quinta-feira, 8 de setembro de 2016

Brasil conquista sua primeira medalha na Paraolimpíada com Odair Santos

(Foto: REUTERS/Ricardo Moraes)


O brasileiro Odair Santos conquistou a primeira medalha do Brasil na Paraolimpíada do Rio nesta quinta (08), no Engenhão. Ele conquistou a medalha de prata nos 5000 m na classe T11, para deficientes visuais totais.

Odair começou a prova em um ritmo mais lento, parte da estratégia do atleta, e ficou em quarto lugar até pouco mais de 10 minutos de prova, quando deu o bote em seus adversários e assumiu a liderança.

Nos últimos metros, no entanto, acabou ultrapassado pelo queniano Samwel Mushai Kimani, que conquistou o ouro com o tempo de 15min16s11. O tempo do brasileiro foi de 15min17s55. O bronze ficou com o também queniano BII Wilson (15min22s96). 

"Eu adotei essa estratégia de tentar dosar no início para fechar mais forte, mas infelizmente, hoje, não deu certo. O primeiro colocado é corredor de 1500 m e foi mais veloz que eu. Fico frustrado por não ter ganho, mas feliz mesmo assim por conquistar a primeira medalha do Brasil. Tenho um 15min11s. Hoje foi minha segunda melhor marca do ano. Estou satisfeito", comentou após a prova. 

Odair Santos ainda correrá a prova dos 1500 m, com classificatórias no domingo (11). 

"Vou procurar descansar bastante e entrar com tudo também. Quem sabe conquisto mais uma medalha?", indagou.

O atleta já havia conquistado sete medalhas paraolímpicas, sendo três de prata e quatro de bronze. Esta é a segunda Paraolimpíada que Odair disputa como deficiente visual completo, na T11. Ele perdeu totalmente a visão em 2010. Antes disso, disputou Atenas-2004 e Pequim-2008. Aos 35 anos, ele ainda é o atual campeão mundial dos 1500 m em sua classe. 

UOL Esporte