domingo, 9 de outubro de 2016

Sul e sudeste dominam acesso em rodada da série C do Brasileiro

(Foto: Arthur Dallegrave/Divulgação)

Por Redação Blog do Esporte


O fim de semana foi de decisão para as equipes da série C do Campeonato Brasileiro. Os times definiram os quatro clubes que subirão para a série B de 2017. O destaque vai para o Guarani, que após inúmeras tentativas e problemas administrativos, conseguiu voltar a segundona depois de reverter o placar em cima do ASA de Arapiraca.

Quem garantiu o primeiro acesso foi o ABC de Natal, em um jogo tumultuado e marcado por três expulsões, contra o Botafogo de Ribeirão Preto. No primeiro jogo, placar de 0 a 0. No Estádio Frasqueirão, o gol de Erivélton garantiu o acesso ao Mais Querido. No entanto, decisões polêmicas do árbitro causaram confusão no fim do primeiro tempo e um atleta de cada clube foi expulso.

O segundo tempo foi mais disputado, mas houve poucas chances reais de gols. Outra decisão controvérsia, com a expulsão do atacante Isac, do tricolor, causou mais confusão e reclamação do Pantera na saída dos vestiários. No apito final, a torcida invadiu o gramado para comemorar o suado acesso.

No sábado (8), o Guarani garantiu o acesso após quatro anos difíceis para o torcedor. Após perder fora de casa por 3 a 1 para o ASA, o Bugre conseguiu reverter a diferença no Brinco de Ouro, venceu por 3 a 0 e avançou pelo gol fora de casa.

Nesse domingo (9), os outros acessos foram definidos. O Boa Esporte venceu o Botafogo da Paraíba por 1 a 0 e avançou as semifinais. No Castelão, o Fortaleza ficará mais um ano na série C, após empatar com o Juventude por 1 a 1. Essa é a terceira queda seguida do Leão na tentativa de voltar a segunda divisão. O Juventude retorna a série B depois de sete anos.