sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

Meia Héverton é abordado com CNH vencida em rodovia no estado de Goiás

(Foto: Futura Press)
(Foto: Futura Press)

Por Redação Blog do Esporte


O meia Héverton, que ficou conhecido no episódio do “tapetão” envolvendo o Fluminense, e que rebaixou a Portuguesa em 2013, foi abordado pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) com a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) vencida. A abordagem aconteceu na BR0-060, em Anápolis (GO) nessa quinta-feira (29).

O atleta viajava com a família em uma BMW modelo 320i quando foi parado em uma abordagem de rotina da PRF. Por conta de irregularidades tanto na habilitação como na documentação do veículo, Héverton foi levado para a sede da PF em Anápolis e passou por uma audiência de custódia. O jogador pagou uma fiança de R$ 10.560 e foi solto.

Na sede da Polícia Federal, acompanhado do advogado, ele se apresentou como jogador de futebol e prestou depoimento ao delegado Luciano Dornellas, responsável pelo caso. Ainda no depoimento, o jogador teria dito que negociava com o Atlético-GO para jogar no clube em 2017. Ele até cogitou entrar em contato com um advogado do time para confirmar o possível contrato.

Segundo o advogado do Dragão, Gustavo Jorge, tudo não passou de um mal-entendido. A defesa do meia alega que populares reconheceram o jogador e disseram que ele seria uma boa contratação para o Atlético. A diretoria do clube nega a hipótese e avalia como “chance zero” a possibilidade de ele ser contratado para 2017.

Despachante

Héverton disse em depoimento, e que foi confirmado pelo delegado, que a CNH foi adquirida em um despachante em São Paulo, conhecido com Alemão. ”Ele não sabe o contato do despachante e nem onde ele pode ser localizado, o que reforça a tese de falsidade documental”, disse o delegado para a reportagem do GloboEsporte.com. Após a audiência, ocorrida durante a noite de quinta, Héverton continuou seu trajeto até Caldas Novas, onde deve passar o Réveillon.

"Tapetão"

Após o episódio envolvendo seu nome com o rebaixamento da Portuguesa, Héverton defendeu o Paysandu em 2014. No ano seguinte, o meia fez uma pausa na carreira e retornou apenas em 2016 para defender o XV de Piracicaba. Mesmo assim, o jogador disputou apenas três jogos pelo clube no Campeonato Paulista, no início da temporada.

(Foto: Divulgação/PRF)