regatas disputadas neste sábado, o que evitou a última bateria, que ocorreria no domingo. "Seria um desgaste desnecessário, principalmente do equipamento", argumenta Scheidt.

A competição com Torben Grael e Marcelo Ferreira serve como motivação para Scheidt e Prada se esforçarem ainda mais na campanha olímpica rumo a Londres 2012. "Eles são muito bons", reconhece Prada. "Com certeza, vão treinar ainda mais e vamos ter muito mais dificuldade para ganhar deles nos próximos campeonatos."

Desfalcado, Barcelona passeia contra Mallorca e amplia vantagem

Messi marcou o primeiro gol do Barcelona na vitória sobre o Mallorca. Foto: EFE

Messi comemora gol na vitória do Barcelona

Jogando fora de casa, o Barcelona derrotou o Mallorca com facilidade neste sábado por 3 a 0, com gols marcados pelo trio ofensivo formado por Messi, Villa e Pedro. Com o resultado, o time catalão soma 68 pontos na liderança do Campeonato Espanhol, sete a mais que o Real Madrid, que empatou sem gols com o Deportivo La Coruña.

O técnico Pep Guardiola precisou superar quatro importantes desfalques em seu time titular. Lesionados, Valdés, Puyol e Xavi não tiveram condições de jogo, enquanto Daniel Alves estava suspenso. Desta maneira, o Barcelona foi armado com laterais brasileiros - Maxwell pela esquerda e Adriano pela direita. Keita reforçou o meio de campo e Pinto assumiu o gol.

A partida teve como espectador ilustre o tenista Rafael Nadal, número um do mundo, que é natural da ilha de Mallorca. Ele pode observar outro melhor do mundo, Lionel Messi, marcar seu 26º gol no Espanhol, abrindo dois de vantagem em relação a Cristiano Ronaldo na artilharia.

A equipe catalã começou a partida em ritmo lento, o que permitiu ao Mallorca se arriscar ao ataque. Aos 16min, De Guzmán cobrou escanteio e Webó completou com muito perigo ao gol do Barcelona.

Os visitantes passaram a levar mais perigo após o susto e, aos 30min, Messi perdeu chance clara após passe de Iniesta. Sete minutos depois, porém, o argentino não perdoou. Lançado por Keita, o camisa 10 dominou a bola com a cabeça e escorou por cobertura, fazendo um belo gol.

No segundo tempo, o Barcelona voltou disposto a transformar a vitória em uma goleada. Aos 11min, Villa recebeu lançamento para driblar o adiantado goleiro Aouate e apenas tocar ao fundo das redes. Dez minutos depois, Pedro acertou um lindo chute de fora da área para ampliar.

Com o resultado mais tranquilo, Guardiola pôde testar opções em sua equipe. Bojan, Afellay e Montoya entraram e campo, mas não tiveram muito tempo para produzir.

Detalhes separam Corinthians de anunciar Willian Magrão

William Magrão arrisca drible. Foto: Roberto Vinícius/Gazeta Press

Volante gremista deve chegar para substituir Jucilei

O acerto com Willian Magrão está nas mãos do Corinthians. Tanto o volante quanto o Grêmio se mostraram interessados no negócio, restando ao clube paulista definir a engenharia financeira a ser feita para adquirir seus direitos econômicos.

"Estamos esperando uma definição do Corinthians. Acredito em um desfecho (neste início de semana), até porque há interesse das três partes", confirmou Jorge Machado, empresário do jogador, cujo vínculo com o Grêmio vai até o fim de 2012.

Em virtude da negociação, o volante inclusive foi vetado da relação do técnico Renato Gaúcho para a partida deste domingo, contra o Cruzeiro-RS, pela semifinal do primeiro turno estadual.

Quem liderou as conversas foi o ex-zagueiro e atual gerente de futebol do Corinthians, William Machado, que jogou com o volante no Olímpico. Inicialmente, o objetivo seria adquirir 50% dos direitos econômicos do atleta pelo valor de R$ 3 milhões, mas o clube ainda tenta convencer o Grêmio, que divide os direitos com investidores, para ficar com a totalidade na negociação.

"Estamos conversando com o Grêmio para trazer (o atleta) pelos 100% dos direitos", disse o diretor de futebol Roberto de Andrade, logo após a vitória por 4 a 0 sobre o Grêmio Prudente, neste sábado. "A gente quer resolver esse assunto nesta semana, de uma forma de outra, pelo sim ou pelo não", emendou o dirigente corintiano, que procura também um zagueiro e um meia.

Willian Magrão chegaria para ocupar a lacuna deixada por Jucilei, que recentemente se transferiu para o futebol russo juntamente com o lateral Roberto Carlos. Revelado pelas divisões de base do Grêmio, o volante foi campeão gaúcho em 2010 e tem recém-completados 24 anos.

"Estou tão machucado quanto os torcedores", lamenta Adilson

 . Foto: Agência Lance

Adilson Batista lamentou empate do Santos

O técnico Adilson Batista analisou o empate do Santos com o São Bernardo, por 1 a 1, na noite deste sábado, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista. Visivelmente chateado com o resultado, o treinador não contestou as vaias vindas das arquibancadas após o apito final do árbitro, dando razão aos torcedores.

"Torcedor é paixão e como o momento não é bom, a gente precisa entender e respeitar. Eles estão chateados, mas eu também estou tão machucado quanto os torcedores", disse Adilson, que pretendia fazer do jogo contra o São Bernardo um trunfo para acalmar os ânimos da torcida após a derrota para o Corinthians.

Isto porque os santistas têm um compromisso importante contra o Cerro Porteño (Paraguai), quarta-feira, às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, pela Copa Libertadores da América. "Gostaríamos de ter feito uma grande exibição até para termos uma química maior com o torcedor na quarta. Quero acertar, só que infelizmente não foi possível. Agora vamos ter calma e procurar reverter o quadro diante do Cerro, na quarta, atuando em casa", ponderou.

Para Adilson Batista, a receita para reverter a má fase - empates com Deportivo Táchira, pela Libertadores, e São Bernardo, além da derrota para o Corinthians - é treinar e focar a atenção do grupo no adversário, ignorando a pressão que se abate sobre o grupo por melhores resultados.

"Vamos trabalhar, passar calma e tranquilidade aos atletas. Isso é importante porque quarta precisamos vencer. E só assim a gente vai ter força suficiente para vencer esse jogo", encerrou.

sábado, 26 de fevereiro de 2011

Vôlei Futuro vira sobre Osasco e assume vice-liderança

Joycinha corta na vitória do Vôlei Futuro sobre o Sollys/Osasco. Foto: Fabio Rubinato/AGF/Divulgação

Joycinha corta na vitória do Vôlei Futuro sobre o Sollys/Osasco

A equipe do Vôlei Futuro é a nova vice-líder da Superliga feminina. Nesta sexta-feira, o time de Araçatuba derrotou de virada o Sollys/Osasco fora de casa, com parciais de 21/25, 25/17, 25/16 e 25/17, e tomou a segunda colocação da tabela do time da Grande São Paulo.

A norte-americana Stacy, líbero do Vôlei Futuro, foi eleita a melhor jogadora da partida e exaltou o jogo coletivo da equipe. "Hoje jogamos muito bem juntas. Finalmente jogamos juntas e estou muito feliz. Eu não ia fazer nada sem o bloqueio, que estava muito bem hoje. Pude defender muitas bolas por causa do meu bloqueio", disse à Sportv.

O Vôlei Futuro agora aparece com 32 pontos ganhos em 18 jogos disputados - 14 vitórias e 4 derrotas. O Osasco ocupa o terceiro lugar, com 31 pontos, mas apenas 17 partidas: 14 vitórias e três derrotas. A liderança da Superliga é da Unilever, com 33 pontos ganhos.

O Osasco volta às quadrasna próxima segunda-feira, dia 28 de fevereiro, às 19h30 (de Brasília), quando recebe o Praia Clube. Já o Vôlei Futuro encara no Rio de Janeiro, dia 11 de março a Unilever, que foi derrotada apenas uma vez na competição.

Bellucci resiste, mas é eliminado por Almagro na semifinal

O brasileiro Thomaz Bellucci ofereceu resistência ao espanhol Nicolás Almagro, mas não foi capaz de parar o embalado espanhol, que venceu por 2 sets a 0, parciais de 7/6 (7-4) e 6/4, e avançou à final do ATP 500 de Acapulco. Com o triunfo sobre o brasileiro, Almagro, terceiro favorito à conquista do título no México, alcançou sua 13ª vitória consecutiva.

Na briga pelo título, o espanhol enfrenta o vencedor do embate entre seu compatriota David Ferrer, cabeça de chave 2 do torneio, e a revelação ucraniana Alexandr Dolgopolov, que foi derrotado na final do ATP 250 da Costa do Sauípe justamente por Almagro.

Após a derrota, o tenista brasileiro comentou a partida. "O primeiro set foi crucial, se tivesse errado menos e vencido o tiebreak, com certeza a história do jogo teria sido outra", lamentou Bellucci. "Mesmo assim foi uma grande semana, já consigo ver melhoras no meu jogo, estou mais sólido e tive um crescimento mental", acrescentou.

Bellucci e Almagro fizeram duelo equilibrado durante todo o primeiro set, com muitas trocas de bola no fundo da quadra, e levaram a disputa sem quebras de saque até o tie-break. No desempate, o equilíbrio persistiu, mas valeu a maior experiência do espanhol, que cometeu menos erros e conquistou a parcial.

No segundo set a história foi diferente. Almagro aproveitou os vacilos de Bellucci logo no terceiro game e conquistou a única quebra de saque da partida. No restante da parcial, o espanhol mostrou o porquê conquistou consecutivamente os ATPs 250 da Costa do Sauípe e de Buenos Aires.

