quarta-feira, 22 de junho de 2016

Solidariedade e motivação estimulam condutor da tocha olímpica em Campo Grande, MS



No dia 25 de junho, o revezamento da Tocha Olímpica chega a Campo Grande, capital do Mato Grosso do Sul. Ao todo, serão cerca de 10 quilômetros a serem percorridos na cidade em seis horas de percurso. O comitê definiu que 100 pessoas se revezarão entre os condutores na capital sul-mato-grossense, e dentre eles um homem determinado e movido pelos desafios da vida se destaca.

Saiba mais  
Confira o trajeto completo da tocha olímpica

O professor Felipe Dib, de 28 anos, tinha o grande sonho de se formar e sair mundo afora para fazer intercâmbio. O desejo se tornou realidade ainda no ensino médio, quando concluiu os estudos na Nova Zelândia e retornou ao Brasil para se formar em Relações Internacionais e concluir a pós-graduação em ensino e aprendizado de língua inglesa. Sua formação o levou para Washington em um programa de liderança da Georgetown University, tudo bancado pelos anfitriões. A experiência o ensinou a entender a burocracia econômica e aplicar sua formação em negócio para a educação. Tudo parecia bem, até que o destino mudou sua forma de agir e pensar.

Dib foi vítima de dois acidentes de trânsito em menos de um mês no Mato Grosso do Sul. Em 2011, o jovem professor saiu ileso de um acidente de carro. Com isso, Dib resolveu criar um canal no site Youtube para disponibilizar vídeos próprios onde lesionava inglês para quem quisesse. No entanto, Felipe sofreu um novo acidente em uma rodovia e sua vida mudou por completo. 

De acordo com Dib, sua recuperação do segundo acidente foi lenta e complicada. Passou mais de um mês internado e mais três meses em cadeira de rodas. Todo seu sonho em se tornar um homem de negócios foi repensado após a colisão. “Percebi que o dinheiro que tanto sonhei em conquistar, não valia nada. Fiquei dependente do meu pai durante a recuperação do acidente, para tudo. Quando consegui sair do hospital, percebi que queria ajudar as pessoas a crescer. E, com isso, o que eu poderia dar era a ajuda no idioma, que para tantos faz falta”, explica.

(Foto: Reprodução)

Então, Felipe investiu todas suas economias na criação de novos vídeos-aulas de três minutos cada. Com isso, o professor fundou o Você Aprende Agora (www.voceaprendeagora.com), um curso online de inglês que hoje já conta com 800 vídeos gratuitos com no máximo três minutos. Segundo Dib, a ideia é democratizar o inglês e promover o ensino de qualidade para o maior número de pessoas possíveis. 

O projeto deu tão certo que, atualmente, Dib já lesionou mais de 18 milhões de aulas para alunos de 181 países. Em 2014, o modelo foi disponibilizado em espanhol para quem quiser aprende inglês. O novo projeto já alcançou alunos no Uruguai, Venezuela, Paraguai e República Dominicana.

“As aulas conquistaram os usuários. Hoje, tenho alunos de diferentes idades, e muitos deles na faixa de 30 a 50 anos que não tiveram a chance de aprender o idioma antes. São pessoas de diferentes lugares do Brasil e até fora dele. Isso foi uma mudança muito grande na minha vida. Investi tudo que tinha na época nessa ideia, que hoje é minha fonte de renda. O que ganho com isso é para poder me dedicar 100% ao projeto e poder melhorar e expandir para alcançar mais gente. E hoje isso é meu sonho. Quero levar o tudo o que sei para pessoas que precisam disso para crescer na vida”, conta.

Felipe Dib (Foto: Reprodução)

Prêmios

Ainda em 2014, a startup foi convidada pelo Fórum Econômico Mundial para colaborar com os Objetivos do Milênio da ONU. Foi selecionada para ir a China para o Encontro Anual dos Novos Campeões e, em dezembro de 2015, ganhou um prêmio de US$60 mil no evento Switch 2015 – Change The Way You Think, o primeiro festival internacional de aceleração de startups de alto impacto da América Latina. 

Dedicação

O projeto foi uma grande influência para Dib ser um dos escolhidos entre as inscrições para carregar a tocha em Campo Grande. “A ideia de me inscrever no processo seletivo nasceu por conta do entusiasmo de alunos, amigos e familiares. Diferentes pessoas identificaram que o Você Aprende Agora é um negócio social com potencial de mudança para a vida de milhões de pessoas e viram essa oportunidade como um reconhecimento. Estou extremamente emocionado e grato com mais essa conquista”, relata.

O percurso na capital sul-mato-grossense passará pela Avenida Afonso Pena, Avenida Mato Grosso, Rua Antônio Maria Coelho, em seguida pela Rua Barão do Rio Branco, Rua 14 de Julho, Rua do Cruzeiro e Rua Spipe Calarge. Depois, o percurso segue pela Avenida Calógeras, Rua Iguassu e Avenida Júlio de Castilho. O encerramento está previsto pela organização as 16h no Parque das Nações Indígenas, no bairro Jardim Veraneio.

Conheça mais sobre o Você Aprende Agora: http://www.voceaprendeagora.com/