terça-feira, 29 de novembro de 2016

Avião da Chapecoense sofre acidente em viagem para final da Sul-Americana

(Foto: Reprodução/Twitter)

Por Redação Blog do Esporte


O avião que transportava jogadores, comissão técnica e dirigentes da Chapecoense sofreu um acidente na madrugada desta terça-feira (29) - horário de Brasília - transportava 81 pessoas para o primeiro jogo da final da Copa Sul-Americana. Segundo a polícia local, ao todo 75 pessoas morreram e pelo menos seis pessoas foram encontradas com vida.

A imprensa local informa que a aeronave perdeu contato com a torre de controle por volta das 22h15 local (1h15 de Brasília) e caiu ao se aproximar do Aeroporto José Maria Córdovia, em Rionegro, perto de Medelín. As ambulâncias locais foram acionadas para realizar o resgate dos feridos que foram encaminhados para o Hospital San Juan de Dios de La Ceja por volta das 5h (de Brasília).

Os trabalhos de resgate foram suspensos por volta das 6h (de Brasília) e ao todo sete sobreviventes foram encontrados, sendo dois da tripulação, um jornalista e quatro jogadores. Devido ao mau tempo, os resgates devem ser retomados pela manhã na Colômbia. No entanto, foi informado pelas autoridades locais que o resgate foi interrompido de forma definitiva.

O avião de matrícula CP2933 * transportava 81 pessoas; entre tripulação, jogadores, comissão técnica, diretoria e jornalistas. A delegação brasileira viajava rumo a Medellín, cidade na qual a Chapecoense iniciaria nesta quarta-feira a briga pelo primeiro título continental diante do Atlético Nacional.

Final cancelada

A Conmebol cancelou a decisão da Sul-Americana e emitiu uma nota em apoio a equipe brasileira e familiares.

"A Confederação Sul-Americana de Futebol confirma que foi notificada pelas autoridades colombianas de que o avião em que viajava a delegação da Chapecoense, do Brasil, sofreu um acidente em sua chegada à Colômbia. Estamos em contato com as autoridades e esperamos notícias oficiais. A família Conmebol lamenta enormemente o ocorrido", disse a entidade.

As atividades da entidade estão suspensas até segundo aviso e o presidente Alejandro Domínguez viajará para Medellín.

Copa do Brasil

Atlético Mineiro, Grêmio e CBF suspenderam a final da Copa do Brasil que aconteceria nesta quarta-feira (30). Diversas equipes brasileiras e do mundo se solidarizaram com a situação e emitiu palavras de força para todos. Confira algumas notas: