quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Descontrole de zagueiro e gol corintiano anulado marcam rodada de quarta

(Foto: Rubens Cavallari/Folhapress)


O início da 29ª rodada do Campeonato Brasileiro teve um descontrole do zagueiro Henrique, do Fluminense. O defensor causou polêmica ao chutar a camisa do Santos. Além dele, o golaço marcado por Diego Souza e o gol anulado do corintiano Gustavo chamaram atenção.

Confira o que de melhor aconteceu na quarta-feira de rodada:

Henrique chuta camisa do Santos 
O zagueiro Henrique chamou atenção depois da partida contra o Santos. Depois de trocar camisa com Yuri, o jogador do Fluminense chutou a camisa santista. Mais tarde, ele se desculpou e explicou que a irritação se deu ao ser informado de que havia sido sorteado para o exame antidoping. "Sem lembrar que estava com a camisa na mão, acabei chutando sem intenção de desrespeitar o Santos".

Sport empata com golaço..
O Sport saiu atrás do placar contra o São Paulo, mas buscou o empate com um golaço de Diego Souza. Aos 42 minutos do primeiro tempo, Everton Felipe cruzou para o meia, que dominou e mandou de voleio para o fundo do gol de Denis.

... E quase a virada sai com mais um golaço
A virada do Sport quase veio com um novo golaço. Rogério escorou para Apodi, que pegou de primeira e acertou o travessão de Denis, que se esticou, mas não chegou perto da bola. Antes disso, ainda no primeiro tempo, foi o São Paulo quem carimbou o travessão. Carlinhos bateu colocado de fora da área e acertou o poste do gol de Magrão.

Acabou a paciência com a torcida 
O novo recorde negativo da Arena Corinthians incomodou os jogadores da equipe paulista. Depois do empate em 0 a 0 com o Atlético-MG, Marquinhos Gabriel e Rodriguinho não esconderam o desconforto com a situação. "Quem acredita vai vir aqui nos ajudar. Na hora difícil, o torcedor também tem que comparecer. Não é só nas horas boas, quando ganha títulos", cobrou Marquinhos.

"Queremos fazer um apelo e pedir aos torcedores que compareçam e nos ajudem, porque a equipe precisa e o Corinthians sempre teve sua marca de fazer pressão aos adversários", pediu Rodriguinho.

Na entrevista coletiva, o técnico Fábio Carille disse acreditar que a torcida voltará quando os resultados voltarem a aparecer. "Hoje houve apoio a todo momento, o time correspondeu em campo e isso vai melhorar em cima da nossa atitude, do que fizermos. Tenho certeza que se formos bem contra o Santa Cruz vai lotar de novo contra o América-MG".

Bem anulado ou não? 
No primeiro tempo, o Corinthians abriu o placar com Gustavo. O árbitro Rodolpho Toski Marques, auxiliado por Bruno Boschilia, viu falta do atacante no zagueiro Gabriel e anulou o lance. "Não entendi o que ele deu na verdade. Zagueiro ficou parado e eu tentei antecipá-lo. Mas vai fazer o que? Não tem o que reclamar. Perguntei, disse que não fiz falta, mas ele falou que eu empurrei ele", resumiu Gustavo.

O lance incomodou, também, Marquinhos Gabriel. "O gol foi mal anulado. Quando o Corinthians é favorecido, todo mundo fala, agora tem de falar também. Contra o Botafogo tomamos um gol impedido, agora é hora de falar também".

A seca sem fim de Henrique Almeida
Henrique Almeida segue em crise com a camisa do Grêmio. Sem marcar desde 21 de agosto, contra o Flamengo, o atacante teve duas boas chances para acabar com a seca de oito jogos, mas não conseguiu. Aos 44 minutos do primeiro tempo, ele fez grande jogada para a direita e rolou para o gol sem goleiro, mas Kanu apareceu e tirou quase em cima da linha. Em outra oportunidade, Henrique recebeu livre e chutou em cima de Fernando Miguel.

Hyuri perde gol incrível
O Atlético-MG poderia ter aberto o placar contra o Corinthians ainda no primeiro tempo, mas não conseguiu em um lance que contou com dois momentos curiosos. Após passe de Robinho, Hyuri disparou livre em direção ao gol de Walter. Seu marcador, Yago, parou no meio da jogada por causa de uma lesão. Na sequência do lance, o atacante, sozinho, se posicionou para bater no gol, mas pegou muito mal e mandou longe da meta corintiana.

Denis salva o São Paulo
Criticado no começo da temporada, Denis fez mais uma atuação consistente no gol do São Paulo. Contra o Sport, a atuação do goleiro foi importante para evitar que o time paulista saísse de campo derrotado. No lance mais importante, aos 43 minutos do segundo tempo, Apodi apareceu livre dentro da área, dominou, e chutou para grande defesa do goleiro.

Leandro Donizete quase deixa o Galo na mão
Leandro Donizete foi responsável por quatro das 16 faltas cometidas pelo Atlético-MG contra o Corinthians. Aos 38 minutos da etapa inicial veio o primeiro amarelo: sem conseguir pegar a bola, o volante derrubou Marquinhos Gabriel com um carrinho. No segundo tempo, aos 34 minutos, o segundo e o vermelho: uma entrada dura em Rildo. Com um a menos, o Atlético-MG precisou se fechar e se defender o máximo que pôde para evitar que o Corinthians abrisse o placar.

UOL Esporte