sábado, 11 de junho de 2016

Hamilton supera Rosberg e marca quarta pole no ano no Canadá; Massa é 8º

(Foto: Charles Coates/Getty Images/AFP)


Vencedor da última prova, Lewis Hamilton deu mostras de que segue forte na briga por mais um título da Fórmula 1. Na tarde deste sábado, o piloto da Mercedes ficou com a pole position do Grande Prêmio do Canadá. Líder do campeonato, Nico Rosberg teve de se contentar com o segundo posto.

O britânico sairá da primeira posição pela quarta vez no ano. Também havia feito isso nos dois primeiros GPs, na Austrália e no Bahrein e voltou a repetir o feito na abertura da perna europeia, na Espanha.

Felipe Massa conseguiu avançar para a última sessão da classificação, mas teve de se contentar com o oitavo lugar. Seu companheiro, Valtteri Bottas, sairá uma posição à frente.

Q1
A primeira parte da classificação contou com 21 carros, uma vez que a Renault não conseguiu reparar o carro de Kevin Magnussen a tempo depois do acidente que o dinamarquês sofreu no final da última sessão de treinos livres. Sabendo que perderia três posições no grid pela batida com Felipe Nasr no GP de Mônaco, Marcus Ericsson foi um dos eliminados, ficando com a 19ª colocação no treino e o último lugar do grid.

Os outros pilotos que ficaram pelo caminho foram Jolyon Palmer e Pascal Wehrlein, que fez um grande trabalho com a Manor para colocá-la em 18º. Felipe Nasr perdeu do companheiro Ericsson pela sexta vez em sete GPs, ainda que desta vez por apenas 28s, e vai largar em 19º, ao lado de Rio Haryanto. O indonésio fez com que a primeira parte do treino terminasse mais cedo depois de tocar no muro e quebrar sua roda.

Na frente, Rosberg fez o primeiro tempo, seguido por Vettel e Ricciardo, com Hamilton apenas em quarto. Felipe Massa ficou na 12ª colocação.

Q2
A segunda sessão teve bandeira vermelha pouco depois de ser iniciada, após Carlos Sainz carimbar o chamado 'muro dos campeões', na saída da última chicane. Após o reinício, a briga foi forte pelos últimos lugares do top 10, com pouco mais de dois décimos entre o oitavo e o 12º.

Quem se deu bem na 'nota de corte' e permaneceu no treino foi Fernando Alonso, que ficou em décimo por 57 milésimos. Felipe Massa também passou, em oitavo.

O primeiro eliminado foi Sergio Perez, da Force India, que vai largar em 11º, ao lado de Jenson Button. Daniil Kvyat se classificou em 13º, mas larga em 16º devido a uma punição pela colisão com Kevin Magnussen em Mônaco. Com isso, Esteban Gutierrez ganha uma colocação,  logo à frente do companheiro de Haas Romain Grosjean e de Sainz.

Confira como ficou o grid de largada

1. Lewis Hamilton (GBR/Mercedes) - 1min12s812
2. Nico Rosberg (ALE/Mercedes) - 1min12s874
3. Sebastian Vettel (ALE/Ferrari) - 1min12s990
4. Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull) - 1min13s166
5. Max Verstappen (HOL/Red Bull) - 1min13s414
6. Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari) - 1min13s579
7. Valtteri Bottas (FIN/Williams) - 1min13s670
8. Felipe Massa (BRA/Williams)- 1min13s789 
9. Nico Hulkenberg (ALE/Force India) - 1min13s952
10. Fernando Alonso (ESP/McLaren) - 1min14s338
11. Sergio Pérez (MEX/Force India) - 1min14s317
12. Jenson Button (GBR/McLaren) - 1min14s437
13. Esteban Gutiérrez (MEX/Haas) - 1min14s571
14. Romain Grosjean (FRA/Haas)- 1min14s803
15. Carlos Sainz (ESP/Toro Rosso) - 1min21s956
16. Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso) - 1min14s457*
17. Joylon Palmer (GBR/Renault) - 1min15s459
18. Pascal Wehrlein (ALE/Manor) - 1min15s599
19. Felipe Nasr (BRA/Sauber) - 1min16s663
20. Rio Haryanto (INA/Manor) - 1min17s052
21. Kevin Magnussen (DIN/Renault) - sem tempo
22. Marcus Ericsson (SUE/Sauber)- 1min15s635*

UOL Esporte