domingo, 10 de abril de 2016

Com brasileiros, Monaco é goleado e não retoma vice-liderança



O Monaco tropeçou na manhã deste domingo em busca da conquista da vaga na Liga dos Campeões por mais um ano. Jogando fora de casa, e com brasileiros em campo, a equipe do Principado levou a pior contra o Lille perdendo por 4 a 1. O revés tirou a equipe da segunda colocação, que agora pertence ao Lyon.

Com o Campeonato Francês definido após a confirmação do pentacampeonato francês do PSG, resta a disputa de duas vagas diretas para a Liga dos Campeões e uma vaga para a Liga Europa. O Monaco transita entre esses postos, mas pode se ver ameaçado ao final da 33ª rodada.

Com 55 pontos, a mesma quantidade do vice-líder Lyon, o Monaco garante vaga na Champions, figurando em terceiro lugar, até, ao menos, a próxima rodada. No fim de semana, a equipe recebe o Olympique de Marselha, enquanto o Lille, na sétima posição, visita o Gazeléc Ajaccio.

O jogo - Com os brasileiros Fabinho, Jemerson e Vagner Love em campo, o Monaco foi a campo decidido a confirmar a vice-liderança, alcançada pelo Lyon após vitória no sábado. No entanto, sem o português João Moutinho, machucado, na criação, o time pecou na articulação de jogadas e ficou refém do Lille.

Isolado na linha de frente, Vagner Love pouco pôde fazer entre os zagueiros da equipe do Lille. Em jogada aérea, até chegou a conferir para as redes, mas o nigeriano Eneyama impediu o gol.

Os donos da casa abriram o placar, após ensaiarem alguns ataques, já na reta final da primeira etapa. Aos 37 minutos, o português Éder recebeu perto da área, escorou a bola para trás e só assistiu à chegada de Amalfitano, que surgiu embalado na intermediária para disparar um chute indefensável.

Na volta do intervalo, logo aos dez minutos, o Lille ficou com um homem a menos. Após falta dura, o zagueiro Civelli foi expulso direto pelo árbitro. A vantagem numérica fez o técnico Leonardo Jardim colocar sangue novo em campo, trocando os dois pontas de lança por novos atacantes.

A expulsão do zagueiro Echiejile, aos 19 minutos, no entanto, deixou tudo igual. Aos 22, Éder, que deu assistência para o primeiro gol, deixou sua marca. Após jogada de Obbadi e bola alçada, o atacante usou da persistência para se livrar da marcação e bater na saída do goleiro.

Minutos antes de ser substituído, Obbadi deixou sua marca, ampliando o placar para 3 a 0. A vitória se transformou em goleada aos 43 minutos, quando Sidibé marcou o quarto. O Monaco fez o gol de honra já nos acréscimos, com Bahlouli. Esta foi a quinta vitória consecutiva do Lille no Francês.

ESPN