quarta-feira, 9 de novembro de 2016

Em comum acordo, Daniel Borges deixa o Botafogo-SP

(Foto: Rogério Moroti/Agência Botafogo)


O lateral Daniel Borges, de 23 anos, não faz mais parte do elenco do Botafogo. Em decisão tomada em comum acordo entre as partes, foi acertado o fim do vínculo contratual do clube com o jogador, que era válido até 31 de dezembro deste ano. A definição foi tomada após uma sequência de reuniões realizadas no período da tarde desta terça-feira (8).

– Nós do Botafogo só temos a agradecer por tudo que o Daniel Borges fez pelo clube e pela vontade que ele sempre demonstrou quando vestiu a nossa camisa. Só podemos agora desejar boa sorte a ele na sequência da carreira dele – afirmou o presidente do Botafogo, Gerson Engracia Garcia, à Agência Botafogo.

Daniel Borges encerra um ciclo de no clube, que se originou nas categorias de base, até ele surgir pela primeira vez como atleta profissional botafoguense no Campeonato Paulista de 2012. O lateral jogou também a Copa Paulista daquele ano e se destacou no Paulistão de 2013, quando foi titular durante toda a competição, anotando 5 gols.

Após aquele Paulistão, Daniel passou pelo Vitória-BA e retornou ao clube para jogar o Paulistão de 2014, quando o Tricolor liderou a primeira fase, mas foi eliminado nas quartas de final pelo Ituano. Após novas saídas por empréstimo, dessa vez para Ponte Preta e Atlético-PR, o lateral-direito acertou seu retorno ao Pantera no início da Série D do ano passado, que terminou com o acesso e o título nacional do Tricolor.

Em 2016, Daniel Borges foi mais uma vez o lateral-direito do Pantera nas participações do time no Paulistão e depois no Campeonato Brasileiro da Série C. O atleta atingiu a marca de 112 jogos oficiais realizados pelo Tricolor e anotou um total de 7 gols.

Por meio de sua assessoria de imprensa particular, Daniel Borges agradeceu pelo carinho dos botafoguenses e se despediu. – Quero agradecer a torcida do Botafogo, a direção e a todos os companheiros e profissionais com os quais trabalhei durante esse período. Foram mais de 100 jogos e muitas conquistas importantes, como trazer o Botafogo novamente ao cenário nacional do futebol. Saio com o sentimento de dever cumprido e tenho a certeza de que fiz muitos amigos no clube”, destacou Daniel Borges, que completa – Sigo para novos desafios e horizontes a partir de agora.