sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Por falta de cabines, radialista narra jogo sentado no gramado no Pernambucano

(Foto: Dayvson Roberto)
(Foto: Dayvson Roberto)

Por Redação Blog do Esporte
Caruaru, PE


Uma cena inusitada marcou o jogo entre Serra Talhada x Central, em rodada do Campeonato Pernambucano nessa quinta-feira (19). O radialista Iran Carvalho, da Rádio AM de Caruaru, precisou narrar o jogo sentado no gramado do Estádio Nildo Pereira, o Pereirão, por falta de cabines suficientes para a imprensa.


Em entrevista para o site Globo Esporte, Iran explicou que chegou ao local três horas antes do jogo e viu que a cabine onde iria narrar a partida era pequena demais para todo o equipamento da rádio local.

“A empresa telefônica tinha instalado nossa linha em uma das menores cabines do estádio para dividir com cinco pessoas, mas nem o material deu para a gente montar, por ser muito pequena a cabine. Então, como não tinha mais cabines disponíveis, e eu tenho a credencial que dá acesso ao campo, eu pensei em puxar um cabo e dar uma de repórter e narrar o jogo de lá do campo mesmo, porque pelo menos lá tinha o alambrado para me proteger da torcida”, disse.

No entanto, após 15 minutos do primeiro tempo, o delegado da partida foi até o local onde o jornalista estava e disse que ele não podia ficar ali. Procurando uma solução, o delegado aconselhou o radialista a ir para a arquibancada do estádio.

“Então ele disse que eu iria ficar no meio da torcida. Mas respondi: "Eu no meio da torcida? Com o barulho do povo, e outra coisa, eu estou fazendo o time visitante, no meio de torcedores da casa, e minha vida?". Então ele solicitou quatro policiais militares, pediu para polícia afastar o povo em um local da arquibancada e fiz todo o resto do jogo escoltado”, comentou.

Iran comentou que passou por situação semelhante na década de 80 no Maracanã, mas que hoje a realidade é outra. A reportagem do Blog do Esporte entrou em contato com a Federação Pernambucana de Futebol, mas até o momento não obtivemos retorno.

(Foto: Dayvson Roberto)
(Foto: Dayvson Roberto)