domingo, 4 de dezembro de 2016

Ederson Pereira chega em primeiro lugar e encerra temporada do Circuito da Longevidade

(Foto: Divulgação/Bradesco)


A manhã deste domingo, 4 de dezembro, foi de alegria e emoção para as mais de quatro mil pessoas que compareceram à corrida (6 km) e à caminhada (3 km) da etapa Ribeirão Preto - a última deste ano - do Circuito da Longevidade, patrocinado pelo Grupo Bradesco Seguros. Antes da largada, os participantes realizaram um minuto de silêncio em homenagem aos falecidos na tragédia com o avião da Chapecoense, no início da semana. Com o começo da prova, o clima foi de saudável disputa entre os corredores de elite. No masculino, Ederson Vilela Pereira, atleta Bradesco Seguros que conquistou a etapa passada, em Bauru, foi novamente o vencedor, com o tempo de 17'14", quase 30 segundos à frente do segundo colocado, Jean Carlos de Oliveira Santos, que marcou 17'43". Já entre as mulheres, a colombiana Muriel Coneo Paredes , com o tempo de 20'05", voltou a vencer no Circuito, após obter o segundo lugar na etapa passada, e também "sobrou" em relação à segunda colocada, a queniana Jacklyne Chemwek Rionoripo, que anotou a marca de 20'40".

A temperatura amena facilitou a vida dos corredores, apesar de um percurso com algumas subidas como adversárias. O pódio masculino foi fechado com Cezidio Neto (17'54"), além de Cleito Cesario Abraão (18'00") e do também atleta Bradesco Seguros Leandro Prates Oliveira (18'03"). No feminino, Tatiane Raquel da Silva (20'50"), July Ferreira da Silva (21'00") e Jaciane Barroso Araújo (21'16") completaram as primeiras cinco colocações.

Vencedor da prova, Ederson Pereira falou sobre o excelente resultado que coroou sua quarta vitória no Circuito da Longevidade em 2016.

— Venho fazendo um período de transição nos treinamentos, visando à temporada 2017, e não esperava fazer uma prova tão rápida. Fiquei muito feliz com o meu tempo e por ter conseguido abrir uma vantagem para o segundo colocado. O Circuito da Longevidade contou com fortes corredores, inclusive estrangeiros, em 2016, e fico contente por ter conquistado quatro provas no ano, além de pódios em outras etapas — comentou o atleta, que agora se prepara para correr a São Silvestre, no dia 31. 

Após a corrida, saiu o grupo da caminhada. Para todos os quatro mil inscritos foram oferecidos teste de pisada, avaliação física, massagem e bicicletário. Por meio de um equipamento de última geração, os interessados tiveram acesso a uma série de dados sobre sua condição física e receberam orientações de profissionais especializados para potencializar o treino e ganhar mais qualidade de vida. Já no teste da pisada, os participantes foram orientados a utilizar o tênis mais adequado ao seu passo. Todas as etapas do Circuito da Longevidade contam também com um bicicletário especial do "Movimento Conviva", uma iniciativa do Grupo Bradesco Seguros para incentivar a convivência harmoniosa entre ciclistas, motoristas, motociclistas e pedestres.

Este foi o nono ano consecutivo que Ribeirão Preto recebeu o Circuito da Longevidade, criado em 2007 com o objetivo de sensibilizar o público para a prática de atividade física como um dos pilares para a conquista da longevidade com saúde, bem-estar e qualidade de vida. O Circuito da Longevidade é promovido pelo Grupo Bradesco Seguros na Bahia, Distrito Federal, Goiás, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul e São Paulo. Desde a primeira edição, o evento já foi realizado em 19 cidades, reunindo mais de 380 mil inscritos. 

ESPORTE COM RESPONSABILIDADE SOCIAL

O valor equivalente ao da renda obtida com as inscrições — R$ 10 para a caminhada, em todas as faixas etárias, e de R$ 20 e R$ 10 para a corrida, nas categorias até 49 anos e acima, respectivamente — será destinado a uma entidade indicada pela prefeitura de Ribeirão Preto. A ação se repete em todas as cidades onde o Circuito da Longevidade é realizado e tem como objetivo canalizar recursos para projetos que privilegiem a inclusão e o atendimento de pessoas carentes. Desde que foi criado, mais de R$ 2,6 milhões já foram distribuídos.

LONGEVOS SÃO HOMENAGEADOS NO PALCO

Os mais longevos da corrida e da caminhada receberam troféus e homenagens no palco. Elcio Malerba, de 76 anos, foi o mais longevo entre os homens, categoria em que Antônio Carlos da Costa, 71 anos, chegou com o melhor tempo: 31'47". No feminino, o melhor tempo entre as longevas foi anotado por Maria Teresa Mantoani, com 38'26".  

CORRIDA E CAMINHADA - CIRCUITO DA LONGEVIDADE

A prova de corrida tem caráter competitivo, com participação de atletas de elite brasileiros e estrangeiros, além de amadores e iniciantes. Os cinco primeiros colocados, nos pelotões masculino e feminino, recebem R$ 23 mil em prêmios, divididos da seguinte forma: R$ 5 mil (1º lugar), R$ 3 mil (2º lugar), R$ 2 mil (3º lugar), R$ 1 mil (4º lugar) e R$ 500 (5º lugar), livres de impostos, além de troféus e medalhas. Desde o início do projeto, foram pagos R$ 2,1 milhões em premiações.

Já a caminhada tem foco maior naqueles que não praticam exercício físico com regularidade, com a presença de participantes de todas as faixas etárias, de crianças a idosos. O objetivo é estimular os que caminharam para que, em uma próxima oportunidade, possam participar correndo. Os mais longevos têm destaque especial. Eles são homenageados, no pódio, com troféus e medalhas. Com essa ação, o Grupo Bradesco Seguros dá visibilidade aos longevos que, por meio do exercício físico, conquistaram uma vida saudável.

(Foto: Divulgação/Bradesco)