segunda-feira, 30 de novembro de 2015

Kobe anunciou aposentadoria, mas ainda poderá jogar a Olimpíada

(Foto: Flávio Florido/UOL)


Kobe Bryant anunciou na noite de domingo que se aposentará ao fim da temporada 2015/2016 da NBA, em junho. Mas o astro do Los Angeles Lakers poderá fazer a sua despedida do basquete só nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, em agosto.

Em entrevista ao site americano da ESPN, o presidente da USA Basketball (a federação americana da modalidade) Jerry Colangelo, afirmou que o atleta ainda faz parte dos planos para a Olimpíada e concorre a um dos 12 lugares no time que tentará o terceiro título consecutivo.

Em novembro, antes de anunciar que iria se aposentar, Kobe deu uma entrevista à agência de notícias Associated Press no qual manifestou seu desejo de jogar no Rio, aquela que seria a terceira Olimpíada de sua carreira.

"Eu gostaria de jogar. Penso que seria incrível, uma bonita experiência", disse o jogador de 37 anos.

Os 12 jogadores que representarão os Estados Unidos no Rio serão anunciados em junho. 

UOL Esporte

Cuca? Atacante do Atlético-MG 'pede' Guardiola para treinador

(Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG)


Desde que Levir Culpi deixou o Atlético-MG na última quinta-feira, nem mesmo a disputa pelo vice-campeonato do Brasileirão ganhou mais destaque que os eventuais treinadores do clube para a temporada de 2016. Para alguns jogadores, é importante que o futuro técnico seja confirmado ainda antes de entrarem de férias. Mas isso não quer dizer que os atletas estejam dispostos a mostrarem suas preferências. Pelo menos quando questionados sobre Cuca, Muricy ou Sabella. Para um deles, o desejo mesmo seria de contar com um dos melhores do mundo na Cidade do Galo.

"Minha preferência é o Guardiola, tem como? Com ele a gente joga. Joguei com um treinador chamado Fernando Diniz que trabalha parecido, mas minha preferência é o Guardiola", brincou o atacante Luan, se esquivando ao ser questionado sobre sua preferência entre os nomes especulados para dirigir o Atlético.

Fernando Diniz foi técnico de Luan quando o jogador ainda estava no Atlético de Sorocaba, mas foi pelo Audax que o treinador ganhou mais notoriedade, explorando bastante o estilo 'tiki-taka' dentro de campo.

Quando questionado diretamente sobre as possibilidades de voltar a trabalhar com Cuca, Luan mais uma vez saiu pela tangente e jogou a decisão para a diretoria.

"Cuca, né?! Não tem nada o que falar não. Deixar para o presidente esse pepino. Estou aqui para ajudar o Galo. Não importa o treinador que venha. Ele tem que resgatar a confiança do time, dar o melhor, pois 2016 tem de dar um título importante", disse.

No último domingo, após a derrota para o Grêmio, o presidente do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, se recusou a falar com os profissionais de imprensa alegando que não tinha nenhuma novidade para contar. Nos últimos dias, o mandatário foi aos microfones e deu indícios de que o nome do futuro treinador atleticano não fugirá dos atuais mais especulados, como Muricy Ramalho e Cuca.

Na partida diante da Chapecoense, no próximo domingo, o Atlético será novamente comandado por Diogo Giacomini à beira do campo, assim como ocorreu diante do Grêmio, em Porto Alegre. No Mineirão, o time alvinegro terá a tarefa de fazer seu dever de casa para assegurar o vice-campeonato brasileiro após tropeças nas últimas duas rodadas.

UOL Esporte

Neymar é finalista do Bola de Ouro; Messi e C. Ronaldo são os rivais

(Foto: AP)


Neymar, atacante do Barcelona, é um dos três finalistas do prêmio Bola de Ouro, concedido pela Fifa ao melhor jogador do ano. É a primeira indicação do atacante de 23 anos na maior premiação individual do futebol. Neymar terá como concorrentes Lionel Messi (Barcelona) e Cristiano Ronaldo (Real Madrid). O anúncio dos três melhores atletas de 2015 ocorreu nesta segunda-feira.

A última vez que um brasileiro figurou na final da eleição do melhor do mundo foi Kaká, em 2007. Na ocasião, o meio-campista faturou o prêmio.

A revista France Football, organizadora do prêmio junto à Fifa, revelou em seu site os três finalistas cerca de 20 minutos antes do anúncio oficial da Fifa.

O prêmio Bola de Ouro será entregue ao vencedor no dia 11 de janeiro, na Suíça. A escolha do melhor atleta do ano é feita com base em votação reunindo técnicos e jogadores de seleções e jornalistas.

Cristiano Ronaldo e Messi já eram esperados para a final. Neymar disputava a terceira vaga com Luis Suárez.

Na premiação pelo gol mais bonito do ano, a Fifa selecionou o brasileiro Wendell Lira, que fez o gol pelo Goianésia. Wendell concorrerá com Messi e Florenzi.

Na categoria melhor técnico (futebol masculino) concorrem Pep Guardiola, Jorge Sampaoli e Luis Enrique. Os melhores técnicos no futebol feminino são Jill Ellis (EUA), Mark Sampson (Inglaterra) e Norio Sasaki (Japão).

As três jogadoras finalistas do Bola de Ouro são: Carli Lloyd (EUA), Aya Myama (Japão), Celia Sasic (Alemanha).

A indicação de Neymar ao prêmio de melhor do mundo coroa uma temporada brilhante. O brasileiro conquistou quatro títulos pelo Barcelona: Liga dos Campeões, Campeonato Espanhol, Copa do Rei e Supercopa da Uefa (essa última ele ficou de fora se recuperando de caxumba). Neymar tem até agora 45 gols na temporada, 41 deles pelo Barcelona e quatro pela seleção brasileira.

Neymar terminou a Liga dos Campeões 2014-15 como um dos artilheiros (10 gols). Na Europa desde 2013, Neymar passou recentemente por sua maior prova: substituir Messi.

Sem o craque argentino na equipe catalã (que se recuperava de lesão), Neymar contribuiu para manter o alto rendimento do Barça em campo, formando dupla com Luis Suárez. O camisa 11 do time catalão desponta na artilharia do Campeonato Espanhol.

Pela seleção brasileira, Neymar não apresentou o mesmo volume de jogo. Ele falhou no maior desafio: a Copa América. Neymar foi expulso na 1ª fase contra a Colômbia, levou gancho da Conmebol e deixou a competição. Nas Eliminatórias da Copa, Neymar disputou apenas uma das três partidas, com rendimento apenas regular.

Os concorrentes de Neymar ao prêmio de melhor do mundo estão acostumados com a disputa. Lionel Messi é finalista pela nona vez e ganhou 4 vezes o prêmio, contra 3 títulos do português (que faz sua oitava final de Bola de Ouro). 

O Bola de Ouro foi criado em 1956 pela revista francesa France Football. Em 1991, a Fifa uniu a premiação. Cinco brasileiros ganharam o troféu de melhor do mundo: Romário (1994), Ronaldo (1996, 1997 e 2002), Rivaldo (1999), Ronaldinho (2004 e 2005), além de Kaká (2007).

UOL Esporte

Árbitro da final, Heber 'estreia' em jogos do Verdão e apita 4º do Peixe

Heber Roberto Lopes será o árbitro da final da Copa do Brasil, nesta quarta-feira, entre Palmeiras e Santos, no Allianz Parque. O árbitro, que apita por Santa Catarina, foi o sorteado pela CBF e será auxiliado por Emerson Augusto de Carvalho, de São Paulo, e Marcelo Carvalho Van Gasse, também de São Paulo.

O escolhido irá apitar um jogo do Verdão pela primeira vez em 2015, enquanto que estará presente pela quarta vez em uma partida do Peixe na temporada. Heber apitou Santos 4x0 Atlético-MG, Santos 3x1 Internacional e Santos 0x0 Flamengo, todos na Vila Belmiro.

A diretoria do Palmeiras, que reclamou muito de pênalti não marcado em Lucas Barrios na partida de ida da final, quando o duelo estava 0 a 0, fez críticas à arbitragem de Luiz Flávio de Oliveira desde o apito final na semana passada. O Santos respondeu. A polêmica aumenta a pressão sobre o escolhido para apitar a grande decisão.

