segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Com debandada, Botafogo-SP recomeça do "zero" para temporada 2017

 (Foto: Rogério Moroti/Ag. Botafogo)

Por Nicholas Araujo
Ribeirão Preto, SP


O Botafogo de Ribeirão Preto retornou aos trabalhos nesta segunda-feira (28) no Estádio Santa Cruz, para iniciar os preparativos para a temporada 2017. Sem o acesso para a série B do Brasileiro, a diretoria do clube apostou em uma debandada de jogadores para, possivelmente, criar um elenco mais competitivo para o Campeonato Paulista e para a série C do Campeonato Brasileiro.

A primeira mudança no atual tricolor foi a saída do técnico Márcio Fernandes, que salvou a equipe do rebaixamento no estadual, e a chegada de Moacir Junior, que treinou o Tombense em 2016. Em seguida, a saída de jogadores criou um sinal de alerta para a torcida. Ao todo 18 jogadores, sendo cinco titulares, deixaram o Botafogo.

Da equipe principal ficaram o goleiro Neneca, os zagueiros Filipe e Matheus Mancini, o lateral/volante Diego Pituca, o volante Rodrigo Thiesen e o atacante Serginho.

Na semana passada, a diretoria anunciou a chegada de Raul Prata, que estava no Luverdense e o volante Bileu, que trabalhou com Moacir no Tombense e Linense. O lateral Fernandinho e o volante Eurico estão encaminhados.

No entanto, a busca por reforços segue lenta e os problemas podem aumentar com a chegada da estreia no Paulista. O Botafogo busca juntar os "cacos" da série C e aprender com os resultados que mantiveram a equipe na terceira divisão. O momento agora é de pensar em 2017, se reforçar e trazer um ano de mais glórias para o gigante da Vila Tibério.