sexta-feira, 29 de abril de 2016

Hamilton dá o troco em Rosberg e fecha treinos livres na frente na Rússia

(Foto: Clive Mason/Getty Images)


Depois de ter sido superado na primeira sessão de treinos livres para o GP da Rússia, Lewis Hamilton deu o troco no companheiro Nico Rosberg e foi absoluto no treino disputado no período da tarde, o mais significativo do dia. O alemão, líder do campeonato, não conseguiu tirar o melhor rendimento dos pneus supermacios e foi apenas o terceiro. Mesmo perdendo grande parte da atividade devido a problemas em sua Ferrari, Sebastian Vettel foi o segundo.

Nas simulações iniciais com pneus macios, Hamilton ficou pela primeira vez no final de semana à frente de Rosberg, mas a diferença foi pequena: 139 milésimos. As Ferrari vinham logo atrás, mas seis décimos mais lentas, com Red Bull e Williams se dividindo entre o quinto e oitavo lugares.

Com meia hora de sessão, começaram as simulações de classificação com o pneu supermacio e a mesma tendência da primeira sessão de treinos livres, disputada no período da manhã em Sochi, foi observada, com a dificuldade em tirar o melhor do composto supermacio logo na primeira volta lançada.

Com os pneus mais velozes, Vettel assumiu a ponta. Logo depois, contudo, o alemão parou no meio da pista, com o carro travado na terceira marcha, e teve de ser empurado de volta aos boxes.

A liderança do tetracampeão durou até as Mercedes retornarem à pista, com os pneus supermacios. Hamilton bateu o tempo de Vettel novamente por mais de seis décimos, enquanto Rosberg demorou mais voltas para extrair o melhor do pneu e acabou sendo atrapalhado por uma rodada de Romain Grosjean, que provocou uma bandeira amarela. Com isso, o líder do campeonato acabou ficando com o terceiro lugar.

Kimi Raikkonen foi outro que teve dificuldade em melhorar consideravelmente sua marca com o pneu supermacio e ficou em quarto, a seis décimos do próprio companheiro Vettel. Daniel Ricciardo, que testou a proteção de cockpit proposta pela Red Bull, chamada aerotela, na primeira sessão, foi o quinto, superando a Williams de Valtteri Bottas.

O companheiro de Ricciardo, Kvyat, foi o sétimo e as McLaren surpreenderam, com Jenson Button em oitavo e Fernando Alonso em décimo, com Felipe Massa, que perdeu bastante tempo no primeiro treino devido a um problema de embreagem, em nono.

Felipe Nasr, que estreou nesta sexta-feira seu novo chassi, substituído após o piloto se queixar do comportamento do antigo, manteve a tendência do primeiro treino e ficou bem à frente do companheiro Marcus Ericsson: o brasileiro foi o 19º e o sueco, nove décimos mais lento, o último.

Os carros voltam à pista para a terceira sessão de treinos livres horas antes da definição do grid de largada, às 6h do sábado, pelo horário de Brasília.  A classificação será disputada a partir das 9h do sábado e a largada será no mesmo horário, no domingo.

Confira os tempos da segunda sessão de treinos livres do GP da Rússia
1. Lewis Hamilton ING Mercedes-Mercedes 1m 37.583s
2. Sebastian Vettel ALE Ferrari-Ferrari 1m 38.235s
3. Nico Rosberg ALE Mercedes-Mercedes 1m 38.450s
4. Kimi Raikkonen FIN Ferrari-Ferrari 1m 38.793s
5. Daniel Ricciardo AUS Red Bull-Renault 1m 38.084s
6. Valtteri Bottas FIN Williams-Mercedes 1m 39.185s
7. Daniil Kvyat RUS Red Bull-Renault 1m 39.193s
8. Jenson Button ING McLaren-Honda 1m 39.196s
9. Felipe Massa BRA Williams-Mercedes 1m 39.289s
10. Fernando Alonso ESP McLaren-Honda 1m 39.400s
11. Carlos Sainz Jr ESP Toro Rosso-Ferrari 1m 39.465s
12. Max Verstappen HOL Toro Rosso-Ferrari 1m 39.501s
13. Nico Hulkenberg ALE Force India-Mercedes 1m 39.795s
14. Sergio Perez MEX Force India-Mercedes 1m 39.867s
15. Kevin Magnussen DIN Renault-Renault 1m 40.193s
16. Romain Grosjean FRA Haas-Ferrari 1m 40.260s
17. Esteban Gutierrez MEX Haas-Ferrari 1m 40.508s
18. Jolyon Palmer ING Renault-Renault 1m 40.688s
19. Felipe Nasr BRA Sauber-Ferrari 1m 40.740s
20. Rio Haryanto INA Manor-Mercedes 1m 41.080s
21. Pascal Wehrlein ALE Manor-Mercedes 1m 41.148s
22. Marcus Ericsson SUE Sauber-Ferrari 1m 41.652s

UOL Esporte