Com um jogo seguro e paciente de fundo de quadra, Almagro sustentou sua vantagem inicial e traçou seu caminho até a final, em que aguarda por David Ferrer ou Alexandr Dolgopolov.

Denver vacila, deixa Portland empatar e perde na prorrogação

 . Foto: AP

Nenê marca LaMarcus Aldridge na derrota da equipe dos Nuggets

Depois de ter a partida nas mãos nesta sexta-feira, o Denver Nuggets permitiu a reação do Portland Trail Blazers, que, jogando em casa, levou o jogo para a prorrogação e venceu por 107 a 106.

O Portland abriu vantagem de dez pontos na primeira metade da partida, mas o Denver se recuperou e virou o placar no terceiro quarto, quando fez 33 a 16.

A partir daí, os Nuggets tentaram controlar o ímpeto do Portland, que mesmo assim conseguiu empatar nos últimos segundos e levar a partida para a prorrogação, onde se impôs para vencer.

Como de costume, o destaque do Portland foi o ala LaMarcus Aldridge, com double-double de 24 pontos e 14 rebotes. Rudy Fernandez, Andre Miller e Brandon Roy contribuíram com 18 pontos cada um.

Pelo Denver, o recém-chegado ala Danilo Gallinari anotou 30 pontos e foi o cestinha, a um rebote do double-double. A marca foi alcançada apenas pelo pivô brasileiro Nenê, com 12 pontos e 11 rebotes.

Com o resultado, o Portland (33 vitórias e 25 derrotas) tomou a sexta colocação do próprio Denver (34 vitórias e 26 derrotas) na Conferência Oeste.

Após falha, Júlio César volta andando do estádio para casa

Com o tento marcado no Giuseppe Meazza, Gomez alcançou Eto'o e Anelka, do Chelsea, na artilharia da competição - cada membro deste trio anotou sete .... Foto: AP

Goleiro brasileiro ficou bastante abalado com falha na partida diante do Bayern

Abatido após a falha na derrota para o Bayern de Munique, o goleiro da Inter de Milão, Júlio César, voltou a pé para casa do Estádio Giuseppe Meazza para pensar no erro que resultou no gol da vitória dos alemães por 1 a 0, na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões, na quarta-feira.

A imprensa italiana disse que o goleiro brasileiro deixou o carro no estacionamento do estádio e caminhou uma curta distância até sua casa, após ter pedido desculpas a torcedores e aos companheiros de equipe por ter soltado a bola nos pés do atacante Mario Gomez no último minuto do jogo.

"Uma noite ruim pode acontecer", disse o presidente da Inter, Massimo Moratti, a repórteres nesta quinta. "Júlio César já fez muitos 'milagres' no passado", completou.

Moratti disse que a Inter sentiu os desfalques de Diego Milito (lesionado) e Giampaolo Pazzini (que não está inscrito na competição), mas minimizou o fato de que as três equipes italianas perderam os primeiros jogos nas oitavas de final da Liga dos Campeões.

O Milan foi derrotado por 1 a 0 para o Tottenham Hotspur e a Roma, que já demitiu o técnico Claudio Ranieri, perdeu por 3 a 2 para o Shakhtar Donetsk. Todas as derrotas aconteceram na Itália. "Ontem foi um jogo bom, poderia ter acabado de qualquer forma".

Jornal: Abertura da Copa pode ser dividida entre SP e Salvador

Orlando Silva inspeciona andamento de obras da Arena Pernambuco. Foto: Roberto Pereira/Secretaria Estadual de Imprensa/Divulgação

Orlando Silva discute o tema dentro do Ministério do Esportes

A solução do governo para diminuir a pressão das cidades que querem receber a abertura da Copa do Mundo de 2014 pode ser uma estreia compartida, segundo a Folha de S. Paulo. O ministro do Esporte, Orlando Silva, discute o tema internamente. Uma possibilidade seria Salvador receber a festa de abertura e São Paulo o primeiro jogo, ainda de acordo com o jornal.

Belo Horizonte e Brasília também continuam na briga. O governo, entretanto, tem ressalvas nas quatro opções. Em São Paulo, a demora e indefinição nas obras do novo estádio do Corinthians são o maior problema. Em Salvador e Brasília, os aeroportos geram preocupação. Já em Belo Horizonte o alerta vermelho é ligado pela falta de estrutura hoteleira adequada.

Palmeirense estuda e diz que sabe como parar Lucas domingo

 . Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Cicinho espera parar o são-paulino Lucas no clássico

O último confronto entre Palmeiras e São Paulo foi especial para o meia Lucas, e o volante Cicinho não está disposto a deixar isso acontecer novamente. Pelo segundo turno do Campeonato Brasileiro de 2010, o são-paulino marcou um dos gols da vitória por 2 a 0 no Pacaembu e teve grande atuação. Por isso, o lateral direito palmeirense já tem estudado o rival para se prevenir.

"Agora eu já percebo a maneira que ele joga. Ele dá o tapa (na bola) longe do marcador, porque é um jogador muito veloz. Então, você não pode deixar ele girar. De costas (para o gol), ele tem dificuldade. Quando recebe a bola, não pode deixar ele girar", ensinou o jogador, que deve ajudar os volantes a ficar de olho no habilidoso meia são-paulino. O duelo está marcado para domingo, no Morumbi.

"Não tem fórmula mágica", disse o técnico Luiz Felipe Scolari, sobre a questão. "Você tem que ter uma cobertura bem feita para que, em algum momento de deslize, ela ajude. Não tem fórmula porque, se esse jogador for inteligente, quando perceber que está marcado vai tomar atitudes que podem complicar a sua vida."

Lucas vem de grande atuação com a Seleção Brasileira Sub-20, que conquistou o Sul-americano no início do ano. É uma das principais peças do técnico Paulo César Carpegiani. "A gente sabe que vai ser complicado, o São Paulo está embalando e, com a bola que o Lucas estava jogando na Seleção, vai ser difícil", admitiu Cicinho, sem, no entanto, temer o clássico.

"Estamos focados, tranquilos. O que tiver que ser feito para vencer, faremos. É só obedecer o Felipão que temos grandes chances", apontou. "Eles têm jogadores de qualidade, de Seleção Brasileira, mas nossa equipe também. Eles têm um bom ataque, mas temos uma defesa boa. E um bom ataque também. São jogadores diferentes, mas de qualidades indiscutíveis", completou, encerrando a comparação.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Dirigente nega crise no Flu e reforça confiança "de 100%" em Muricy

O técnico não escondeu a insatisfação com o rendimento ofensivo na noite desta quarta-feira.. Foto: Wallace Teixeira/Photocamera/Divulgação

Segundo Alcides Antunes, treinador tem total respaldo da diretoria e dos jogadores

O vice de futebol do Fluminense, Alcides Antunes, afirmou nesta sexta-feira que, embora o momento não seja bom, não há crise no clube. O dirigente negou que haja problemas de relacionamento entre Muricy Ramalho e a diretoria ou jogadores e assegurou que, mesmo após a eliminação na Taça Guanabara e o baixo desempenho na Copa Libertadores da América, a confiança no trabalho do treinador é total.

"Estão divulgando notícias sobre crise, insatisfação, brigas... Existe a conversa natural. Não há motivo algum para desconfiança. A confiança em Muricy é de 100%. O pensamento é o mesmo de quando o contratamos. Fomos eliminados pelo Boavista, mas temos time para ser campeão carioca. Não tem ninguém desesperado. Não tem crise", disse Alcides Antunes.

O fato de Muricy Ramalho estar incomodado com a demora do clube no prometido investimento em estrutura não teria qualquer ligação com o momento da equipe dentro de campo. Esta é a tese que Alcides Antunes defende.

"Estamos no início do ano e os resultados não são os que gostaríamos. O clube vive de vitórias, mas tem momentos para buscar o time ideal. Empatamos dois jogos, mas podemos até voltar do México na liderança. Qualquer time no mundo gostaria de ter os jogadores que o Fluminense tem", disse ele.

Sobre a ausência de Muricy Ramalho no treino da última quinta-feira, Alcides Antunes assegurou que a diretoria foi previamente avisada. "Ele foi cumprir um compromisso em São Paulo e já tinha nos avisado. Tudo foi combinado", finalizou.

Treinando na altitude, K. Márcio se vê mais confiante para Mundial

Sorridente, Kaio Márcio fatura prata e fecha ano orgulhoso com coqnuistas. Foto: Satiro Sodré/CBDA/Divulgação

Atleta treina na altitudo do México, a mais de 3.000 metros de altitude

Em busca do índice olímpico, Kaio Márcio treina no México, a uma altitude de 3.000 metros, buscando melhorar o condicionamento físico. O nadador está no final do período de treinos que durou todo o mês de fevereiro.

Nas piscinas do Centro de Treinamento de La Loma, o atleta ganhou confiança para chegar bem preparado ao Grand Prix de Indianápolis, entre 3 e 5 de março, e já projeta bons resultados para o Mundial de Xangai, em julho.

"Estou confiante no treino em altitude. Vai melhorar muito o meu rendimento quando for competir no nível do mar", comentou Kaio. "Objetivo foi aprimorar o condicionamento e chegar ao Mundial com chances de brigar pelo ouro".

"Agora, a expectativa é obter os índices nas provas de 100 m e 200 m borboleta logo em abril, durante uma seletiva organizada pela Confederação Brasileira de Desportos Aquáticos (CBDA)", continuou.

Entre as atividades realizadas no México, a filmagem subaquática e o treino de alta intensidade foram implementados para analisar a evolução do atleta. "Só dessa forma conseguimos melhorar detalhes", encerrou Kaio Márcio.

