sábado, 23 de julho de 2016

Kléber marca, Coritiba vence Santa Cruz e 'dorme' fora da degola

Depois de três rodadas, o Coritiba voltou a vencer no Campeonato Brasileiro. Neste sábado, o time paranaense visitou o Santa Cruz no Estádio Arruda e bateu o adversário pernambucano pelo placar de 1 a 0. Kléber Gladiador fez o único gol do jogo, válido pela 16ª rodada do Brasileirão. O atacante ainda poderia ter ampliado o marcador, mas desperdiçou uma cobrança de pênalti na segunda etapa: Tiago Cardoso defendeu. Mesmo assim, o Coritiba desencantou fora de casa na competição.

O gol do jogo aconteceu aos 32 minutos do primeiro tempo. Kléber recebeu de Kazim na área e pegou de primeira, mandando para o fundo da rede, sem chances de defesa para o goleiro do Santa Cruz.

Com a boa vitória fora de casa, o Coritiba chega aos 18 pontos na tabela, momentaneamente na 14ª colocação, fora da zona de rebaixamento. A equipe paranaense vinha de uma derrota para o Atlético-MG e de empates contra Fluminense e Botafogo antes da partida deste sábado.

Já o Santa Cruz, depois de duas vitórias consecutivas, permanece com 17 pontos, na 15ª posição, perto da zona de rebaixamento.

Na próxima rodada do Campeonato Brasileiro, o Coritiba recebe o Flamengo, no domingo, no Couto Pereira. Já o Santa Cruz buscará a reabilitação no sábado, no Independência, diante do Atlético-MG.

O jogo

O Santa Cruz começou a partida tentando impor seu ritmo e, logo aos três minutos, Keno lançou a bola para a área, mas Arthur, desatento, não aproveitou o lance. Aos cinco, Danny Moraes desviou de cabeça e Wilson, de tapa, afastou o perigo. O Coritiba encaixou o primeiro chute aos oito minutos, com Kléber, que arrematou por cima da meta.

O Alviverde marcava forte e tentava o contra-ataque sempre passando por Kléber. Aos 16 minutos, com dificuldade de entrar na defesa coxa-branca, Tiago Costa chutou a bola do jeito que ela veio e carimbou Luccas Claro. Aos 24 minutos, a bola sobrou na área para Rafael Veiga, que tentou uma bicicleta, mas não pegou em cheio, mandando para a lateral.

Porém, o Gladiador não perdeu a chance dele. Aos 32 minutos, Kazim tocou rasteiro e Kléber chegou batendo para estufar a rede e abrir o placar.

De longe, João Paulo arriscou o chute, aos 35 minutos, e Tiago Cardoso salvou. O turco Kazim se movimentava bem e, aos 43 minutos, partiu para a jogada individual, deixando três para trás, mas adiantou demais a bola.

Para a etapa final, as equipes retornaram sem mudanças. E, logo aos seis minutos, Alan Santos serviu Kléber, que invadiu a área e foi derrubado por Tiago Cardoso. Pênalti marcado. O Gladiador bateu e desperdiçou, nas mãos do goleiro. O lance inflamou a torcida coral, mas em campo o time não correspondia, com muitos chutões.

O Coritiba se defendia bem e tentava manter a posse para evitar a pressão. Aos 16 minutos, João Paulo lançou Carlinhos, que na hora do cruzamento foi travado pela defesa. O Gladiador, de cabeça, aos 23 minutos, quase compensou o pênalti perdido.

Aos 32 minutos, foi a vez de Kazim perder, testando no cantinho para defesa de Tiago Cardoso. O Santa não tinha forças para reagir e facilitou a defesa paranaense. Nos acréscimos, Felipe Amorim ainda tentou marcar por cobertura e carimbou a trave.

FICHA TÉCNICA:
SANTA CRUZ 0 X 1 CORITIBA

Local: Estádio Arruda, em Recife (PE)
Data: 23 de julho de 2016, sábado
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio (Fifa-GO)
Assistentes: Fabrício Vilarinho da Silva (Fifa-GO) e Bruno Raphael Pires (Fifa-GO)
Cartões amarelos: João Paulo (Santa Cruz); Carlinhos (Coritiba)
Gol: CORITIBA: Kléber, aos 32 minutos do primeiro tempo

SANTA CRUZ: Tiago Cardoso; Leo Moura, Wellington, Danny Morais e Tiago Costa; Uillian Correia, João Paulo, Marcílio (Marcinho) e Arthur (Danilo Pires); Keno e Marion (Bruno Moraes). Técnico: Milton Mendes

CORITIBA: Wilson; Ceará, Luccas Claro, Juninho (Nery Bareiro) e Carlinhos; Edinho, Alan Santos, João Paulo e Raphael Veiga (Felipe Amorim); Kazim e Kleber (Iago). Técnico: Pachequinho

ESPN