terça-feira, 13 de setembro de 2016

Após reunião em Brasília, Primeira Liga anuncia inclusão de seis clubes

(Foto: Divulgação/Primeira Liga)


Em reunião na manhã desta terça-feira, em Brasília, a Primeira Liga anunciou seis novos membros no grupo. A partir de agora, Atlético-GO, Ceará, Tupi-MG, Luverdense, Londrina e Brasil de Pelotas se juntam aos 15 demais clubes que já faziam parte da Liga. Apesar da inclusão das seis equipes, elas não participarão da próxima edição do torneio, em 2017, que já tem formato definido com 15 clubes e sete datas.

Em nota, a Liga declara que os novatos já participarão das próximas reuniões do grupo e podem ser incluídos nos torneios de 2018 e 2019. Segundo o Diretor-executivo da Primeira Liga, José Sabino – que entrou no cargo recentemente –, a expectativa é que a inclusão dos seis clubes contribua para aumentar o valor comercial da competição.

– Os clubes carecem de participação mais efetiva na organização do futebol brasileiro e isso a Primeira Liga oferece. Tudo é debatido e conversado até que consigamos chegar a um denominador comum. Nosso objetivo é melhorar a estrutura do esporte, e mostrar que os clubes que são os principais protagonistas do futebol devem assumir um papel decisivo na gestão do futebol. Isso vai permitir um maior retorno financeiro para os clubes e consequentemente mais investimentos para o futebol brasileiro – declarou Sabino. 

O encontro que selou a inclusão dos seis novos clubes foi na capital federal devido a uma audiência pública na Câmara dos Deputados na qual clubes e CBF discutirão a aplicação da Lei de Responsabilidade Fiscal do Esporte, o Profut. 

Em 2016, a Copa da Primeira Liga contou com 12 clubes e cinco datas. O campeão foi o Fluminense, após final com o Atlético-PR disputada em Juiz de Fora. A segunda edição do torneio deve começar no dia 22 de janeiro de 2017 e terminar no dia 29 de março, com possibilidade de alterações após definição dos classificados para a Libertadores.

Os participantes serão todos os integrantes originais da Liga: Grêmio, Inter, Joinville, Criciúma, Figueirense, Avaí, Chapecoense, Paraná, Coritiba, Atlético-PR, Flamengo, Fluminense, Atlético-MG, América-MG e Cruzeiro. Os 15 clubes serão divididos em três chaves de cinco. Na fase de grupos, cada time jogará duas partidas fora e duas em casa. Avançam para as quartas de final o campeão e o vice de cada grupo, além dos dois melhores terceiros. Os duelos de quartas, semis e final serão em jogo único, na casa do time que tiver feito melhor campanha.

Globo Esporte