quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Porto pagou R$ 15 milhões para dispensar brasileiro e técnico na última temporada

(Foto: CARLOS RODRIGUES/GETTY IMAGES)


O Porto pagou na última temporada 4,3 milhões de euros (R$ 15,3 milhões) para rescindir os contratos do goleiro brasileiro Hélton e do técnico espanhol Julen Lopetegui, conforme aponta o balanço financeiro do clube, divulgado nesta quarta-feira.

O documento não detalha o valor pago individualmente, apenas o valor geral. Como o ex-Vasco estava no último ano de vínculo com os Dragões, é possível deduzir que a maior parte do montante serviu para indenizar o treinador, demitido em janeiro, e os profissionais que ele trouxe para compor a comissão técnica.

O atual comandante da seleção espanhola, no momento da demissão, exigiu o pagamento de 2,5 milhões de euros (R$ 8,9 milhões), em salários restantes até o término do vínculo, além de outros prêmios relativos a possíveis conquistas.

Hélton, por sua vez, deixou o Porto no fim da última temporada, após 11 anos de vínculo. O goleiro, atualmente sem clube, vinha atuando pouco por causa de lesões e também pela chegada do espanhol Iker Casillas.

ESPN