quinta-feira, 27 de outubro de 2016

Torcedor do Cruzeiro morre após suposta agressão de seguranças no Mineirão

 (Foto: Reprodução/Facebook)

Por Redação Blog do Esporte


Um torcedor de 37 anos de uma torcida organizada do Cruzeiro morreu após ter supostamente passado mal durante o jogo da equipe nessa quarta-feira (26), contra o Grêmio, válido pelas semifinais da Copa do Brasil e realizado no Estádio do Mineirão. 

Segundo informações de funcionários do posto médico onde o torcedor foi atendido, o mesmo teria passado mal após o primeiro gol do Grêmio, aos 19 minutos do primeiro tempo, e foi socorrido por brigadistas do estádio, antes de ser levado ao posto médico. Então, o torcedor foi encaminhado para o Hospital Odilon Behrens, mas já chegou ao local sem vida, de acordo com a Polícia Militar. A Polícia Civil também esteve no hospital acompanhando o atendimento.

Entretanto, torcedores e amigos do torcedor contestaram a versão dada pela Polícia Militar, de que ele teria passado mal após o primeiro gol sofrido pela equipe cruzeirense. De acordo com eles, o homem de 37 anos foi agredido por seguranças do estádio. As testemunhas concederam depoimento para a Polícia e um boletim de ocorrência foi registrado, informando a possível agressão.

Uma mulher que acompanhava o rapaz disse no BO que a confusão começou após o torcedor pedir para um dos seguranças para trocar de setor do estádio. Em seguida, o homem foi levado para uma sala e saiu de lá desmaiado. Neste momento, os seguranças pediram ajuda médica. 

Durante a madrugada, torcedores do Cruzeiro invadiram o estacionamento do Mineirão onde os seguranças prestavam depoimento. O Batalhão de Choque foi acionado e dispersaram os torcedores com bombas de efeito moral. Peritos da Polícia Civil estiveram no local para investigar a morte do rapaz.

Em nota, o Cruzeiro Esporte Clube informou que viu com grande tristeza a morte do torcedor e que acompanha de perto os esclarecimentos do fato para encontrar o real motivo que levou o torcedor a óbito. 

A Minas Arena, empresa que administra o Mineirão, informou que lamenta a morte do rapaz e que possui “total interesse no esclarecimento do assunto de forma séria e verdadeira, acompanha de perto e aguarda a apuração dos fatos pelas autoridades competentes”.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMSA) informou que a vítima deu entrada no Hospital Odilon Behrens às 23h07, encaminhada por uma ambulância privada que atende no Estádio do Mineirão. O paciente chegou ao hospital já sem vida, com múltiplos traumas.

O Blog do Esporte tentou contato com as Polícias Civil e Militar, mas não obtivemos retorno.

Repúdio

As torcidas Máfia Azul e Fanatí-Cruz publicaram duas notas nesta quinta-feira (27) mostrando seu repúdio pela morte do torcedor e de como os fatos estão se desenrolando.

(Foto: Reprodução/Twitter)