quinta-feira, 10 de novembro de 2016

São Caetano e Praia Clube aprovam descentralização da Superliga feminina

(Foto: Divulgação/FVO)


São Caetano e Praia Clube mal pisaram em Manaus e já foram cercados de expectativa pelo jogo de sexta-feira, válido pela terceira rodada da Superliga feminina de vôlei. Mas antes de pensar nos pontos, estratégia e desempenho, membros de ambos os clubes ressaltaram a importância da descentralização do esporte, que pela primeira vez traz a competição nacional mais importante do Brasil ao Norte do País.

O treinador do São Caetano, Hairton Cabral, por exemplo, destacou positivamente a realização do jogo em Manaus, apesar de o clube deixar de fazer um jogo em casa.

- A gente precisa expandir e aumentar esse alcance do voleibol. Mesmo não sendo um jogo em casa, quando fui comunicado pela primeira vez, achei super importante. A gente tem que pensar mais adiante, querer que o voleibol cresça. Espero que essa iniciativa seja apenas uma semente que vai crescer e dar frutos – disse.

A ponteira Nikolle Del Rio, que já teve a oportunidade de atuar no Nordeste, falou do quanto eventos do tipo ajudam a alimentar tanto a paixão do torcedor que já conhece o esporte, quanto a curiosidade de quem quer abraçar o vôlei.

- A gente sabe que está tudo ali, fechado no sudeste. Eu já joguei em duas equipes no Nordeste e vi como o povo é apaixonado e agora é uma honra estar no Norte divulgando o esporte e a Superliga. Espero que seja um incentivo – completou.

Já a meio-de-rede Walewska, acredita que a ida da Superliga para o Norte pode ser o incentivo que faltava para tornar a competição verdadeiramente nacional.

- Eu acho um pecado, porque jogamos uma liga nacional e tudo fica muito centralizado no Sudeste e no Sul. É uma liga brasileira e o Norte e Nordeste infelizmente não fazem parte ainda. Esse é um ponta pé muito importante – concluiu.

São Caetano e Praia Clube vão se enfrentar na Arena Amadeu Teixeira, em Manaus, na sexta-feira, às 20h (horário de Brasília). Os ingressos para a Superliga estão sendo vendidos na bilheteria da Arena Amadeu Teixeira (Flores), das 9h às 18h nos dias de semana e aos sábados. Os tickets tem valor único de R$30 (arquibancada superior), R$50 (arquibancada inferior), R$100 (área vip). Os valores correspondem para os já beneficiários de meia-entrada (idosos, terceira idade, estudantes, PCDs) e o público em geral mediante a 1 kg de alimento não perecível. Aqueles que na hora da compra não levarem o alimento, pagam inteira.

Foram disponibilizados 10 mil ingressos e o público tem a opção de realizar a compra também pelo site http://www.guicheweb.com.br/. Os bilhetes poderão ser adquiridos no dinheiro ou cartão de crédito. Os ingressos para São Caetano x Rexona, partida de fevereiro, serão anunciados posteriormente.

Preços

Arquibancadas Superior - R$30  
Arquibancada Inferior - R$50  
Entradas VIP (cadeira) - R$100

Globo Esporte