segunda-feira, 19 de setembro de 2016

Desempenho de Carille no Corinthians é parecido com o de times ameaçados de queda

(Foto: Gazeta Press)


Fabio Carille será o técnico do Corinthians até o final da temporada, segundo anunciou o presidente do clube, Roberto de Andrade, no último sábado. Ele substituirá interinamente Cristóvão Borges, demitido no mesmo dia da declaração do presidente. Faltando 12 jogos para o fim do Campeonato Brasileiro e com o time almejando uma vaga na Libertadores, o cenário não é animador para o novo comandante.

Além de ter um time enfraquecido com a saída da base do título do ano passado, Carille terá de superar o próprio retrospecto dele no Corinthians. Hoje o número é compatível com os times que estão na zona de rebaixamento.

O treinador já comandou a equipe alvinegra em quatro oportunidades, sempre como técnico interino, somando apenas uma vitória, um empate e duas derrotas. Ou seja, 33,3% de aproveitamento dos pontos que disputou.

Para se ter ideia, hoje o time de melhor aproveitamento entre os que estão na zona de rebaixamento é o Internacional, com 36% (27 pontos em 25 jogos), na 18ª colocação. E o time colorado jogará ainda nesta segunda-feira, no complemento da 26ª rodada, e pode até deixar a zona de degola em caso de vitória contra o América-MG.

O Figueirense, 17º, tem 35% aproveitamento, superior ao de Carille no Corinthians, enquanto o Santa Cruz, penúltimo, tem 29%, e o América-MG, lanterna, 20%.

Carille já comandou o Corinthians quatro vezes, sendo duas em 2010 (substituindo Adilson Batista e antes da contratação de Tite) e duas neste ano (após a saída de Tite para a seleção brasileira).Todos os compromissos foram pelo Campeonato Brasileiro.

Em 2010, o Corinthians perdeu para o Vasco da Gama por 2 a 0, no Rio de Janeiro, e empatou sem gols com o Guarani, em Campinas. Neste ano, perdeu para o Fluminense por 1 a 0, no Rio de Janeiro, e venceu o Botafogo por 3 a 1, na Arena de Itaquera. 

COMO ESTAVA ANTES?

Cristóvão Borges foi demitido após 17 jogos no Brasileiro, com sete vitórias, quatro empates e seis derrotas, um aproveitamento de 49% dos pontos - próximo da zona que o time ocupa na tabela, no quinto lugar atualmente. Ele já vinha pressionado e não resistiu a derrota para o Palmeiras por 2 a 0, em Itaquera, no último sábado.

Tite, que deixou o clube também após um jogo contra o Palmeiras (derrota por 1 a 0), em 12 de junho deste ano, foi melhor. Foram quatro vitórias, um empate e duas derrotas. Aproveitamento de 61%, o que colocaria o Corinthians em terceiro.

Atualmente, o Corinthians tem 41 pontos, quatro a menos que o Santos, o último integrante do G4. O aproveitamento é de 52%, faltando ainda 36 pontos em disputa.

O Palmeiras, líder, tem 51 pontos, dez a mais que o clube alvinegro, com 65% de aproveitamento. O Flamengo, vice-líder, tem 50 pontos e 64% de aproveitamento.

COPA DO BRASIL PRIMEIRO

Antes de estrear no Brasileiro, no entanto, Fabio Carille terá as oitavas de final da Copa do Brasil como desafio. O Corinthians encara o Fluminense, nesta quarta-feira, em Itaquera, após ter empatado o primeiro jogo por 1 a 1. Ou seja, podendo jogar por um empate sem gols, em casa, para ficar com a classificação.

Empate com contagem igual ou superior a dois gols dá a vaga nas quartas ao rival, enquanto novo 1 a 1 levará a definição para os pênaltis. Quem vencer, avança.

A Copa do Brasil é também um dos caminhos para o time chegar a Copa Libertadores, por isso será priorizada pelo clube alvinegro.

ESPN