domingo, 14 de agosto de 2016

Cristóvão lamenta gols perdidos e cobra diretoria por reforço no ataque

(Foto: EDU ANDRADE/FATOPRESS)


Na Arena do Grêmio, o ataque corintiano voltou a falhar. Na primeira etapa foram pelo menos quatro chances claras, todas desperdiçadas. A falta de eficiência incomodou o técnico Cristóvão Borges, que aproveitou novamente para cobrar a diretoria sobre a chegada de um novo atacante para o elenco.

"Precisamos de mais um, há necessidade. O clube sabe, a diretoria sabe, e estamos procurando, monitorando o mercado", destacou o treinador corintiano depois da derrota por 3 a 0 para o Grêmio.

André, por exemplo, teve uma manhã de domingo apagada neste domingo. Romero apareceu para o jogo, brigou, mas manteve a seca – agora são sete partidas sem balançar as redes adversárias.

Cristóvão Borges, que cobrou a diretoria pela chegada de um atacante pelo menos em duas oportunidades antes deste domingo, lamentou a ineficiência do ataque corintiano no Sul.

"Na criação de oportunidade, a gente teve muito mais do que a equipe do Grêmio. Eles foram efetivos, criaram várias chances e concluíram três em gols. Tivemos oportunidades de fazer até mais do que isso", analisou o treinador, que admite uma pressão ainda maior sobre si.

"Fica ruim, temos que aproveitar as oportunidades. Assim como algumas rodadas atrás, hoje poderíamos ir para a liderança. Ninguém conseguiu disparar ainda, mas essas partidas sem vencer aumentam a cobrança. Ela existia e vai continuar. Quando ganharmos, as coisas voltam para o lugar", destacou.

O treinador contará com uma semana cheia de trabalho pela frente. O Corinthians retorna a campo somente na próxima segunda-feira, às 20h (de Brasília), contra o Vitória, na Arena em Itaquera.

UOL Esporte