Conmebol adia jogo entre Santos e Cerro pela Libertadores

Neymar tenta jogada no empate com o Deportivo Táchira. Foto: EFE

Partida adiada será válida pela 5ª rodada do grupo, e a segunda entre as equipes na Libertadores

A Conmebol anunciou nesta sexta-feira que a partida entre Santos e Cerro Porteño-PAR, em Assunção, previamente marcada para o dia 13 de abril, foi adiada para as 18h15 (de Brasília) do dia seguinte. O confronto será válido pela quinta rodada do Grupo 5 da Copa Libertadores da América.

Antes do jogo no Paraguai, os dois times se enfrentarão na próxima quarta-feira, na Vila Belmiro, pela segunda rodada da competição continental.

O Santos estreou na Libertadores com um empate por 0 a 0 com o Deportivo Táchira, na Venezuela, enquanto o Cerro bateu o Colo Colo por 5 a 2, em Assunção.

Com R$ 400 mi do BNDES, obras do Itaquerão devem começar em abril

PSDB emplaca nomes para o governo de São Paulo desde 1994, com a primeira eleição de Mário Covas. Foto: Divulgação

Alckmin afirma que vontade dos governos federal e estadual e da prefeitura de São Paulo é que a abertura seja no estádio

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), voltou a afirmar no final da tarde desta sexta-feira, na capital paulista, que a abertura da Copa do Mundo acontecerá no futuro estádio da Zona Leste da cidade, já conhecido como "Itaquerão". Além disso, reiterou que o projeto arquitetônico está aprovado e contará com um financiamento de R$ 400 milhões do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Alckmin deu a declaração após reunião com a presidente Dilma Rousseff, da qual participaram ainda o prefeito da capital paulista, Gilberto Kassab (DEM), e o ministro dos Esportes, Orlando Silva (PCdoB), além do ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci (PT).

Segundo o prefeito Kassab, as obras devem ter início até o final de abril. "Tivemos uma reunião com o Ministério Público e esperamos ter em até três ou quatro semanas uma definição sobre o terreno, podendo dar ao Corinthians condições de construir até o final de abril", disse. O terreno foi cedido pela prefeitura em um empréstimo que deve durar até 30 anos.

De acordo com Alckmin, governos federal, estadual e a prefeitura da capital paulista são unânimes em escolher a futura casa do Corinthians para a abertura da Copa de 2014. "Para os três (poderes), é Itaquerão", afirmou o governador.

Felipão se irrita e encerra polêmica com Rivaldo

 . Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Treinador afirma que não quis o jogador no Palmeiras e pede o fim do assunto

O técnico Luiz Felipe Scolari se irritou muito com novas contestações sobre os motivos de Rivaldo, apesar do desejo declarado do jogador, não ter acertado com o Palmeiras em sua volta ao Brasil. Nesta sexta-feira, de olho no clássico com o São Paulo e em seu primeiro reencontro com o meia, Felipão tentou explicar que o experiente atleta não caberia no elenco palmeirense, que já conta com atletas mais velhos e tem outras opções para esta posição.

"Quero saber quem é o campeão do mundo que inventa que eu não quis o Rivaldo aqui", bradou o treinador, antes mesmo de a pergunta ser completada. "Quero o Rivaldo aqui para fazer um churrasco. Pronto", continuou. Felipão teria vetado a chegada do jogador, a quem dirigiu na Copa do Mundo de 2002, na conquista do pentacampeonato, e no Bunyodkor, do Uzbequistão.

"Não é questão de querer ou não. Tenho que conhecer o que podemos ter no clube. Se tenho um goleiro com 38 anos, um meia de 35 e outro meio-campo com trinta e poucos, daqui a pouco eu vou jogar, com 62", exclamou, em referência a Marcos, Marcos Assunção e Lincoln. Rivaldo, que tem 38 anos, envelheceria demais o elenco e, além disso, sua posição não é uma carência no Palmeiras.

"Se eu já tenho Lincoln e Valdívia para jogar nesse setor, vou acumular cinco jogadores na mesma posição e zero na outra?. Tanto é que não tenho um centroavante. Tive que mandar embora 14 jogadores para tentar trazer um", continuou Felipão. Foram esses fatores que fizeram com que ele rejeitasse a contratação, apesar de Rivaldo ser torcedor palmeirense e ter desejado encerrar a carreira no clube, para atender ao desejo de seu filho.

"Não existe amizade para empregar no futebol, pelo menos não comigo. Eu vejo a necessidade do clube", apontou Scolari. Rivaldo já afirmou que não precisa provar nada para Felipão, que o convocou em 2002, mesmo após ter sofrido lesão, e tentou encerrar a polêmica. Agora, é o técnico que pede o ponto final no assunto: "está na hora de acabar com as bobagens. Ele escolheu jogar ali, eu não escolhi aqui, e acabou".

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

"O povo do futebol está sendo estuprado", diz Kalil

Nesse momento, a atitude da torcida do Atlético-MG está correta. Eles têm meu apoio, têm o apoio da presidência. Acho que os jogadores têm que se .... Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG/Divulgação

Alexandre Kalil condenou os clubes que se manifestaram contra o Clube dos 13

Um dia depois do racha explícito no Clube dos 13, Alexandre Kalil, presidente do Atlético-MG e um dos criadores do modelo de edital para a venda dos direitos de transmissão do triênio 2012-2014 do Campeonato Brasileiro, faz campanha pelo retorno dos dissidentes.

"O Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) está sendo estuprado, mais do que isso: o povo do futebol está sendo estuprado", afirmou o dirigente, em entrevista à ESPN Brasil.

Com o apoio do órgão, o Clube dos 13 retirou a cláusula de preferência utilizada pela Rede Globo carioca para adquirir os direitos de transmissão nos últimos anos.

Alexandre Kalil admitiu que o Clube dos 13, formado em 1987 em oposição à Confederação Brasileira de Futebol (CBF), perdeu a oportunidade de constituir uma liga. Ainda assim, ele condena a posição de Corinthians, Flamengo, Botafogo, Vasco, Fluminense e Coritiba, que se manifestaram contrários à entidade.

"O Clube dos 13 nasceu para isso (ser uma liga de clubes e se desligar da CBF), mas perdeu o trem. Temos que nos fortalecer como entidade de classe primeiro. Hoje, ela representa os 20 principais clubes do Brasil e tem que defender a todos. Temos clubes que não têm a força que temos", disse Kalil.

De acordo com o presidente do Atlético-MG, o Clube dos 13 pode alcançar aproximadamente R$ 1,3 bilhão anuais. O lance mínimo para os direitos de TV aberta é de R$ 500 milhões. Com TV a cabo, pay-per-view, telefonia móvel, internet e direitos internacionais, ele espera arrecadar outros R$ 800 milhões.

"O Atlético-MG depende menos desse dinheiro do que outros clubes. Temos uma condição estável, estamos negociando com o governo para acertar umas contas. Não estamos preocupados com isso. Mas e o Bahia, por exemplo? Eles não têm a força que nós temos, não conseguem vender (patrocínio da) camisa por R$ 10, 15 milhões, precisam da ajuda do clube dos 13", insistiu Kalil.

Ele convidou a imprensa para a abertura dos envelopes com as propostas das emissoras interessadas, evento marcado para o dia 11 de março, e voltou a provocar os dissidentes, que apostam em conseguir um valor maior negociando em separado. "Tudo que nos tiraram nesses anos, vão nos dar agora. Quem não ver o dinheiro em cima da mesa tem que se explicar", encerrou.

Kuyt marca no fim e classifica Liverpool às oitavas de final

 . Foto: AP

Liverpool conseguiu a classificação de forma dramática em Anfield

O Liverpool teve grandes dificuldades, mas, graças a um gol marcado pelo atacante holandês Dirk Kuyt, venceu o Sparta Praga por 1 a 0 nesta quinta-feira, em casa, e avançou às oitavas de final da Liga Europa.

Os ingleses ficaram no empate sem gols no confronto de ida, na semana passada, e tudo apontava para a disputa de prorrogação no Estádio Anfield. Até que, aos 40min do segundo tempo, Kuyt aproveitou cruzamento da esquerda e, de cabeça, estufou a rede para garantir a classificação.

Apesar do sufoco e do triunfo alcançado apenas nos instantes finais, o Liverpool foi o dono do jogo desde o começo. Porém, parou na boa atuação do goleiro dos checos, o veterano Jaromir Blazek, que fez pelo menos três defesas difíceis só no primeiro tempo.

Agora, o Liverpool aguarda a definição do confronto entre Lech Poznan (POL) e Braga (POR) para conhecer seu próximo adversário no torneio continental. Na primeira partida, os poloneses levaram a melhor em casa: 1 a 0.

Jucilei deixa o Corinthians sem se despedir dos companheiros

Confirmado, Jucilei formará o meio de campo do Corinthians com Ralf, Ramírez e Danilo. Foto: Fernando Borges/Terra

Volante teve que viajar às pressas para a Rússia

Jucilei deixou os ex-companheiros de Corinthians esperando. Negociado com o Anzhi Makhachkala, da Rússia, o volante viajou na noite da última quarta-feira sem poder dar um abraço nos jogadores que ajudaram em sua passagem pelo Parque São Jorge. Com boa proposta, ele agora atuará ao lado do lateral esquerdo Roberto Carlos, ex-Corinthians, recentemente contratado pelo clube europeu.

"Não sei o que aconteceu. Às vezes, na correria, ele teve que resolver isso (a viagem) rápido, talvez não tenha dado tempo de se despedir. Boa sorte a ele. Que faça um excelente trabalho da mesma forma como foi no Corinthians", disse Paulinho, jogador que acaba diretamente beneficiado com a saída de Jucilei, e que deve ganhar mais chances entre os titulares no Campeonato Paulista.

Foi isso que aconteceu no clássico contra o Santos, no último domingo, vencido por 3 a 1 pelo Corinthians, no Pacaembu. "As oportunidades aparecem. Vou ter mais uma para tentar me firmar como titular e dar sequência ao trabalho", disse o volante.

