quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Sonho antigo! Santos encaminha contratação de Gum para 2017

(Foto: MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC)


O Santos tenta encaminhar o segundo reforço para a temporada 2017. O UOL Esporte apurou que, após fechar com o colombiano Vladimir Hernandez, do Junior Barranquilla, a diretoria santista já apalavrou o acerto com o zagueiro Gum, do Fluminense.

Gum é um sonho antigo de diretoria e comissão técnica, principalmente do técnico Dorival Júnior. O zagueiro esteve perto de ser anunciado no final do ano passado como reforço santista, mas a negociação melou com o Fluminense por falta de acordo com relação à parte financeira do atleta.

O defensor tem contrato com o Fluminense até o fim de 2018, mas a boa relação entre os presidentes dos clubes, Modesto Roma (Santos) e Peter Siemsen (Flu), facilita a liberação do jogador. Mesmo com o dirigente terminando o último mandato no Tricolor em novembro.

Apesar do otimismo pelo acerto, o empresário de Gum, Jorge Moraes, negou que haja qualquer conversa no momento. "O que houve foi apenas no início do ano, mas que não foi para frente", disse rapidamente ao UOL Esporte. 

Gum voltou a ser alvo do Santos após a lesão ligamentar no joelho esquerdo do zagueiro Gustavo Henrique. A revelação santista só deve voltar aos gramados daqui a seis meses.

A defesa titular durante a maior parte do Campeonato Brasileiro, Gustavo Henrique e Luiz Felipe, rendeu ao técnico Dorival Júnior estabilidade no setor. Apesar da irregularidade, o time se manteve entre os menos vazados ao longo da competição. Sem Gustavo Henrique, a opção imediata foi David Braz.

Pelo lado do Fluminense, a realidade é que Gum não fazia parte dos planos para a atual temporada. Com salário na casa dos R$ 300 mil, o zagueiro acabou protegido pelo longo contrato - até o fim de 2018 - e acabou permanecendo nas Laranjeiras.

Iniciou a temporada no banco de reservas, mas ganhou a vaga ao longo dos jogos e se transformou novamente em um dos líderes com a chegada do técnico Levir Culpi. Recentemente acumulou falhas e voltou a irritar a torcida. Apesar de ser bicampeão brasileiro, Gum é um dos mais perseguidos pela torcida do Fluminense.

A contratação de Gum também expõe o desprestígio de Fabián Noguera com o técnico Dorival Júnior. O argentino demorou três meses para ser relacionado para uma partida do Santos. A chance ocorreu no amistoso contra o Benfica, quando ele marcou o gol que salvou o time da derrota.

Depois disso, ele ganhou a oportunidade de ser relacionado pela primeira vez para um jogo oficial do Santos – no clássico contra o São Paulo, no Pacaembu. Ele entrou no final da partida quando Dorival precisa reforçar a defesa para segurar o resultado. A equipe santista venceu por 1 a 0.

A necessidade por outro zagueiro também aumentou após a atuação de um dos reservas imediatos da posição – o jovem Lucas Veríssimo – no amistoso contra o Benfica. A revelação do time B do Santos fez dois pênaltis na partida e, agora, causa desconfiança na comissão técnica.

Antes de focar em Gum, o Santos rejeitou as contratações de Alex, campeão brasileiro de 2002 pelo clube. A diretoria só aceita contratar o experiente zagueiro por contrato de produtividade, pois recebeu informações preocupantes em relação ao joelho do atleta. O zagueiro, inclusive, em tratamento, não atuou este ano. 

UOL Esporte