terça-feira, 19 de abril de 2016

Sem munição, perdido e morto. Neymar encara pesadas críticas em Barcelona

(Foto: Albert Gea/Reuters)


O clima de amor de Neymar com a imprensa da Catalunha está claramente abalado. O jogador é o principal criticado do Barcelona na fase ruim do time e tem as recentes atuações adjetivadas de forma pejorativa.

Os principais jornais esportivos de Barcelona, o "Mundo Deportivo" e o "Sport" trazem nas edições de segunda e terça-feira páginas repletas de críticas ao brasileiro. "Perdido", "morto", "desconhecido"...são várias as maneiras negativas de se referir ao camisa 11.

"Neymar não tem mais munição", diz a manchete da reportagem do "Sport". O texto assinado pelo jornalista catalão Toni Frieros diz que o Neymar é a personificação de um  tridente de ataque que deixou de ser temido e confiável.

"Neymar, assim como todo o time, baixou de rendimento de forma alarmante. Do jogo alegre, confiável e elétrico durante toda a temporada, passamos a ver um jogador que tem muita vontade, mas é de escassa efetividade nos metros finais", cita trecho da reportagem.

O mesmo jornal ainda traz coluna com "sobe e desce" de esportistas na semana. Neymar é o único que figura como em baixa: "morto", resume a explicação.  Em alta estão o tenista espanhol Rafael Nadal, campeão do Master 1000 de Mônaco (no domingo), e o piloto alemão Nico Rosberg, que ganhou as três primeiras provas da F-1 da temporada.

No "Mundo Deportivo" desta terça-feira também há uma página dedicada ao momento ruim de Neymar. A manchete é: "20 bolas perdidas". Todos os lances do brasileiro na derrota de 2 a 1 para o Valencia são detalhados: "Neymar está enfrentando seu momento mais profundo de baixa futebolística na temporada no pior momento do Barça. A equipe precisa de seus dribles, gols e assistências, mas o brasileiro não encontrou nenhuma dessas qualidades nos cinco últimos jogos", opinou o texto assinado por Fernando Polo e Xavier Muñoz.

O mesmo jornal já havia feito pesadas críticas ao brasileiro na edição de segunda-feira. O jogador foi colocado como o pior em campo contra o Valencia, levando nota de uma estrela (pontuação varia de uma a cinco).

"Desconhecido. Elegeu mal as jogadas ofensivas. Quando deveria driblar, tocava para o lado, e buscava os dribles quando mais camisas do adversário tinha pela frente", justificou a análise da atuação.


No "Sport", Neymar também foi colocado como o pior em campo, ao lado de Sergio Busquets. Os dois levaram nota 4. "Apareceu uma ou outra vez no ataque, mas lhe faltaram acertos. Peca por ser individualista, pois está lhe custando superar adversários", criticou. "Há que reconhecer a vontade: não deixa de tentar", ponderou.

Os dois jornais catalães também trabalham com muitas colunas opinativas sobre o Barcelona. Em quase todas elas, o momento de Neymar é bem explorado.

"Neymar está perdido", cita a coluna assinada pelo jornalista Josep Artells no "Mundo Deportvo". "Nunca se viu o brasileiro em forma tão ruim no Barcelona. É o retrato do momento ruim do time", opinou.

UOL Esporte