Heber Roberto Lopes esteve presente em 20 partidas da Série A do Brasileirão.

UOL Esporte

A cidade planejada que não sabe se planejar para receber eventos esportivos

(Foto: Dilvugação/GDF)


Sabia-se havia pelo menos três meses que a seleção feminina de handebol faria em Brasília seus últimos amistosos antes da defesa do título mundial na Dinamarca. A cidade está longe de ter qualquer ligação mais próxima com a modalidade, mas foi escolhida porque é a sede dos dois patrocinadores do esporte estão no Distrito Federal: Correios e Banco do Brasil.

É de conhecimento geral que o ginásio  Nilson Nelson tem um problema crônico de goteiras. Basta lembrar do fiasco internacional de 2011, durante o Campeonato Mundial de patinação artística, em que atletas de outros países até se lesionaram após quedas decorrentes da umidade no piso em razão das goteiras.

Anos antes, em 2009, o ex-governador José Roberto Arruda, fora acusado de improbidade administrativa pela reforma do ginásio sem licitação por R$ 5,5 milhões. A 4ª Vara da Fazenda Pública do DF, no entanto, absolve o mandatário, que logo em seguida cairia em desgraça por causa do esquema de corrupção conhecido como Mensalão do DEM.

E sabe-se, desde sempre, que novembro é um mês de chuva na capital federal.

Portanto, não dá para dizer que o cancelamento dos amistosos com Brasil, Eslovênia, Sérvia e Argentina no Nilson Nelson foi uma surpresa. Só compõe um rosário de eventos frustrados em Brasília, Distrito Federal, nos últimos anos.

Ayrton Senna, Nelson Piquet e outras incoerências

A foto acima é do Complexo Esportivo Ayrton Senna. Fica no centro da capital, a um quilômetro de quase todos os hotéis da cidade, a três quilômetros do Ministério do Esporte e a cinco do Congresso Nacional. É um setor desenhado pelo genial arquiteto e urbanista Lúcio Costa quando da concepção da cidade, há mais de 50 anos.

Seria o local perfeito para receber todo e qualquer evento esportivo. Reúne um autódromo, um ginásio de médio porte coberto, com uma piscina coberta, quadras poliesportivas ao ar livre, quadras de tênis, um complexo aquático, além do Estádio Mané Garrincha. Havia até um velódromo.

Mas esta região está longe de ser um polo esportivo. Ainda em 2013, o repórter Aiuri Rebelo mostrou a propaganda enganosa do GDF, sob a gestão de Agnelo Queiroz, sobre a utilização do Complexo.

Hoje, menos da metade desses espaços reúnem condições de uso.

O Nilson Nelson, como vimos no final de semana, sofre com goteiras e uma estrutura precária.

O Autódromo está sem metade da pista desde o cancelamento da F-Indy, em janeiro. Ironicamente, o autódromo do Complexo Esportivo Ayrton Senna recebe o nome de Nelson Piquet, duas figuras que dificilmente poderíamos chamar de amigos próximos. Não há previsão para que a reforma seja concluída.

Entre a pista e o estádio Mané Garrincha está o ginásio Cláudio Coutinho, com capacidade estimada em até oito mil espectadores, prestes a completar duas décadas de abandono. Está trancado e deteriorando-se a cada dia. Ali também havia uma piscina coberta. As quadras poliesportivas e de tênis são decrépitas e inapropriadas para uso, apesar de ainda ser utilizada por alguns corajosos. O velódromo foi derrubado com a promessa de ser construído um novo, o que nunca se concretizou.

Ao lado do Cláudio Coutinho, há o complexo aquático, em que são oferecidas aulas de natação e saltos ornamentais pelo GDF. Este funciona sem sustos.

E a joia da coroa é o Mané Garrincha, que além de servir como terminal de ônibus, não despertou interesse da iniciativa privada e ainda por cima não consegue arrecadar o suficiente para cobrir o rombo de R$ 800 mil mensais de manutenção.  Neste final de semana, recebeu um jogo de futebol amador em que terminou com a morte de uma pessoa por parada cardíaca.

UOL Esporte - Blog do Danilo Brito

domingo, 29 de novembro de 2015

Com ginásio lotado, Carlos Barbosa goleia e é campeão da Liga Futsal

(Foto: Ricardo Artifon)


A equipe de futsal do Carlos Barbosa recebeu o Orlândia na tarde desse domingo (29), na decisão da Liga Futsal 2015 e não tomou conhecimento do adversário. Com direito a gol na gaveta, a “Laranja Mecânica” do futsal dominou totalmente o jogo e comemorou o título na liga após uma goleada de 5 a 1.

O resultado consagra a equipe do Rio Grande do Sul como o maior vencedor do torneio. Os outros títulos foram conquistados em 2001, 2004, 2006 e 2009. Do lado visitante, o Orlândia fica com o segundo vice-campeonato consecutivo, tendo chegado a sua quarta final de forma direta (a equipe conquistou dois torneios).

Carlos Barbosa sofreu uma baixa logo no começo do jogo. Zico foi expulso por uma cotovelada em Felipe. No entanto, os visitantes não souberam aproveitar a chance e sofreram para chegar ao gol dos donos da casa. Nos 15 minutos do primeiro tempo, a equipe azul já perdia o confronto por 2 a 0.

Na volta do segundo tempo, Carlos Barbosa sofreu alguns sustos com a chegada do adversário, mas no primeiro lance de perigo, Pito dominou no peito e deu uma bicicleta, marcando um dos gols mais bonitos da competição. 

Dieguinho ainda chegou a descontar para os visitantes e sendo consagrado como o artilheiro da competição, mas nada que pudesse tirar o título do maior campeão da modalidade no Brasil.

América e Tigres vão às semifinais no México

(Foto: Reprodução/ESPN)


O América avançou para as semifinais do Campeonato Mexicano de futebol ao eliminar o León, que venceu neste sábado por 2 a 1, mas que, no placar agregado, foi superado por 5 a 3 pelas quartas de final do Torneio Apertura 2015.

Embora tenha sido superado na partida, o América selou sua vaga para as semifinais ao conseguir defender com sucesso a vantagem de 4 a 1 que tinha conseguido no jogo de ida, no estádio Azteca.

Já o Tigres, comandado pelo brasileiro Ricardo Ferretti, bateu o Jaguares de Chiapas por 1 a 0 e conquistou um placar global de 3-1 em outro jogo da quarta de final.

Este domingo tem as outras duas quartas de final, entre Pumas e Veracruz e entre Toluca e Puebla. Só depois delas é que serão definidos os duelos das semis.

ESPN

Goteiras voltam a atacar e jogo da seleção de handebol é cancelado

(Foto: Felipe Costa/Divulgação)


O ginásio Nilson Nelson, em Brasília, voltou a sofrer com as goteiras neste sábado (28). Em um jogo preparatório da seleção brasileira de handebol feminino contra a Eslovênia, os pingos de água voltaram a cair no ginásio e a partida precisou ser cancelado quando estava 8 a 8.

Durante a partida, a brasileira Deonise escorregou por conta do problema com goteiras e algumas jogadoras sofreram para ficar de pé no piso escorregadio. Por conta destes problemas, o técnico Morten Soubak pediu tempo e a partida acabou sendo cancelada.

"No começo estava bom e tentamos. Mas a situação foi piorando. Muita unidade. As jogadoras pisavam a subia água desta umidade. Espero que melhore as condições do tempo e que a gente tenha condição de jogar. Eu sinto muito por todas as pessoas que estão torcendo para nós. Sinto muito que não conseguimos dar a este evento tudo o que ele merece", disse, em entrevista ao Sportv.

Esta partida válida pelo Torneio das Quatro Nações e já havia sido adiado na última sexta-feira também por problemas com goteiras. Se o ginásio tiver condições, Brasil segue sua preparação para o Mundial neste domingo (29), contra a Sérvia. Também existe a possibilidade do jogo ser transferido para o ginásio do Corpo de Bombeiros local.

UOL Esporte

Após ter recorde quebrado, Nistelrooy 'tira o chapéu' para artilheiro do Leicester

(Foto: Getty Images)


O ex-atacante holandês Ruud van Nistelrooy parabenizou neste sábado o inglês Jamie Vardy, do Leicester, que quebrou seu recorde de marcar gols em 11 jogos consecutivos pelo Campeonato Inglês.

"Parabéns, Vardy! Você é o novo número 1 e merece isso", escreveu o ex-atleta do Manchester United, justamente a vítima de hoje do goleador, em duelo que terminou com placar de 1 a 1.

O atacante, de 28 anos, balançou as redes aos 23 minutos do duelo disputado no King Power Stadium, deixando para trás a marca estabelecida pelo holandês entre as temporadas 2002/2003 e 2003/2004 - 10 partidas.

Vardy, por sua vez, revelou que entrou em campo sem estar pensando na sequência de gols, apenas em ajudar o Leicester, que com o empate, acabou sendo alcançado pelo Manchester City, novo líder do Inglês pelo saldo de gols.

"Falaram muito de mim, mas me mantive calmo, tentando não me preocupar com tudo isso. Sabia que seria uma briga dura contra Smalling (zagueiro do United). Fomos para o ataque e consegui marcar. É algo incrível, na verdade", afirmou Vardy, à "Sky Sports".

ESPN

Para o Vasco, é tudo ou nada pela permanência. Plano do Santos pode ajudar

(Foto: Paulo Fernandes)


Com grande risco de rebaixamento, o Vasco aposta todas as suas fichas contra o Santos, às 17h, em São Januário, na primeira de suas possíveis duas "finais" no Campeonato Brasileiro. Além de precisar vencer o Peixe, os vascaínos terão de ficar de olho na partida que acontecerá uma hora depois entre Palmeiras e Coritiba, já que um tropeço do Coxa em São Paulo é primordial para as pretensões do clube na Série A. O Figueirense foi derrotado pelo São Paulo por 3 a 2 e contribuiu para os planos vascaínos.

Pode contar a favor do Vasco no jogo o fato de o Santos entrar com seu time reserva. Apesar de também estar brigando por um lugar no G-4, o foco é na grande final da Copa do Brasil. E, desgastado após a vitória sobre o Palmeiras por 1 a 0 no primeiro confronto, o time paulista decidiu viajar ao RJ praticamente apenas com reservas. Os titulares farão um treinamento na Baixada Santista.

"Não teremos time titular no jogo de domingo. Estamos decidindo um campeonato. Não é brincadeira e não pode bobear. Foi a nona partida com chuva e campo pesado, algumas delas em sequência", disse Dorival logo após a vitória sobre o Alviverde na última quarta.

Para a partida, o técnico do Vasco, Jorginho, não poderá contar com o zagueiro Luan, suspenso, que será substituído por Rafael Vaz. Em compensação, ele terá o retorno do companheiro de zaga e capitão da equipe Rodrigo, que já fez quatro gols na competição. 

Destaque do time, o meia Nenê é indiferente em relação ao Santos que entrará em campo neste domingo:

"As vantagens são que os reservas não têm o ritmo de jogo que os titulares têm. E a desvantagem é que eles vão entrar querendo jogo. De qualquer maneira, será complicado". 

VASCO X SANTOS
Local: São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data e hora: 29 de novembro, às 17h
Árbitro: Leandro Pedro Vuaden (RS)
Auxiliares: Cleriston Clay Barretos Rios (SE) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)

Vasco
Martín Silva; Madson, Rafael Vaz, Rodrigo e Julio Cesar; Diguinho, Serginho, Andrezinho e Nenê; Jorge Henrique (Rafael Silva) e Riascos
Técnico: Jorginho

Santos
Vanderlei (Gabriel Gasparotto); Daniel Guedes, Werley, Paulo Ricardo, Chiquinho; Ledesma, Leandrinho, Geuvânio e Léo Cittadini; Leandro e Nilson
Técnico: Dorival Júnior

UOL Esporte

Brasil goleia Espanha e pega Rússia na final do Mundial feminino de futsal

(Foto: Reprodução/ESPN)


A seleção feminina de futsal do Brasil venceu a da Espanha por 4 a 0 neste sábado, dentro do mundial da categoria que é disputado na Guatemala.

Com a vitória de hoje, as brasileiras vão disputar a final, neste domingo, com a Rússia, que bateu Portugal por 7 a 2 na outra semifinal.

O Brasil não perde uma final desde que o Mundial começou a ser disputado em 2010.

ESPN

Vale pouco? Grêmio e Atlético-MG jogam por vice e R$ 2 milhões a mais

(Foto: Bruno Cantini/Clube Atlético Mineiro)
















Grêmio e Atlético-MG entram em campo nesta penúltima rodada do Brasileiro com objetivo único, neste domingo (29): o vice-campeonato. E o segundo lugar significa uma premiação R$ 2 milhões maior que a do terceiro colocado. De olho na verba, o jogo das 17h (horário de Brasília) torna-se atrativo para gaúchos e mineiros, que perderam contato com Corinthians e a briga pelo título ao longo da disputa. 

O Galo joga por dois resultados. Vitória ou empate em Porto Alegre definem o time alvinegro como vice-campeão. Aos tricolores, cabe apenas a vitória. E, mesmo vencendo, seria necessário contar com um tropeço do adversário na última rodada, diante da Chapecoense. Além de o Grêmio precisar bater o Joinville, já rebaixado. 

O Atlético-MG teve uma semana conturbada. Levir Culpi acertou sua saída do clube e o interino Diogo Giacomini comandará o time. "Foi uma decisão do Levir de não treinar o time nessas duas partidas, temos que respeitar", destacou o presidente Daniel Nepomuceno. 

No Grêmio o clima é mais tranquilo, mesmo que o vice-campeonato esteja mais longe. E a premiação oferecida aos atletas também não surtiu o efeito esperado. O vice-campeonato é, internamente, considerado algo 'legal', mas nada que faça o elenco se esforçar absurdamente. Externamente o discurso é outro, de tentar premiar a temporada com tal conquista. 

"Aqui no Brasil se fala que segundo é o primeiro dos últimos e o terceiro é o segundo dos últimos. Prefiro ser o segundo. Se fala na premiação que é maior. Mas seria, acima de tudo, uma vitória para este grupo. Por tudo que vivemos de dúvidas a respeito da nossa capacidade no começo do ano. Muitos achavam, e talvez com justiça, pelo que estávamos apresentando, principalmente nos primeiros jogos no Brasileiro e no começo do Gauchão, que brigaríamos na parte inferior da tabela. E hoje estamos na condição de ser o segundo melhor da competição. Eu vejo como uma vitória", disse o goleiro Marcelo Grohe. 

Para 'despedida', a torcida gaúcha promete encher o estádio. A expectativa da direção gremista é de 42 mil aficionados nas cadeiras da Arena. Será o primeiro jogo após a derrota no clássico Gre-Nal e uma boa presença de público servirá até para parabenizar pelo bom segundo semestre de temporada. 

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X ATLÉTICO-MG
Data e hora: 29/11/2015 (Domingo), às 17h (Brasília)
Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Transmissão na TV: Globo e PPV
Árbitro: Pericles Bassols Cortez (RJ)
Auxiliares: Emerson Augusto de Carvalho (SP) e  Rodrigo Henrique Correa (RJ)
GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo, Pedro Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro, Pedro Rocha, Douglas e Everton; Luan. 
Técnico: Roger Machado
ATLÉTICO-MG: Victor; Patric, Leonardo Silva, Jemerson e Douglas Santos; Leandro Donizete, Rafael Carioca, Giovanni Augusto, Dátolo e Luan; Lucas Pratto
Técnico: Diogo Giacomini

UOL Esporte

sábado, 28 de novembro de 2015

Administrador do 'Blog do Esporte' é o mais novo colunista do site Brasil MS

(Foto: Reprodução)


Desde o dia 10 de novembro, Nicholas Araujo, diretor e administrador do Blog do Esporte, é o mais novo colunista do site Brasil MS. A página tem como objetivo divulgar notícias, vídeos, informações, curiosidades, fotos e entretenimento no estado do Mato Grosso do Sul. O site conta com mais sete colunistas divididos em diversas editorias, como cultura, moda, política e curiosidades.

Mesmo com residência no estado de São Paulo, Araujo traz em sua nova coluna assuntos relacionados aos esportes praticados no estado do Mato Grosso do Sul, além de notícias nacionais, como o título do Corinthians e a expectativa das equipes para a temporada 2016. O site também conta com a parte de publicidade e divulgação de eventos e produtos.

