sexta-feira, 6 de maio de 2016

Alan Mineiro tem proposta e avalia deixar Corinthians; veja quem pode sair

(Foto: AFP PHOTO / PABLO PORCIUNCULA)


As decepcionantes atuações de Alan Mineiro nas partidas contra Audax e Nacional-URU podem representar a saída dele do Corinthians. O jogador ficou de fora até do banco de reservas na eliminação pela Copa Libertadores, na última quarta, e puxa a fila de quem pode, ou deve, sair nas próximas semanas (ver abaixo). 

Saiba mais 
Ponto de Opinião: Corinthians gasta com “renegados” e sofre para encontrar “melhor futebol”

Nos últimos dias, o Santa Cruz demonstrou interesse em adquirir o meia por empréstimo em solicitação feita pelo treinador Mílton Mendes. Com moral após conquistar a Copa do Nordeste, Mendes indicou o jogador à diretoria do Santa para a disputa do Campeonato Brasileiro.

Nesta sexta-feira, os representantes de Alan Mineiro devem se encontrar com a cúpula corintiana para saber os planos para o jogador no Brasileirão. Há a avaliação de que Alan vai perder espaço dentro do clube com as chegadas de Marquinhos Gabriel, Camacho e Bruno Paulo, os últimos dois acordados para deixar o Audax após o Paulistão.

Trabalhar com Mílton Mendes é algo que também agrada a Alan Mineiro, 28 anos. Foi sob as mãos do treinador que ele conseguiu uma guinada na carreira em 2015 ao ser o principal jogador da Série A-2 do Paulistão pela Ferroviária-SP, em que ambos foram campeões. No semestre seguinte, Mendes se esforçou para tirar Alan do Bragantino para jogar no Atlético-PR sob seu comando, mas não acabou liberado. 

Comprado por R$ 1 milhão do Bragantino, Alan Mineiro tem contrato até o fim de 2018 e gostaria de buscar mais oportunidades no clube em um primeiro momento. 

Lista de quem tem possibilidades de sair tem Cristian e Elias

Matheus Pereira: Tem negociação encaminhada com a Juventus e sequer estava inscrito nos últimos torneios pelo Corinthians. O clube deve manter a porcentagem que possui de 5% de direitos econômicos para venda futura, o que torna a venda ainda mais inútil para o caixa a curto prazo. 
Contrato até: 15/03/2017

Cristian: O Corinthians ainda espera encontrar um interessado no jogador para o Campeonato Brasileiro. Com o segundo maior salário do elenco, em torno de R$ 400 mil, o volante atuou 46 minutos neste ano. Tite pediu um empréstimo, mas não foi atendido. A dificuldade está em encontrar alguém disposto ao investimento sobre ele. 
Contrato até: 31/12/2017

Elias: Há fortes indícios de que será novamente alvo de investidas do futebol chinês no meio do ano. Como tem o principal salário do time, a direção do Corinthians avalia como possível uma negociação. O jogador porém é identificado com o clube e pensa em se manter em alto nível para defender a seleção brasileira. Ainda há 2 milhões de euros a se pagar por ele. 
Contrato até: 31/12/2017

Guilherme Arana: Observado de perto por equipes europeias, tem sondagens há algum tempo. Recentemente, seus empresários viajaram à Europa para conversar com clubes locais. O Corinthians considera a possibilidade de saída e tem em Moisés, emprestado ao Bahia, um plano B para o segundo semestre. 
Contrato até: 31/12/2019

Luciano: Quando lesionou o joelho, tinha negociação encaminhada com o Benfica. Em meio a problemas recentes com seus empresários, o atacante voltou a ser especulado no exterior. O Corinthians entende que a venda dele é positiva e está aberto a conversas em caso de boas oportunidades. O próprio jogador tem desejo de atuar na Europa e teve sondagens da China. 
Contrato até: 31/12/2017

Romero: Recusou uma série de propostas para sair nos últimos meses e se valorizou desde então. Tem desejo de fazer carreira longa no clube, mas empresários nos últimos meses buscaram alternativas para ele no exterior. É outro nome visto como interessante no clube para negociação. 
Contrato até: 14/07/2019

Rildo: Não deve ser negociado até que se recupere de uma lesão importante no tornozelo, mas naturalmente perdeu grande espaço no elenco. Em setembro de 2015, havia se tornado titular. O contrato curto, sem perspectivas de renovação até o momento, pode facilitar uma saída. Rildo estava apalavrado para jogar na Turquia em janeiro, mas o negócio precisou ser cancelado por problemas em seu ombro. 
Contrato até: 31/12/2016

UOL Esporte