quinta-feira, 10 de novembro de 2016

Ofendido com tuíte sobre Trump, Pérez dispensa patrocinador

(Foto: Reprodução)


A eleição de Donald Trump para presidente dos Estados Unidos após votação realizada na última terça-feira (8) surpreendeu o mundo todo, já que tudo apontava para a vitória de Hillary Clinton.

Na noite de quarta-feira (9), o resultado do pleito já teve impacto na Fórmula 1: indignado com uma publicação da marca de óculos de sol Hawkers, Sergio Pérez anunciou, diretamente na rede social, que quebraria imediatamente o contrato de patrocínio com a empresa - contrato fechado há apenas poucas semanas.

O tuíte no perfil da marca sugeria que os cidadãos mexicanos poderiam utilizar os óculos da empresa para esconder os olhos inchados pelo choro que lamenta a construção do muro na fronteira entre Estados Unidos e México - uma das promessas de campanha de Trump.

Pérez deixou bastante explícita a indignação com a publicação no perfil oficial da empresa e foi direto, respondendo via Twitter mesmo que encerraria o contrato com a Hawkers, que havia laçado um modelo com o nome do piloto no dia 2 de novembro.

“Comentário lamentável. Hoje, estou rompendo meu relacionamento com a @HawkersMX. Jamais permitirei que alguém zombe de meu país", escreveu Pérez no Twitter, colocando a hashtag #MexicoUnido em sequência.

Confira:

Mexicanos, ponganse estos lentes para que no se les noten los ojos hinchados mañana en la construcción del muro #electionNight pic.twitter.com/CKFluZ1dB7

— HAWKERS MX (@HawkersMX) November 9, 2016


 Sergio Pérez ✔ @SChecoPerez
Que mal comentario, Hoy mismo acabo mi relación con @HawkersMX .Nunca voy a dejar que nadie se burle de mi País! #MexicoUnido

Motorsport