Acessem agora o a página de Nicholas Araujo no Brasil MS: http://brasilms.com/category/araujo/

COI pode deixar México fora da Olimpíada do Rio por problemas políticos

(Foto: Ronaldo Schemidt/AFP)


O México corre o risco de ser impedido pelo Comitê Olímpico Internacional (COI) de enviar representantes para os Jogos do Rio de Janeiro, no próximo ano. Um conflito entre o governo do país da América do Norte e as federações esportivas envolvendo repasse de verbas poderá fazer com que a entidade internacional suspenda o Comitê Olímpico Mexicano.

Uma possível punição será discutida durante encontro do Conselho Executivo do COI entre os dias 8 e 10 de dezembro na cidade suíça de Lausanne. O COI impede a interferência governamental em federações esportivas. Por este motivo, o comitê do Kuwait se encontra suspenso no momento, colocando em risco a participação do país na Olimpíada.

Carlos Padilla Becera, presidente do Comitê Olímpico Mexicano, afirmou que seria uma tragédia o país ficar impedido de competir no Rio.

Para que os atletas não sejam prejudicados, o COI pode permitir que eles compitam como atletas independentes sob a bandeira do comitê. No momento, o México tem 50 vagas garantidas para a Olimpíada de 2016.

Em Londres-2012, o país conquistou sete medalhas, sendo uma de ouro, três de prata e três de bronze. O único ouro foi vencido pela seleção masculina de futebol, que na final derrotou o Brasil por 2 a 1.

O México tem lugar assegurado no torneio de futebol da Rio-2016 por ter ficado com o título do Pré-Olímpico da Concacaf.

UOL Esporte

Bandeira pretende anunciar técnico e reforços no Fla logo após reeleição

(Foto: Eduardo Anizelli/Folhapress)


A diretoria do Flamengo trabalha em reforçar o elenco e encontrar o novo comandante para 2016. As negociações evoluíram nos últimos dias e a expectativa da administração é a de fazer anúncios importantes tão logo o presidente Eduardo Bandeira de Mello seja reeleito. De acordo com as pesquisas, o mandatário é o favorito no pleito do dia 7 de dezembro. Confirmar importantes modificações é visto nos bastidores como uma demonstração de força.

Já é certo que o Rubro-negro terá um novo técnico na próxima temporada. Tudo caminha para o acerto com Muricy Ramalho. O treinador manifestou aos dirigentes o desejo de trabalhar no time carioca, sendo também bem visto pelo comitê de futebol. Outros nomes foram estudados, mas o ex-comandante do São Paulo é prioridade na Gávea.

Confirmar o novo profissional logo após a eleição é a meta dos cartolas. O objetivo é o de que o escolhido acerte o quanto antes e já participe da formatação do elenco. Além do técnico, os rubro-negros pretendem garantir os primeiros reforços.

O zagueiro Juan tem tudo acertado com o clube e aguarda apenas o final do Campeonato Brasileiro para resolver os últimos detalhes sobre a saída do Internacional. Outro nome que o Flamengo deseja e pode contratar é o lateral direito Rodinei.

O clube entrou na briga com o Grêmio, ofereceu valores maiores e tem vantagem na disputa. Se tudo caminhar como o esperado, Rodinei será mais um atleta confirmado pelo Rubro-negro para 2016.
A expectativa é a de que as negociações sejam concluídas logo e que o resultado das urnas confirme o favoritismo do presidente Eduardo Bandeira de Mello. Desta forma, o Flamengo pode ter novidades importantes antes mesmo do início de mais um ano de mandato.

UOL Esporte

Jogadores descobrem golpe ao tentar "comprar vaga" em time paulista

Rogério Vieira, vice-presidente do Comercial (Foto: Reprodução)Rapaz que se passava por Rogério Vieira usava fotos para convencer atletas (Foto: Reprodução)




O sonho de jogar futebol muitas vezes se torna um pesadelo. Além da seleção natural e do concorrido mercado futebolístico nacional, os esquemas de corrupção e pagamentos de propina para facilitar uma contratação de um determinado jogador dificultam ainda mais a vida de um atleta.  Os estelionatários, que se passam por empresários e dirigentes, não escolhem vítimas. O Comercial Futebol Clube, de Ribeirão Preto, que vai disputar a Série A3 do Campeonato Paulista, foi usado para aplicar golpes.

Um homem que se identificava como vice-presidente do clube, Rogério Vieira, pedia um “pedágio” para que os jogadores fossem contratados pelo clube e disputassem a Série A3 do Campeonato Paulista pelo Leão do Norte. Pelo menos dois empresários e três jogadores confirmaram ao GloboEsporte.com que caíram no golpe.

Ex-Botafogo-DF, um atleta, que preferiu não ser identificado, admitiu ter sido enganado, mesmo depois de tomar alguns cuidados. O meio-campista buscou informações sobre o suposto vice-presidente do Comercial e encontrou em um colega de time a segurança que precisava para fazer o pagamento e garantir uma vaga entre os 28 jogadores que disputariam a terceira divisão do estado de São Paulo pelo Leão do Norte.

- Esse suposto Rogério falou que conhecia o meu colega. Eu perguntei para o meu colega e ele falou que o Rogério era de confiança, que teria, inclusive, o levado para o Ferroviário do Ceará. Eu passei o contato desse rapaz que se passava por diretor do Comercial para um outro amigo, que ficou de me ajudar. Ele fez o depósito - comentou o jogador ludibriado.

O responsável pelo pagamento atende pelo nome de Nei. Segundo o jogador, ele teria depositado R$ 1.500, valor referente para empregar três atletas. O esquema era tão bem elaborado que o suspeito mandava uma falsa reserva de passagem aérea.

- Ele chegou até ver meu vídeo jogador. Por isso acreditei. Depois do pagamento, ele nos fez ir lá ao aeroporto com um código de reserva falso - explicou o jogador.

De acordo com as apurações, o suspeito escolheu o mercado de Brasília para aplicar os golpes. Um empresário da cidade, conhecido como Brian Robson, também caiu na fraude.

- Ele montou toda uma logística para dar a entender que realmente era o Rogério. Colocou, inclusive, uma foto no perfil de um aplicativo na internet. Eu paguei por dois jogadores. Inicialmente era R$ 1.000 cada um. Papo vai, papo vem, aquela coisa de acerto de contrato, ele disse que ficaria por R$ 500 e iria descontar mais R$ 500 no primeiro salário do jogador – explicou.

O golpe só foi descoberto porque um dos atletas procurou o Comercial Futebol Clube para esclarecer o problema das passagens.

 - Começou a ter esses problemas e um dos atletas ligou na sede do clube. Ninguém sabia da história. O Rogério Vieira verdadeiro descobriu e eu expliquei a situação – explicou o empresário, que acompanhou um dos jogadores registrar boletim de ocorrência. 

Comercial se defende
Vítima do golpe, o vice-presidente do Comercial, Rogério Vieira, lamentou que o nome dele e do clube estejam sendo usado para esse tipo de golpe.

- Fizemos um boletim de ocorrência. O Comercial jamais cobrou e jamais cobrará de jogadores. O Comercial não está fazendo testes com ninguém - disse o dirigente.
Rogério ainda afirmou que já recebeu diversas ligações de jogadores que também caíram no golpe.

- Hoje eu já recebi mais de 40 ligações. Muita gente querendo saber se o Comercial está fazendo teste. Isso não pode, é o nosso nome, o nome do clube - lamentou.

A reportagem conseguiu dois números de telefone do rapaz que se passava pelo vice-presidente do Comercial. Na primeira tentativa, uma pessoa que se identificou como "filho do Rogério Vieira" pediu para que retornasse a ligação mais tarde. No outro número, a ligação caiu na caixa postal. Mais tarde, em uma nova tentativa, a reportagem não obteve resposta. 

Globo Esporte

Em jogo diante da Ponte Preta, Anderson Lopes e Emerson acreditam que força da torcida fará a diferença

(Foto: Rafael Coelho/AV Assessoria de Imprensa)


Só a vitória interessa. Essa frase resume o próximo jogo do Avaí neste sábado, às 21h, no estádio da Ressacada contra a Ponte Preta. Faltando duas rodadas para o término da Série A, o Leão ocupa o 17º lugar com 38 pontos, dois a menos que o Figueirense, primeiro time fora do Z-4.

