sábado, 16 de julho de 2016

Bourdais acha volta voadora e domina terceiro treino livre para GP de Toronto. Castroneves é 4º

(Foto: IndyCar)


Sébastien Bourdais achou uma volta voadora e ditou o ritmo do terceiro treino livre da Indy em Toronto. Neste sábado (16), o francês especialista na pista virou 1min00s604, colocando mais de 0s2 no restante do grid.

A Penske voltou a andar forte e colocou três carros nas quatro primeiras posições. Simon Pagenaud apareceu em segundo, seguido de perto por Will Power e Helio Castroneves.

Scott Dixon novamente fez um bom trabalho e assegurou a quinta colocação, seguido por Jack Hawksworth e a Foyt que tão bem costuma andar nos treinos livres em circuitos de rua.

Graham Rahal apareceu em sétimo, atrás apenas de Hawks na briga interna da Honda. Charlie Kimball e Mikhail Aleshin, que bateu no muro no fim do treino, vieram logo atrás.

Tony Kanaan apareceu para fechar o grupo dos dez primeiros colocados na última sessão de treinamento antes da classificação desta tarde.

Confira como foi o TL3 em Toronto:

O terceiro treino livre da Indy em Toronto começou pontualmente às 10h45 (em Brasília). Confirmando o que já era esperado, os pilotos foram à pista rapidamente, com os tempos muito mais velozes que os registrados na sexta-feira.

Simon Pagenaud abriu os trabalhos na frente, com 1min02s5. Não demorou nada para que a marca do francês fosse superada por boa parte do grid. Após algumas trocas de liderança, Sébastien Bourdais apareceu em primeiro, baixando da casa de 1min02s pela primeira vez no dia.

Takuma Sato, Helio Castroneves, Tony Kanaan, Jack Hawksworth e Josef Newgarden até melhoraram o tempo registrado por Bourdais, mas era novamente Pagenaud quem assumia o controle da situação. Primeiro, o francês da Penske virou 1min01s5 e, depois, melhorou para 1min01s394.

Os tempos seguiam sendo derrubados no TL3 e Will Power brilhava para virar 1min01s036. Logo atrás vinham os dois grandes nomes da Ganassi: Scott Dixon e Kanaan. Pagenaud era o quarto.

Bourdais voltou a aparecer com destaque e cravou 1min01s021. Sua liderança durou pouco, porém, com Power rapidamente retomando o controle das ações e rompendo a barreira de 1min01s pela primeira vez.

Castroneves seguiu o companheiro australiano de Penske e também virou 1min00s9, aparecendo em segundo. Com 20 minutos para o fim do TL3, o top-10 tinha: Power, Castroneves, Bourdais, Pagenaud, Dixon, Graham Rahal, Mikhail Aleshin, Kanaan, Luca Filippi e Newgarden.

 O rendimento de Bourdais em Toronto é uma coisa impressionante. Já entrando nos 15 minutos derradeiros de sessão, o francês baixou incríveis 0s3 do tempo de Power, assumindo a ponta com 1min00s604. 

A sessão já ia chegando na parte final quando Aleshin resolveu acionar a bandeira vermelha. O russo perdeu o controle do carro e bateu no muro na curva 7.

A bandeira verde reapareceu apenas para um suspiro final, mas foi tempo suficiente para que Pagenaud desbancasse Power e garantisse, assim, a segunda posição, pouco menos de 0s3 acima do tempo de Bourdais.

UOL Esporte