Para ficar entre os preferidos de Tite, ele espera se adaptar à função de Jucilei, embora acredite que alguns acertos sejam necessários. "O Jucilei tinha características muito boas de defesa, enquando saía jogando, ia muito bem também. Um ajuste sempre tem que ter. O time foi bem contra o Santos, mas sempre tem algo a melhorar", apontou.

São Caetano lança projeto para base e recontrata 600 esportistas

A Secretaria Municipal de Esporte e Turismo (Seest) de São Caetano do Sul lançou nesta quinta-feira o projeto do Centro de Detecção de Talentos, programa para garimpar jovens atletas no município, como parte da renovação iniciada em janeiro com o anúncio de um corte orçamentário de cerca de R$ 1 milhão.

Com a redução de verba para o esporte no início do ano, haviam sido dispensados cerca de 720 atletas do quadro do município, incluindo nomes importantes, como a judoca bicampeã pan-americana Edinanci Silva, e Diogo Silva, medalhista de ouro do taekwondo no Pan do Rio de Janeiro, em 2007.

No entanto, nesta quinta, o secretario Mauro Chekin afirmou que o primeiro corte fazia parte do projeto para a reformulação do Esporte na cidade e boa parte dos atletas dispensados foi recontratada. Edinanci e Diogo aceitaram ter seus salários reduzidos e continuam a competir por São Caetano.

"Vamos deixar claro: dos 720 dispensados, uma média de 600 esportistas estão retornando, incluindo atletas dispensados anteriormente ou novos contratados. Hoje, nós só não vamos mais ter biribol, boxe, kickboxe e caratê. Em todas as outras modalidades, teremos atletas competindo por São Caetano", disse Chekin.

"Verificamos o custo-benefício de cada atleta. Todo mundo se queixou que o Diogo, que é atleta olímpico, estava sendo jogado na rua, mas ele continuou aqui. Hoje, temos 28 atletas em nível olímpico ou pré-olímpico", completou.

Com a criação do Centro de Detecção de Atletas, a prefeitura volta os esforços para as categorias de base de 11 modalidades (basquete, vôlei, handebol, atletismo, natação, ginástica rítmica e artística, judô, tênis de mesa e de campo e futebol). O principal trabalho será uma "peneira" que atenderá aproximadamente 8,5 mil jovens de oito a 17 anos que estudam em escolas municipais de São Caetano.

De acordo com Chekin, o trabalho é focado no longo prazo, e não na formação para atletas de alto nível para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro.

"Se forem talentos, sim (pode haver atletas deste projeto na Olimpíada 2016). Um talento pode explodir a qualquer momento. Se não, não. Precisamos de oito a nove anos para que possam surgir atletas de alto nível e de alto rendimento", disse.

São Caetano do Sul foi a cidade vencedora de 13 das últimas 14 edições dos Jogos Abertos do Interior, mas, segundo o prefeito José Auricchio Júnior, o modelo atual de gestão de atletas está ultrapassado e, por isso, foi necessário reformular o quadro de esportistas contratados pelo município.

"Tínhamos um modelo relativamente fadigado. Não tem sentido uma cidade sozinha ganhar 13 competições dentro de 14 que disputou dos Jogos Abertos do Interior. Acho que a renovação, agregada a um projeto para o futuro, juntou-se à questão orçamentária. Era necessária uma troca de atletas. Havia atletas que disputavam competições por São Caetano há mais de 10 anos. Era hora de renovar", explicou.

C13 dá prazo ao Corinthians e quer "quitação de compromissos"

O Corinthians optou por sua saída do Clube dos 13 por não concordar com o modo como as negociações dos direitos de transmissão do Campeonato Brasileiro. A entidade, porém, não permitiu o desligamento imediato da agremiação paulista, dando prazo de 60 dias para que o processo seja concluído, seguindo determinações de seu estatuto, segundo informado em comunicado oficial.

O Clube dos 13 ainda aproveitou para cobrar o Corinthians por "compromissos" a serem quitados, como foi explicado na nota assinada pelo presidente Fábio Koff. Estes se referem a empréstimos e garantias prestadas pela organização ao clube paulista.

"Informamos que 'a cessação da qualidade de associado não o exime do dever de quitar compromissos anteriormente assumidos', em especial aqueles relacionados aos empréstimos e garantias prestadas por esta Associação em favor do Sport Club Corinthians Paulista", diz a nota.

Em entrevista no Centro de Treinamento Joaquim Grava, nesta quinta-feira, o presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, negou ter dívidas com o Clube dos 13, explicando que o dinheiro pertenceria à agremiação alvinegra.

"A dívida que tenho não é dívida. O dinheiro é do Corinthians, o Clube dos 13 só repassava o dinheiro que a televisão acertou por contrato. Agora, em vez de vir para mim, esse dinheiro vai para o Clube dos 13 e, em setembro, já não vou ter mais nada a quitar", explicou

Confira a seguir o comunicado na íntegra:

Ofício nº 035/11
São Paulo, 24 de fevereiro de 2011
Ao Sport Club Corinthians Paulista
Att. Presidente Andrés Navarro Sanchez
Rua São Jorge, nº 777, Parque São Jorge, São Paulo/SP, CEP 03087-000
Ref.: Confirmação de recebimento de aviso de desligamento
Senhor Presidente,

Por meio desta, acusamos oficialmente o recebimento da missiva datada de 23.02.2011 e encaminhada na mesma data, via fac-símile, à União dos Grandes Clubes Brasileiros, na qual V.S.a., após manifestar algumas proposições unilaterais, que não serão objeto de resposta nessa oportunidade, comunicou a intenção de o Sport Club Corinthians Paulista se desligar do Clube dos 13.

Diante da referida comunicação, cabe-nos alertar que o artigo 12 do vigente Estatuto desta entidade, prevê que a qualidade de associado cessará, dentre outras hipóteses: "através de um pedido devidamente formalizado, com notificação prévia de sessenta dias, desde que aprovado pelo Conselho Deliberativo do associado se assim estiver previsto no respectivo estatuto".

Dessa forma, em respeito à manifestação firmada livremente pelo Sport Club Corinthians Paulista, na pessoa do seu Presidente, em 23.02.2011, informamos que o período de 60 (sessenta) dias será contado a partir desta data e se encerrará em 24.02.2011, data na qual o Corinthians poderá, se desejar, formalizar definitivamente seu desligamento do Clube dos 13, tudo conforme previsto no Estatuto vigente.

Com efeito, durante esses 60 (sessenta) dias, fica preservada a condição do Sport Club Corinthians Paulista como associado fundador do Clube dos 13, restando mantidas, por conseguinte, todas as suas obrigações, direitos e deveres decorrentes de tal condição.

Outrossim, caso deseje ratificar a cessação da sua condição de associado a partir de 24.02.2011, deverá apresentar cópia do vigente Estatuto do Sport Club Corinthians Paulista e, em caso de previsão estatutária, deverá, ainda, comprovar a aprovação do seu pedido de desligamento pelo seu Conselho Deliberativo, tudo na forma do referido artigo 12, letra "a" do Estatuto do Clube dos 13.

Por fim, em respeito ao art.13, § 2º do Estatuto do Clube dos 13, informamos que "a cessação da qualidade de associado não o exime do dever de quitar compromissos anteriormente assumidos", em especial àqueles relacionados aos empréstimos e garantias prestadas por esta Associação em favor do Sport Club Corinthians Paulista.

Sem mais para o momento, subscrevemo-nos.

Atenciosamente,
Fábio André Koff
Presidente

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Federer passa por espanhol e segue firme rumo ao penta em Dubai

suíço Roger Federer segue trilhando sem tropeços o caminho rumo à final do ATP 500 de Dubai, torneio o qual já conquistou quatro vezes. Nesta quarta-feira, o atual número 2 do mundo e principal favorito à competição derrotou em sets diretos o espanhol Marcel Granollers, número 53 da ATP, e avançou às quartas de final, com parciais de 6/3 e 6/4.

Federer, como de hábito, não teve muita dificuldade em superar o rival. No primeiro set, confirmou o serviço com facilidade e conseguiu uma quebra para abrir 3/1, no quarto game, que durou sete minutos e três segundos.

O segundo set não mudou o padrão da partida e Federer, tranquilamente, abriu vantagem após conseguir uma quebra logo no primeiro game da parcial.

O game mais difícil foi o décimo, em que sacou para fechar o jogo. Granollers venceu uma série de match points contra, mas sucumbiu, finalmente, após cometer um erro não-forçado.

Campeão em Dubai em 2003, 2004, 2005 e 2007, Federer pode conquistar, além do penta, o segundo evento no ano. O suíço foi campeão em Doha.

Além disso, o maior campeão de Grand Slams da história tem a chance de reencontrar na final o sérvio Novak Djokovic, que o derrotou na semifinal do Aberto da Austrália desse ano.

Na rodada seguinte, Federer enfrentará o ucraniano Sergiy Stakhovsky, número 43 do mundo, que derrotou o letão Ernests Gulbis.

Conmebol descarta Chile e confirma Copa América de 2015 no Brasil

Os oito anos de Lula no poder aproximaram a CBF (Confederação Brasileira de Futebol) de Brasília. Em 2007, o ex-mandatário do País e Ricardo Teixeira .... Foto: AFP

Lula garantiu calendário esportivo recheado e Ricardo Teixeira aprovou as competições

A Confederação Sul-Americana de Futebol (Conmebol) confirmou, nesta quarta-feira, que o Brasil será sede da Copa América de 2015. O presidente da entidade, Nicolás Leoz, recusou os pedidos feitos pelo Chile para sediar a edição da competição e, em entrevista à AFP, ratificou a decisão tomada anteriormente.

"A Copa América de 2015 será organizada pelo Brasil. Não há nenhuma dúvida. Já está fechado. O Chile ficará com a de 2019", disse o dirigente.

