segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Chapecoense é reconhecida como campeã da Copa Sul-Americana de 2016

(Foto: Divulgação/Conmebol)

Por Nicholas Araujo
Redação Blog do Esporte


A Conmebol definiu nesta segunda-feira (5) que a Chapecoense é a campeã da edição de 2016 da Copa Sul-Americana. Uma decisão da última quinta-feira (1º) já decidiria o título para a equipe brasileira e uma reunião virtual, realizada por teleconferência nesta segunda, decidiu que o título irá para a equipe de Chapecó.


Após a reunião, a Confederação divulgou a decisão em seu site oficial, que levou em conta uma carta do Atlético Nacional da Colômbia, enviada no dia 30 de novembro, para dar o título da Copa Sul-Americana para a Associação Chapecoense de Futebol "como louro honorífico à sua grande perda e homenagem póstuma às vítimas do acidente fatal que lamenta o nosso esporte”.

A iniciativa, segundo a Conmebol, é o maior sinal de espírito de paz, compreensão e fair play. Com isso, além das honras de vice-campeão da Sul-Americana, o Nacional também receberá o prêmio Centenário da Conmebol de Fair Play, uma das maiores honrarias para um clube que se porta positivamente perante o adversário em uma competição de nível internacional.

Com esta decisão, a Chape receberá US$ 2 milhões pelo título da competição, US$ 1 milhão pela vaga na Recopa e também arrecadará US$ 600 por jogo na Taça Libertadores de 2017 como mandante. Ao todo, o clube catarinense já garantiu US$ 1,8 milhão.

Confira o comunicado, traduzido para o português, da decisão da Conmebol:

A Confederação de Futebol Sul-americano confirma que o Conselho da Conmebol, como autoridade permanente para fazer cumprir os estatutos da instituição, decidiu declarar a Associação Chapecoense de Futebol campeã da edição de 2016 da Copa Sul-Americana, e dar o Athletic Club Nacional o prêmio de reconhecimento especial "Conmebol Centennial Fair Play". A decisão baseia-se nas seguintes considerações:

1. Na quarta-feira 30 de novembro, a Confederação de Futebol Sul-americano recebeu uma carta do National Athletic Club, dirigida ao Sr. Alejandro Dominguez, presidente da Conmebol "para dar o título da Copa Sul-Americana para a Associação Chapecoense de Futebol como louro honorífico à sua grande perda e homenagem póstuma às vítimas do acidente fatal que lamenta o nosso esporte ".

2. Em seguida, o Conselho tomou a decisão de nomear a Associação Chapecoense de Futebol como campeã da Copa Sul-Americana 2016, com todos os privilégios desportivos e econômicos que acarreta.

3. Para a Conmebol, não há maior sinal do "espírito de paz, compreensão e fair play". O objetivo da nossa instituição afirma que a solidariedade, consideração e respeito demonstrado pela National Athletic Club da Colômbia para com os seus irmãos da Associação Chapecoense de Futebol Brasil.

4. Tendo em conta o pedido apresentado pela National Athletic Club, que com a sua atitude tem promovido o futebol na América do Sul num espírito de paz, compreensão e justiça, ao considerar que os valores desportivos sempre prevalecerão sobre os interesses comerciais, o conselho decidiu conceder o prêmio ao National Athletic Club o "Centenario Conmebol Fair Play" que consiste na soma de USD 1.000.000 (um milhão de dólares).