Com desfalques, Flu chega ao México para jogo decisivo

Muricy Ramalho comanda Fluminense em empate sem gols com o Nacional-URU pela Copa Libertadores. Foto: Wallace Teixeira/Photocamera/Divulgação

Altitude e desfalques são os problemas de Muricy Ramalho para jogo contra o América do México

Depois de empatar os dois primeiros jogos atuando em casa, o Fluminense chegou na manhã desta segunda-feira (6h30 horário local) na Cidade do México, onde na quarta-feira terá a missão de vencer o América no estádio Azteca para se recuperar no grupo 3 da Taça Libertadores. A maioria dos jogadores parou para atender a imprensa. Os zagueiros, porém, preferiram adotar o silêncio. Incomodados com as críticas que vêm recebendo recentemente, os defensores preferiram não conceder falar.

No entanto, a luta pelos três pontos será dificultada por conta dos desfalques do técnico Muricy Ramalho, principalmente no ataque, todos por lesão. Autor do gol do título no Campeonato Brasileiro do ano passado, Emerson ainda não entrou em campo e ficou no Rio de Janeiro recuperando a forma depois de ter curado uma lesão no tornozelo.

Nos últimos dias, o jogador ganhou as companhias de Rodriguinho, que ficará fora por cerca de três meses por conta de uma contusão na coxa direita, e Fred, que sofreu uma pancada na panturrilha esquerda na eliminação da equipe da Taça Guanabara para o Boavista.

O camisa 9 vinha se recuperando bem, mas durante o treino do último sábado o problema voltou a incomodá-lo, e ele também não viajou. "Examinei o atleta e constatei que ele não se apresenta em condições por ainda ter um pequeno edema na panturrilha, o que justifica a dor que ele sentiu", explicou o médico Victor Favilla.

Assim, Muricy terá à disposição Tartá, Willians, Araújo e Rafael Moura para compor o setor ofensivo, sendo que os dois últimos deverão começar jogando na quarta-feira. O último já vem atuando como titular por conta da ausência de Emerson, enquanto Araújo deverá ter a primeira oportunidade de atuar durante os 90 minutos. Assim, o meia Marquinho deverá retornar ao banco de reservas.

O treinador descartou a possibilidade de escalar apenas um atacante e de buscar um empate no México já que, após ter ficado no 2 a 2 com o Argentinos Juniors e no 0 a 0 com o Nacional do Uruguai, o Flu está em uma situação complicada em sua chave, no terceiro lugar, com dois pontos, atrás dos argentinos, que têm quatro, e do próprio América, que soma três.

Apesar de o Fluminense ter dois dias para se adaptar aos 2,3 mil metros de altitude do estádio Azteca, o técnico do time pediu atenção com os efeitos na velocidade da bola: "A maior dificuldade não é a altitude, mas a bola. Esperamos que nossos jogadores se adaptem".

O goleiro Ricardo Berna pretende aproveitar os dois dias de treinamento para se adaptar à altitude. "A bola não perde a velocidade e você acaba perdendo um pouco o tempo de bola. Mas terei dois dias aqui para conseguir me adaptar e ajudar o Fluminense".

A provável escalação para enfrentar o América do México é a seguinte: Ricardo Berna; Gum, Digão, Leandro Euzébio; Mariano, Edinho, Diguinho, Conca, Carlinhos; Araújo e Rafael Moura.

Comentários

  1. Ola

    Venho por meio, apresentar o melhor site de programação desportiva nacional.
    Para aceder basta entrar em: www.Futebolnatv.com

    Obrigado pela sua visita
    Cumprimentos
    Futebolnatv


    www.futebolnatv.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Coloque seus dotes esportivos para funcionar!!