domingo, 17 de julho de 2016

Diego Hypólito não participa de programa e Faustão faz duras críticas a Confederações e Nuzman

(Foto: Reprodução)


O apresentador Fausto Silva fez duras críticas ao Comitê Organizador das Olimpíadas do Rio de Janeiro, ao presidente da entidade Carlos Arthur Nuzman e a Confederação Brasileira de Ginástica (CBG), na noite desse domingo (17). O motivo foi a proibição da participação do ginasta Diego Hypólito no quadro "Ding-Dong", onde os convidados participam de uma brincadeira para adivinhar uma música por meio de uma sonoridade diferente da original. O atleta participaria do quadro ao lado da irmã, a também ginasta Danielle Hypólito.

Segundo o apresentador durante e após a apresentação do quadro, o atleta recebeu uma ligação do Comitê proibindo a participação do Diego no quadro. Caso o ginasta descumprisse a ordem, ele seria excluído da delegação que participará das Olimpíadas em agosto. Faustão, como popularmente é chamado o apresentador, não poupou críticas sobre o imprevisto. O ginasta foi substituído pelo comentarista e ex-jogador de futebol Caio Ribeiro.

“O fato de o treinador ter sido afastado por causa de uma suspeita não tem nada a ver com ele. Aí o dirigente, que deve ser um imbecil, liga para ele antes de entrar no ar e fala manda ele não participar. Ficou o Diego chorando, porque era a chance que ele tinha de receber uma homenagem. Porque a gente sabe que as condições de atletas no Brasil são ótimas, não é? Igual Alemanha, Estados Unidos. Uma decisão imbecil, que só dirigente brasileiro toma uma atitude imbecil assim. A sociedade brasileira espera uma posição de Carlos Arthuz Nuzman, que não deve aparecer”, disse Faustão. As palavras de Faustão foram bastante aplaudidas pela plateia.

Em seguida, ainda no programa, uma produtora contou todo o ocorrido nos bastidores, principalmente que Diego passou mal ao receber a notícia e que precisou de atendimento médico nos estúdios da Rede Globo. Na sexta-feira (15), o técnico Fernando Carvalho Lopes foi afastado da seleção brasileira de ginástica após acusação de abuso sexual. As investigações estão apurando o caso.

Faustão ainda leu uma nota emitida por Nuzman onde informa que o presidente não está envolvido no veto. "Há mais de uma semana já estava combinado de ele participar. Não foi pelo caso que ele viria, já estava combinado que ele ia participar do quadro. Um minuto antes de entrar, ele recebe um telefonema o proibindo e o ameaçando de ficar fora das olimpíadas. Agora a imprensa esportiva vai assumir o caso", disse.

Por meio das redes sociais, Diego se manifestou sobre o caso:

“Pessoal, sobre a minha não participação no programa do Faustão , que estava agendada para hoje , gostaria de deixar claro uma coisa : meu foco hoje é o meu treinamento , meu objetivo é representar bem o meu país , que eu tanto amo.

Admiro muito o programa do Fausto, que sempre me tratou com o maior carinho, mas preciso esclarecer que o Presidente do COB , Carlos Arthur Nuzman , nada tem a ver com essa minha não participação no programa .

Escrevo isso da minha conta pessoal do Instagram, para afirmar que sempre tive e tenho uma excelente relação com o COB, que vem me dando, junto com a CBG, as melhores condições de treinamento”.

O portal UOL Esporte conseguiu contato com o coordenador de seleções masculina na CBG, Leonardo Finco, que informou está surpreso com a participação do atleta no programa, que não foi informada para a Confederação. Finco disse que não proíbe os atletas de qualquer programa, mas que deixa claro que os ginastas não deixem os treinos de lado para atender a mídia e que espera esclarecer de fato o que ocorreu para o ginasta não participar do programa.