Em 2009, a então presidente chilena Michele Bachelet havia solicitado sediar o torneio, já que o Brasil receberá diversos eventos esportivos nos próximos anos.

Até mesmo o então presidente Lula já havia reconhecido que o calendário está carregado: em 2013 receberá a Copa das Confederações; em 2014, a Copa do Mundo; e em 2016, os Jogos Olímpicos. A expectativa chilena era conseguir a alteração na Conmebol, deixando a Copa América de 2019 para o Brasil.

Ricardo Teixeira, presidente da CBF, já havia se manifestado contrário à proposta e, assim, consegue mais uma vitória. O principal argumento é que o Brasil vai aproveitar a estrutura do Mundial para receber a competição sul-americana.

Corinthians confirma desfiliação do Clube dos 13

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, também esteve presente. Além dele, Arnaldo Tirone, presidente do Palmeiras, Manoel da Lupa, presidente da .... Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Presidente corintiano envia carta para a sede da entidade

O presidente do Corinthians, Andrés Sanchez, acertou no início da tarde desta quarta-feira a desfiliação da agremiação do Clube dos 13. A notícia foi confirmada pela assessoria de imprensa do dirigente.

O adeus do clube alvinegro à entidade era aguardado desde a última terça, quando Andrés anunciou que o clube negociaria diretamente com as televisões a venda dos direitos de transmissão para os Campeonatos Brasileiros de 2012, 2013 e 2014.

O presidente corintiano anunciou inicialmente que o clube se licenciaria da entidade. No entanto, como esta hipótese não é possível, mandou uma carta nesta quarta-feira para a sede do Clube dos 13 anunciando a desfiliação.

No documento, o dirigente alvinegro alega irresponsabilidade do C13 na condução das negociações dos direitos televisivos.

Andrés citou uma ligação feita pelo diretor-executivo Ataíde Gil Guerreiro para um alto executivo de uma das emissoras de televisão concorrentes, no meio das discussões realizadas na última terça, para provar que o processo não está sendo conduzido com "isenção e macula, de forma indelével, a lisura dos trabalhos que estão sendo realizados".

Pouco antes de o Corinthians enviar a carta, a entidade recebeu nesta quarta membros da diretoria de seis clubes (Santos, Bahia, Atlético-MG, São Paulo, Atlético-PR e Internacional) que aprovaram por unanimidade o novo edital de licitação dos direitos de transmissão televisivas do Nacional.

Ainda hoje, pela manhã, os quatro grandes clubes do Rio de Janeiro (Flamengo, Fluminense, Vasco e Botafogo) seguiram a linha do Corinthians e anunciaram que negociarão diretamente com as TVs a venda dos direitos, rompendo com o Clube dos 13.

Confira a íntegra a da carta de Andrés ao C13

São Paulo, 23 de fevereiro de 2011.

Ao Clube dos 13
Aos cuidados do presidente Fabio Koff

Prezado Fabio Koff,

Desde meados do ano passado o Sport Club Corinthians Paulista vem tentando obter esclarecimentos sobre as demonstrações financeiras do Clube dos 13. Foram necessárias duas solicitações para que a direção desta entidade prestasse algumas explicações sobre essas contas, valendo notar ser sua obrigação enviar mensalmente a todos os associados o balancete.

Fomos surpreendidos com uma série de desmandos administrativos praticados pela direção do Clube dos 13 que já geraram, para entidade um passivo trabalhista de proporções ainda maiores face a contratações de profissionais de nível gerencial de forma irregular no mínimo ao longo dos últimos 5 anos.

Em diversas ocasiões deixamos claro nosso proposito de nos desligarmos do Clube dos 13 por diversas razões, e só não o fizemos porque entendíamos haver uma chance de, através de um dialogo construtivo entre todos os clubes associados, encontrarmos um modelo democrático e transparente de gestão para a associação.

Fatos recentes, entretendo, evidenciaram nosso erro de avaliação. A forma irresponsável com que alguns membros da diretoria do Clube dos 13 e seu diretor executivo conduziram o processo de elaboração da concorrência com o proposito de aquisição e direitos de transmissão dos jogos do Campeonato Brasileiro de Futebol Profissional a partir do ano de 2012 é, no mínimo, danosa aos interesses do Corinthians e dos demais clubes que integram a elite do futebol brasileiro.

O simples fato de durante a reunião de ontem da comissão de negociação do Clube dos 13 e seu diretor executivo, no meio das discussões, ter ligado para um alto executivo de uma das emissoras concorrentes para saber o que ele achava de uma deliberação que estava em discussão (confirmado por dois membros da comissão de televisão) e iria ser votada demostra que este processo não esta sendo conduzido com isenção e macula, de forma indelével, a lisura dos trabelhos q estão sendo realizados.

Em assim sendo o Corinthians comunica que a partir de hoje se desliga do Clube dos 13 e conduzirá negociações diretas com as empresas interessadas em adquirir os direitos de transmissão de seus jogos pelo Campeonato Brasileiro de Futebol a partir do ano de 2012.

Atenciosamente,

Andres Navarro Sanchez
Presidente do Sport Club Corinthians Paulista

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Corinthians se licencia do Clube dos 13: "tendência é sair"

Andrés Sanchez, presidente do Corinthians, também esteve presente. Além dele, Arnaldo Tirone, presidente do Palmeiras, Manoel da Lupa, presidente da .... Foto: Ricardo Matsukawa/Terra

Presidente Andrés Sanchez visitou sede do Clube dos 13 nesta terça

Andrés Sanchez esteve na tarde desta terça-feira no escritório comercial do Clube dos 13, em São Paulo, para comunicar o presidente da união das agremiações, Fábio Koff, que o Corinthians está se licenciando do grupo. Motivado principalmente pela negociação dos diretos de transmissão do Campeonato Brasileiro, o cartola deu a entender que a desfiliação definitiva é questão de tempo.

"O Corinthians está pensando seriamente em sair do Clube dos 13. Nos próximos dias vou tomar uma decisão, mas a tendência hoje é sair. Não concordo com muita coisa que vem acontecendo nos últimos anos no Clube dos 13", argumentou Andrés, primeiro presidente a deixar a reunião dos clubes nesta terça-feira.

O dirigente corintiano negou que já esteja acertado com alguma emissora, mas avisou que, a partir de agora, negociará independentemente do Clube dos 13 quem transmitirá as partidas do Corinthians tanto na televisão como pela internet, celular ou canais a cabo, novidade dos encontros que ocorrem desde a semana passada.

"Está na hora de mudar de novo o futebol e talvez algumas pessoas precisem tomar a frente para conseguir fazer isso", explicou Andrés Sanchez, que não quis dizer se já tem o apoio de outros clubes nesta iniciativa e até deixou aberta uma pequena possibilidade de continuar no Clube dos 13.

Entenda o "racha"

As divergências entre o presidente do Corinthians e o Clube dos 13 ocorrem desde 2008, quando o cartola tentou fazer com que sua equipe lucrasse mais atuando na Série B do Brasileiro. O rompimento com as lideranças do grupo, entretanto, ficou claro nas eleições do Clube dos 13 no ano passado.

Andrés explicitou sua união com Ricardo Teixeira, presidente da CBF e dissidente da atual diretoria do Clube dos 13, e apoiou a candidatura de Kléber Leite, ex-presidente do Flamengo que até homologou sua participação no pleito em um papel timbrado do Corinthians. Além do clube do Parque São Jorge, Leite ganhou votos de Botafogo, Coritiba, Cruzeiro, Goiás, Santos, Vasco e Vitória.

O ex-presidente do Flamengo, contudo, foi derrota e Fábio Koff foi reeleito com apoio de Atlético-MG, Atlético-PR, Bahia, Flamengo, Fluminense, Grêmio, Guarani, Inter, Palmeiras, Portuguesa, São Paulo e Sport. A cisão, porém, passou a se tornar perigosa.

O Corinthians é forte nas negociações pelos direitos de transmissão e, com ele, outros sete dos 20 associados se mostraram contrários a Koff. O Clube dos 13 ainda pode perder o Flamengo, outra agremiação com força para aumentar o valor pago por televisões e sites, já que a presidente Patrícia Amorim voltou a se aproximar de Ricardo Teixeira com a oficialização do título brasileiro de 1987 ao clube carioca e se indispôs com o aliado São Paulo cobrando publicamente a Taça das Bolinhas.

Webber teme Ferrari em 2011: "estão muito rápidos"

Piloto cumprimenta os espectadores, no dia em que diz ter sido um dos mais felizes de sua vida. Foto: Getty Images

Webber apontou a Ferrari como o principal rival da Red Bull na temporada

O teste de Barcelona terminou com domínio da Ferrari. No último dia de atividades na cidade espanhola, Felipe Massa anotou o melhor tempo geral, colocando a F150 no topo. Piloto da Red Bull, atual campeã por equipes do mundial da Fórmula 1, Mark Webber vê a escuderia italiana como a maior rival deste ano.

"A Ferrari terminou o ano muito forte e o carro está correndo muito. Sempre estão aí, nunca perdem tempo, são muito rápidos e a equipe está muito bem organizada", analisou Webber.

A rivalidade entre Ferrari e Red Bull estará ainda mais acirrada no Mundial de 2011. As duas equipes disputaram o campeonato do ano passado até a última etapa, em Abu Dhabi, e o time de Sebastian Vettel saiu vitorioso.

O próximo encontro entre a Ferrari e a Red Bull será no dia 8 de março, quando as equipes retornam a Barcelona para a última bateria de testes antes do início da temporada. Depois do adiamento da etapa do Bahrein, o GP da Austrália abrirá o Mundial deste ano, no dia 27 de março.

