quarta-feira, 20 de julho de 2016

Torcedor é espancado após confusão durante partida em Campinas, SP

(Foto: Reprodução)


Aproximadamente 50 torcedores da Ponte Preta e do São Paulo entraram em confronto na noite dessa terça-feira (19), em frente a prefeitura de Campinas (SP), durante uma partida entre as duas equipes pelo Campeonato Brasileiro sub-20. A briga deixou pelo menos dois feridos e um deles foi socorrido em estado grave.

Imagens de câmeras de segurança mostram que a confusão teve início em frente ao Estádio Moisés Lucarelli, quando torcedores uniformizados do São Paulo tentaram entrar pelo portão principal do estádio. A Polícia Militar foi acionada e utilizou bombas de efeito moral para controlar o início da confusão.

Entretanto, a briga continuou na Avenida Anchieta, em frente a Prefeitura de Campinas. Pontepretanos e são-paulinos trocaram chutes e socos e um torcedor alvinegro chegou a ser espancado com paus e chutes por cerca de 10 pessoas. Segundo relatos de moradores que passavam pelo local, o torcedor ferido tentou sair do local após as agressões, mas desmaiou no canteiro central da avenida. Pela manhã era possível conferir as marcas de sangue deixadas pela confusão.

A vítima de 18 anos teve fraturas no braço esquerdo e corte na cabeça e foi levado em estado grave para o Hospital Municipal Ouro Verde, mas já recebeu alta na manhã desta quarta-feira. Outro torcedor teve ferimentos leves e foi encaminhado para a unidade de Pronto Atendimento do Centro.

A Guarda Municipal e a Polícia Militar chegaram após o término da confusão e recolheram um rojão, oito barras de ferro e três pedaços de madeira, um deles com um prego na ponta. Uma ambulância do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) e o Resgate do Corpo de Bombeiros fizeram o socorro às vítimas. Ninguém foi preso e nenhum boletim de ocorrência foi registrado.

Dentro de campo, Ponte e São Paulo empataram em 2 a 2.