quarta-feira, 20 de julho de 2016

Aos 26 anos, empresário conquista mercado esportivo com loja em seis estados brasileiros

(Foto: Divulgação/Torcedor Esporte Clube)


O empreendedorismo chegou de surpresa na vida do jovem empresário Yan Lopes. Hoje com 24 anos, o ex-volante de clubes como XV de Piracicaba, Sport Club Juiz de Fora e Jaboticabal encontrou uma maneira diferente de trabalhar com futebol. Sua paixão pelo esporte o fez fundar, em 2010, a Torcedor Esporte Clube, loja de materiais esportivos, que em pouco mais de cinco anos, já possui lojas nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Piauí, Rio de Janeiro e Mato Grosso.

Entre um compromisso e outro, o empresário conseguiu um tempo para um papo com o Blog do Esporte e contar um pouco de onde surgiu a ideia de criar a Torcedor e de como planejamento e empreendedorismo deram tão certo em sua vida.

Blog do Esporte: Antes da loja, você foi jogador de futebol. Por quais clubes você passou? Conquistou algum título? Que posição você atuava? 
Yan Lopes: Joguei no Sport Club de Juiz de Fora, Ptak, XV de Piracicaba, Jaboticabal, treinei um mês no Lourosa de Portugal e por final no Tupi de Juiz de Fora. Não conquistei nenhum título... Jogava de volante.

Blog: Por que você desistiu da carreira de jogador? Você pretende voltar a jogar?
Yan: Porque eu já estava com 18 anos e não recebia para jogar. Achei que já estava na hora de ir atrás do meu dinheiro e aí larguei. Não pretendo, apenas jogo partidas uma vez por semana.

Blog: De onde veio a ideia de fundar a Torcedor Esporte Clube? 
Yan: Em 2010, observando o mercado de vestuário e artigos para esporte, percebi que na cidade de Juiz de Fora (MG) não tinha uma loja com grandes opções desse segmento. Então tive a ideia de fazer uma loja de artigos esportivos voltada para os apaixonados por futebol, oferecendo produtos oficiais e licenciados dos principais clubes do Brasil e do mundo.

Blog: Como você atraiu o público para comprar na Torcedor? 
Yan: Oferecendo um atendimento personalizado, que demonstra interesse em ouvir nossos clientes, trazendo produtos diferenciados que só encontravam fora de Juiz de Fora, e oferecendo um serviço especial de personalização de camisas com nome e número que o cliente quiser.

Blog: A Torcedor trabalha apenas com esporte?
Yan: Sim. Vários esportes como basquete, vôlei e fórmula 1, mas com foco principal no futebol.

Blog: De que maneira você realizou as parcerias como clubes como Atlético Mineiro e Vasco? 
Yan: A parceria não é diretamente com os clubes e sim com as marcas. Fizemos contato e mostramos nosso projeto de loja e nossas expectativas de crescimento. Com isso fechamos boas parcerias com mais de 50 fornecedores. A rede possui milhares de itens diferentes, desde as camisas oficiais, até chaveiros, canecas, toalhas, chupetas para bebê, chuteiras, artigos que atendam o apaixonado pelo seu clube e também a pessoa que gosta de praticar o futebol e outras atividades físicas.

Blog: O que a Torcedor vende? Quais produtos são mais procurados? 
Yan: Costumo dizer que não vendemos camisas e artigos, nós vendemos é paixão, pois o torcedor é o cliente mais fiel que existe. Os produtos mais procurados são as camisas oficiais, toalhas, chinelos, copos e canecas também são campeões de venda.

Blog: Atualmente, em que região do Brasil a Torcedor atua com suas lojas físicas? E com a loja virtual? 
Yan: Juiz de Fora (MG), Piripiri (PI), Lucas do Rio Verde (MT), Varginha (MG), Niterói (RJ), Boa Vista (RR), Vilhena (RO), Amparo (SP) - daqui uma semana inaugurará. Loja virtual http://www.torcedornet.com.br/ 

Blog: Há expectativa de abertura de novas lojas? 
Yan: 20 lojas até o final de 2016. 50 até final de 2017 , e pretendemos abrir em 2018 lojas nos Estados Unidos e em Portugal.

(Foto: Divulgação/Torcedor Esporte Clube)