quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Couto Pereira reúne rivais para homenagem a Chapecoense

(Foto: Hedeson Alves/EFE)
(Foto: Hedeson Alves/EFE)

Por Nicholas Araujo
Curitiba, PR


O Estádio Couto Pereira recebeu uma bela cerimônia em homenagem as vítimas do avião da Chapecoense, na Colômbia. O estádio em Curitiba recebeu mais de 30 mil torcedores de todos os times de futebol para reviver, em forma de homenagem, o que seria o jogo da final da Copa Sul-Americana entre a Chapecoense e o Atlético Nacional, da Colômbia.

No momento do apito inicial, às 21h45, crianças uniformizadas entraram em campo e simbolizaram o pontapé inicial, enquanto os telões do estádio mostravam fotos e nomes das vítimas. Ao mesmo tempo, balões eram soltos no ar e 71 tiros de morteiros homenagearam cada vitimado no acidente da semana passada.

As homenagens começaram as 20h30 e foram marcadas pelas chegadas das torcidas de Atlético Paranaense e Coritiba, seguidas pelas torcidas do Paraná e de outros times do país. A cerimônia contou com representantes da igreja evangélica e católica, que prestaram suas devidas homenagens.

Fogos de artifícios, bandeiras, uma camisa gigantesca e muitos cartazes com dizeres como “vamos, vamos Chape”, “É campeão” e “gracias Colômbia” coloriram a noite de Curitiba de verde e branca.

(Foto: Hedeson Alves/EFE)
(Foto: Hedeson Alves/EFE)

(Foto: Hedeson Alves/EFE)
(Foto: Hedeson Alves/EFE)

(Foto: Hedeson Alves/EFE)
(Foto: Hedeson Alves/EFE)

(Foto: Hedeson Alves/EFE)
(Foto: Hedeson Alves/EFE)