sábado, 6 de agosto de 2016

Kitadai e Sarah perdem nas quartas do judô e Brasil fica sem ouro

(Foto: Laurence Griffiths/Getty)


Felipe Kitadai perdeu a luta contra Orkhan Safarov, do Azerbaijão, pelas quartas de final do judô no início da tarde deste sábado (06). Ele levou um ippon faltando dois minutos para o final da luta. 

A série de seis vitórias seguidas de Sarah Menezes em Jogos Olímpicos acabou. Neste sábado, a brasileira foi até as quartas de final da chave dos ligeiros dos Jogos do Rio de Janeiro, mas perdeu e agora disputará a repescagem. A algoz foi a cubana Dayaris Mestre Alvarez, tricampeã pan-americana, que não batia a brasileira há cinco lutas.

Na estreia, Sarah tinha batido a belga Charline van Snick, atual campeã europeia, com propriedade. Foi o sexto triunfo olímpico: em Londres-2012, quando conquistou o primeiro ouro do judô feminino do país, foram cinco vitórias.

Kitadai vence duas e vai às quartas de final 
Felipe Kitadai venceu neste sábado o alemão Tobias Englmaier. Valeu a classificação para as quartas de final dos ligeiros nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro. Mais do que isso: a segunda vitória significa que o brasileiro, mesmo se perder na próxima rodada, seguirá com chances de lutar pelo pódio na Rio-2016.

Ao contrário da vitória na estreia, em que precisou dos últimos segundos para bater o campeão europeu de 2016 Walide Khyar, contra o alemão a luta foi mais tranquila. Ele conseguiu um yuko logo no início e projetou o alemão mais uma vez, nos minutos finais, em que a pontuação foi dada e então retirada.

A situação é igual a de 2012, em Londres, quando Kitadai foi medalhista de bronze. Ele perdeu nas quartas de final para o uzbeque Rishod Sobirov, mas voltou na repescagem para subir ao pódio, vencendo o então bicampeão asiático Choi Gwang-Hyeon e o medalhista de bronze do Mundial de 2009 da Itália, Elio Verde.

UOL Esporte