Favorito, Marílson disputa Meia Maratona de SP de olho em Londres

 . Foto: Agência Luz/BM&F Bovespa/Divulgação

Marílson se prepara para prova em abril

O fundista Marílson dos Santos disputará a Meia Maratona de São Paulo, neste domingo. Esta será a primeira competição da temporada do brasiliense que fechou 2010 com o tricampeonato da São Silvestre e servirá de preparação para a Maratona de Londres, que será realizada em 17 de abril.

"Eu não competi mais depois da São Silvestre. Fiquei apenas treinando e estou precisando competir. Embora tenha experiência, não quero entrar em uma maratona sem avaliações prévias", afirmou o atleta.

No ano passado, Marílson foi o vencedor da prova, mas na categoria de 10 quilômetros. Este ano, o atleta da equipe BM&F Bovespa resolveu apostar nos 21 quilômetros, onde já conquistou resultados como o título da Meia do Rio, em 2008, o bicampeonato mundial universitário, em 1997 e 1999, além do recorde sul-americano, com 59min33s, obtido em 2007, em Udine, na Itália.

"Eu queria um treino mais longo. E também vou fazer a meia de Nova York (20 de março), outra prova bem forte como a de São Paulo, com percurso difícil, com subidas. Exatamente pela dificuldade é que eu quero correr", explicou Marílson.

Marílson é tricampeão da São Silvestre (2003, 2005 e 2010), bi na Maratona de Nova York (2006 e 2008), dono de quatro medalhas pan-americanas (bronze nos 5 quilômetros em 2003 e 2007 e prata nos 10 quilômetros em 2003 e 2007).

Anelka decide, Chelsea bate Copenhagen e encaminha classificação

Anelka comemora gol na vitória do Chelsea na partida de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Francês marcou duas vezes e time londrino bateu .... Foto: AFP

Anelka comemora gol na vitória do Chelsea sobre o Copenhagen

O Chelsea não precisou contar com a ajuda de Didier Drogba para superar o Copenhagen no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões. Com o marfinense na reserva, a equipe inglesa superou os rivais por 2 a 0 em partida disputada na Dinamarca, no Estádio Parken, nesta terça-feira, e agora leva a vantagem para a volta.

Nicolas Anelka brilhou e garantiu a vitória marcando os dois gols do duelo. A partida teve dois brasileiros em campo. O Chelsea contou com o selecionável Ramires no meio, enquanto que Claudemir defendia as cores do time dinamarquês. O Copenhagen nunca havia perdido em seu estádio nas duas participações que teve na Liga dos Campeões.

O jogo de volta será realizado no dia 16 de março, quarta-feira, às 16h45 (de Brasília), no Stamford Bridge, estádio do clube inglês. O Chelsea poderá perder por até um gol de diferença que avançará para as quartas de final da competição continental.

O jogo

Logo no início da partida, os visitantes assustaram o goleiro adversário. O francês Anelka arrancou pela direita e cruzou para o compatriota Malouda. O meia chutou para o gol, mas a bola acabou subindo muito e foi para a linha de fundo.

O Chelsea continuou pressionando, agora com Fernando Torres, que ainda não marcou pelo novo clube. A insistência dos ingleses resultou em gol aos 16min de jogo. A defesa do Copenhagen deu bobeira e Kobenhavn perdeu a bola para Anelka. O atacante correu em velocidade e, sem marcação, bateu forte para abrir o placar da disputa.

A partida continuou melhor para o time comandado por Carlo Ancelotti, que só não ampliou a vantagem na primeira etapa pela boa atuação do goleiro Wiland. O arqueiro sueco fez pelo menos três defesas difíceis até o intervalo.

Para a segunda metade do jogo, apenas o time da casa mexeu, com Snatin no lugar de Vingaard. Logo após entrar, o jogador dinamarquês arriscou chute e exigiu intervenção do goleio Petr Chech.

Com oito minutos, Anelka voltou a brilhar e deu a vitória para a equipe londrina. Após receber um grande passe de Lampard, o francês arrematou de primeira e venceu o goleiro adversário.

O Copenhagen buscou diminuir a diferença, mas, muito inferior ao Chelsea, não conseguiu reverter o marcador e terá que jogar o confronto de volta com a desvantagem de dois gols no placar.

Em busca de penta, Federer estreia com vitória fácil em Dubai

O suíço Roger Federer, atual número 2 do mundo, estreou com vitória no ATP 500 de Dubai, ao derrotar tranquilamente o indiano Somdev Devvarman (79° do mundo), em sets diretos, parciais de 6/3 e 6/3.

Sem forçar muito o ritmo, Federer, principal favorito ao torneio - que não conta com a presença do líder do ranking Rafael Nadal -, venceu tranquilamente, mas sem exibir toda a superioridade de seu tênis. No primeiro set, abriu uma quebra de vantagem e fechou em 6 a 3.

Na segunda parcial, o padrão se manteve, e Federer fechou a partida em 6 a 3, após quebrar o serviço do adversário no último game. Foram três quebras em sete oportunidades para o suíço em todo o jogo.

Com a vitória, Federer segue na busca de seu segundo troféu do ano e quinto na carreira em Dubai, onde já venceu em 2003, 2004, 2005 e 2007. Esse ano, o ex-número 1 do mundo já foi campeão em Doha, em seu primeiro torneio da temporada.

No Aberto da Austrália, o primeiro Grand Slam da temporada, Federer foi derrotado na semifinal pelo sérvio Novak Djokovic. Em Dubai, Federer terá a oportunidade de revanche contra Djokovic, número 3 do mundo. Caso ambos sigam avançando eles se encontrarão na final. O sérvio é o atual bicampeão de Dubai.

Na segunda rodada de Dubai, Federer enfrentará o espanhol Marcel Granollers, que derrotou o russo Dmitry Tursonov.

São Paulo avisa que não devolverá a Taça das Bolinhas

O São Paulo recebeu, oficialmente,  a Taça das Bolinhas nesta segunda-feira, apesar das tentativas do Flamengo de impedir a entrega. Foto: Fernando Borges/Terra

O São Paulo não faz parte do processo movido pelo Flamengo, alega dirigente

O São Paulo não pretende devolver a Taça das Bolinhas à Caixa Econômica Federal, apesar da determinação da Justiça do Rio de Janeiro. O diretor jurídico do time tricolor, Kalil Rocha Abdalla, avisou que o clube não faz parte do processo movido pelo Flamengo contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e, por isso, tem a intenção de continuar com o troféu.

"Não cogito devolver, absolutamente. Não recebi intimação nenhuma e, se é um processo entre Flamengo e CBF, como me mandam devolver a taça? Não sou parte deste processo", disse.

"Acho que não é da competência do juiz determinar uma coisa da qual não faço parte. Está havendo um engano, um equívoco. Não posso cumprir este despacho. Vou ao Rio argumentar", emendou o dirigente, em contato por telefone.

No processo que tem o Flamengo como autor e a CBF como ré, o juiz Gustavo Quintanilha Telles de Menezes, da 50ª Vara Cível do Rio, determinou que o São Paulo devolva a Taça das Bolinhas à Caixa Econômica Federal em um prazo de 24 horas.

No entanto, Abdalla reitera que o Flamengo deveria reivindicar o troféu diretamente junto ao São Paulo. "A ação está mal posta, deveria ser contra o São Paulo ou a Caixa. Há uma semana, o Ricardo Teixeira declarou o São Paulo como campeão. Agora, fala que o título é do Flamengo".

Entenda o caso

A Taça das Bolinhas é um troféu idealizado pela Confederação Brasileira de Desportos (CBD), atual CBF, juntamente à Caixa Econômica Federal, que premiaria o primeiro clube a ser cinco vezes campeão brasileiro de forma alternada ou três consecutivas.

Por ter ganho o quinto título nacional em 2007, o São Paulo recebeu o troféu na semana passada, após a entidade máxima do futebol nacional definir como "impossível" o reconhecimento da conquista rubro-negra.

Mas, como o caso teve uma reviravolta e o Flamengo teve o título de 1987 reconhecido oficialmente na segunda, o clube passou a ser considerado penta em 1992, quando bateu o Botafogo na final. Com isso, seria ele o detentor legal da taça.

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Uefa suspende Gattuso por quatro jogos após agressão

Em partida tensa, que contou até com agressão do volante Gattuso a Joe Jordan, auxiliar do Tottenham, a equipe inglesa bateu o Milan por 1 a 0, na .... Foto: Reuters

Gattuso agrediu o auxiliar Joe Jordan após partida

O volante do Milan, Gennaro Gattuso, foi condenado a quatro jogos de suspensão pela Uefa nesta segunda-feira por conta de seu "ataque de fúria" na derrota por 1 a 0 para o Tottenham, na última terça-feira, no San Siro, no jogo de ida das oitavas de final da Liga dos Campeões.

O Comitê de Controle e Disciplina da entidade considerou que o jogador agrediu o auxiliar-técnico do time londrino, Joe Jordan, logo após o encontro. Visivelmente descontrolado, Gattuso chegou agrediu o funcionário do rival e foi flagrado por câmeras de televisão.

Gattuso já estava fora do jogo de volta contra o Tottenham por ter levado o terceiro amarelo na Liga dos Campeões após falta dura aos 31min do segundo tempo da partida em Milão. O jogador, assim, ficará fora das quatro partidas seguintes dos rubro-negros em competições do continente.

O Milan pode apresentar em até três dias um recurso para tentar reverter a punição de seu atleta.

Polícia britânica rastreia internet e arma cerco contra ingressos falsos

Figuras corriqueiras em todos grandes eventos esportivos mundiais, os cambistas são esperados na Olimpíada de Londres. Por isso, a Polícia Metropolitana da Inglaterra já possui 36 escritórios trabalhando contra as fraudes na compra e venda de ingressos para os Jogos, segundo a BBC.

