sábado, 26 de novembro de 2016

Bayern segura pressão no fim, vence Leverkusen e segue na cola do Leipzig

(Foto: Reuters)


Não foi fácil. O Bayern sofreu, se segurou no fim, mas segue na cola do líde. A equipe de Carlo Ancelotti venceu o Bayer Leverkusen por 2 a 1 na tarde deste sábado, em Munique, pela 12ª rodada do Campeonato Alemão, e não deixou o surpreendente RB Leipig abrir vantagem na liderança. Hummels, com mais uma cabeçada certeira, salvou o time na segunda etapa. Neuer também deu sua contribuição com defesas importantes nos minutos finais, e os bávaros se recuperaram após duas rodadas sem vencer - o que é raro para o Bayern.

EQUILÍBRIO NO PRIMEIRO TEMPO
O equilíbrio marcou o confronto em Munique. O Bayern apostou muito nas jogadas laterais, sobretudo pela esquerda. Alaba e Douglas Costa foram os mais acionados no lado mandante. O Bayer era equilibrado. Tinha boas jogadas de contra-ataque com Kampl e Çalhanoglu. Mas foi o time bávaro quem abriu o placar, aos 29 minutos. Após bom avanço de Alaba na esquerda, Kimmich recebeu na direita, acionou Lahm, que chutou forte. Leno deu o rebote, e Thiago Alcântara fez. A resposta do Leverkusen veio cinco minutos depois. Em boa tabela pela esquerda, Çalhanoglu recebeu dentro da área e chutou cruzado: 1 a 1.

HUMMELS SALVA O BAYERN
A segunda etapa iniciou com os visitantes mais agressivos, mas o Bayern soube usar a bola parada. Ou melhor, Hummels mostrou por que é um dos melhores cabeceadores do mundo. Aos 10 minutos, ele se infiltrou entre os zagueiros após escanteio da direita e testou para o gol. Nos minutos finais, Volland e Kampl tiveram boas chances de empate, mas os bávaros se seguraram e confirmaram a vitória.

ARTILHEIRO EM BRANCO
Lewandowski, mais uma vez, não balançou as redes. O atacante polonês se movimentou, buscou o jogo, mas pouco produziu. Fez apenas uma finalização na partida. Ele ainda é artilheiro do Bayern no Campeonato Alemão, com sete gols, mas chegou a quatro partidas sem marcar - três pelo torneio nacional e um na Liga dos Campeões. Seu companheiro no ataque neste sábado, Müller, também não teve uma boa tarde. Conseguiu uma boa finalização no primeiro tempo, mas foi substituído na segunda etapa. Ele já não marca há sete partidas.

NA COLA DO LÍDER
Por pouco, o Bayern não viu sua distância para a liderança aumentar para cinco pontos. Com a vitória por 2 a 1 sobre o Bayer, os bávaros chegam aos 27 pontos, permanecem em segundo e estão a três do líder RB Leipzig, que tem 30. O Leverkusen é o nono, ainda com 16 pontos. Na próxima rodada, o time de Carlo Ancelotti visita o Mainz, na sexta-feira, dia 2. O Bayer recebe o Freiburg, no sábado, dia 3. 

Globo Esporte