segunda-feira, 11 de julho de 2016

Grêmio supera investida do Peñarol e mantém zagueiro Rafael Thyere

Na última semana, uma investida quase tirou o zagueiro Rafael Thyere do Grêmio. Dois profissionais do Penãrol, do Uruguai, vieram ao Brasil atrás do defensor que ganhou as primeiras chances no time apenas depois da falência técnica de Bressan. Mas o Tricolor agiu rápido e é totalmente otimista sobre a permanência dele. 

"Recebemos uma investida do Peñarol, sim. Mas estamos absolutamente confiantes na renovação. Vamos assinar com o Thyere por mais três anos", disse o presidente Romildo Bolzan Júnior. 

Rafael Thyere, de 23 anos, quase foi dispensado pelo Grêmio no início de 2015. Seu retorno ao time principal aconteceu apenas porque Werley foi cedido ao Santos por empréstimo. No ano passado ele jogou apenas seis partidas, totalizando 500 minutos em campo. E neste ano havia disputado somente dois jogos, quando apenas suplentes estiveram em campo.

Até que Bressan - que atuava nas ausências dos lesionados Geromel e Wallace Reis - repetiu uma série de falhas, prejudicando o time. Foi quando Thyere ganhou nova oportunidade e convenceu. Fazendo 'o simples' e se esforçando muito, levou a confiança de Roger Machado e subiu degraus no clube. 

"Queria que todos os jogadores tivessem o empenho do Thyere nos treinamentos. Mesmo sem jogar, ele nunca esmoreceu", disse o treinador após as boas atuações do zagueiro. 

E a avaliação do clube também mudou. Tanto que o contrato que dificilmente seria renovado virou prioridade. O empresário do jogador, Jorge Baidek, esteve com os representantes do Peñarol apresentando o atleta, uma proposta foi feita, mas não o suficiente. Uma ampliação salarial e três anos de vínculo ao clube pesaram mais e ele deve permanecer. 

Sem certeza sobre a volta dos titulares e com o rendimento regular, Thyere deve seguir na equipe diante do Sport, no próximo domingo. 

UOL Esporte