segunda-feira, 23 de maio de 2016

No ‘apagar das luzes’, Botafogo-SP vence na estreia da série C

(Foto: Rogério Moroti/Divulgação)


Após 14 anos desde sua última participação, o Botafogo de Ribeirão Preto (SP) retornou na noite desse domingo (22) para a série C do Campeonato Brasileiro. O tricolor fez o seu primeiro jogo na divisão contra o Mogi Mirim no Estádio Santa Cruz. Na expectativa de bom jogo, as duas equipes desperdiçaram várias chances de abrir o placar e a vitória só aconteceu nos acréscimos do segundo tempo.

Aos 46 minutos da etapa complementar, Augusto Ramos cruzou para a área, o estreante Carlos André deixou a bola passar e Samuel Santos bateu de primeira, sem chances para o goleiro André Luiz. No sufoco, o Pantera conseguiu sair de campo com os primeiros três pontos.

A partida foi dura para os dois lados. Improvisado como lateral-atacante, Samuel Santos teve uma clara chance de gol aos 8 minutos do primeiro tempo, mas defendida pelo goleiro Gustavo. O defensor do Mogi precisou ser substituído por André Luiz após uma pancada na cabeça. Com mais posse de bola, o Botafogo insistia em vários lances, principalmente com Samuel, que paravam na defesa do Sapão.

No segundo tempo, o Mogi assustou por duas vezes os torcedores botafoguenses, após acertar a trave de Neneca em jogada de Diego Torres e também após a entrada de Keké, improvisado também como lateral-atacante. O tricolor chegou a balançar duas vezes a rede, mas a arbitragem marcou impedimento de Caio Ruan e Samuel, respectivamente. No replay do lance, fica a dúvida se a posição dos atletas era mesmo irregular.

O Bota lidera o grupo B da Série C com três pontos, ao lado do Guarani. O Pantera volta a campo no próximo domingo, às 16h, contra o Ypiranga, no Estádio Colosso da Lagoa.

(Foto: Rogério Moroti/Divulgação)