sexta-feira, 27 de janeiro de 2017

Payet se recusa a jogar com sub-23 do West Ham após pedir transferência

(Foto: Getty Images)


A situação de Dimitri Payet e West Ham se torna cada vez mais complicada com a chegada do fim da janela de transferências. Querendo sair e se recusando a jogar pelo clube de Londres, o meia francês foi afastado do elenco principal e vem treinando com a equipe sub-23. Nesta sexta-teira, o time de base dos Hammers irá enfrentar o Aston Villa. Porém, segundo o jornal inglês "Daily Mail", Payet afirmou que não irá atuar.


Apesar da recusa do francês, o West Ham não vê a decisão como algo inteiramente negativo, uma vez que uma lesão no jogador de 29 anos poderia inviabilizar uma transferência para o Olympique de Marselha, clube que defendeu entre 2013 e 2015. Até o momento, os ingleses recusaram duas ofertas do time francês: uma de 20 milhões de libras (R$ 79,5 milhões) e outra de 22 milhões de libras (R$ 87,4 milhões). A janela de transferências internacionais fecha na próxima terça-feira, dia 31 de janeiro.

O treinador Slaven Bilic afastou o vice-campeão pela França em 2016 e inclusive já sinalizou que não pretende levá-lo para um período de treinamentos em Dubai no próximo mês. Desde que o meia foi barrado pelo técnico, o West Ham venceu o Crystal Palace por 3 a 0, e o Middlesbrough por 3 a 1. A decisão do jogador irritou torcedores que pisaram em sua camisa. Em entrevista há duas semanas, Bilic rechaçava uma possível transferência,

- Não vamos vendê-lo. A equipe, os funcionários, nós demos a ele de tudo, sempre estivemos disponíveis para ele. Eu me sinto decepcionado. Eu fico chateado - disse o treinador.

Payet chegou em 2015 ao West Ham, contrato por £ 10,7 milhões junto ao próprio Olympique de Marselha. Com contrato até 2021, o francês de 29 anos despertou o interesse de gigantes ao virar um dos grandes nomes da Premier League. Mas Bilic não pretende facilitar a saída do jogador. 

Globo Esporte