quarta-feira, 3 de agosto de 2016

Murray lamenta ausências de Federer e Wawrinka

(Foto: Reprodução)


Atual campeão olímpico, o britânico Andy Murray fez nesta terça-feira seu primeiro treino nas quadras olímpicas do Rio de Janeiro. Depois da sessão de treinamento, o número 2 do mundo falou um pouco sobre sua expectativa no torneio e lamentou a as ausências dos suíços Roger Federer e Stan Wawrinka.

"É uma pena o que aconteceu com Roger e Stan. Eles são dois grandes jogadores, capazes de vencer eventos como esse. Lamento que não estejam aqui, mas mesmo assim o torneio está muito forte", afirmou Murray, que nesta quinta-feira conhecerá a chave de simples nos Jogos do Rio. 

"Vários top 20 vieram, mesmo que outros tantos tenham desistido de vir. Alguns citaram o problema com o vírus da zika e outros tiveram lesões, o que infelizmente acontece", acrescentou o britânico, que revelou ter conversado com seu médico antes de vir ao Brasil.

Murray veio sozinho ao Rio e deixou a esposa Kim Sears em casa. "Eu conversei com meu médico e ele falou que estava tudo bem. Não é um grande problema neste período do ano e não levei muitas picadas de mosquito", brincou o vice-líder da ATP.

Em sua primeira vez no Brasil, o britânico mostrou bastante empolgação. "É minha primeira vez no país e estou bastante empolgado por estar aqui. Não joguei uma partida sequer nas últimas semanas, mas vamos ver aonde consigo ir", finalizou.

UOL Esporte