quinta-feira, 28 de julho de 2016

Vencedor do Puskas, Wendell Lira se aposenta e vira gamer após "desilusões"

(Foto: Reprodução)


Wendell Lira ficou conhecido por marcar o gol mais bonito de 2015. Mas não repetirá tal feitos em gramados do Brasil ou do mundo. Nesta quinta-feira (28), o jogador confirmou sua aposentadoria motivada por lesões. Agora, ele continuará em ação nos campos virtuais, já que ele lançou um canal no Youtube focado no game Fifa. 

"Decidi que é hora de parar", disse o jogador em vídeo promocional. "Várias situações me motivaram a essa decisão. O gol marcou minha carreira, foi inesquecível, mas eu tive muitas desilusões no futebol. Infelizmente há pessoas boas, mas há pessoas muito ruins no futebol, que não pensam na família ou no jogador. Tive muitos problemas e como eu já era um apaixonado por games, recebi uma proposta muito boa para iniciar este projeto, que me levaria a ter um futuro melhor, já que no futebol teria mais três ou quatro anos de carreira em um nível intermediário. Todos sabem a dificuldade dos clubes menores. Foi a melhor decisão", disse em entrevista coletiva. 

Wendell já mostrou qualidade com o controle nas mãos. Depois de vencer o Prêmio Puskas, foi convidado pelo ganhador da Copa do Mundo de Fifa para atuar e venceu por 6 a 1.

"Muitos devem se perguntar sobre o videogame. Mas este mundo cresce muito. É um mundo muito grande e desperta interesse de clubes e empresas. Nada mais propício, já que minha imagem tem um alcance grande nesta faixa etária", explicou. 

A decisão de deixar o futebol é definitiva. Wendell não pretende voltar a jogar, mesmo que tenha recebido propostas. 

"No últimos dias meu telefone tem tocado muito. É definitivo, eu já tinha parado e Deus me deu mais uns meses como presente, o prêmio foi maravilhoso. Eu já trabalhava com minha mãe na lanchonete dela. E acabou que ganhei o prêmio, e tive meses de felicidade. Não estou encerrando um ciclo ruim, não tenho mágoa, só tenho a falar que foram momentos maravilhosos. Vivi o que tenho que viver. Poucos vão poder dizer que saem assim, reconhecidos como ganhadores. Cheguei ao máximo da minha carreira. Acho que tá na hora certa de parar e está perfeito", disse o jogador.

Wendell levou meses e contou com a ajuda de parentes e amigos para tomar essa decisão. Como a mãe, Maria Edileuza. ""Ele conversou comigo antes para decidir o que era melhor pra ele o que não era. Apesar de ele ter talento, as portas que abriram pra ele não foram pra ele ter uma estabilidade. As propostas que ele recebia dos times não eram muito boas, e esta proposta que ele recebeu de games foi irrecusável. Isso acompanha a vida dele desde quando ele se lesionou a primeira vez. Pra ele não entrar em depressão, ele se distraía jogando videogame", conta ela.

"Eu estou feliz, sabe por quê? Porque ele está tendo paz. Depois que ele assinou este contrato, ele ficou alegre, está tranquilo. A gente ficou feliz com o prêmio Puskas, mas este prêmio não trouxe a mudança para a vida do Wendell que este projeto trouxe pra ele, este de games", completou ela.

A ideia agora é contar com amigos do futebol para falar sobre games e fazer vídeos. Até mesmo Neymar seria bem vindo no veículo criado pelo jogador.

"Eu agradeço muito as palavras dele comigo, foi um carinho enorme saber que uma pessoa como o Neymar te parabeniza. Estou muito feliz que Deus me abriu essa porta, como abriu a do Puskàs. Deus me deu a oportunidade, e estou agarrando com unhas e dentes. É uma oportunidade única de dar uma oportunidade muito única para a minha família. Quero que ele se inscreva no canal. Essa galera do futebol está sempre acompanhando", comentou. "Ainda não reproduzi meu gol no Fifa, porque é muito complicado. Mas vou tentar agora que é meu trabalho", sorriu. 

O canal de Lira é WLPSKS e já está no ar. "Quero fazer vídeos diferentes dos que já existem no Youtube. Com amigos, jogadores de futebol, sempre focado no game", completou. 

UOL Esporte