quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

Após título, Cuca deixa comando do Palmeiras após rodada do Brasileiro

(Foto: Cesar Greco/Ag. Palmeiras)

Por Redação Blog do Esporte


O técnico Cuca anunciou nesta quarta-feira (30) que não será mais o treinador do Palmeiras para a temporada de 2017. A saída foi de comum acordo com a diretoria e divulgada no site oficial nessa quarta. Cuca informou que problemas pessoas o fizeram decidir em não continuar no clube.

“É uma escolha difícil, mas que eu tive que fazer. Na verdade, como eu sempre disse, não era nem para eu ter vindo neste ano. Eu ia me dedicar apenas à minha família em 2016, mas fui convencido pelo Alexandre Mattos, pelo presidente, pelo projeto que foi apresentado a mim e, claro, pelo meu amor ao Palmeiras. Torço desde criança, nunca escondi isso de ninguém, e domingo (27) acabei sendo campeão duas vezes: como treinador e como torcedor. Saio do Palmeiras muito feliz e com a missão cumprida. Tenho certeza de que voltarei um dia para continuar a minha história no clube", afirmou o comandante palestrino.

O presidente Paulo Nobre lamentou a saída do profissional, mas entende os motivos que fizeram Cuca deixar o Parque Antártica. “Pela capacidade técnica, pela identificação com o clube e pela pessoa que ele é, gostaríamos muito de tê-lo em 2017. Mas entendemos sua escolha. O Palmeiras estará sempre de portas abertas para ele”.

Cuca chegou a equipe em 14 de março de 2016 com a importância de reerguer o Palmeiras no Campeonato Brasileiro. De forma brilhante, o comandante conseguiu organizar o clube, trazer junto a diretoria peças importantes e levar o time ao título nacional depois de 22 anos de jejum. Além disso, Cuca foi jogador do Verdão em 1992, participou de 24 duelos e anotou sete gols.