Diante deste cenário, o elenco avaiano está totalmente consciente da importância da partida. O atacante Anderson Lopes, por exemplo, fala em jogo do ano para o clube azurra. “Sem duvida é a partida mais importante de 2015. A gente é obrigado a vencer. É matar ou morrer. Estamos muito focados e confiantes para sairmos vitoriosos. Fazendo nosso dever, depois veremos como ficará a nossa situação para última rodada”, analisou o camisa 11 do Avaí

Capitão avaiano e com 183 jogos pelo time, o zagueiro Emerson conhece bem a força que o estádio da Ressacada tem. A expectativa é de bom público e o defensor confia que o apoio da torcida será fundamental nesse momento decisivo. “Precisamos da torcida do nosso lado. Convoco o torcedor para lotar a Ressacada e jogar junto com a gente. Vamos colocar em campo nosso espírito guerreiro. 

Será nosso último jogo em casa no ano e uma vitória, dependendo dos outros resultados, pode nos tirar da zona de rebaixamento. O torcedor avaiano sempre foi uma das armas do time, sempre apoia e contamos com eles para sair dessa situação. Eles farão a diferença mais uma vez”, projetou Emerson.

Com informações da AV Assessoria

Brasil empata com Portugal em jogo eletrizante e avança em 1º no Mundial feminino de futsal

(Foto: Reprodução/ESPN)


Em uma reedição da última final, Brasil e Portugal se enfrentaram na noite desta quinta-feira pela terceira rodada da fase de grupos do Mundial Feminino de futsal, na Guatemala, fizeram um jogo eletrizante e empataram por 1 a 1. O resultado garante as brasileiras com o primeiro lugar do grupo A do torneio devido ao saldo de gols.

O jogo foi digno de duas das maiores seleções do futsal feminino mundial, cheio de jogadas bonitas e boas chances. Apesar do alto nível, a partida seguiu sem gols até os 42 segundos para o final, quando Carla Vanessa colocou Portugal na frente.

No entanto, faltando dois segundos para o fim, o Brasil chegou ao empate com Luciléia, arriscando de longe e estufando a rede portuguesa.

Nas semifinais, o Brasil enfrentará o vice-líder do grupo B, que será definido na madrugada desta sexta-feira, no duelo entre Guatemala e Espanha. O vencedor encara a equipe verde-amarela, soberana no Mundial com seis conquistas em seis edições, nas semis.

Já Portugal medirá forças com a Rússia, primeira colocada na outra chave.

ESPN

sexta-feira, 27 de novembro de 2015

Ceni é vetado contra Figueira, mas ainda tem chance de adeus no Brasileirão

Rogério Ceni foi vetado para a partida do São Paulo contra o Figueirense, no próximo sábado (28), às 17h, quando a equipe fará seu último jogo no ano, no Morumbi. O goleiro se machucou na partida contra o Santos, pela Copa do Brasil, e trata uma lesão no ligamento tíbio-fibular do tornozelo direito. Ele ainda tentou ir aos treinos durante a semana, mas a dor permanecia.

O departamento médico do São Paulo trabalha para colocar o experiente jogador em campo para o duelo contra o Goiás, dia 6 de dezembro, em Goiânia, pela última rodada do Brasileirão. 

"Na quinta-feira já imaginávamos que ele não teria condições. Mas nesta sexta houve a confirmação de fato. O atleta ainda não está bem. Vamos ver se ele consegue se recuperar para o jogo contra o Goiás", informou o médico do São Paulo, José Sanchez, ao UOL Esporte.

Nesta sexta-feira (27), Luis Fabiano citou o ídolo do São Paulo ainda sem saber que Rogério estava vetado para sábado. "O Rogério tem se dedicado muito para poder jogar. Não sei qual o estado dele hoje, mas tenho certeza que se ele tivesse uma pontinha de esperança ele ia lutar para jogar e fica na expectativa de contar com nosso capitão. Não fui ainda no Reffis, mas também seria legal contar com o Rogério neste último jogo. Mas ele vai ter homenagens na despedida, todo mundo vai poder se despedir dele este mês aí", comentou o jogador em entrevista coletiva. 

Sem o goleiro, Denis deve ser o titular do São Paulo contra o Figueirense. A equipe está em quarto lugar no Brasileirão, com 56 pontos. 

UOL Esporte

Goffin vira contra jovem britânico e põe Bélgica à frente na final da Davis

(Foto: Getty Images)


Jogando em casa, em Gent, e na quadra de saibro, a Bélgica saiu na frente da Grã-Bretanha na grande final da Copa Davis de 2015.

Apesar de um susto inicial, David Goffin, atual 16º do ranking da ATP, superou o jovem Kyle Edmund, 100º da lista e de apenas 20 anos de idade, de virada por 3 sets a 2, parciais de3-6, 1-6, 6-3, 6-1 e 6-0, nesta sexta-feira.

A Bélgica agora abre 1 a 0 no confronto melhor de cinco jogos. O segundo confronto do dia será entre Andy Murray e Ruben Bemelmans.

A Grã-Bretanha busca seu décimo título na Copa Davis, o primeiro desde 1936, há 79 anos. Já a Bélgica busca levantar a taça mais cobiçada do tênis por equipes pela primeira vez em sua história.

ESPN

Goiano surpreende e deixa dono de 16 títulos brasileiros fora da Olimpíada

(Foto: Reprodução)


Rafael Andrade será o único representante brasileiro na ginástica de trampolim nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. O goiano de 29 anos obteve a vaga com um desempenho surpreendente e além das expectativas no Campeonato Mundial de Odense (Dinamarca).

Por ser país-sede, o Brasil tinha direito a uma vaga e seria do melhor colocado no individual, independentemente do gênero. Rafael conquistou 102,325 pontos na soma das duas rotinas e ficou na 36ª posição. 

Ele deixou fora da Olimpíada, Carlos Ramriez Pala - dono de 16 títulos brasileiros e único representante do Brasil no torneio masculino no Pan de Toronto (CAN) - e Camilla Gomes, que eram considerados favoritos à vaga.

Ramirez Pala decepcionou. Com com 64,880 pontos foi o 107°. Já Camilla terminou em 43ª na competição feminina, com 94,400 pontos. Os outros representantes do Brasil no Mundial foram: Luiz Arruda Júnior (93,920 pontos - 72ª colocação), Ingrid Maior (92,400 pontos - 48ª posição) e Daienne Lima (51,510 - 76ª colocação).

"Estou muito feliz. É um sonho que foi concretizado e que marca o início da participação do trampolim brasileiro em Jogos Olímpicos. É motivo de muita honra para mim poder fazer parte desse evento em casa. Minha vida foi dedicada a ginástica e isso me trouxe esse presente. Agradeço a todos que me apoiaram e acreditaram em mim durante todo esse tempo", disse Rafael Andrade.

No Pan de Guadalajara (MEX), em 2011, Andrade foi o primeiro ginasta brasileiro a subir no pódio na competição de trampolim ao ganhar a medalha de prata.

Esta será a primeira vez na história olímpica que o Brasil contará com um representante na modalidade.

UOL Esporte

Jogos Abertos desembarcam em Barretos a partir de segunda-feira (30)

(Foto: Divulgação)


Entre os dias 30 de novembro e 12 de dezembro, Barretos (SP) recebe a 79ª edição dos Jogos Abertos Horácio Baby Barioni, competição tradicional do calendário organzidada pela Secretaria de Esporte, Lazer e Juventude do Estado de São Paulo (SELJ). Serão cerca 10 mil atletas disputando 25 modalidades. A competição confere índice para os Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro (2016).   

A abertura oficial do Jogos será realizada na próxima terça-feira (1º), às 19 horas, no Ginásio de Esportes João Batista da Rocha (Rochão). O evento vai contar com desfile oficial das delegações, acendimento da pira e juramento dos atletas, além das presenças confirmadas do secretário da SELJ, Jean Madeira, do prefeito de Barretos, Guilherme Ávila, do secretário de Esportes e Lazer de Barretos, Dorivaldo de Almeida Junior, entre outros.