O "Met's", como são chamados, já prenderam mais de 30 pessoas, ainda de acordo com aBBC, em investigações que passaram pelos jogos do Campeonato Inglês e dos principais shows e concertos londrinos. A principal intenção é medir a quantidade de dinheiro movimentada e contar com o apoio da justiça, no sentido de aumentar suas fianças.

Mas os cambistas de porta de estádio são apenas a ponta do problema. Seus chefes, geralmente envolvidos com o crime organizado, têm planos para os próximos dias, segundo a polícia britânica.

Eles dividem os riscos nas compras e já chegaram a criar sites falsos de vendas de ingressos. Os pedidos oficiais para entradas nas arenas de 2012 serão liberados apenas no próximo dia 15 de março pela internet.

Centenas de páginas foram retiradas da web pelos Met's, que são apoiados pelo Comitê Organizador de Londres, o Locog. Um software que rastrea compras múltiplas já está em uso.

Além disso, cada bilhete terá código de barras e outras medidas de segurança. A organização recomenda que os ingressos sejam comprados nos sites oficiais (no Brasil, por meio do COB), para evitar maiores problemas.

Hérnia tira Tsonga da Copa Davis e França sofre 2º desfalque

Segundo principal tenista francês em atividade, Jo-Wilfried Tsonga anunciou nesta segunda-feira que não fará parte da equipe de seu país na disputa da Copa Davis. A França estreia na competição entre nações no primeiro final de semana de março, contra a Áustria, no saibro de Viena.

Número 17 do mundo, Tsonga sofre com uma hérnia inguinal e muito provavelmente terá que passar por uma cirurgia para corrigir o problema. "Infelizmente, tenho esse problema. Após um certo tempo e, dependendo da intensidade do jogo, sinto dores", explicou o tenista, finalista do ATP 500 de Roterdã neste ano.

Pensando em sua equipe na Davis, Tsonga resolveu anunciar logo seu afastamento da competição. "Não posso correr esse risco e acabar sentindo dores depois de duas partidas. Isso seria muito ruim para meu país", acrescentou o francês.

Na temporada 2010, Tsonga sofreu com uma grave lesão no joelho, que o tirou de combate no segundo semestre. Apesar do problema de hérnia, o tenista espera voltar às quadras no Masters 1000 de Indian Wells. Caso precise de cirurgia, o francês pode ficar até três meses longe das quadras.

Tsonga é o segundo desfalque da equipe da França para o primeiro desafio da Copa Davis, marcado para os dias 4, 5 e 6 de março. Número 12 do mundo, Gael Monfils está fora da competição por causa de dores crônicas no punho. Capitaneada por Guy Forget, a equipe parte bastante desfalcada para Viena para o duelo contra os jogadores da casa.

Revoltados, santistas fazem protesto e pedem saída de Adilson

 . Foto: Diego Garcia/Especial para Terra

Adilson Batista é alvo de protesto após derrota em clássico

A crise pode mesmo estar chegando ao Santos. Após o empate sem gols contra o Deportivo Táchira e a derrota por 3 a 1 no clássico contra o Corinthians, a torcida perdeu a paciência com o técnico Adilson Batista e já pede a saída do treinador, mesmo com seu bom aproveitamento na equipe (63% dos pontos).

Nesta segunda-feira, a padaria Santista, tradicional reduto de torcedores em dias de jogos, amanheceu com uma enorme faixa pedindo a queda de Adilson e reformulação na Vila Belmiro. A panificadora é famosa na cidade de Santos e abriga grande quantidade de santistas, além de apresentar um grande acervo de equipamentos do clube.

"Essa é uma opinião de todos os nossos fregueses, que estão insatisfeitos desde a chegada do Adilson Batista como técnico", limitou-se a dizer o dono do estabelecimento, Carlos Eduardo Fernandes, o Carlinhos.

Cido, funcionário do lugar e figurinha carimbada nos dias de partidas do Santos, foi outro que se mostrou revoltado com o técnico. "Todos os clientes estão bravos com ele. Ele não é técnico para o Santos. Deixar Zé Eduardo e Maikon Leite no banco não dá", afirmou o torcedor.

"Ele não pode dirigir nenhum dos quatro times grandes de São Paulo. O negócio dele é a Ponte Preta, esses times", completou o torcedor, que aproveitou para pedir um novo treinador: "quero o Felipão no Santos. Com ele, com certeza iríamos ganhar a Libertadores".

Em 10 partidas na Vila Belmiro, Batista venceu cinco, empatou quatro e perdeu uma - justamente o clássico contra o arquirrival Corinthians. Agora, o treinador espera recuperar a calmaria vencendo o compromisso com o São Bernardo, no sábado, às 18h30 (de Brasília), na Vila Belmiro.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

Renegado do Santos brilha, Corinthians vence clássico e é 3º

O clássico entre Corinthians e Santos, neste domingo, no Pacaembu, foi decidido por um herói improvável. O lateral esquerdo Fábio Santos - que chegou a ter passagem muito apagada pelo clube da Vila Belmiro em 2008 - marcou dois gols na vitória corintiana por 3 a 1, ambos na bola parada: um lindo chute em cobrança de falta e uma cobrança de pênalti. Elano descontou para os santistas, mas Liedson fechou o triunfo no final; o clube da capital venceu o jogo, se manteve invicto no Campeonato Paulista e alcançou a terceira colocação.

Em uma partida sem muitas chances claras de gol, o Corinthians foi melhor durante boa parte do jogo, enquanto o Santos pareceu "perdido" com a escalação escolhida por Adilson Batista. Elano foi o único destaque dos visitantes, enquanto o time da casa se aproveitou da boa movimentação de Jorge Henrique, Morais, Dentinho e Liedson na frente.

Com o resultado, o time do Parque São Jorge chegou a 19 pontos - ultrapassando o próprio Santos, que parou nos 18. O líder é o Palmeiras, que empatou sem gols com o Mogi Mirim e chegou a 20 pontos na classificação, seguido pelo Mirassol - que tem também 19 pontos, mas supera os corintianos no número de vitórias (6 a 5).

O clássico também foi marcado por homenagens a Ronaldo antes do apito inicial. O agora ex-atacante subiu ao gramado do Pacaembu com os filhos Ronald e Alex, acenou para as arquibancadas, recebeu placas da torcida e do presidente Andrés Sanchez e ainda declarou que continuará sendo um "louco do bando" após a aposentadoria.

O jogo

A escalação corintiana teve algumas surpresas de Tite, como a barração de Danilo e a volta de Bruno César ao banco de reservas. Em campo, o time seguiu no 4-2-3-1, com Ralf e Paulinho como volantes e um quarteto ofensivo formado por Jorge Henrique, Morais, Dentinho e Liedson. Pelo lado santista, Adilson Batista manteve Zé Eduardo e Maikon Leite na reserva, escalando Robson atrás da dupla de frente formada por Diogo e Neymar.

Sem uma referência na área, o Santos trocava passes na intermediária ofensiva, mas não conseguia penetrar a defesa do rival. Os primeiros minutos do clássico foram movimentados, mas sem muitas chances de gol: aos 8min, Liedson teve boa oportunidade na risca da área, mas foi travado na hora do chute.

Com Neymar totalmente sumido, o time santista tinha em Elano seu principal jogador. Porém, o Corinthians parecia mais bem postado em campo e aos poucos ia dominando o confronto. Aos 14min, Paulinho experimentou da intermediária, mas o goleiro Rafael encaixou. A resposta dos visitantes veio no minuto seguinte: Elano bateu falta para a área e Durval, sozinho, cabeceou por cima do travessão.

Sentindo falta de um meia com característica de armação, o Corinthians tinha dificuldades para converter seu melhor momento em oportunidades claras. A saída, então, veio na bola parada. Morais já havia tentado bater uma falta direto para o gol, mas parou na barreira; aos 23min, porém, Fábio Santos acertou o ângulo de Rafael em cobrança perfeita de pé esquerdo, balançando as redes no Pacaembu.

Após o gol, o time de Tite cresceu na partida e o Santos passou a encontrar ainda mais problemas para levar a bola à frente. As chances de gol, porém, seguiram escassas. O Corinthians teve boas oportunidades de encaixar contra-ataques, mas falhou no último passe, falhando em ampliar o marcador.

Já aos 40min, Elano foi recompensado pela boa atuação isolada no primeiro tempo. O camisa 8 tentou passe para Neymar e foi travado, mas a bola voltou para ele na entrada da área; de primeira, o meio-campista acertou belo chute no ângulo de Júlio César, empatando o clássico.

Durante o intervalo, a chuva começou a cair com força no Pacaembu. As equipes voltaram sem alterações para a segunda etapa, mas o Santos retornou com uma postura mais agressiva: aos 4min, Elano recebeu na área em jogada rápida e bateu para grande defesa de Júlio César. Dois minutos depois, Neymar avançou contra a defesa em contra-ataque, mas chutou muito mal, para fora.

Com o campo pesado, os dois times corriam mais do que criavam. Adilson Batista sacou Possebon e Robson para as entradas de Adriano e Maikon Leite, mas o time sofreu o segundo gol pouco depois: Dentinho fez ótima jogada pela esquerda e foi derrubado na área justamente por Adriano. Fábio Santos assumiu a responsabilidade de bater o pênalti e deslocou Rafael, marcando seu segundo gol na partida aos 15min.

Novamente atrás no placar, o Santos continuava esbarrando na forte marcação do Corinthians quando chegava perto da área adversária. Tite promoveu o retorno de Bruno César aos campos no lugar de Dentinho aos 31min, e Adilson respondeu com sua última substituição dois minutos depois, lançando o time à frente: Zé Eduardo substituiu o lateral direito Danilo.

Apesar do ímpeto santista, o Corinthians aproveitou um contra-ataque aos 41min para definir o jogo. Ralf roubou a bola no meio de campo e lançou Liedson, que avançou e tocou por cobertura, acabando com as chances de reação da equipe praiana.

