segunda-feira, 4 de abril de 2016

Ponto de Opinião: Globo e EI esquentam rixa pelo futebol brasileiro



A “disputa” entre Esporte Interativo e Globo não poderia ficar melhor. As duas equipes resolveram “bater boca” nas redes sociais, após um desentendimento com os jogos do Bahia, tanto no Campeonato Baiano quanto na Copa Nordeste.

O EI questionou a "adversária" por não transmitir o jogo do Bahia pelo estadual nem mesmo no Premiere, além de não mostrar os gols nos noticiários da emissora. A equipe baiana assinou contrato com a Turner para transmissão do Campeonato Brasileiro a partir de 2019.

Confira a nota do EI:

"A Globo não transmitiu o jogo do Bahia pelo Baiano nem no Premiere, não mostrou seus gols no Fantástico e ontem não mostrou os gols de Bahia x Fortaleza no Jornal da Globo, embora tenha mostrado os gols de todos os outros jogos da Copa do Nordeste. O Bahia assinou com o Esporte Interativo a partir de 2019. O Vitória assinou com a Globo para 2019 e 2020. O Esporte Interativo cobrirá o Vitória com a mesma dedicação, paixão e espaço com que cobrirá o Bahia. Porque pra gente é uma questão de princípio, não de contrato. O torcedor do Vitória merece respeito. O do Bahia também".

Em resposta, a Globo foi categórica em dizer que o questionamento – sem citar o nome do Esporte Interativo – “só tem o objetivo de inflamar a torcida e criar instabilidade no cenário de negociações do futebol”. A resposta foi enviada, primeiramente, para a redação do site UOL. Confira a nota:

"O futebol brasileiro sempre mereceu da Globo um tratamento amplo, equilibrado. A Globo respeita os torcedores de todos os clubes, inclusive a imensa e apaixonada torcida do Bahia. Só nestes dois primeiros meses do calendário do futebol, já exibimos sete jogos do Bahia na TV aberta, entre partidas do Estadual Baiano e da Copa do Nordeste. Os telejornais locais dão, diariamente, grande cobertura aos jogos e ao dia a dia do clube.

No caso específico do jogo de domingo, a Globo só não exibiu a partida do Baiano porque não teve autorização do próprio clube para transmiti-la para a capital. A TV Bahia ainda tentou um acordo com o clube, mas não conseguiu. E, como era inviável fazer a operação de duas partidas, uma exclusiva para capital e outra para o interior, acabou optando pela transmissão do jogo entre Vitória da Conquista e Colo Colo para todo o estado. O Premiere já tinha optado por Vitória x Flamengo de Guanambi.

E sugerir que estamos escondendo o clube por questões de contrato é tão insustentável que, na quarta-feira, o jogo exibido pela TV Bahia foi mais uma partida do clube, Fortaleza x Bahia, pela Copa do Nordeste. Em relação aos gols no Fantástico e Jornal da Globo, a justificativa é simples. Nos telejornais de rede, o conteúdo esportivo é parte do noticiário geral, que anda bem carregado ultimamente. Portanto, gols de outros clubes, não só do Bahia, muitas vezes ficam de fora. Mas os telejornais e programas esportivos cumprem bem esse papel em cada região do país.

Há explicações, portanto, para que o jogo do Bahia não tenha sido transmitido no domingo passado. A Globo respeita os clubes, respeita os contratos e, acima de tudo, respeita a paixão do torcedor que quer acompanhar o seu time. Não considerar as explicações só tem o objetivo de inflamar a torcida e criar instabilidade no cenário de negociações do futebol, o que não contribui para a transparência e o desenvolvimento do futebol".

Diga e repito que o "embate" entre as duas equipes é saudável pelo lado comercial, pois o Campeonato Brasileiro não fica apenas concentrado na mão de uma única emissora. Não é de hoje que clubes como Santos, Atlético Paranaense e o próprio Bahia reclamam da “superioridade” de times como Corinthians, Flamengo, Palmeiras e Grêmio, em transmissões do Grupo Globo. Vale ressaltar que o novo contrato proposto pelo EI é apenas para a TV fechada, o que não deveria influenciar diretamente o comportamento da Globo no sinal aberto.

Por enquanto, o Blog não ouviu relatos de torcedores sobre os possíveis “prejuízos” da Globo antes do novo contrato entrar em vigor. No entanto, é acompanhar os próximos capítulos desse “embate” para saber como será o futuro do futebol brasileiro.

FECHADOS COM A GLOBO
Flamengo, Corinthians, Atlético-MG, Botafogo, Cruzeiro, Fluminense, Grêmio, São Paulo, Sport, Vasco e Vitória, Avaí, Chapecoense e Náutico

FECHADOS COM O ESPORTE INTERATIVO
Internacional, Santos, Atlético-PR, Coritiba, Bahia, Ceará, Joinville, Paysandu e Sampaio Corrêa

Torcida do Bahia faz mosaico antes de jogo contra o Ceará, na Fonte Nova (Foto: Reprodução Twitter)