Durante os Jogos Regionais, classificatórios aos Abertos, mais de 40 mil atletas de 367 municípios estiveram em disputa para chegar até Barretos. Durante os 12 dias de competição, mais de 11 mil pessoas, entre atletas, treinadores, árbitros e apoio vão movimentar a cidade.

SERVIÇO
79ª edição dos Jogos Abertos Horácio Baby Barioni
Quando: de 30 de novembro a 12 de dezembro de 2015
Onde: Barretos (SP)
Local: Ginásio de Esportes João Batista da Rocha (Rochão);
Abertura: dia 1º de dezembro, a partir das 19 horas;
Endereço: Av. Conselheiro Antonio Prado, s/nº, Bairro Ibirapuera

Para mais informações sobre locais de competição, datas de disputada de modalidades e alojamentos: www.jogosabertosbarretos2015.com.br.

Com informações da FSB Comunicação

Aumento da cota de clubes depende de revisão de orçamento da Conmebol

Em discussão jurídica, o novo contrato da Libertadores com a Fox terá um aumento pouco acima de 30%, mas quanto disso será repassado aos clubes ainda é uma incógnita. A Conmebol informou que ainda será preciso fazer uma revisão de seu orçamento para saber qual o incremento das cotas. E há uma negociação em curso entre Fox e Traffic pelo acordo que pode afetar os valores finais.

Questionado sobre qual o valor do novo contrato, o diretor geral da confederação sul-americana, Gorka Villar, negou-se a dar os números, alegando confidencialidade. A entidade tem dito que entrou em uma nova era de transparência.

Os clubes brasileiros também não foram informados sobre os montantes do novo contrato, nem sabem quais cotas vão ganhar. A expectativa é que essa informação saia no sorteio, em dezembro.

Mas o diretor de competições da Conmebol, Hugo Figueiredo, informou que o tamanho do aumento ainda depende de uma análise do orçamento da entidade para o próximo ano. Sua posição veio após reunião do comitê executivo da entidade nesta quinta-feira. Ou seja, não é certo o repasse de todos os ganhos para os clubes. As cotas são incluídas no regulamento.

Hoje, os clubes ganham apenas US$ 300 mil por jogo na primeira fase, uma taxa irrisória para o tamanho da competição e bem inferior a maioria dos campeonatos no Brasil.

Outro complicador é que a Traffic, envolvida no escândalo de corrupção descoberto pelo FBI, reivindica que tem um contrato válido para a Libertadores, juntamente com a TyC. A Conmebol alega que esse compromisso foi rompido.

Fato é que a Traffic negocia com a Fox uma revisão da estrutura do acordo que poderia envolver compras de direitos pela emissora. Neste caso, o valor a ser pago a Conmebol poderia ser afetado, assim como o orçamento para cotas do clube. Procurada, a Fox não se pronunciou.

A confederação se comprometeu em melhorar o pagamento dos times após muita reclamação. Por enquanto, essa é a única certeza.

UOL Esporte

quinta-feira, 26 de novembro de 2015

Del Nero renuncia a cargo na Fifa; filho de Sarney assume

(Foto: Ed Ferreira/Folhapress)


Marco Polo Del Nero não faz mais parte do Comitê Executivo da Fifa. A decisão foi tomada em reunião da cúpula da Conmebol na sede da CBF, no Rio de Janeiro, nesta quinta-feira (26). 

O mandatário da CBF entregou uma carta de renúncia durante encontro do comitê executivo da Conmebol - que indica seus representantes na Fifa - e o documento foi aceito por unanimidade entre os presentes.

Na carta, Del Nero indicou que sua cadeira no Comitê Executivo da Fifa será ocupada por Fernando Sarney, filho de José Sarney e um dos quatro vice-presidentes da CBF. A sugestão também foi aceita.

A troca será oficializada na próxima semana, durante reunião do comitê da Fifa, em Zurique. Sarney, inclusive, já viajará para este encontro.

Del Nero faltou a todos os compromissos internacionais da Fifa desde maio, quando teve início o escândalo de corrupção que abalou o futebol mundial. Na ocasião, sete dirigentes de alto escalão foram presos, entre eles o ex-presidente da CBF José Maria Marín, às vésperas do congresso geral da entidade em Zurique. No mesmo dia das prisões, Del Nero voltou ao Brasil e não viajou mais ao exterior.

Devido às ausências, a Conmebol não contava mais com Del Nero. Investigado pelo FBI, o dirigente tem evitado até mesmo eventos no Brasil, como a entrega do título brasileiro ao elenco corintiano, na Arena Corinthians, no último domingo (22). 

Embora tenha renunciado ao cargo na Fifa, Del Nero seguirá no comando da CBF. Ele alega ter deixado o posto no Comitê Executivo devido ao excesso de compromissos à frente do futebol brasileiro e da Conmebol. A renúncia, na verdade, foi uma maneira de evitar maior constrangimento, já que o dirigente seria afastado de qualquer maneira pela entidade sul-americana. 

Os integrantes do Comitê Executivo são indicados pelas respectivas Confederações, assim acontecendo com Del Nero, que tinha uma cadeira no comitê oferecida pela Conmebol. 

Agora a entidade sul-americana busca novos integrantes para oferecer ao Comitê Executivo. Além de Del Nero, recentemente a Conmebol perdeu outro importante membro na Fifa: o colombiano Luis Bedoya, que renunciou ao cargo e à presidência da Federação Colombiana de Futebol.

UOL Esporte

Pênalti e polêmica. Santos e Palmeiras repetem roteiro da final do Paulista

(Foto: Ricardo Nogueira/Folhapress)


Santos e Palmeiras fizeram uma partida eletrizante na noite desta quarta-feira, na Vila Belmiro. O time da casa largou na frente na corrida pelo título da Copa do Brasil ao vencer por 1 a 0, com um gol do atacante Gabriel, já na reta final do segundo tempo. 

O jogo de ida da decisão da competição nacional teve muitos outros ingredientes, similares aos registrados pelas equipes na primeira final do Campeonato Paulista, em abril deste ano. 

Gabriel, por exemplo, perdeu um pênalti ao acertar a bola na trave. O duelo também foi marcado pela lesão de Gabriel Jesus no começo da partida, pela expulsão do lateral direito Lucas e pela reclamação das duas equipes em relação à arbitragem.

Polêmica em relação à arbitragem: Palmeiras pediu pênaltis
Em maio, Rafael Marques caiu na área depois de uma dividida com Geuvânio. O árbitro Vinicius Furlan, entretanto, nada marcou. O time do Palmeiras, por sua vez, pediu pênalti e reclamou muito do lance. Na Copa do Brasil, Lucas Barrios foi derrubado por David Braz. Mais uma vez, o juiz (dessa vez, Luiz Flávio de Oliveira) não assinalou pênalti. Os jogadores palmeirenses voltaram a ficar na bronca. O Santos também reclamou da arbitragem. O técnico Dorival Júnior contestou a marcação e pediu cartão vermelho para o zagueiro Jackson em uma dividida com Ricardo Oliveira.

Jogo tenso, com rivalidade e expulsões
Santos e Palmeiras voltaram a fazer um jogo com muita tensão, marcado pela rivalidade. Na decisão do Campeonato Paulista, o zagueiro Paulo Ricardo foi expulso de campo após cometer pênalti em Leandro Pereira. Na primeira final da Copa do Brasil, Lucas recebeu o cartão vermelho depois de confusão com Lucas Lima. No estadual, ainda teve mais: os dois técnicos, Oswaldo de Oliveira e Marcelo Fernandes, acabaram expulsos pelo árbitro depois de invadirem o gramado no intervalo da partida. Nesta quarta-feira, houve confusão ao término do jogo, com empurra-empurra entre os atletas.

Palmeiras vê jogadores importantes saírem de campo após lesão
Esperança palmeirense na luta pelo título da Copa do Brasil, Gabriel Jesus deixou o gramado machucado, com uma lesão no ombro esquerdo, logo aos 12 minutos do primeiro tempo. Após o fato, o técnico Marcelo Oliveira colocou Kelvin em campo. Arouca viveu o drama no Campeonato Paulista. O volante teve um problema na coxa esquerda aos 15 minutos de jogo e deu lugar a Cleiton Xavier. Naquela ocasião, o meia não conseguiu participar da segunda final. Já Gabriel Jesus, segundo Marcelo Oliveira, tem uma luxação no ombro -- ele é dúvida para a decisão.

