terça-feira, 9 de agosto de 2016

Que Zika! Solo toma dois frangos, Colômbia arranca empate no fim e tira 100% dos EUA

(Foto: BRUNO ZANARDO/GETTY IMAGES)


Uma das principais "vilãs" das Olimpíadas para o torcedor brasileiro, Hope Solo encheu as arquibancadas da Arena Amazônia de alegria na noite desta terça-feira. A goleira dos Estados Unidos levou dois frangos e viu a Colômbia arrancar um empate, por 2 a 2, aos 45 minutos do segundo tempo. Os dois tentos colombianos foram marcados por Catalina Usme. Dunn e Pugh fizeram para as norte-americanas. 

Primeiro, Solo, que voltou a ser vaiada toda vez que fazia um lance, errou ao tentar defender uma falta cobrada por Catalina Usme e viu a bola passar por baixo das pernas. A falha fez a o estádio vibrar de alegria.

A sorte da arqueira é que o time dos Estados Unidos é bem superior a grande parte das concorrentes. Mesmo em desvantagem, a equipe não se desesperou em nenhum momento e buscou a virada com gols de Crystal Dunn e Mallory Pugh. 

O que parecia uma vitória suada virou pesadelo para Solo. Aos 45 minutos do segundo tempo, novamente Usme cobrou falta fechada, e a goleira norte-americana 'caçou borboleta" na saída de gol, vendo a bola entrar direto na rede. 

Os manauaras não deixaram os EUA em paz de forma alguma. Em diversos momentos era possível ouvir o coro: de "Zika, Zika, Zika". O apoio de quase todo o estádio foi para as colombianas. A torcida explodiu quando o gol do empate saiu, já aos 45 do segundo tempo. 

Com o resultado, os Estados Unidos terminaram o grupo G com sete pontos e perderam o 100% de aproveitamento. A Colômbia terminou com um ponto, mas fica com um gosto de vitória após arrancar um empate com um dos times mais fortes do mundo.

Solo e a Zika 

As manifestações contra a goleira começaram após ela postar uma foto em uma rede social com uma máscara e um repelente contra o Zica vírus. 

ESPN