sábado, 21 de maio de 2016

Diego Hypolito não repete "série perfeita" e é prata na Copa do Mundo

(Foto: Diego Padgurschi/Folhapress)


Diego Hypólito brilhou na sexta-feira ao fazer sua melhor nota de solo no ano durante a eliminatória da Copa do Mundo de ginástica artística, em São Paulo. Neste sábado, porém, o brasileiro não conseguiu repetir o feito. Apesar de não ter caído, o brasileiro apresentou pequenas falhas de execução e anotou apenas 15.400 pontos, terminando com a prata atrás do chileno Tomas Gonzalez – 15.650.

A queda, diga-se, já era prevista. Após o sucesso na eliminatória, Diego disse, em entrevista aos jornalistas presentes, que não esperava repetir a atuação na final pois estaria mais cansado. Mesmo com a prata, o resultado do fim de semana é positivo para o ginasta, que com a boa nota se coloca na briga por uma vaga na seleção que vai à Rio-2016.

O outro brasileiro na final do solo masculino, a primeira competição do dia, foi Arthur Nory. Ao contrário de Diego, no entanto, o ginasta do Pinheiros não saiu satisfeito com sua apresentação, marcada por quedas e uma nota baixa que o relegou à última colocação. 

UOL Esporte