Pênaltis perdidos em casa com bola na trave
Gabriel teve a chance de abrir o placar para o Santos logo nos primeiros minutos. O atacante de 19 anos, porém, errou a cobrança ao chutar a bola na trave direita da meta de Fernando Prass. No segundo tempo, o camisa 10 conseguiu se redimir ao marcar o gol da vitória. Em maio, Dudu também desperdiçou uma oportunidade. Na cobrança, o camisa 7 do Palmeiras acertou o travessão -- naquele momento, o Palmeiras já vencia a partida por 1 a 0.

Time mandante venceu por 1 a 0 a partida de ida
O Santos conseguiu vencer por 1 a 0 na Vila Belmiro e jogará pelo empate na próxima quarta-feira. O time alvinegro está exatamente na mesma situação do Palmeiras depois da primeira final do Paulistão. Isso porque, nas duas competições, o gol marcado fora de casa não serve como critério de desempate. No estadual, os santistas conseguiram reverter a situação com um 2 a 1. Nos pênaltis, a equipe garantiu o título.

Árbitros roubaram a cena
Vinicius Furlan, na primeira final do Campeonato Paulista, expulsou o jogador errado. Após o zagueiro Paulo Ricardo derrubar Leandro Pereira na área, o juiz mostrou cartão vermelho para David Braz. A correção veio na sequência. Já Luiz Flávio de Oliveira protagonizou uma cena incomum na Vila Belmiro ao ser substituído pelo quarto árbitro, Marcelo Aparecido de Souza. O fato ocorreu no segundo tempo, quando o placar ainda estava 0 a 0.

UOL Esporte

Gabriela Cé avança à final no WTA de Carlsbad

(Foto: Reprodução)


Após ter vencido na primeira rodada as cabeças número dois da chave de duplas, a gaúcha Gabriela Cé e sua parceira paraguaia Veronica Cepede Royg venceram, nesta quarta-feira, a dupla canadense formada por Naomi Broady e Nicole Gibbs. Este jogo, válido pelas quartas de final, foi bem mais simples que o disputado na estreia.

Com duração de apenas 50min, a partida acabou em 2 sets a 0 com parciais de 6/2 e 6/0. A parceria entre a brasileira e a paraguaia saiu vitoriosa pela superioridade nas trocas de bola. Elas não fizeram nenhum ace na partida; e as adversárias, por sua vez, não cometeram nenhuma dupla falta.

As tenistas Oskana Kalashinikova, da Geórgia, e Tatjana Maria, da Alemanha, são francas candidatas à outra vaga da final. Cabeças número um da chave, elas enfrentarão na noite desta quinta-feira a parceria firmada entre a israelense Julia Glushko e a sueca Rebecca Peterson.

As prováveis adversárias figuram entre as top 100. Neste torneio, porém, Gabriela Cé e Veronica Cepede só derrotaram jogadoras mais bem classificadas no ranking WTA de duplas. Se vencer, a brasileira conquistará um de seus principais títulos como tenista profissional e pode, ainda, atingir a melhor posição de sua carreira no ranking mundial.

O Carlsbad WTA 125k Series teve início no último dia 22 de novembro e terminará no próximo domingo, dia 29. O torneio ocorre no estado da Califórnia, no Estados Unidos. Antes do jogo de duplas nesta quinta-feira, também serão definidas as tenistas que disputarão as quartas de final da chave de simples. 

UOL Esporte

Homem a ser batido nos 50m joga pressão para Cielo: 'Nadará em casa'

(Foto: REUTERS/Michael Dalder)


Atual campeão olímpico e mundial dos 50m livre, o francês Florent Manaudou é o cara a ser batido a pouco menos de nove meses para o início dos Jogos Olímpicos de 2016. Status esse que não deverá mudar quando as competições de natação começarem no dia 6 de agosto. 

Manaudou, de 25, anos é o maior rival dos brasileiros Bruno Fratus e Cesar Cielo. E trata desde já de jogar pressão aos brasileiros. O francês quer nadar solto, sem um peso extra nas costas no Rio de Janeiro. 

"Ainda que ame esta ideia (de ser considerado o cara a ser batido), mas não penso que será assim. Estarei em outro país e um atleta como o Cesar (Cielo), por exemplo, terá mais pressão do que eu competindo em frente aos seus torcedores", disse em entrevista por e-mail ao UOL Esporte. 

Apesar de jogar a pressão para os adversários, o maior objetivo de Manaudou é estragar a festa dos brasileiros e repetir os feitos do russo Alexander Popov e do americano Gary Hall Jr., os dois únicos nadadores bicampeões olímpicos nos 50m livre, prova introduzida na programação dos Jogos em Seul-1988.

Expectativas para a Olimpíada
No Rio de Janeiro, Manaudou disputará os Jogos pela segunda vez na carreira. Em Londres-2012, teve 100% de aproveitamento ao ganhar a única prova que disputou: os 50m livre. Foi seu primeiro grande resultado em uma competição a nível mundial. Desde então, deslanchou e colecionou títulos europeus e em Mundiais de piscina longa e curta. No Mundial de Kazan, em agosto, além do ouro nos 50m livre, subiu também ao lugar mais alto do pódio nos 50m borboleta e no revezamento 4x100m.

Em 2016 ele ainda não sabe quais provas nadará, mas espera repetir o sucesso que teve ao longo de todo este ciclo olímpico. 

"Ainda há muito a ser feito na preparação para a Olimpíada. Acho que também nadarei os 100m livre, mas esta é uma decisão que tomarei mais adiante com meu técnico Romain Barnier. Ainda não alcancei todos os títulos possíveis. Quero ganhar várias medalhas no Rio", avisou.

Manaudou também não acredita que será visto como um vilão caso bata Cielo mais uma vez.

"Penso que será muito difícil. Mas quanto mais pessoas estiverem na torcida, mais forte eu serei. A verdade é que não me importo com isso (torcida contra). Meu objetivo é apenas a vitória. Respeito os nadadores brasileiros e os torcedores. Então espero que me respeitem mesmo se eu vencer", disse.

A Olimpíada marcará a segunda vinda de Manaudou ao Brasil - participou do Desafio Raia Rápida em 2013 - e ele se mostra empolgado em competir no país. E dá um voto de confiança à organização:

"Penso que será (uma Olimpíada) bem organizada. Confio nos organizadores brasileiros e acredito que teremos uma atmosfera incrível. Isso me motiva demais".

Durante o Mundial de Kazan, a ex-nadadora Laure Manaudou – irmã de Florent – criticou Cesar Cielo ao dizer que o brasileiro fazia um "cinema" quando ganhava, ao bater no peito e chorar. Não foi a primeira alfinetada que Cielo recebeu de personalidades da natação. Ele já foi alvo de críticas de Alexander Popov e Amaury Leveaux, entre outros.

Questionado sobre o fato, Manaudou não respondeu à pergunta. Apenas comentou que respeita Cielo. Ele afirmou não ter amizade com os nadadores brasileiros, nem mesmo com Bruno Fratus, a quem tratou com carinho após a prova dos 50m em Kazan. Ele deu um abraço caloroso no rival.

"Temos uma boa relação, mas não somos amigos simplesmente pelo fato de vivermos longe um do outro. Mas a coisa mais importante no esporte é o respeito. Para mim é sempre um prazer cumprimentar um rival e compartilhar algumas palavras depois de uma prova", afirmou.

Busca pelo recorde mundial de Cielo
Apesar do título olímpico e mundial dos 50m livre, Manaudou não conseguiu até hoje nem chegar perto do recorde mundial da distância, que pertence a Cesar Cielo e foi estabelecido no dia 18 de dezembro de 2009.

Naquela oportunidade, quando os trajes tecnológicos ainda não haviam sido banidos pela Federação Internacional de Natação (Fina), o brasileiro cravou 20s91 durante a disputa do Troféu Open, no Pinheiros. Já Manaudou tem como melhor tempo em sua carreira 21s19. E ele mesmo considera missão quase impossível quebrar a marca.

"Penso que será difícil, pois este recorde foi estabelecido quando os trajes eram permitidos. E todos nós sabemos que era mais fácil quebrar recordes com estes trajes", afirmou.

