domingo, 13 de novembro de 2016

Lorenzo domina de ponta a ponta e vence em Valência no adeus à Yamaha

(Foto: Getty Images)


Jorge Lorenzo se despediu da Yamaha em grande estilo. Depois de quebrar o recorde do circuito de Valência no treino classificatório de sábado e garantir a pole position, o piloto espanhol liderou a prova deste domingo de ponta a ponta e não encontrou dificuldades para chegar à vitória.

Campeão antecipado da temporada, Marc Márquez cruzou a linha de chegada em segundo, mantendo a posição do grid de largada. Andrea Iannone surpreendeu e chegou em terceiro, à frente de Valentino Rossi. Maverick Viñales completou o grupo dos cinco primeiros colocados no GP de Valência.

Com uma largada primorosa, Lorenzo manteve o primeiro lugar desde o início. Iannone conseguiu pular para a segunda posição e Viñales subiu para terceiro, deixando Rossi e Márquez para trás.

Mais rápido do que todos, Lorenzo não era ameaçado. Por outro lado, formou-se uma disputa pela segunda colocação, envolvendo Iannone, Viñales, Rossi e Márquez. Faltando 26 voltas para o final, Rossi ultrapassou o piloto da Suzuki. Em seguida, foi a vez de Márquez superar o compatriota.

Após ultrapassar Viñales, Rossi foi para cima de Iannone, enquanto Márquez aparecia logo atrás. Andrea Dovizioso, mais atrás, tentava encostar nos primeiros colocados. Confortável na frente, Lorenzo abria vantagem na liderança.

De tanto insistir, Rossi superou Iannone restando 20 voltas para o final, mas não conseguiu sustentar a vantagem por muito tempo. Seis voltas depois, o piloto da Ducati devolveu a manobra. Na sequência, foi a vez de Márquez ultrapassar o "Doutor".

Com Lorenzo imparável, a briga pelos dois lugares restantes no pódio se intensificou na parte final da corrida. Márquez venceu Iannone e assumiu a segunda posição, enquanto Rossi parecia ter perdido em rendimento, permitindo a aproximação de Viñales. O italiano da Yamaha, no entanto, conseguiu se recuperar e chegou a ultrapassar o compatriota da Ducati, que deu o troco instantes depois.

Estabelecido na segunda posição, Márquez aumentou o ritmo na caça à Lorenzo, mas o piloto da Yamaha campeão mundial de 2015, administrou a vantagem para chegar à vitória. Na luta pela última posição no pódio, Iannone superou Rossi, que amargou o quarto lugar.

ESPN