sábado, 2 de julho de 2016

Massa lamenta volta na hora errada e Nasr sofre com pneus na Áustria

(Foto: Kerstin Joensson/AP)


Felipe Massa esperava mais do que a décima colocação no grid de largada do GP da Áustria, mas as situações climáticas complicadas acabaram atrapalhando o piloto brasileiro, o primeiro a colocar pneus de seco nos minutos finais, quando a chuva que caiu no meio da sessão parou.

Isso fez com que Massa fosse sempre o primeiro a cruzar a linha de chegada, pegando sempre a pista, que evoluía rapidamente, mais molhada que os rivais.

"O único problema é que fui o primeiro carro a começar a volta e a pista vinha melhorando um monte a cada segundo. Sem dúvida, o último carro que começou a volta pegou a pista mais seca. Mas faz parte neste tipo de classificação", disse o piloto da Williams, que frisou a importância do trabalho com os pneus para a corrida, uma vez que os pneus ultramacios estão durando muito pouco na pista de Spielberg..

"Temos de trabalhar muito com o pneu. Manter o pneu em uma boa condição é o caminho ideal. Não será fácil, mas vamos tentar fazer o melhor."

Para a Sauber de Felipe Nasr, os pneus ultramacios foram problemáticos até mesmo na classificação. O brasileiro chegou, inclusive, a colocar os supermacios, teoricamente mais lentos, para melhorar a sensação que tinha do carro, mas uma bandeira amarela acabou atrapalhando sua tentativa final.

Com isso, o brasileiro fecha a última fila, ao lado do companheiro Marcus Ericsson.

"Foi até pior do que a gente imaginava principalmente pelos pneus ultramacios não terem se encaixado bem, principalmente para mim. No final, eu coloquei o pneu supermacio e vinha melhor. Não tivemos a chance de fazer essa comparação entre os dois pneus nos treinos e vi que, para mim, foi melhor. Se não fosse a bandeira amarela, que me obrigou a tirar o pé no segundo setor, eu vinha fazendo um tempo melhor com o pneu que não tem, teoricamente, a mesma aderência. Acho que as outras equipes souberam entender melhor o ultramacio."

Para a corrida, contudo, Nasr acredita que a Sauber pode crescer fazendo uma estratégia diferente dos rivais.

"Acho que vai ser uma prova dura para os pneus se tiver o mesmo calor dos últimos dias, principalmente com o pneu ultramacio, que não funcionou bem no nosso carro. Acho que, do lugar onde estamos largando, temos uma flexibilidade de estratégia e podemos usar isso para ter um bom resultado."

O GP da Áustria tem largada às 9h pelo horário de Brasília.

UOL Esporte