Doping no esporte 
Há duas semanas, a Agência Mundial Antidoping (Wada) publicou um relatório sobre doping no atletismo russo que levou à suspensão da federação e o risco de os atletas não poderem competir na Olimpíada de 2016.

E para Manaudou, a natação não está livre de ter atletas competindo dopados ou estar sujeita a um escândalo de semelhante proporções.

"Penso que (a natação) é como todos os outros esportes. Existem trapaceiros em todos os lugares. Mas é bom lutar contra isso", afirmou.

Relação com a irmã, a fama e vida fora da piscina
Florent não é o primeiro atleta da família Manaudou a se dar bem na piscina. Sua irmã Laure, de 29 anos e já aposentada, foi campeã dos 400m livre em Atenas-2004 e ainda ganhou  uma prata e um bronze naquela edição dos Jogos. Além disso, colecionou diversos títulos europeus e mundiais.

"Eu não sei se sou mais famoso do que ela. Talvez eu tenha ganhar de novo e mais ainda para ser mais famoso. Minha irmã é um  monumento no esporte francês. Mas posso dizer com orgulho que fui eleito o melhor atleta do ano na França em 2014", disse.

Tatuado e com piercing na língua, Manaudou já foi apontado por diversos sites como um dos atletas mais sexys do mundo. Neste ano, ele posou para um calendário ao lado de outros nadadores franceses exibindo a sua forma física. 

Mas falar sobre sua beleza não é algo que cative o nadador.

"Eu aprecio os comentários e é um prazer saber destas coisas. Mas primeiro tenho de me focar na natação. Não fico me questionando se sou um símbolo sexual ou vaidoso", afirmou.

Mas não é só à natação que se resume à vida esportiva do francês. Diz ser fã de vários esportes e gostar de passar horas frente à TV vendo eventos. E também revela seu outro prazer.

"Eu amo jogar handebol e também um pouco de futebol", contou.

UOL Esporte

Rio inaugura pista de canoagem slalom da Olimpíada com evento-teste

(Foto: Renato Sette Camara/Prefeitura do Rio)















O Rio de Janeiro concluiu oficialmente nesta quinta-feira (26) a construção de mais uma área de competição para a Olimpíada de 2016. A pista de canoagem slalom foi inaugurada nesta manhã pelo prefeito Eduardo Paes. De quinta até domingo, o espaço receberá a competição-teste da modalidade para a Rio-2016.

A pista de canoagem foi construída em Deodoro e é, basicamente, um lago artificial com corredeiras nas quais os canoístas disputam as provas. Nesta modalidade, atletas remam por obstáculos e tentam percorrer um determinado percurso no menor tempo possível.

Para que as condições de prova sejam idênticas para cada canoísta, é exigida construção do lado artificial de competição. No Rio, o lago tem duas corredeiras (200m e 250m) e comporta até 25 mil metros cúbicos de água. O custo da pista de canoagem está incluído nos R$ 846 milhões investidos em Deodoro para a Olimpíada --recursos federais.

Para o prefeito Paes, a inauguração da pista de canoagem é emblemática. Primeiro, pelo cumprimento dos prazos olímpicos e, mais ainda, porque o equipamento esportivo será também uma área de lazer para a população local.

"Ganhamos uma super pista de competição aqui, mas acima de tudo temos um legado para a população", disse Paes.

Ele falou com jornalistas após passear de bote inflável nas corredeiras olímpicas. Na terça, ele anunciou que pretende abrir a pista para lazer no próximo dia 23. O uso será gratuito.

Melhorias para a Olimpíada
Paes disse que a pista de canoagem, em si, está pronta para a Olimpíada. Após o evento-teste, entretanto, algumas melhorias no circuito serão realizadas.

Mudanças em obstáculos, que são móveis, já estão programadas para elevar o nível da competição. Essas alterações foram reveladas pelo ex-canoísta, três vezes campeão olímpico e atual membro do COI (Comitê Olímpico Internacional), Tony Estanguet.

Tony acompanhou o prefeito no passeio na pista de canoagem. Elogiou o circuito e a ideia de transformá-lo em área de lazer. Disse que a pista é muito boa, mas ratificou que melhorias ainda precisarão ser feitas até a Olimpíada.

"Temos que acertar o nível de dificuldade. Há algumas áreas em que os atletas disseram que faltou água. Vamos acertar tudo até março, quando eles voltam para treinar", disse ele. "Por isso, é importante que façamos os testes."

O evento-teste de canoagem em Deodoro vai reunir mais de 120 atletas, de 27 países.

UOL Esporte

FIA questiona motor e título de Hamilton corre risco, diz revista

(Foto: MOHD RASFAN/AFP)


A Federação Internacional de Automobilismo está de olho nos motores usados por Lewis Hamilton e Sebastian Vettel nas últimas etapas da temporada de 2015 - e quer fazer uma análise detalhada para determinar se há alguma irregularidade, o que poderia até tirar os pontos dos pilotos, campeão e terceiro colocado do mundial.

A informação é do respeitado jornalista alemão Michael Schmidt, da Auto Motor und Sport. A checagem seria feita na primeira semana de dezembro e poderia durar até três dias, devido à complexidade das unidades de potência atualmente usadas pela Fórmula 1.

No caso de Hamilton, o motor avaliado seria aquele com o qual o inglês venceu o GP dos Estados Unidos, em prova em que selou o tricampeonato mundial, com três corridas de antecipação. Já o motor de Vettel seria o da vitória no GP de Cingapura.

A FIA não tem nenhuma desconfiança específica, mas quer se certificar de que as unidades de potência - que puderam ser desenvolvidas ao longo do ano, ao contrário do que aconteceu na temporada passada - estão dentro do regulamento. Caso não estejam, os resultados dos pilotos seriam excluídos.

A checagem ainda não aconteceu porque os motores continuam sendo usados em sessões de treinos livres. Por isso e pela demora de uma revisão completa, a FIA não faz esse tipo de procedimento durante a temporada.

UOL Esporte

quarta-feira, 25 de novembro de 2015

Técnico da seleção de basquete não liga para boicote. 'Sigo meu trabalho'

A ameaça dos seis clubes que disputam a Liga de Basquete Feminino (LBF) de boicotarem a Confederação Brasileira (CBB) não liberando suas jogadoras para defender a seleção brasileira no evento-teste da Olimpíada - entre os dias 15 e 17 de janeiro, em meio ao campeonato nacional - não tira o sono do técnico Luiz Augusto Zanon. O comandante garantiu que isso não afetará de maneira alguma a convocação que será feita até o início da segunda quinzena de dezembro.

"Praticamente todos sabem qual é o meu grupo e quais jogadoras vou chamar. Vou fazer normalmente a minha convocação e seguir com o planejamento. Esta questão do boicote é algo que tem de ser discutido entre clubes e CBB. Continuo com o meu trabalho. Se não liberarem, aí vamos ver o que acontece", disse Zanon em entrevista exclusiva ao UOL Esporte.

Os clubes da LBF exigem mudanças urgentes na CBB e que a seleção feminina passe a ser administrada por um colegiado de técnicos.

A habilidade de Zanon para comandar o time nacional foi questionada por Ricardo Molina, gestor do Corinthians/Americana, e um dos idealizadores do movimento clamando mudanças.

"O Zanon se afastou do basquete feminino depois que assumiu a seleção. Voltou a trabalhar no basquete masculino (no São José). O Zanon teve sua oportunidade e não deu resultado. Falou-se tanto em uma renovação e o que temos visto é o Brasil dando vexames nas competições internacionais", afirmou ao UOL na terça-feira.

O treinador não quis responder aos ataques ao seu trabalho.

"Me sinto triste com isso e ao se falar de um colegiado técnico está se menosprezando a hierarquia existente. Mas não gosto de ficar respondendo a este tipo de crítica de dirigente ou outro técnico. Se fizerem uma crítica técnica ou falarem sobre uma determinada jogadora, eu explico. Mas não ficarei batendo boca", disse Zanon.

O treinador só fez questão de explicar o porquê de não estar presente no evento de lançamento da LBF na última semana e ao jogo de abertura entre o Corinhtians/Americana e o Santo André.

"Faz 14 dias que estou sofrendo com uma hérnia de disco e passei três dias hospitalizado. Estou fazendo tratamento direto. Não tinha a menor condição física de ir", disse Zanon.

UOL Esporte