Boavista surpreende, elimina Flu e vai à final da Taça Guanabara

De forma dramática e surpreendente, o Boavista conquistou neste sábado sua vaga para a final da Taça Guanabara. Depois de empatar por 2 a 2 com o Fluminense no tempo regulamentar, em partida realizada no Estádio do Engenhão, o time comandado pelo técnico Alfredo Sampaio garantiu sua vitória nos pênaltis por 4 a 2, graças à atuação destacada do goleiro Thiago, que defendeu duas cobranças na série decisiva.

Curiosamente, o time chegava pela primeira vez a uma semifinal de turno do Campeonato Carioca. Agora, decide o título da primeira taça da competição no próximo domingo, contra o vencedor do duelo entre Flamengo e Botafogo. Os rivais se enfrentam neste domingo, às 16h (de Brasília), também no Estádio do Engenhão.

Mesmo com pouca torcida presente ao local, o Fluminense começou a partida pressionando, principalmente nas jogadas com Rafael Moura pelo lado esquerdo do ataque - tanto que o primeiro gol do jogo só saiu em uma falta sofrida pelo camisa 10, na entrada da área, aos 7min. Na cobrança, Marquinho bateu com categoria e acertou o travessão; a bola pingou dentro do gol, mas o próprio Rafael Moura se encarregou de cabecear para dentro e evitar reclamações.

Mas a festa do atual campeão brasileiro durou pouco tempo, exatos quatro minutos. Aos 11min, quem teve falta marcada na entrada da área foi o Boavista, cometida pelo volante Edinho. E na cobrança ensaiada, Tony recebeu de Paulo Rodrigues na intermediária e aproveitou a confusão na área para acertar um forte chute, que entrou no ângulo direito do goleiro Ricardo Berna.

Com uma partida equilibrada, a equipe de Saquarema apostava em lançamentos longos, enquanto o Fluminense tentava colocar a bola no chão. Mas com um ritmo mais lento, e igualmente tentando na bola aérea, o time de Muricy Ramalho só teve outra boa chance aos 29min, em falta pela direita - desta vez, Marquinho arriscou o chute da entrada da área e mandou por cima. Na resposta, aos 31min, André Luis, que completava 25 anos no dia, escapou pela direita e saiu da marcação de Leandro Euzébio, mas bateu para fora e perdeu a chance da virada do Boavista.

Aos 32min, outra falta para o Flu na intermediária e um lance polêmico: Tony apareceu antes da barreira, no meio do caminho, e desviou o tiro de Fred com o pé. Os tricolores em campo reclamaram, mas o lance só parou porque o goleiro Thiago caiu em dividida com Rafael Moura e precisou de atendimento. Porém, a redenção veio aos 37min: após bola cruzada por Darío Conca pela esquerda, o mesmo Rafael Moura escorou para trás pela direita e evitou que a bola saísse. Fred, sozinho na pequena área, apenas empurrou de cabeça e marcou seu nono gol na Taça Guanabara, isolando-se na artilharia da competição.

No fim do primeiro tempo, a equipe alviverde ainda teve nova chance em pancada de Gustavo que Ricardo Berna defendeu em dois tempos. No começo da etapa final, porém, o Boavista quase empatou de novo, e em outro chute de longe. Desta vez, o tiro do ex-vascaíno Edu Pina da intermediária aos 6min passou rente ao ângulo direito de Ricardo Berna, que se esticou. Aos 7min, Leandro recebeu na entrada da área e bateu para fora, desperdiçando outra oportunidade.

Aí, de tanto pressionar, os comandados de Alfredo Sampaio finalmente chegaram ao empate: aos 10min, o aniversariante André Luís recebeu o cruzamento rasteiro pela esquerda e escorou, em meio à defesa tricolor. Porém, a partir daí, o que se viu foi o Fluminense tentando evitar o desespero e tomar conta da partida, principalmente com tentativas de longe e mais cruzamentos. Conseguiu, mas sem balançar as redes.

Mesmo assim, o Flu resumiu suas melhores chances na segunda etapa ao chute de Souza aos 19min, que Thiago "defendeu" de queixo, e à tentativa de Conca aos 22min, que o goleiro do Boavista também mandou para fora. Ricardo Berna evitou a virada aos 34min, em chute de Leandro Chaves, mas Thiago também manteve a igualdade na defesa verde, em tentativa de Rafael Moura aos 43min da etapa final.

Sem decidir no tempo normal, os dois times foram para os pênaltis, nos quais o Boavista levou a melhor. O time de Saquarema converteu com Paulo Rodrigues, Tony, Frontini e Edu Pina, enquanto o Fluminense fez somente com Rafael Moura e Souza - Conca perdeu o primeiro, e Rodriguinho perdeu o quarto, ambos defendidos por Thiago. Festa do goleiro e da torcida alviverde, em minoria, que agora aguardam Flamengo ou Botafogo para tentar continuar fazendo história.

Com Kaká titular, Real bate Levante e põe pressão no Barcelona

 . Foto: Reuters

Ricardo Carvalho vibra com segundo gol do Real Madrid no Santiago Bernabéu

Poupando alguns titulares por conta do duelo contra o Lyon pelas oitavas de final da Liga dos Campeões, na terça-feira, o Real Madrid obteve uma vitória tranquila sobre o Levante neste sábado, por 2 a 0. Com o alemão Mesut Özil no banco, o brasileiro Kaká jogou por 76 minutos, mas não balançou as redes na partida válida pelo Campeonato Espanhol.

Karim Benzema e Ricardo Carvalho fizeram os gols do triunfo do time da capital, que chegou a 60 pontos - dois a menos que o líder Barcelona, que recebe o Athletic de Bilbao neste domingo. Já o Levante, com a derrota, segue com 24 pontos, próximo à zona de rebaixamento.

O Real abriu o placar logo aos 7min, com o francês Benzema aproveitando passe do argentino Ángel Di María e finalizando de pé esquerdo. Já aos 41min, Cristiano Ronaldo bateu falta da esquerda e o zagueiro Ricardo Carvalho apareceu na área para empurrar para as redes de curta distância.

Na próxima rodada, os comandados de José Mourinho mantêm a perseguição ao Barcelona diante do Deportivo La Coruña, fora de casa. Já o Levante tenta melhorar sua situação no Espanhol recebendo o Osasuna, que também briga contra o rebaixamento.

Além de jogar a pressão para cima do rival, o jogo serviu para o técnico José Mourinho confirmar a marca de nove anos sem derrotas em casa por competições nacionais. Desde o Porto em 2003, passando por Chelsea e Inter, o técnico tem 152 vitórias e 28 empates em 180 jogos como mandante.

Atlético bate Zaragoza e volta a vencer

Em outra partida da rodada, o Atlético de Madrid voltou a ganhar no Campeonato Espanhol após quatro derrotas seguidas. O time visitou o Zaragoza e levou a melhor por 1 a 0, gol do argentino Agüero, chegando a 33 pontos, na sétima posição. Já o Zaragoza, com 23 pontos, está à beira do rebaixamento.

Mari volta a atuar e Unilever passeia sobre o Mackenzie

 . Foto: Fernando Soutello/Divulgação

Ponteira admitiu ansiedade, mas ganhou elogios de Bernardinho após partida

Após ficar cinco meses fora das quadras devido a uma lesão no joelho direito, a ponteira Mari voltou a atuar pela equipe do Unilever e ajudou o time carioca a vencer o BMG/Mackenzie por 3 sets a 0, parciais de 25/12, 25/19 e 25/18, em partida válida pela quinta rodada do returno da Superliga Feminina de vôlei.

Em setembro, Mari passou por uma cirurgia para correção de ruptura total do ligamento cruzado do joelho direito e ficou de fora do Mundial do Japão. Na semana passada, ela foi relacionada para a partida contra o Usiminas/Minas, mas não chegou a ser utilizada por Bernardinho.

"Não teve nada fácil nem nada difícil. A tensão já tinha passado na quinta-feira contra a Usiminas/Minas. Não esperava jogar três sets. Foi muito bom. O joelho está ótimo, não reclamou em nenhum momento. E também não tive dores", disse a atleta, que reconheceu a ansiedade até marcar o primeiro ponto na partida.

"Depois, tudo fluiu com tranquilidade. Fiquei um pouco apreensiva até marcar o primeiro ponto. Aí, me soltei em quadra", disse.

O técnico Bernardinho elogiou a volta de Mari e exaltou a importância da atleta na equipe. "Ela cometeu poucos erros, se apresentou bem fisicamente. Com isso, o time tem uma grande opção. Certamente, ela trará uma grande contribuição à equipe, será um grande reforço", analisou.

Com 21 acertos, a oposto Sheilla, da Unilever, foi a maior pontuadora da partida, sendo 18 de ataque, dois de bloqueio e um de saque. Com o resultado, a equipe comandada pelo técnico Bernardinho se mantém na liderança da competição, ultrapassando o rival Sollys/Osasco. O BMG/Mackenzie permanece na nona colocação.

Na próxima quinta-feira, a Unilever encara o Pauta/São José, em Santa Catarina. O BMG/Mackenzie enfrenta o São Caetano, fora de casa.

Roddick vence Del Potro e faz final com Raonic em Memphis

O norte-americano Andy Roddick, primeiro cabeça de chave do ATP de Memphis, superou neste sábado o argentino Juan Martín Del Potro por 2 sets a 0, com parciais de 6-3 e 6-4, e chegou, pela quinta vez em sua carreira, à final do torneio, o qual venceu duas vezes. Na decisão, ele enfrenta o canadense Milos Raonic.

Roddick, oitavo colocado no ranking mundial, conquistou este torneio em 2002 e em 2009. Se vencer novamente, alcançará o 30º título de sua carreira.