sábado, 1 de outubro de 2016

Liverpool começa mal, mas consegue virada sobre o Swansea com Firmino protagonista

(Foto: Getty Images)


O bom futebol que vem animando a torcida no começo da temporada não apareceu, mas o Liverpool manteve sua boa sequência no Campeonato Inglês neste sábado. Depois de uma atuação ruim no primeiro tempo, os Reds se recuperaram na etapa final e conseguiram uma vitória de virada sobre o Swansea, fora de casa, por 2 a 1. O brasileiro Roberto Firmino foi o protagonista ao marcar o primeiro gol e sofrer o pênalti que Milner bateu para garantir o triunfo.

ENTRE OS LÍDERES
O quarto triunfo consecutivo mantém o Liverpool entre os líderes do Campeonato Inglês. Os Reds vão a 16 pontos e alcançam a segunda colocação - podendo ser ultrapassados por Tottenham e Arsenal no domingo. O Swansea, por sua vez, fica com quatro, em 17º, podendo terminar a rodada na zona de rebaixamento. Na próxima rodada, o Liverpool recebe o Manchester United em um dos grandes clássicos do futebol da Terra da Rainha, e os Cisnes visitam o Arsenal.

EM ALTA
Titular absoluto de Jürgen Klopp nesta temporada, Roberto Firmino fez jus aos elogios feitos pelo treinador no começo da semana. Embora não tenha criado muitas chances, o camisa 11 não decepcionou quando teve oportunidade. Mostrou oportunismo e muita atenção ao aproveitar duas falhas da zaga do Swansea: primeiro, ficou livre para desviar de cabeça o lançamento de Henderson e empatar o jogo; depois, tomou a bola na área e sofreu o pênalti que resultou na vitória de virada.

IRRECONHECÍVEL
A atuação do Liverpool nos primeiros 45 minutos esteve longe do ideal. Mostrando bom futebol no começo da temporada, a equipe comandada por Jürgen Klopp teve muita dificuldade para criar oportunidades e não conseguiu finalizar com perigo. O gol de Leroy Fer aos sete minutos deu tranquilidade para o Swansea se defender bem e neutralizar a criatividade dos Reds.

VOLTA POR CIMA
Na etapa final, porém, o Liverpool mostrou outra postura desde o começo: pressionou a saída de bola do Swansea, buscou mais finalizações e conseguiu implementar pressão. O gol de Firmino, aos oito, deixou os donos da casa inseguros e permitiu boas chances para os visitantes. A 10 minutos do fim, uma bobeira da zaga resultou no pênalti sofrido pelo camisa 11 e convertido por Milner.

Globo Esporte